2
GAZETADOSANTACÂNDIDA
Atingindo a maioria dos bairros da nossa região.
Anuncie
8433-7462
3328-0176
Diretor: Adilson da Co...
3
A Unidade de Saúde Santa Cândida
promoveu o dia de Campanha local ao
Combate ao Aedes aegypti no último
sábado,dia13,noJ...
4
Surge uma cidade em meio ao bairro
Santa Cândida, com pouco mais de 4.300
moradores colocando-se acima dos 75
municípios...
5
O prefeito Gustavo Fruet (PDT) não
consegue concluir as obras do terminal
do Santa Cândida e mesmo assim entre-
gou o te...
6
A festa de 7º aniversário de Júlia
Dias,filhadeSérgioeMariaDias,con-
tou com muita diversão para as crian-
ças,piscinade...
7
A Câmara Municipal de Curitiba re-
cebeu, na sessão do dia 17 de fevereiro,
integrantes do movimento Primavera Ci-
dadã,...
8
9
Estáconfirmadaarealização,de18
a 20 de março, no Bourbon Curitiba
ConventionHotel,deumdosmaisim-
portantes eventos de Uf...
10
11
Telefonei para a vidente. Ela atendeu:
- Quem está falando?
Desliguei na hora. Não senti confiança.
-o-o-o-o-o-o-o-o-o-...
12
Política internacional.
Aquilo que você não lê na imprensa comercial.
Paraná está entre os cinco estadosParaná está ent...
GAZETA SANTA CÂNDIDA , FEVEREIRO 2016
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

GAZETA SANTA CÂNDIDA , FEVEREIRO 2016

271 visualizações

Publicada em

JORNAL QUE TEM O QUE FALAR

Publicada em: Notícias e política
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
271
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
33
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

GAZETA SANTA CÂNDIDA , FEVEREIRO 2016

  1. 1. 2 GAZETADOSANTACÂNDIDA Atingindo a maioria dos bairros da nossa região. Anuncie 8433-7462 3328-0176 Diretor: Adilson da Costa Moreira - Fones 8433-7462 e 3328-0176 Dep. comercial: Sharon Simão Zunino Rua Guilherme Ihlenfelt, 765 -Apartamento 4 - Tingui - Curitiba E-mail: gazetasantacandida@gmail.com Tiragem: 10.000 exemplares www.gazetasantacandida.com.br / www.gazetasantacandida.blogspot.com As matérias assinadas não refletem necessariamente a opinião do jornal. EXPEDIENTE GAZETADOSANTACÂNDIDA Atingindo a maioria dos bairros da nossa região. Anuncie 8433-7462 3328-0176 www.gazetasantacandida.com.br www.gazetasantacandida.blogspot.com Assessoria Contábil O presidente da Câmara de Curitiba reservou R$ 200 mil da sua cota de emendas parlamentares para obras de pavimentação na cidade. A maior parte do recurso, R$ 140 mil, ficarão à dispo- sição da administração regional do Boa Vista – que atende 13 bairros no Norte da cidade. Outros R$ 60 mil têm destinação certa e irão para reciclagem do antipó de trecho da rua Joaquim Nabuco, entre a via São João e aAveni- da Paraná, noTingui. “São recursos para otimizar a malha viária da região, ligan- do vias e melhorando o tráfego de veí- culos”, explica. Os bairrosAtuba, Bacacheri, Bairro Alto, Barreirinha, BoaVista, Cachoeira, Pilarzinho, Santa Cândida, São Louren- ço, Taboão, Tarumã e Tingui, que tam- bém foram beneficiados por emendas individuais de Araújo. Cotas de R$ 10 mil, por exemplo, servirão para reforçar oorçamentodasunidadesdesaúdeSanta Efigênia, Tingui, Abaeté, Fernando de Noronha e Santa Cândida . EscolasdaáreaedobairroCajurutam- bém receberão recursos destinados pelo parlamentar. Somados, os valores perfa- zemR$46milparaaeducaçãomunicipal, aseremdistribuídosentreosCentrosMu- nicipais de Educação Infantil Abaeté, Cassiopéia e Jardim Aliança, e também entreasescolasmunicipaisAnísioTeixeira e Prefeito Linneu Ferreira doAmaral . Incentivo ao esporte Três emendas individuais do parla- mentar irão custear a instalação de aca- EMENDAS DE PARLAMENTARES GARANTIRÃO OBRAS DE PAVIMENTAÇÃO NA REGIÃO NORTE DE CURITIBA demia ao ar livre no JardimAliança, den- tro do bairro Santa Cândida. O local que receberá os apare- lhos é a praça na es- quina das vias Gui- lherme Weigert e ApolôniodeTiana,ao custo de R$ 45 mil . “Temos que dar qualidade de vida à população”, justifi- cou. Duas emendas, por exemplo, garan- tem R$ 300 mil para a instalação de duas canchas de grama sintética:umanocen- tro de esporte e lazer do Bacacheri e outra no centro da Vila Oficinas , ao lado da Escola Municipal Prefeito Omar Sabbag. “As canchas sin- téticas são mais atrativas que as de fu- tebol de areia”, aponta Araújo, “e é im- portante que os jovens estejam ocupa- dos de maneira sadia, no esporte e na educação, para estarem livres das dro- gas”. Há também emenda individual no valor de R$ 50 mil, para a realização de eventos em Curitiba no mês de maio. Emendas individuais No mês de fevereiro, a Câmara Municipal de Curitiba divulga uma sé- rie de notícias sobre as emendas par- lamentares que modificaram o orça- mento da cidade para 2016. É uma forma de a população acom- panhar a destinação da cota de R$ 700 mil que cada parlamentar teve direito.A prioridade é para as emendas individu- ais, publicadas por ordem alfabética de acordo com o nome do vereador. Desde 2005, os vereadores de Curitiba têm cota individual para emen- dasaoorçamentodacidade,estabelecida Local para futura Academia ao ar livre, através de emenda parlamentar em consenso com o Executivo e garan- tida mediante remanejamento de recur- sos geralmente estocados na rubrica “re- serva de contingência”. Para 2016, esse valor significou a abertura de 0,31% do orçamento total (R$ 26,4 milhões), esti- mado em R$ 8,3 bilhões, para indicações dos vereadores a políticas públicas já existentes, previstas na Lei de Diretri- zes Orçamentárias. Abertura, Transferência, Regularização e encerramento de empresas, assessoria Fiscal, Tributária, Trabalhistas, Certidões, Imposto de Renda Pessoa Física e Jurídica. ATENDEMOS CURITIBA E REGIÃO METROPOLITANA BOCAIÚVA DO SUL - TUNAS DO PARANÁ E ADRIANÓPOLIS Rua João Reboli, 215 - Santa Cândida - Confira nossos horários (41) 3019-3369 - www.jconlineassessoria.com.br
  2. 2. 3 A Unidade de Saúde Santa Cândida promoveu o dia de Campanha local ao Combate ao Aedes aegypti no último sábado,dia13,noJardimAliança.Aideia foi mobilizar famílias no combate ao mosquito transmissor da Síndrome da Zica Congênita, que também é vetor da dengue e da chikungunya. A campanha teve inicio na frente do Mercado Boni com apresentação da Fanfarra do Clube de Desbravadores Águia de Ouro da IgrejaAdventista do Tingui. Casas e ruas do Jardim Aliança no bairro Santa Cândida foram visitados pelos agentes comunitários e lideranças da região com o objetivo de mobilizar, convocar, moradores a fazer parte do CAMPCAMPCAMPCAMPCAMPANHA DE COMBAANHA DE COMBAANHA DE COMBAANHA DE COMBAANHA DE COMBATE ATE ATE ATE ATE AO MOSQUITO MOSQUITO MOSQUITO MOSQUITO MOSQUITOOOOO DDDDDA DENGUE NO BAIRRA DENGUE NO BAIRRA DENGUE NO BAIRRA DENGUE NO BAIRRA DENGUE NO BAIRRO SANTO SANTO SANTO SANTO SANTA CÂNDIDA CÂNDIDA CÂNDIDA CÂNDIDA CÂNDIDAAAAA esforço de combate ao mosquito. Foram encontradas muitas situações de riscos com casas acumuladas de mui- tos entulhos e vasilhames com água. Na Rua Lorivaldo José da Costa foi encon- trado um foco. "Pessoa com a doença de 'acumulo de coisas', a ansiedade de não descartar nada e ainda guardar o lixo alheio não tem nada de engraçado e é uma doença, a síndrome de Diógenes. Este tipo de comportamento ficou patente em muitas casas o qual visita- mos",afirmaAdilsonMoreira,diretordo Jornal Gazeta do Santa Cândida. A campanha é de mobilização, de convocar a população a fazer parte do esforço de combate ao mosquito e essa mobilização terá que ser feita de casa em casa. Equipe deAgentes e funcionários da U.S.M Fernando de Noronha, no mês de Janeiro, fizeram uma varredura em toda rua Fernando de Noronha e região. DADOS DASECRETARIA DE SAÚDE Confirmados mais 23 casos de den- gue, 9 da Síndrome da Zica Congênita e o 1º de chikungunya Segundo dados apresentados dia 24 de Fevereiro na Câmara de Vereadores, durante audiência pública da Secretaria Municipal da Saúde, Curitiba teve 196 confirmações de dengue e 22 de zika, entre 1º de janeiro e 22 de fevereiro. Emrelaçãoaoboletimanterior,divul- gado na última quinta-feira (18), os nú- meros significam 23 e 9 casos a mais, respectivamente. O balanço ainda indi- ca a primeira confirmação de chikungunya, também transmitida pelo mosquitoAedes aegypti, de 2016. O balanço apresentado indica a rea- lização de 129.561 inspeções domicilia- res no terceiro quadrimestre de 2015, contra 40.241 no mesmo período do ano anterior.“Em2016,intensificamosainda mais as ações”, afirmou Cesar Titton, secretario de Saúde. De 13 a 19 de fe- vereiro,porexemplo,aprefeituradizque a participação das Forças Armadas na operação de varredura teve visitas a 5.411 imóveis, que resultaram em 343 focos sob análise. SINTOMAS DAS DOENÇAS Transmitido pelo Aedes aegypiti, o mesmo transmissor da dengue e da chikungunya, o Zika provoca dor de ca- beça, febre baixa, dores leves nas arti- culações, manchas vermelhas na pele, coceira e vermelhidão nos olhos. Outros sintomas menos frequentes são inchaço no corpo, dor de garganta, tosse e vômitos.Agrande preocupação, no entanto, é a relação entre ?a Síndrome da Zika Congênita ? eaocorrênciademicrocefalia?,além dos p?problemas de visão, artogripose, a criança nasce com pernas e braços tor- tos, tudo isso fruto do tropismo que o ví- rus tem pelo sistema nervoso.
  3. 3. 4 Surge uma cidade em meio ao bairro Santa Cândida, com pouco mais de 4.300 moradores colocando-se acima dos 75 municípios menores do Paraná que não atingiram este numero de população e ainda destacando-se como um dos 7 menores bairros da Capital. Construídos em uma área de 201,3 mil metros quadrados, o Residencial Imbuia formado por 35 blocos com 16 apartamentos cada, o que totaliza 560 habitações. Já o ResidencialAroeira con- ta com 30 casas adaptadas para pesso- as com deficiência, 122 sobrados e mais 18 blocos de 16 apartamentos cada. Com espaço reservado para a construção fu- tura de equipamentos comunitários (duas escolas – uma municipal e uma estadual – e uma creche). Possuindo uma área de bosque com vegetação nativa preservada. Segundo, Ivan Tavares, Presidente da associação dos moradores, já conseguiu uma emen- da parlamentar que garantira uma aca- demia ao ar livre e, outra emenda para quadra sintética. Para a execução deste complexo foi UMA CIDADE DENTRO DO BAIRRO SANTA CÂNDIDA investidos R$ 54,8 milhões, recursos do programa Minha Casa Minha Vida, do governo federal. Com voluntários da comunidade em parceria com a Regional Boa Vista de mais lazer e atividades esportivas foi provisionado um campo de futebol. A Prefeitura aplicou R$ 3,4 milhões parapavimentaçãode2,9quilômetrosdas ruas Paulo Kulik, Thereza Lopes Skroski, Walace Landal e Estevão Manika, que dão acesso aos Residenciais. Houve a extensão da Linha de ônibus Jardim Ali- ança que facilita o acesso até o terminal Santa Cândida. ASSOCIAÇÃO DOS MORADORES Comacriaçãodeumórgãointerlocutor juntoassecretariasdomunicípioeEstado, Ivan Tavares e Sergio Anestor Dias( co- nhecido como Serginho) presidem a As- sociaçãodosMoradoresAroeiraseImbuia, criadono objetivoconsultivo,fiscalizador e deliberativo constituindo uma diretoria desde 28 deAbril de 2015 Ivan Tavares, presidente; Sergio Dias (Serginho), vice-presidente; Valdirene Sanches, 1° secretaria ; Flavia de Cam- pos, 2°Secretaria; Alessandro da Rosa, 1ºTesoureiro; Anderson Lima, 2° Tesoureiro Conselho Deliberativo e Fiscal; Presidente: Sintia Alves, Conselheiros : Vanilda França Moreira, Osmar de Castro, Eugenio Sanches, Daniela da Silveira Departamento de Es- portes;Valmir de Oliveira, Ariane Fátima Departamento de Se- gurança; Sargento Becker Departamento Espiri- tual; George O. Belarmino “Em visita nos residenciais, o vereador Jairo Marcelino, garantiu para nossa comunidade duas emendas, uma para academia ao ar livre com ins- talação e outra, para uma quadra sintéti- ca de um projeto alemão que esta sendo incrementado em Curitiba, também ti- vemos a visita do técnico da Secretária de esportes, sr Zanon, e agora aguarda- mos as deliberações le- gais. Solicitamos um ar- mazém da família e con- seguimos o Mercadão volante, um ônibus do mercadão da família; fize- mos doação de material escolar dentre outras ati- vidades”, afirma Ivan Tavares “Também consegui- mos as redes de proteção para nossa cancha de areia junto a um morador local, fruto do trabalho e cooperação de toda a as- sociação, as conquistas são resultados de nosso empenho em estar atuan- do junto aos órgãos públicos, temos a agradecer a todos que tem nos ajudado”, diz Serginho, Vice- Presidente. FLASH SOCIALFLASH SOCIALFLASH SOCIALFLASH SOCIALFLASH SOCIAL Parabéns ao Novo formado em Publicidade e propaganda pela PUC, Ulysses Mesquita de Melo O guerreiro João Bola comemorou seu aniversáriocomafamílianoúltimodia16de fevereiro. Na foto, ao lado da família.Juliana Dias, comemorou 7 anos de idade no dia 20 de fevereiro. Ela é filha de Sergio (Sérginho) e Maria Dias Tel: 3357-3601, Celular 8462-3354 - 99105354 Rua Ilda C. Manasczuk, 4444 - Jd Aliança - Santa Cândida Contador: Sandro da Silva Constituição e Encerramento de Empresas Imposto de Renda Assessoria Contábil, Empresarial, Financeira, RH
  4. 4. 5 O prefeito Gustavo Fruet (PDT) não consegue concluir as obras do terminal do Santa Cândida e mesmo assim entre- gou o terminal para operação meia-boca, incompleto, pela metade. Três plataformas do terminal Santa Cândida foram entregues dia 13 de fe- vereiro, agora passa de 8.6 para 12.6 mil metros quadrados. Os mais de 40 mil passageiros que diariamente utilizam o Terminal Santa Cândida finalmente ga- nham mais espaço.Tudo estava concen- trado em apenas uma ala. A reforma fazia parte do Programa deAceleração do Crescimento (PAC) da CopaparaCuritibafinanciadapelaCaixa EconômicaFederal.Mas,desdeinicioda obras,sofreucomatrasosnocronograma: oprimeiroprazoprevistoparaoiníciodas obras era em outubro de 2010, que foi sendo reprogramado até se efetivar com festa em 4 de maio de 2012. Daí em diante, várias datas de en- trega da obra foram cogitadas, desde o “impraticável” outubro de 2012, até de- clarações do secretário de obras dizer que não seria prioridade para o Mundial, TERMINAL SANTTERMINAL SANTTERMINAL SANTTERMINAL SANTTERMINAL SANTA CÂNDIDA CÂNDIDA CÂNDIDA CÂNDIDA CÂNDIDA INCOMPLETA INCOMPLETA INCOMPLETA INCOMPLETA INCOMPLETO. PREFEITO. PREFEITO. PREFEITO. PREFEITO. PREFEITOOOOO TTTTTAMBÉM NÃO SABE QUAMBÉM NÃO SABE QUAMBÉM NÃO SABE QUAMBÉM NÃO SABE QUAMBÉM NÃO SABE QUANDO VANDO VANDO VANDO VANDO VAI CONCLAI CONCLAI CONCLAI CONCLAI CONCLUIR A CONSUIR A CONSUIR A CONSUIR A CONSUIR A CONSTRTRTRTRTRUÇÃO.UÇÃO.UÇÃO.UÇÃO.UÇÃO. em inicio da Gestão Fruet (rádio CBN). Desde então, várias postergações foram feitas. No ano 2015 a obra já foi prometidaparamarço,julhoedezembro. OusuárioJoséCândidodiz;"estouin- satisfeitocomomuitosusuáriosqueusam este terminal, uma das coisas é a falta de coberturaparaquemdescedaestaçãotubo praasplataformasdoterminal". IvanildeGomes,''Aquifaltatudo,onde esta a banca de jornal, a farmácia, e o armazém da família, isto daqui esta um caos, é que eles ( administradores do município) não usam o terminal, não an- dam de ônibus, diz muito irritada''. ''O terminal foi uma das obras que receberam recursos do governo federal, e deveria estar pronto antes da Copa do Mundo de 2014'', informações de Fábio Buchmann da radio CBN/Curitiba. Fruet culpa a empresa contratada para realizar o serviço pela demora. A previsão de início da obra era outu- bro de 2010, mas ela começou ape- nas em maio de 2012. O primeiro pra- zo de conclusão estabelecido foi ou- tubro do mesmo ano. Segundo o se- cretário de Obras, Sérgio Antoniassi, como os problemas permaneceram, no início do ano a prefeitura assumiu a responsabilidade de finalizar a obra. Pelo orçamento inicial, a reforma no terminal do Santa Cândida custa- ria R$ 12,6 milhões aos cofres públi- cos: R$ 12 milhões já foram repassa- dos pelo governo federal. Os outros R$ 600 mil eram responsabilidade do município. O terminal do Santa Cân- dida é um dos mais movimentados de Curitiba. Mais de 40 mil passageiros passam pelo local diariamente interli- gando com o município de Colombo. No último dia 19/02, o Comitê Gestor Municipal do Programa Lei- te das Crianças do Setor Boa Vis- ta reuniu-se nas dependências do Colégio Estadual Maria Montessori para análise e aprova- ção de cadastros. O Comitê Gestor Municipal foi muito bem recebido pela nova dire- ção do colégio. O professor Paulo Leonart (Co- ordenador do PLC pelo NREC) e o senhor Germano Slomski, Represen- tante do Estado, fazem questão de agradecer a direção anterior, profes- sora Luciane pela forma como re- PRIMEIRA REUNIÃO DO CGM BOA VISTA NA ESCOLA ESTADUAL MARIA MONTESSORI cebeu o programa e dedicou-se a ele, bem como à nova diretora, professo- ra Valdelize Cristina Silveira que, jun- tamente com a sua diretora auxiliar,professora Eldenise Lopes do Nascimento, comprometeu-se a fazer todo empenho para que o programa, que já é bom, torne-se melhor ainda. Participaram da reunião: Sra. Doracy Martins, representante da So- ciedade Civil, Sr. José Cândido, socie- dade civil, Sr. José Suzla o mais antigo representante do CGM/Boa Vista, Sra. Jandira Ribas Scweger, sociedade ci- vil e a funcionária responsável pela en- trega do leite na escola, Sra. Enilce.
  5. 5. 6 A festa de 7º aniversário de Júlia Dias,filhadeSérgioeMariaDias,con- tou com muita diversão para as crian- ças,piscinadebolinhaeoutrosbrinque- dos infantis. E para os adultos teve tor- neiodefutebolsuiçonacanchadeareia, comaseguintepremiaçãodostimes: Umaagênciadecascavel,nooestedo Paraná,criouumaplicativoparamonitorar e receber denúncias da população. RadarCidadãoéumaespéciedeGPS dasdemandassociaisquetemcomoob- jetivo aproximar as necessidades do pú- blicoàsouvidoriasdosmunicípios. O cidadão pode utilizar a ferramenta para fazer qualquer tipo de reclamação aqualquerhoradodia,utilizandooapa- relho celular e o site do aplicativo. Eis aqui as demandas sociais enca- minhadas por este aplicatívo através do Jornal:Ocorrência578 Bairro: Tingui - Rua José Gildo Beleski, 118 - Reparos no asfalto, rua sem manutenção. Ocorrência 579 - Rua Domingos Pigatto, 82, Tingui. Ruas esburacadas, estaoferecendomuitoriscoparaaciden- tes. Ocorrência 578 -Avenida Paraná ao RESULTADO DO TORNEIO DE FUTEBOL SUÍÇO DA AMAI 1° lugar - Canela de Fogo. Ganhou duas caixas de cerveja eTroféu. 2° lugar - Unidos doAliança. Uma caixa de cerveja eTroféu. 3ºlugar-Colorado.umaCocaCola 2 litros e meio e meia dúzia de pastéis. Promoção:PastelariaMariaJúlia ASASASASAS DEMANDDEMANDDEMANDDEMANDDEMANDASASASASAS DOSDOSDOSDOSDOS BAIRROSBAIRROSBAIRROSBAIRROSBAIRROS lado da UPA24 hs -Av. Paraná, 3979. Local com muitas garrafas jogadas armazenada de água formando um pos- sível foco da dengue. Ocorrência585- MortedeAraucária -RuaBasílioBacellarFilho,889,Tingui Ocorrência 682 - Informações do cidadão - Terreno abandonado sujo de mato e lixo com possas de água e esgo- to,possívelcriadourodedengue. Rua Basílio Bacellar Filho, 889, Tingui. Ocorrência 683 - Terreno abando- nado e sujo - A sujeira deve acumular dengue,comorompimentodacercaestá havendo acúmulo de lixo- Avenida Paraná,4368,Tingui Ocorrência 708 - Perigo de acidente pelo enorme buraco no asfalto da Rua Macapá, px a rua Guilherme Ihlenfeldt MULTAS DE R$ 25,00 POR METROQUADRADOPARA TERRENOS MALCONSERVADOS Oprojetodeleiqueaumentaovalor da multa para proprietários de terrenos quenãomantiveremsuaspropriedades bem conservadas foi aprovado na Câ- mara,alteraaleimunicipal 11.095/2004 e acrescenta aos proprietários de terre- nos, edificados ou não, a obrigação de mantê-los“roçadosecapinados”. Aredação atual da norma já prevê que os imóveis permaneçam vedados, limposedrenados. “Sabe-sequearesponsabilidadepela roçadadeumterrenoédoproprietário, TTTTTerrenos mal consererrenos mal consererrenos mal consererrenos mal consererrenos mal conservvvvvados serão multadosados serão multadosados serão multadosados serão multadosados serão multados porém muitas vezes os terrenos ficam emtotalabandono,aprefeituranãotem condições de proceder a roçada desses locaisparaposteriorcobrança,paratan- to,opresenteprojetodeleitemporobje- tivo a previsão de multa mais pesada, a ser cobrada por m² junto ao carnê do IPTUdoproprietáriodoimóvel,como objetivo de incentivá-los a proceder a roçadaregularmente”,Alémdisso,dizo textodejustificativa,“oprojetonãoenseja despesas ao município, pelo contrário, visa arrecadar verba, justamente para que aumentemasequipesderoçada,se assimentendernecessárioaadministra- çãomunicipal”. Conforme a p r o p o s t a (005.00121.2015), amultaatualpara quemdescumprir a regra passará dosatuaisR$300 paraR$25porm², valorqueseráco- bradonocarnêde IPTU. OdeputadoLucianoDucci(PSB) confirmou nesta segunda-feira, 29, queestámuitodispostoadisputarda prefeituradeCuritibanaseleiçõesde outubro.Ainda na segunda, Ducci esteve com os presidentes de três partidos:Ademar Traiano (PSDB), Eduardo Sciara (PSD) e Pedro Lupion (DEM) e com o deputado Luiz Carlos Martins (PSD). "Curitiba precisa recuperar sua ca- 'Sou candidato a prefeito', diz Ducci pacidade de investimentos e cuidar da saúde, das creches e dos bair- ros. Hoje está tudo muito abando- nado sem a presença da prefeitura na vida da cidade", disse Ducci. O deputado retoma suas articu- lações na sexta-feira, 4, e pretende conversar com lideranças políticas. Até lá estará em Brasília na Câmara dos Deputados.
  6. 6. 7 A Câmara Municipal de Curitiba re- cebeu, na sessão do dia 17 de fevereiro, integrantes do movimento Primavera Ci- dadã, que pede a redução do subsídio pago aos vereadores, ao prefeito, vice- prefeito, além de outras despesas do Po- der Legislativo, como o número de as- sessores parlamentares. O grupo, de aproximadamente 50 pessoas, em sua maioria estudantes, acompanhou parte da sessão das galeri- as do Palácio Rio Branco, de onde grita- ram palavras de ordem e se dirigiram a alguns vereadores. Fora da Câmara, em um carro de som, foram realizados dis- cursos e expostas faixas e cartazes. Em resposta aos manifestantes, o lí- der da maioria na Casa, Paulo Salamuni (PV), esclareceu que até o momento não há projeto em trâmite para aumentar o sa- lário dos vereadores e garantiu que a Casa está de portas abertas para o debate. Diversas cidades do Paraná se mobili- zaram e conseguiram reduzir os salários dos vereadores, mas em Curitiba a popu- lação não tem participado das manifesta- ções, o que enfraquece essa luta. Segundo o estudante de filosofia André Barreto, porta-voz do Primavera Cidadã, já foram coletadas cerca de 10 mil assinaturas para um projeto de lei de iniciativa popular que prevê corte nos subsídios e em outras despesas da Câ- mara. “Nosso objetivo é receber o apoio de 62 mil curitibanos até agosto (5% do eleitorado de Curitiba, número necessá- rio para apresentar a proposta), proto- colar o texto e lutar por sua aprovação”. Barreto afirmou que a intenção é estabe- lecer um diálogo com os vereadores e pro- testou contra qualquer possibilidade de au- mento salarial. “Desde 2010 o salário é au- mentado ano a ano e a população não quer que aumente mais, pois já é um salário bom”. Isto aqui não é uma briga com os vereado- res, mas há um abismo entre o que os traba- lhadores e os políticos recebem. “Se eles querem enriquecer, que vão abrir uma empresa”. O salário proposto para os parlamentares no projeto é de R$ 3.258,00. Hoje, eles recebem mensalmen- te R$ 15.156,70. Descontados os valo- res relativos à Previdência (R$ 513,01) e Imposto de Renda (R$ 3.157,65), que so- mam R$ 3.670,66, o total líquido é de R$ 11.486,04. Fora isso, existem mordomi- as como contratação de mais de uma de- zena de assessores, veículo e combustí- O projeto foi novamente aprovado pela Caixa Econômica Federal "A viabilidade técnica e econômico- financeira do projeto do metrô está ga- rantida. Curitiba tem uma demanda con- sistente para isto e pode executar um pro- jeto com a competência técnica que a cidade já demonstrou no passado. E se houver uma janela de oportunidades, o metrô será licitado em 2016”.Aexplica- ção foi dada por Fábio Scatolin, secretá- rio municipal de Planejamento e Admi- nistração, à Comis- são Especial do Me- trô em reunião téc- nica no dia 17 de fe- vereiro na Secretá- ria. Segundo Fábio Scatolin, depois de fazer todas as ade- quações técnicas so- licitadas pelo Tribu- nal de Contas do Es- tado (TCE-PR) em 2014 e realizar novo estudo de impacto ambiental, um novo projeto foi enviado para a análise dos ministérios das Cidades e do Planejamen- to. Entretanto, a licitação não pode ser executada no final de 2015 – como ele havia confirmado em agosto, porque a Prefeitura de Curitiba ainda aguarda a de- finição do cronograma de liberação de recursos e o “toque da obra”. Outro motivo que impede a abertura do edital são as condições macroeconômicas do país. “A crise im- põe limites na velocidade dos repasses. Se o ajuste fiscal for aprovado no Con- gresso Nacional, acreditamos ser possí- vel solucionar este impasse, já que o me- trô será construído em quatro ou cinco anos, e os recursos federais não são para agora, mas a partir de 2017. Também não temos empresas em condições e saudá- veis suficientes para participar de uma concorrência”, completou. Aporte da obra Além da data, outra questão ainda não definida é quem vai assumir a correção inflacionária sobre o valor da obra, já que o projeto será executado por meio de uma parceria público-privada (PPP). O custo estimado do metrô curitibano ultrapassa R$ 5,5 bilhões (valor atualizado).Até me- ados de 2015, o valor oficial divulgado era R$ 4,7 bilhões, dividido entre poder público (R$ 3,2 bilhões) e iniciativa pri- vada (R$ 1,5 bilhão). “Se você calcular a inflação dos últi- mos 18 meses, chegamos perto dos R$ 5,5 bilhões. Estamos em conversa com o governo federal para adequar os recur- sosànecessidadedoedital.Hoje,daUnião temos garantido R$ 1,8 bilhão e do Esta- do e da prefeitura, R$ 700 milhões de MANIFESTANTES PEDEM REDUÇÃO DOS SALÁRIOS DOS VEREADORES Prefeitura não tem previsão para licitar metrô de Curitiba cada. O que propomos é que cada um aumente, na mesma proporção, o aporte para cobrir a inflação do período”, expli- cou Scatolin. Projeto consistente O metrô de Curitiba terá 22 quilôme- tros de extensão e 19 estações, será inte- grado aos terminais de ônibus da capital e deverá transportar 20.400 pessoas hora/ sentido. O secretário de Planejamento de- fendeu que o projeto é a “melhor solução técnica e econômico-financeira para o eixo norte-sul do transporte coletivo de Curitiba”, porque é o único da cidade que tem uma de- manda diária de 400 mil passageiros/dia. “Gostaríamos que houvesse uma janela de oportuni- dades para que o prefeito Gustavo Fruet licitasse esse ano. Mas não posso antecipar o que não depende de nós”, fri- sou. De acordo com Scatolin, a prefeitu- ra deve anunciar, nas próximas semanas, uma PMI para estudar outros traçados para um projeto de eletromobilidade. “O modal não vem para substituir o metrô, mas para complementar. Um dos trechos que serão estudados é a Linha Verde”. Ministério das Cidades para verifi- car o andamento do cronograma. "O projeto já foi novamente aprovado pela Caixa Econômica Federal. O prefeito quer construir o metrô, continua acre- ditando que é o melhor modal para o sistema. Vamos continuar cobrando uma resposta, já que saímos daqui sem uma data”, afirmou o presidente. Para o relator Bruno Pessuti, a ci- dade está pronta para o metrô e a Pre- feitura de Curitiba deve cogitar, inclu- sive, realizar uma licitação internacio- nal. “A resposta que temos para a po- pulação é: está tudo pronto para serem licitadas, novas modificações foram feitas. E nada impede que empresas de outros países executem a obra, já que diversas empresas brasileiras são acu- sadas de irregularidades em empreen- dimentos públicos”, finalizou o relator. vel, viagens etc. Em entrevista à imprensa, o presi- dente da Casa, Ailton Araujo (PSC), dis- se que, se chegar ao plenário, o proje- to possivelmente não será aprovado, pois “seria uma incoerência alguém dizer que ganha demais”. Tramita no Legislativo projeto de Jorge Bernardi (Rede) que propõe que o subsídio mensal dos vereadores não ultrapasse o va- lor máximo referente a dois cargos de pro- fessor da Rede Pública Municipal soma- dos e vantagens, ou seja, R$ 11.611,68 – à época em que o texto foi protocolado, em novembro do ano passado. Veja a lista completa do posicionamento dos vereadores de Curitiba, de acordo com pesquisa realizada pela RPC: Congelamento Aldemir Manfron (PP); Aladim Luciano (PV); Beto Moraes (PSDB); Bruno Pessuti (PSC); Cacá Pereira (PSDC); Carla Pimentel (PSC); Chicarelli (PSDC); Chico do Uberaba (PMN); Colpani (PSB); Cristiano Santos (PV); Dirceu Moreira (PSL); Dona Lourdes (PSB); Felipe Braga Côrtes (PSDB); Geovane Fernandes (PTB); Helio Wirbiski (PPS); Jairo Marcelino (PSD); Jonny Stica (PT); Julieta Reis (DEM); Mauro Ignacio (PSB); Mestre Pop (PSC); Pedro Paulo (PT) Pier Petruzziello (PTB); Professora Josete (PT); Rogério Campos (PSC); Serginho do Posto (PSDB); Tiago Gevert (PSC); Toninho da Farmácia (PDT); Zé Maria (SD) Redução Jorge Bernardi (Rede) Noemia Rocha (PMDB) Professor Galdino (PSDB) Valdemir Soares (PRB) Reajuste (Aumento) Ailton Araújo (PSC) Paulo Salamuni (PV) Sabino Picolo (DEM) Tito Zeglin (PDT) Não quis opinar Paulo Rink (PR) Não atendeu às ligações Tico Kuzma (PROS)
  7. 7. 8
  8. 8. 9 Estáconfirmadaarealização,de18 a 20 de março, no Bourbon Curitiba ConventionHotel,deumdosmaisim- portantes eventos de Ufologia que o estado já recebeu. Trata-se do II En- contro de Ufologia Avançada do Paraná, que contará com cerca de 20 conferencistasdoBrasileexterior,es- pecialistas reconhecidos na pesquisa dos discos voadores e seus tripulan- tes. Temas como abduções, segredos militares, contatos diretos com ETs, xamanismo, evidências físicas e mui- tos outros estão na pauta. Comesteevento,Curitibareafirma seu papel consolidado de sede de im- portanteseventosdeUfologia,comojá é conhecida no país e fora dele. Desta vez o evento terá uma novi- dadeinédita,queseráarealizaçãopa- ralela do I Grande Debate sobre AgroglifosdoBrasil,quereuniráestu- diosos dos enigmáticos círculos em plantações de trigo, a exemplo do ocorrido em outubro do ano passado em Prudentópolis, que atraiu a aten- ção da imprensa mundial para o esta- do. O fenômeno, que já dura mais de três décadas na Europa, teve início no BrasilemSantaCatarina,em2008.O agroglifo de Prudentópolis, de 08 de outubro de 2015. Os estudiosos acreditam, e defen- derão no debate, mostrando evidên- cias e estudos, que os agroglifos se- Tudo aquilo que o homem vê, sente ou de que, de alguma maneira, toma co- nhecimento, tem de ser captado por meio da mente, dado que a percepção, a sensa- ção e a consciência pertencem à mente e não à matéria. Levados pela correnteza popular do pensamento mortal, sem ques- tionar a confiabilidade de suas conclusões, nós fazemos o que os outros fazem, acre- ditamos no que os outros acreditam e di- zemos o que os outros dizem. O consen- timento geral é contagioso e torna conta- giosa a doença. As pessoas acreditam em doenças in- fecciosas e contagiosas, e que qualquer um está sujeito a contraí-las, em virtude de determinadas causas predisponentes e excitantes. Esse estado mental nos pre- para para contrair qualquer doença, sem- pre que se apresentem as circunstâncias que, acreditamos, a provocam. Se acre- ditássemos, com a mesma sinceridade, que a saúde é contagiosa quando em con- tato com pessoas saudáveis, seríamos contagiados pela maneira como elas se sentem, tão certamente e com melhores resultados, do que quando nos contagia- mos com o estado do homem doente. Se apenas as pessoas acreditassem que o bem é mais contagioso do que o CONTÁGIO CURITIBA TERÁ UM GRANDE EVENTO SOBRE UFOLOGIA EM MARÇO jammensagenstransmitidasporinteli- gências não terrestres. Entre os conferencistas convidados para o II Encontro de UfologiaAvan- çada do Paraná estão a médica Môni- ca de Medeiros, de São Paulo, o autor MarcoAntonio Petit, do Rio de Janei- ro, o policial paranaense Toni Inajar Kurowski, o professor CarlosAlberto Machado e muitos outros. Do exterior foramconvidadasainglesaLucyPringle, que tem o maior acervo de fotos de agroglifos em seus 30 anos de pesqui- sa, e a argentina Mercedes Casas, que está à frente das investigações do as- sunto em seu país. As inscrições para o evento estão abertas e aceleradas, com cerca de 200 das400vagasdisponíveisjáocupadas. A promoção é da Revista UFO, a mais antiga publicação sobre Ufologia do mundo, existente há 33 anos e que a sete se estabeleceu em Curitiba, e do Centro Brasileiro de Pesquisas de Dis- cosVoadores (CBPDV), a maior insti- tuiçãodepesquisasdoplaneta,quetem centenasdemembrosnoParaná.Abai- xo está a imagem do evento. Ositeoficialcominformaçõese formuláriodeinscriçõesé: www.ufo.com.br/ufologiapr/ A comunidade de participantes do evento no Facebook é: www.facebook.com/ufologiapr/ mal, já que Deus é onipresença, quão mais seguro seria o êxito do médico e quão mais garantida a conversão dos pecadores pelo clérigo! E, se apenas o púlpito incentivas- se a fé em Deus a esse respeito, e a fé na Mente acima de todas as outras influênci- as que regulam a receptividade do corpo, a teologia ensinaria ao homem aquilo que Davi ensinou: "Pois disseste: O Senhor é o meu refúgio, fizeste doAltíssimo a tua mo- rada. Nenhum mal te sucederá, praga ne- nhuma chegará à tua tenda." Assim, a confiança que a humanidade tem em doenças contagiosas diminuiria de forma maravilhosa, e, na mesma propor- ção, aumentaria a fé no poder de Deus para curar e salvar a humanidade, até que toda a espécie humana usufruísse de mais saú- de, mais santidade, mais felicidade e vida mais longa. Um estado mental cristão e calmo é melhor preventivo contra o con- tágio do que uma droga ou qualquer outro método sanitário possível; e o "perfeito Amor" que "lança fora o medo" é defesa segura. Mary Baker Eddy Da edição, outubro de 1997do OArau- to da Ciência Cristã da obra Miscellaneous Writings (Escritos Diversos), pp. 228–229. Publicado com permissão do Conselho de Diretores da Ciência Cristã. Papa recebe o Presidente da Argentina com frieza. Francisco sabe quem é Macri. Os dois argentinos mais importantes e poderosos, o papa Francisco e o Pre- sidente Mauricio Macri, enfim celebra- ram seu primeiro encontro no Vaticano. Macri viajou a Roma para aplainar uma relação com o Papa que parecia com- plexa já antes de sua chegada ao Go- verno. Mas os gestos indicam que as coisas saíram pior que o esperado. O encontro durou apenas 22 minutos, o rosto de Francisco era muito sério, frio. Segundo o presidente, o Papa confirmou que também não viajará àArgentina em 2016, mas garante que o fará “o mais breve possível”. Francisco está percor- rendo o continente desde que é Papa – Brasil, Paraguai, Bolívia, México –, mas até agora evitou seu país. Existem dois fatores que medem o índice de cordialidade dos encontros do papa Francisco com os mandatários es- trangeiros. Um é seu rosto durante o tra- dicional intercâmbio de presentes. O ou- tro, a duração do encontro privado. E, nesta ocasião, os dois fatores falam de um encontro frio, especialmente em se tratando de um Papa argentino e o pre- sidente de seu país. Comparem-se o ros- to e as brincadeiras de Jorge Mario Bergoglio com Barack Obama, Raúl Castro ou mesmo na última audiência com o rei Juan Carlos, e sua atitude di- ante de Mauricio Macri. Um rosto sério, comedido, sem nenhum indício de cum- plicidade ou as brincadeiras que já fa- zem parte da estratégia do primeiro Papa latino-americano para propiciar o diálo- go até com quem – do ponto de vista religioso, cultural ou político – está mais distante de suas convicções. Os argentinos veem, há três anos, uma cara de Jorge Bergoglio que não conheciam. Um Francisco risonho, en- tusiasta, sempre sorridente, feliz. Quan- do era arcebispo de Buenos Aires, o Papa aparecia em público quase sem- pre mal-humorado, duro, em combate permanente para defender suas ideias. O comentário mais recorrente na Ar- gentina assim que começaram a ser divulgadas imagens do encontro do Papa com Macri é que havia voltado aquela expressão dura, séria, distante. O presidente argentino insistiu que a reunião tinha sido “muito boa”, mas ele e seu principal assessor, o equatoriano Jaime Durán Barba, sabem melhor que ninguém que a política moderna é fei- ta com imagens e a que ficará é esse gesto de Francisco.
  9. 9. 10
  10. 10. 11 Telefonei para a vidente. Ela atendeu: - Quem está falando? Desliguei na hora. Não senti confiança. -o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o- Três amigos saem para beber. Na madrugada, já bêbados, decidem pegar um táxi. O taxista percebe que estão muito bêbados e resolve sacanear. Eles entram no carro. O taxista liga o veículo, deixa funcionando por alguns minutos e desliga o motor: - Chegamos. Ficou em 50 reais. O primeiro bêbado paga e desce do carro. O segundo bêbado também desce. O terceiro dá um tapa na cabeça do motorista. Pensando que o bêbado havia descoberto seu golpe, o taxista pergunta: - Por que me bateu? O bêbado: - Pra você aprender a não correr como louco. -o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o- O professor pergunta o Joãozinho: - Arroz é com S ou com Z? E o Joãozinho responde: - Aqui na escola eu não sei, mas lá em casa é com feijão. -o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o- A mulher entra no bar nua e pede uma cerveja. O dono do bar a olha dos pés à cabeça, depois vai ao freezer e pega uma cerveja geladíssima. Ela toma rapidamente e pede outra. O dono do bar olha para a mulher, olha, olha, olha, fica olhando, olha e olha de novo, até que a mulher diz: - O senhor nunca viu uma mulher pelada, não?! E o dono do bar, tranquilo, responde: - Ver eu já vi, só estou querendo saber de onde você vai tirar dinheiro pra pagar as cervejas! -o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o- A triste história de um homem Hoje é o dia do meu aniversário... Meus pais, minha esposa e meus filhos não me parabenizaram. Eu fui para o trabalho, chegando lá, meus colegas agiram como se fosse um dia normal e também não me felicitaram. Quando entrei no meu escritório, minha secretaria disse: - Feliz aniversário, patrão!! Depois do almoço, ela me convidou para ir ao seu apartamento. Eu fui até lá com ela. Então, ela me disse: - Você se importa se eu for no meu quarto por um minuto? Eu disse: - Ok, tudo bem! 5 minutos depois ela volta... com um bolo, minha esposa, meus pais, meus filhos e colegas gritando: - Surpresa! Eu estava esperando no sofá... PELADO! Joãozinho foi preso. Na delegacia ele ameaçou: - Me soltem senão vou chamar meu irmão da assembléia de Brasília, minha irmã promotora e meu pai procurador! Ele foi solto. Quando já estava no portão, um policial disse: - Joãozinho, me explica essa história dos seus parentes. - É que meu irmão é daAssembléia de Deus, minha irmã é promotora daAvon e meu pai é procurador de emprego. -o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o- O bêbado chegou no bar e disse: - Compadre, eu sou Deus. O dono do bar disse: - Para de blasfemar, você já disse isso mais de mil vezes! O bêbado falou: - Eu vou te provar, vem comigo! Chegando na igreja o padre reconhece o bêbado e diz: - Meu Deus! Você aqui de novo! -o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o- O fanho no motel O fanho liga pra recepção do motel: - Pode ver a minha conta? - O que o senhor consumiu? - 3 cervejas, 2 águas, 2 fodas. - Ah, esse último item o senhor resolve aí mesmo com a moça. - É foda limonada fua besta! -o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o- A mulher entra no confessionário de uma igreja em Hollywood. - Padre, quero me confessar! - Pois não minha filha, quais são os seus pecados? - Fui infiel ao meu marido padre. Sou maquiadora de artistas e há duas semanas dormi com o Leonardo Di Caprio. Na semana passada, dormi com o Brad Pitt e ontem dormi com o George Clooney. - Lamento filha, mas não posso dar-lhe a absolvição. - Mas por quê?Amisericórdia do senhor não é infinita? - Sim filha, a misericórdia de Deus é infinita. Mas ele jamais vai acreditar que você está arrependida. -o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o- Abordagem policial - Onde você mora? - Com meus pais. - Onde seus pais moram? - Comigo. - Onde todos moram? - Juntos. - Onde é sua casa? - Ao lado da casa dos meus vizinhos. - Onde moram seus vizinhos? - Se eu disser, você não vai acreditar. - Diga. - Do lado da minha casa. -o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o- O sujeito pergunta na loja de jardinagem: - Moça, quanto custam estes vasos? E ela responde: - O bom custa R$ 10,00 e o ruim R$ 100,00. - Mas por que o ruim é mais caro? - É porque vaso ruim não quebra!
  11. 11. 12 Política internacional. Aquilo que você não lê na imprensa comercial. Paraná está entre os cinco estadosParaná está entre os cinco estadosParaná está entre os cinco estadosParaná está entre os cinco estadosParaná está entre os cinco estados qqqqque tivue tivue tivue tivue tiveram saldo positiveram saldo positiveram saldo positiveram saldo positiveram saldo positivo de emo de emo de emo de emo de empregospregospregospregospregos O Paraná está entre os cinco esta- dos que tiveram saldo positivo na gera- ção de empregos formais em janeiro, de acordo com dados do Cadastro Geral de Empregos (Caged), divulga- do pelo Ministério do Trabalho nesta sexta-feira (26). No período, foram cri- ados 1.074 novos empregos com car- teira assinada no Estado, o que equiva- le a um crescimento de 0,04% em rela- ção ao estoque de assalariados com carteira assinada no mês anterior. Os setores que mais contribuíram para esse resultado, sem considerar o ajuste com os setores que tiveram sal- do negativo, foram os de Serviços, com 2.510 novos postos; a Construção Ci- vil, com 1.412; e Indústria deTransfor- mação, com 770 postos de trabalho. Osetorquemaisregistroudemissõesfoi o de Comércio (-3.617),Administração Pública (-55) e Extrativa Mineral (-2). Na contramão do bom resultado paranaense,oBrasilfechou,emjaneiro, 99.694 vagas de empregos formais, o pior resultado para o mês, desde 2009. O presidente do Ipardes (Instituto Paranaense de Desenvolvimento Eco- nômicoSocial),JúlioSuzukiJúnior,diz que o saldo paranaense não é elevado, mas demonstra qualidade nos empre- gos. “Além disso, ao analisarmos os setores que mais criaram postos com carteira assinada, percebemos que não há concentração, o que pode ser con- siderado um avanço”, explica. AGROPECUÁRIA - O Paraná fi- couemquartolugarnorankingdoscin- co estados que tiveram saldo positivo de empregos em janeiro. Rio Grande do Sul e Santa Catarina ocupam as pri- meiras colocações, influenciadas pela agropecuária, já que os dois estados estão em período de colheita de frutas, na maioria feita manualmente e de for- ma temporária. No Paraná, a agropecuária também influencia a geração de empregos, mas de forma diferenciada já que a agricul- tura do Estado é voltada para o cultivo de grãos, que é altamente mecanizado. Em janeiro, 53 novos empregos com carteira assinada foram gerados no Es- tado no setor. Durante todo o ano de 2015, a agropecuária paranaense teve um saldo positivo de 3.067 novos pos- tos de trabalho, o que colocou o Esta- do na liderança na região Sul do país. Na série ajustada, que incorpora as informações declaradas fora do prazo, no acumulado dos últimos 12 meses, o montante de emprego registrou queda de 82.654 postos de trabalho no Paraná, correspondendo a uma retração de 3,02%. Governador Beto Richa Os cereais atuam no nosso corpo em vários aspectos, começando pela dimi- nuição de produção da insulina no or- ganismo (o que ajuda no emagrecimen- to), pois logo após a refeição há um pico de glicose no sangue e com a redução da insulina a produção de açúcares di- minui. Existe, também, um aumento na saciedade fazendo com que as porções de alimentos a serem ingeridas sejam menores. Mas os cereais são bem fa- mosos pela forma como trabalham no auxílio ao funcionamento do intestino, principalmente pra aquelas pessoas que sofrem de prisão de ventre (mais co- mum nas mulheres). Há um “mito” de que toda farinha ou semente pode ser considerada ce- real (integral), no entanto, o cereal só é verdadeiramente constituído quando OS CEREAIS E SEUS BENEFÍCIOS composto pelas três camadas determinantes: o farelo, o endosperma e o gérmen. O farelo origina-se diretamen- te da casca, rico em fibras e vitamina B. O endosperma é parte interme- diária, uma excelente fonte de carboidratos complexos para o corpo. E, o gérmen que é a se- mente e possui alta quantidade de minerais, vitaminas e antioxidantes. O ideal é que fi- quemos atentos ao escolher um cereal, pois esses fatores de- vem ser levados em conside- ração pra uma alimentação sau- dável e permanente. A grande questão é aplicarmos essa teoria na nossa prática diária. A alimen- tação no Brasil está causando obesida- de e intoxicação, pois a rotina dos brasi- leiros tem ficado cada vez mais agitada e na busca de uma alimentação prática a saúde fica em segundo plano. Siga as dicas e leve essa ideia adiante! -As famosas barrinhas de cereais são uma ótima alternativa para deixar na bolsa, no trabalho e até mesmo como uma sobremesa; - A linhaça (em grão) ou as granolas acompanhadas de um iogurte, você pode embalar num pote pequeno e deixar no escritório para o lanche da tarde; - Hoje você encontra casa de produtos naturais próximo de sua casa, bastando comprar cereais que aos pouco trarão muitos be- nefícios. Não deixe de buscar alternati- vas para uma vida melhor, e a ali- mentação saudável é o fator mais importante. Na próxima edição traremos a receita do “Pão natu- ral de chapa”, conhecido como Chapati Receita de Adilson Moreira. ARMAZÉM NATURÁLIA Fone 41010680

×