Apresentação plano educação ambiental

1.647 visualizações

Publicada em

0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.647
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
24
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Apresentação plano educação ambiental

  1. 1. 1 CONCEPÇÃO E PRÁTICA DEEDUCAÇÃO SÓCIO-AMBIENTAL GISLEI AMORIM DE SOUZA RONDON
  2. 2. EMENTA2 Educação sócio-ambiental relacionada as perspectivas históricas, filosóficas, políticas, social e ética, e suas relações com as diversas áreas do conhecimento. A prática da educação sócio-ambiental, em diferentes contextos educacionais: formal e não-formal, e suas diferentes abordagens. Estratégias de diagnóstico e de intervenção voltados para trabalhos com a comunidade. A educação sócio-ambiental no Brasil: estudos de caso.
  3. 3. Competências e Habilidades3  Estabelecer relações entre educação ambiental , ciência, tecnologia e sociedade;  Conhecer conceitos fundamentais para o entendimento da Educação Ambiental.  Conhecer e interpretar as formas de representação de ambiente. Conhecer metodologias e técnicas a serem utilizadas em Programas e Pesquisas de Educação Ambiental  Ser ético, curioso, crítico e inovador nos procedimentos da área biológica assim como ter responsabilidade sócio ambiental.
  4. 4. 4  Estabelecer relações entre educação ambiental , ciência, tecnologia e sociedade;  Atuar multi e interdisciplinarmente , interagindo com diferentes especialidades e diversos profissionais da educação ambiental.
  5. 5. JUSTIFICATIVA5 A relação ser humano – natureza vem frequentemente tomando tendência destrutiva para os sujeitos do processo. Com a evolução humana sendo baseada no seu modo de exploração da natureza , na exploração de mão- de-obra, na produção e acumulação de bens , onde “ter” se fortalece em detrimento do “ser”, o presente e o futuro do planeta terra e de todos os seus habitantes sofre uma degradação lenta e progressiva , podendo atingir dimensões insustentáveis.
  6. 6. 6 A educação ambiental vem com o intuito de facilitar e/ou despertar habilidades no ser humano para modificar suas atitudes em relação ao meio ambiente , entendendo suas relações com a natureza, com seus semelhantes , suas culturas e o ambiente, objetivando uma melhoria na qualidade de vida;
  7. 7. OBJETIVO DA DISCIPLINA7  Facilitar o acesso e a discussão de textos , a realização de práticas , pesquisas e dinâmicas relativas aos principais tópicos em educação ambiental , assim como compreender a importância da educação ambiental no processo de cidadania.
  8. 8. Conteúdo programado8  Histórico da ed.amb.;  Percepção ambiental;  Ser humano e natureza;  Desenvolvimento Sustentável ;  Sociedade Sustentável ;  Ed. Ambiental Lúdica .
  9. 9. Metodologia9  Holística, integradora;  Orientada mais para aprendizagem do que para o ensino;  Centrada mais no aluno do que no professor  Construtivas, inovadoras e facilitadoras da auto-aprendizagem.  O professor como mediador dessa aprendizagem.
  10. 10. 10  Relação dialética entre teoria e prática, análise e síntese dos assuntos abordados através de:  Apresentação dos temas, mediante exposição oral e/ou escrita, acompanhada de discussões abertas com a turma, revisão bibliográfica, painéis, leituras dirigidas, aulas com materiais audiovisuais,estudos em grupo de temas e questões referentes aos objetivos pretendidos.
  11. 11. Critérios Avaliativos11  Ato dinâmico , processual recebendo a denominação de função formativa , assumindo a inevitável e necessária relação entre teoria e prática , entre fins e meios , os critérios de avaliação passarão a contemplar não só a habilidade de reter conhecimento, mas de processa-lo, construí-lo, utilizá-lo em situações reais da vida.
  12. 12. 12  Será vista dentro de uma visão curricular integradora caracterizando-se por ser : · Formativa e formadora, abrangendo as diferentes facetas formativas : ser e participar, saber, fazer, querer; · Processual, quanto ao sentido e momento de realizar-se; · Reflexiva em relação aos seus propósitos e procedimentos; · Polivalente no que se refere a diversificação de estratégias e instrumentos ,reais da vida.
  13. 13. 13 Concebendo, portanto , o aluno como um ser integral, levaremos em conta os seguintes aspectos apresentados por ele ; Assiduidade; Pontualidade; Organização e criatividade na produção de trabalhos científicos: seminários ,resenhas, etc. Participação do Acadêmico nas atividades que lhe forem conferidas, como pesquisas, atividades orais/ escritas, com análises e debates dos assuntos abordados . Avaliações oficiais conforme estabelecido no calendário da Universidade.
  14. 14. BIBLIOGRAFIA14  DIAS, Genebaldo Freire. Educação Ambiental: Princípios e Práticas. 7. ed. São Paulo: Gaia, 2001.  SATO, Michele. Educação Ambiental. São Paulo: Rima, 2005.  LIMA, Gustavo Ferreira. Questão ambiental e educação: contribuições para o debate.. Campinas: NEPAM/UNICAMP, 1999.

×