PARQUE NACIONAL DA SERRA DO GANDARELA criado no dia 13/10/2014. 
COMEMORAR? NÃO DÁ! 
Entenda os motivos
O Parque Nacional da Serra do Gandarela 
foi criado no dia 13/10/2014, 
através de decreto da Presidente Dilma Rousseff.
A parte verde é o Parque Nacional da Serra do Gandarela criado. 
Seus limites têm várias situações graves!
Ficaram de fora do Parque Nacional as áreas de interesse da mineração. 
Empresa Vale: área pretendida para a Mina Apolo 
E...
Assim, ficou de fora o trecho mais significativo da Serra do Gandarela, onde está o maior número de atributos que justific...
Observe no mapa a quantidade de atributos que ficaram fora do Parque Nacional da Serra do Gandarela para atender à Vale e ...
Entre estes atributos estão, pelo menos, duas áreas de Mata Atlântica primária, ou seja, que nunca sofreu corte. Este tipo...
Ficaram fora do Parque Nacional criado: 
Uma paleotoca 
(toca de tatus gigantes extintos na terra há 10.000 anos) 
Quatro ...
Cachoeira do Mergulho 
Juliana Silva 
Juliana Silva 
Cachoeira do Sol 
Também ficaram de fora do Parque Nacional:
Cachoeira Maquiné
Cachoeira do Chuvisco 
Alice Okawara
Não garantiram a preservação das últimas grandes áreas contínuas remanescentes do geossistema de cangas ferruginosas da Re...
Não protegeram completamente a bacia do Ribeirão da Prata, deixando de fora algumas de suas mais importantes nascentes, o ...
Compromete também o Balneário de Raposos, que é patrimônio daquele município e sua população, e a Cachoeira de Santo Antôn...
Para favorecer a mineração não foi criado, junto com o Parque Nacional, a Reserva de Desenvolvimento Sustentável (RDS) ped...
Assim, ficaram sem proteção as comunidades de André do Mato Dentro, Cruz dos Peixotos e Socorro, que são as mais próximas ...
Vale 
Mina Baú 
Vale 
Piaco 
Vale 
Mina Apolo
As águas de classe especial que passam nessas comunidades, única fonte de abastecimento, nascem na Serra do Gandarela, na ...
Ficaram também sem proteção lagoas de altitude, em canga, formações muito raras. 
Lagoa das Antas 
Lagoa dos Coutos 
Alice...
Colocaram o Parque Nacional em áreas que as comunidades pediram que fosse uma Reserva de Desenvolvimento Sustentável (RDS)...
Isso significa que: 
•As comunidades não poderão desenvolver, nas áreas que deveriam ser Reserva de Desenvolvimento Susten...
O Parque Nacional avançou em áreas que os técnicos do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio) ava...
Isso significa que: 
•Os proprietários que fizeram as demandas ao ICMBio no processo das consultas públicas, acreditando n...
O Parque Nacional também avançou em áreas que não estavam nem na proposta técnica inicial do ICMBio (outubro/2010) e nem n...
Isso significa que: 
•Os proprietários dessas áreas, que estavam fora dos limites apresentados nas consultas públicas de m...
Perdas ambientais no decreto de criação do Parque Nacional da Serra do Gandarela
CONCLUSÃO 
Os limites do Parque Nacional da Serra do Gandarela, decretado no dia 13/10/1014, não são o resultado do seu p...
As negociações, principalmente com a empresa Vale, e a definição dos limites do decreto conduzida pelo Ministério do Meio...
Esperamos que o governo federal reverta este fato! 
Convocamos a todos a multiplicar estas informações para garantir a cri...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Parque nacional da serra do gandarela 13out2014 entenda o que significam os limites

515 visualizações

Publicada em

O que significam os limites do Parque Nacional da Serra do Gandarela criado no dia 13/10/2014 pela Presidente Dilma Rousseff e os motivos para não comemorar esta Unidade de Conservação de iniciativa da sociedade civil que luta há 7 anos para preservar a Serra do Gandarela ameaçada por projetos de mineração, principalmente da empresa Vale S.A.

Publicada em: Meio ambiente
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
515
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
10
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Parque nacional da serra do gandarela 13out2014 entenda o que significam os limites

  1. 1. PARQUE NACIONAL DA SERRA DO GANDARELA criado no dia 13/10/2014. COMEMORAR? NÃO DÁ! Entenda os motivos
  2. 2. O Parque Nacional da Serra do Gandarela foi criado no dia 13/10/2014, através de decreto da Presidente Dilma Rousseff.
  3. 3. A parte verde é o Parque Nacional da Serra do Gandarela criado. Seus limites têm várias situações graves!
  4. 4. Ficaram de fora do Parque Nacional as áreas de interesse da mineração. Empresa Vale: área pretendida para a Mina Apolo Empresa Ferro Puro Mineração É justamente onde fica a maior parte da Serra do Gandarela e seus mananciais. Vale – Mina Baú Como não foi criada a RDS, esta área relevante (inicialmente na proposta do Parque Nacional) também ficou sem proteção.
  5. 5. Assim, ficou de fora o trecho mais significativo da Serra do Gandarela, onde está o maior número de atributos que justificam a criação do Parque Nacional. Como as paisagens: Maquiné Bacia do Ribeirão da Prata com a Serra do Gandarela ao fundo Paulo Baptista Paulo Baptista
  6. 6. Observe no mapa a quantidade de atributos que ficaram fora do Parque Nacional da Serra do Gandarela para atender à Vale e seu projeto Mina Apolo.
  7. 7. Entre estes atributos estão, pelo menos, duas áreas de Mata Atlântica primária, ou seja, que nunca sofreu corte. Este tipo de mata é protegida por lei pela sua raridade e importância.
  8. 8. Ficaram fora do Parque Nacional criado: Uma paleotoca (toca de tatus gigantes extintos na terra há 10.000 anos) Quatro Cavidades de Máxima Relevância Tom Alves
  9. 9. Cachoeira do Mergulho Juliana Silva Juliana Silva Cachoeira do Sol Também ficaram de fora do Parque Nacional:
  10. 10. Cachoeira Maquiné
  11. 11. Cachoeira do Chuvisco Alice Okawara
  12. 12. Não garantiram a preservação das últimas grandes áreas contínuas remanescentes do geossistema de cangas ferruginosas da Região Central de Minas Gerais. Marília Bergamo Cangas 1.984 hectares de cangas ferruginosas ficaram fora do parque, sem proteção (mais da metade do total) As cangas protegem e alimentam os aquíferos mais importantes para o abastecimento dos municípios do entorno da Serra do Gandarela (Caeté, Santa Bárbara, Barão de Cocais, Raposos e Rio Acima) e de Belo Horizonte e sua Região Metropolitana.
  13. 13. Não protegeram completamente a bacia do Ribeirão da Prata, deixando de fora algumas de suas mais importantes nascentes, o que compromete o principal curso de água da região da Serra do Gandarela, estratégico para o futuro abastecimento de água de Belo Horizonte e sua região metropolitana. Robson de Oliveira Ribeirão da Prata
  14. 14. Compromete também o Balneário de Raposos, que é patrimônio daquele município e sua população, e a Cachoeira de Santo Antônio, no distrito de Morro Vermelho em Caeté. Estes lugares já recebem centenas de visitantes nos finais de semana. Cachoeira de Santo Antônio Balneário de Raposos Robson de Oliveira Danilo Siqueira
  15. 15. Para favorecer a mineração não foi criado, junto com o Parque Nacional, a Reserva de Desenvolvimento Sustentável (RDS) pedida pelas comunidades. Vale Mina Baú Vale Serra Piaco
  16. 16. Assim, ficaram sem proteção as comunidades de André do Mato Dentro, Cruz dos Peixotos e Socorro, que são as mais próximas dos projetos pretendidos pela empresa Vale: Apolo, Piaco e Baú. Serra do Piaco (Direitos minerários)
  17. 17. Vale Mina Baú Vale Piaco Vale Mina Apolo
  18. 18. As águas de classe especial que passam nessas comunidades, única fonte de abastecimento, nascem na Serra do Gandarela, na área onde a Vale quer minerar. Cachoeira do Engenho Alice Okawara Pedro de Filippis Mata de André do Mato Dentro
  19. 19. Ficaram também sem proteção lagoas de altitude, em canga, formações muito raras. Lagoa das Antas Lagoa dos Coutos Alice Okawara Manno França
  20. 20. Colocaram o Parque Nacional em áreas que as comunidades pediram que fosse uma Reserva de Desenvolvimento Sustentável (RDS), que não será criada.
  21. 21. Isso significa que: •As comunidades não poderão desenvolver, nas áreas que deveriam ser Reserva de Desenvolvimento Sustentável (RDS) e foram incorporadas pelo Parque Nacional, atividades tradicionais como a apicultura, o manejo de flora e coleta de musgos, prejudicando o seu modo de sustento e geração de renda. •Elas, que pediram a criação da RDS, não tiveram seus direitos assegurados como parte do processo de criação do Parque Nacional e serão atingidas pela Unidade de Conservação que foi criada para atender a mineração e não para atender os objetivos a ela atribuídos pela sociedade e pela relevância da Serra do Gandarela.
  22. 22. O Parque Nacional avançou em áreas que os técnicos do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio) avaliaram que podiam ficar fora, como resultado das demandas de proprietários recebidas durante as consultas públicas realizadas em maio/2012. Exemplos
  23. 23. Isso significa que: •Os proprietários que fizeram as demandas ao ICMBio no processo das consultas públicas, acreditando na sua legitimidade legal, serão surpreendidos por não terem sido atendidos sem uma justificativa para tal, ainda mais que na proposta de limites de 29/12/2012 tinham sido contemplados com ajustes para não serem desapropriados, já que suas áreas estavam na divisa do Parque Nacional.
  24. 24. O Parque Nacional também avançou em áreas que não estavam nem na proposta técnica inicial do ICMBio (outubro/2010) e nem na proposta levada às consultas públicas realizadas em maio/2012. Exemplos
  25. 25. Isso significa que: •Os proprietários dessas áreas, que estavam fora dos limites apresentados nas consultas públicas de maio de 2012, não tiveram o direito de participar do processo de criação do Parque Nacional e se manifestar a respeito. •Se existirem moradores nessas áreas, terão que sair, porque as propriedades serão desapropriadas. Isso foi cuidadosamente verificado na época da proposta inicial do ICMBio (outubro/2010) e da proposta levada às consultas públicas (maio/2012).
  26. 26. Perdas ambientais no decreto de criação do Parque Nacional da Serra do Gandarela
  27. 27. CONCLUSÃO Os limites do Parque Nacional da Serra do Gandarela, decretado no dia 13/10/1014, não são o resultado do seu processo de criação. Foram profundamente alterados e não atendem adequadamente aos objetivos desta Unidade de Conservação e às demandas da sociedade e das comunidades locais. A partir dos primeiros dias de 2013, quando o processo foi para o Ministério do Meio Ambiente, nem os técnicos do ICMBio, que o conheciam detalhadamente, e nem o nosso Movimento, que o solicitou e acompanhou desde setembro de 2009, participaram mais do processo.
  28. 28. As negociações, principalmente com a empresa Vale, e a definição dos limites do decreto conduzida pelo Ministério do Meio Ambiente, aconteceram sem a participação de todos os demais interessados. A mineração conseguiu garantir seus empreendimentos. Mas a Serra do Gandarela, com suas águas, paisagens e biodiversidade, não. Em tempos de graves situações de abastecimento de água e conflitos de uso, não faz sentido um Parque Nacional com limites que permitem a exploração mineral na região. Porque isso compromete irremediavelmente a última reserva estratégica de água para o abastecimento dos municípios do seu entorno (Caeté, Barão de Cocais, Santa Bárbara, Raposos e Rio Acima) e de Belo Horizonte e sua Região Metropolitana.
  29. 29. Esperamos que o governo federal reverta este fato! Convocamos a todos a multiplicar estas informações para garantir a criação do Parque Nacional da Serra do Gandarela e da Reserva de Desenvolvimento Sustentável com os limites adequados. www.aguasdogandarela.org movimentogandarela@gmail.com

×