G E COVERNO DO STADO DO EARÁ
SECRETARIA DE SEGURANÇA PÚBLICA E DEFESA SOCIAL
CORPO DE BOMBEIROS MILITAR
COORDENADORIA ESTA...
SISMICIDADE BRASILEIRA
Mapa da sismicidade brasileira, com sismos de magnitude = 3.0,
ocorridos no Brasil, desde a época d...
A camada mais superficial da Terra - litosfera - divide-se em partes
menores chamadas placas tectônicas que se movimentam ...
FORA DE CASA
VÁ PARA ÁREAS LIVRES
EM PRÉDIOS
DURANTE O
SISMO,
NÃO USE
ELEVADOR
OU ESCADA
PROCURE
LOCAL
SEGURO
LONGE DE:
PE...
NÃO SE APROXIME DE:EM LOCAIS COM MUITAS PESSOAS
NÃO ENTRE EM PÂNICO
EDIFÍCIOS
MARQUISE
MUROS
ÁRVORES
MONUMENTOS
LINHAS DE
...
DENTRO DE
CASA
JANELAS
DESLIGUE O GÁS
ARMÁRIOS
ALTOS
AFASTE-SE
DE OBJETOS
QUE POSSAM
CAIR
VÁ PARA
DEBAIXO DE
UMA MESA
OU P...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Cartilha sismologia

197 visualizações

Publicada em

Publicada em: Tecnologia
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
197
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Cartilha sismologia

  1. 1. G E COVERNO DO STADO DO EARÁ SECRETARIA DE SEGURANÇA PÚBLICA E DEFESA SOCIAL CORPO DE BOMBEIROS MILITAR COORDENADORIA ESTADUAL DE DEFESA CIVIL - CEDEC O BRASIL E OS TERREMOTOS A atividade sísmica do Brasil é menor do que a dos países da região dos Andes, porque nosso território localiza-se no interior de uma placa tectônica. Nas bordas ou limites dessas placas a atividade sísmica é mais forte, mas é normalmente mais fraca no seu interior. A história tem mostrado que mesmo em regiões de baixa atividade sísmica (região intraplaca) podem ocorrer grandes tremores de terra. No Brasil, o maior sismo já registrado com magnitude 6,6 ocorreu no Mato Grosso em 31 de janeiro de 1955, e um mês depois outro tremor, com magnitude 6,3, aconteceu no oceano Atlântico, a cerca de 300 quilômetros do litoral do Espírito Santo. Depois disso, pelo menos sete outros eventos, com magnitudes variando de 5,0 a 5,5, ocorreram em diferentes partes do país. É bem provável que se algum desses sismos tivesse epicentro próximo de uma grande cidade, teria ocasionado danos significativos. Sabe-se que não é preciso que um sismo atinja magnitude elevada para tornar-se destrutivo. A localização do epicentro, a profundidade do foco, a geologia da área afetada e a qualidade das construções são alguns dos fatores determinantes do poder arrasador (intensidade) de um terremoto. Apesar de não ser alarmante, o nível de sismicidade brasileira precisa ser considerado em determinados projetos de engenharia, como centrais nucleares, grandes barragens e outras obras de porte. É necessário dar atenção especial ao padrão das construções situadas nas áreas de maior risco sísmico preocupando-se com a qualidade das edificações para garantir maior segurança contra os abalos sísmicos. U n i v e r s i d a d e de Brasília (UnB) Observatório Sismológico GOVERNO DO ESTADO DO CEARÁ CORPO DE BOMBEIROS MILITAR DO CEARÁ TEXTO: J.A.V. VELOSO CRIAÇÃO E ARTE: RONDON ANTÔNIO & MARCO A. PARTICIPAÇÃO: SEDEC/DETEC ATUALIZAÇÃO: DEFESA CIVIL - CE ATUALIZADO EM: 23/06/2008
  2. 2. SISMICIDADE BRASILEIRA Mapa da sismicidade brasileira, com sismos de magnitude = 3.0, ocorridos no Brasil, desde a época da colonização até 2004. ESCALA MERCALLI (Simplificada) A gravidade com que um sismo (tremor de terra) atinge uma região e afeta as pessoas, objetos e o terreno pode ser determinada através de uma escala de intensidade e a mais comum é a de MERCALLI, que possui doze níveis crescentes. As maiores intensidades ocasionadas por sismos brasileiros atingiram o grau VII. Se a área onde você mora for afetada por um tremor de terra, procure identificar, na listagem abaixo, o grau de intensidade sofrida. INTENSIDADE DESCRIÇÃO Não sentido. Detectado apenas por aparelhos especiais (Sísmógrafos). Sentido por poucas pessoas, geralmente situadas em edifícios altos. Objetos suspensos podem balançar suavemente. Sentido por pessoas dentro de casas. Ruídos semelhantes à passagem de caminhão pesado. Duração pode ser estimada. Sentido dentro e fora de casas. Pode acordar pessoas. Vibrações de louças, janelas e portas. Rangido de paredes. Sentido por muitas pessoas. Quebram-se louças. Portas e janelas são abertas ou fechadas repentinamente. Objetos instáveis podem cair. Sentido por todos. Pessoas abandonam suas casas. Excitação geral. Mobílias pesadas podem mover-se. Danos leves como queda de reboco. Assusta a todos. Pequenos danos em edifícios bem construídos. Consideráveis danos em construções ruins. Queda de telhas e platibandas. Medo geral, próximo do pânico. Consideráveis danos em construções de qualidade regular, inclusive com colapso parcial. Pânico geral. Danos consideráveis em estruturas de grande porte. Parte das estruturas pode deslocar-se dos alicerces. Quebra de tubulações subterrâneas. Rachaduras no solo e ondulações em pavimentos de cimento e estradas asfaltadas. Grandes deslizamentos de terra. Trilhos entortados. Praticamente nenhuma estrutura de alvenaria permanece erguida. Pontes destruídas. Grandes rachaduras no terreno. Tubulações subterrâneas inutilizadas. Danos totais. Praticamente todos os tipos de construções são grandemente danificadas ou destruídas. Objetos são atirados para cima. I II III IV V VI VII VIII IX X XI XII Os tremores de terra são fenômenos normais na história brasileira. Em maior ou menor intensidade, acontecem abalos sísmicos em todas as regiões do país. O Nordeste é uma das áreas mais ativas, principalmente nos estados do Ceará, Rio Grande do Norte e Pernambuco. No Estado do Ceará, em 20 de novembro de 1980, foi registrado o maior terremoto da região Nordeste, esse evento foi da ordem de 5,2 e a região epicental do mesmo está situada entre as localidades de Brito no município de Cascave e Timbaúba dos Marinheiros no município de Chorozinho. Esse tremor de terra é conhecido como “O TERREMOTO DE PACAJÚS” pois, na época, o município mais próximo e mais populoso era Pacajús. No entanto, os dois maiores sismos já registrados no Brasil ocorreram em Mato Grosso e no OceanoAtlântico, próximo ao litoral do Espírito Santo. E suas magnetudes foram: 6,6 e 6,3 respectivamente. Os tremores de terra que afetam nosso território normalmente são superficiais e possuem baixa magnitude; são sentidos em áreas restritas e quase nunca produzem danos materiais graves. Como os sismos podem acontecer em qualquer lugar e a qualquer hora, é bom saber como agir diante deles.
  3. 3. A camada mais superficial da Terra - litosfera - divide-se em partes menores chamadas placas tectônicas que se movimentam lentamente, ocasionando um contínuo processo de esforço e deformação nas grandes massas de rocha. Quando o esforço é grande e supera o limite de resistência da rocha, esta se rompe - originando uma falha geológica - e acontece o terremoto. Parte da energia acumulada é liberada sob a forma de ondas elásticas que podem se propagar em todas as direções fazendo o terreno vibrar. Esse processo é o causador da maioria dos terremotos. Normalmente a ruptura das rochas só acontece em profundidade. Nos sismos menores, é comum o terreno se deslocar somente alguns centímetros ao longo da falha geológica. O QUE É UM TERREMOTO ... ONDAS SÍSMICAS PREPARE-SE PARA NOVOS PEQUENOS ABALOS SÓ USE O TELEFONE EM CASO DE ABSOLUTA NECESSIDADE PROCURE INFORMAÇÕES OFICIAIS: - DEFESA CIVIL - PREFEITURA APÓS O TERREMOTO
  4. 4. FORA DE CASA VÁ PARA ÁREAS LIVRES EM PRÉDIOS DURANTE O SISMO, NÃO USE ELEVADOR OU ESCADA PROCURE LOCAL SEGURO LONGE DE: PERMANEÇA CALMO E ESPERE POR AJUDA
  5. 5. NÃO SE APROXIME DE:EM LOCAIS COM MUITAS PESSOAS NÃO ENTRE EM PÂNICO EDIFÍCIOS MARQUISE MUROS ÁRVORES MONUMENTOS LINHAS DE TRANSMISSÃO NÃO ENTRE EM PÂNICO, VÁ PARA UMA PRAÇA
  6. 6. DENTRO DE CASA JANELAS DESLIGUE O GÁS ARMÁRIOS ALTOS AFASTE-SE DE OBJETOS QUE POSSAM CAIR VÁ PARA DEBAIXO DE UMA MESA OU PORTAL

×