DIAGNÓSTICO DE IMAGEM E MONITORAMENTO NAS MÍDIAS ONLINE RELAÇÕES PÚBLICAS NA INTERNET
RELAÇÕES PÚBLICAS NA INTERNET   DIAGNÓSTICO DE IMAGEM E MONITORAMENTO NAS MÍDIAS ONLINE Gabriel Guimarães
A INTERNET NO BRASIL UM BREVE HISTÓRICO SOBRE A WEB
A HISTÓRIA DA INTERNET <ul><li>Surgiu em 1960, nos E.U.A. </li></ul><ul><li>Foi desenvolvida como ferramenta de estratégia...
INTERNET NO BRASIL <ul><li>Ascensão acompanha o ritmo de crescimento da classe média </li></ul><ul><li>Início da populariz...
INTERNET NO BRASIL <ul><li>Gráfico da Demografia da internet por região no Brasil - IBGE </li></ul>
INTERNET NO BRASIL <ul><li>Gráfico evolutivo de penetração da internet em 2009 (somente em residências)  - IBGE </li></ul>
INTERNET COMO MEIO DE COMUNICAÇÃO <ul><li>“ A web é um canal de comunicação de mão dupla e de natureza híbrida” (Dizard  –...
A ESTRUTURA DA INTERNET
ESTRUTURA WEB: PORTAIS CORPORATIVOS <ul><li>Ricos em conteúdo </li></ul><ul><li>Canais oficiais de informação </li></ul><u...
ESTRUTURA WEB: SITES DE BUSCA <ul><li>“ Ferramentas complementares que indicam aos internautas onde está a informação” (Di...
ESTRUTURA WEB: MÍDIAS SOCIAIS
ESTRUTURA WEB: MÍDIAS SOCIAIS <ul><li>“ Resultam na expressão das redes sociais no ambiente online” (Recuero – 2009) </li>...
NATUREZA DAS MÍDIAS SOCIAIS
MÍDIAS SOCIAIS COLABORATIVAS <ul><li>Internautas contribuem entre si, gerando conteúdo </li></ul>
MÍDIAS SOCIAIS DE ENTRETENIMENTO <ul><li>Internautas jogam e se divertem entre si, compartilham programas de entreteniment...
MÍDIAS SOCIAIS MULTIMÍDIA <ul><li>Internautas compartilham arquivos multimídia, como fotos, músicas e vídeos </li></ul>
MÍDIAS SOCIAIS DE COMUNICAÇÃO <ul><li>Internautas interagem entre si, compartilham ideias, informações, conhecem pessoas e...
MÍDIAS SOCIAIS X MÍDIAS TRADICIONAIS
O PODER DAS MÍDIAS SOCIAIS <ul><li>Possuem potencial para massificar informações (viralização, hits da internet) </li></ul...
FORMAÇÃO DA CADEIA VIRAL <ul><li>O fato relevante gera mídia espontânea </li></ul><ul><li>Tem potencial midiático para a i...
AS MÍDIAS SOCIAIS NO BRASIL <ul><li>O Brasil já é o quinto país que mais utiliza redes sociais, o Orkut ainda é a mídia so...
O DIAGNÓSTICO DE IMAGEM CORPORATIVA A IMPORTÂNCIA DA REPUTAÇÃO INSTITUCIONAL
O DIAGNÓSTICO DE IMAGEM NO PLANEJAMENTO DE RP <ul><li>Consiste em uma das etapas mais importantes de todo o plano de comun...
A IMPORTÂNCIA DA REPUTAÇÃO NAS ORGANIZAÇÕES <ul><li>“ O futuro de uma organização se baseia na qualidade dos seus relacion...
REPUTAÇÃO CORPORATIVA NA WEB 2.0 <ul><li>“ Quanto mais integrada a comunicação com os públicos no meio digital, mais compl...
DIAGNÓSTICO DE IMAGEM NAS MÍDIAS TRADICIONAIS <ul><li>Hoje é possível diagnosticar a reputação nas mídias tradicionais, co...
DIAGNÓSTICO DE IMAGEM CORPORATIVA REPUTAÇÃO INSTITUCIONAL NO UNIVERSO ONLINE
DIAGNÓSTICO DE IMAGEM NAS MÍDIAS ONLINE <ul><li>Se baseia em pesquisas formatórias e avaliativas nas mídias </li></ul><ul>...
FERRAMENTAS PARA MONITORAMENTO NA WEB
FERAMENTAS PARA PORTAIS CORPORATIVOS <ul><li>Permitem a análise de: </li></ul><ul><li>Audiência  </li></ul><ul><li>Número ...
GOOGLE ANALYTICS <ul><li>Google Analytics permite a análise completa do desempenho do portal corporativo </li></ul>
ÍNDICE ALEXA <ul><li>O índice Alexa permite rankear e mensurar o desempenho até mesmo de concorrentes </li></ul>
FERAMENTAS PARA MONITORAMENTO DE BLOGS <ul><li>Permitem a análise de: </li></ul><ul><li>Perfil dos leitores </li></ul><ul>...
TECHNORATI <ul><li>O Technorati permite ao profissional avaliar a relevância e impacto de mensagens disseminadas na blogos...
MONITORAMENTO EM SITES DE BUSCAS <ul><li>Permitem a análise de: </li></ul><ul><li>Relevância de um portal corporativo </li...
INDICADORES GOOGLE <ul><li>O Google é a ferramenta de busca mais popular e também o site de buscas mais acessado do planet...
MONITORAMENTO DE MÍDIAS SOCIAIS <ul><li>Com exceção dos blogs e mídias sociais Multimídia, as demais mídias sociais são ca...
MONITORAMENTO DE MÍDIAS SOCIAIS <ul><li>Picos de menções, assuntos mais abordados, menções da marca, análise geográficas s...
ESTUDOS DE CASO LOCAWEB E BANCO SANTANDER
CASO LOCAWEB DAS MÍDIAS ONLINE PARA MÍDIAS TRADICIONAIS – CRISE NA WEB
CASO LOCAWEB <ul><li>Após publicar uma mensagem ofensiva à torcida do SPFC (time patrocinado pela Locaweb) em seu Twitter,...
CASO LOCAWEB <ul><li>Tentando se redimir de sua atitude o executivo se desculpou com seus seguidores </li></ul>
CASO LOCAWEB <ul><li>As desculpas vieram tarde demais. O executivo foi demitido e a Locaweb teve de pedir desculpas public...
CASO BANCO SANTANDER A ABERTURA DE NOVOS CANAIS DE COMUNICAÇÃO EM MÍDIAS SOCIAIS FORAM POSITIVAS PARA A REPUTAÇÃO DA EMPRESA
CASO BANCO SANTANDER <ul><li>Recentemente o banco Santander criou uma conta oficial no microblog Twitter, quando um usuári...
CASO BANCO SANTANDER <ul><li>O conteúdo publicado pela empresa, no Twitter, possui caráter informativo e também direcionam...
CASO BANCO SANTANDER <ul><li>Além de um Twitter e blog, a instituição financeira também criou um perfil oficial no Faceboo...
CASO BANCO SANTANDER HOJE O BANCO SANTANDER TEM UMA EQUIPE DE MONITORAMENTO COMPLETO, E ESTÁ MENOS SUCETÍVEL A CRISES DO Q...
RELAÇÕES PÚBLICAS NA INTERNET   DIAGNÓSTICO DE IMAGEM E MONITORAMENTO NAS MÍDIAS ONLINE Todos nós somos responsáveis por t...
OBRIGADO
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Relações Públicas na Internet

2.325 visualizações

Publicada em

Apresentação de ferramentas de Relações Públicas para o monitoramento e diagnóstico de reputação corporativa em mídias online.

Publicada em: Negócios
0 comentários
5 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
2.325
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
20
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
5
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Relações Públicas na Internet

  1. 1. DIAGNÓSTICO DE IMAGEM E MONITORAMENTO NAS MÍDIAS ONLINE RELAÇÕES PÚBLICAS NA INTERNET
  2. 2. RELAÇÕES PÚBLICAS NA INTERNET DIAGNÓSTICO DE IMAGEM E MONITORAMENTO NAS MÍDIAS ONLINE Gabriel Guimarães
  3. 3. A INTERNET NO BRASIL UM BREVE HISTÓRICO SOBRE A WEB
  4. 4. A HISTÓRIA DA INTERNET <ul><li>Surgiu em 1960, nos E.U.A. </li></ul><ul><li>Foi desenvolvida como ferramenta de estratégia bélica </li></ul><ul><li>Audiência de 50 milhões de pessoas em apenas 4 anos </li></ul><ul><li>Ascensão ocorreu entre 1990 e 2003, com mais de 1 bilhão de acessos </li></ul>
  5. 5. INTERNET NO BRASIL <ul><li>Ascensão acompanha o ritmo de crescimento da classe média </li></ul><ul><li>Início da popularização em 1995 </li></ul><ul><li>11 milhões de internautas em 2006, 18 milhões em 2007 </li></ul><ul><li>Em 2009, 41,7% da população nacional já acessava a internet, são mais de 55,9 milhões de brasileiros conectados à rede </li></ul>
  6. 6. INTERNET NO BRASIL <ul><li>Gráfico da Demografia da internet por região no Brasil - IBGE </li></ul>
  7. 7. INTERNET NO BRASIL <ul><li>Gráfico evolutivo de penetração da internet em 2009 (somente em residências) - IBGE </li></ul>
  8. 8. INTERNET COMO MEIO DE COMUNICAÇÃO <ul><li>“ A web é um canal de comunicação de mão dupla e de natureza híbrida” (Dizard – 2000) </li></ul><ul><li>“ É um meio ‘híbrido’, que inicialmente foi criado como meio de comunicação interpessoal, mas adquiriu elementos de um meio de comunicação de massa” (Monteiro – 2001) </li></ul><ul><li>“ Permite que seus usuários gerem conteúdo” (Castells – 1999) </li></ul>
  9. 9. A ESTRUTURA DA INTERNET
  10. 10. ESTRUTURA WEB: PORTAIS CORPORATIVOS <ul><li>Ricos em conteúdo </li></ul><ul><li>Canais oficiais de informação </li></ul><ul><li>“ Têm o propósito de expor e fornecer informações específicas de negócio” (Dias – 2001) </li></ul>
  11. 11. ESTRUTURA WEB: SITES DE BUSCA <ul><li>“ Ferramentas complementares que indicam aos internautas onde está a informação” (Dias – 2001) </li></ul><ul><li>Funcionam por meio de palavras-chave </li></ul><ul><li>Ferramenta estratégica de monitoramento </li></ul>
  12. 12. ESTRUTURA WEB: MÍDIAS SOCIAIS
  13. 13. ESTRUTURA WEB: MÍDIAS SOCIAIS <ul><li>“ Resultam na expressão das redes sociais no ambiente online” (Recuero – 2009) </li></ul><ul><li>Tecnologias on-line usadas por indivíduos ou organizações para divulgar e compartilhar conteúdo </li></ul><ul><li>Integram tecnologia, proporcionam interação social e incentivam o intercâmbio de informações </li></ul>
  14. 14. NATUREZA DAS MÍDIAS SOCIAIS
  15. 15. MÍDIAS SOCIAIS COLABORATIVAS <ul><li>Internautas contribuem entre si, gerando conteúdo </li></ul>
  16. 16. MÍDIAS SOCIAIS DE ENTRETENIMENTO <ul><li>Internautas jogam e se divertem entre si, compartilham programas de entretenimento e interagem neles </li></ul>
  17. 17. MÍDIAS SOCIAIS MULTIMÍDIA <ul><li>Internautas compartilham arquivos multimídia, como fotos, músicas e vídeos </li></ul>
  18. 18. MÍDIAS SOCIAIS DE COMUNICAÇÃO <ul><li>Internautas interagem entre si, compartilham ideias, informações, conhecem pessoas e mantêm contato </li></ul>
  19. 19. MÍDIAS SOCIAIS X MÍDIAS TRADICIONAIS
  20. 20. O PODER DAS MÍDIAS SOCIAIS <ul><li>Possuem potencial para massificar informações (viralização, hits da internet) </li></ul><ul><li>Podem destruir ou alavancar a reputação de qualquer empresa/ pessoa </li></ul><ul><li>Estão além da censura </li></ul><ul><li>Podem se tornar fontes de informações para veículos de grande imprensa </li></ul>
  21. 21. FORMAÇÃO DA CADEIA VIRAL <ul><li>O fato relevante gera mídia espontânea </li></ul><ul><li>Tem potencial midiático para a imprensa </li></ul><ul><li>Informação se espalha rapidamente, em progressão geométrica </li></ul><ul><li>Pode desencadear uma crise de reputação </li></ul>
  22. 22. AS MÍDIAS SOCIAIS NO BRASIL <ul><li>O Brasil já é o quinto país que mais utiliza redes sociais, o Orkut ainda é a mídia social mais utilizada, a frente de seu maior concorrente, o Facebook. </li></ul>
  23. 23. O DIAGNÓSTICO DE IMAGEM CORPORATIVA A IMPORTÂNCIA DA REPUTAÇÃO INSTITUCIONAL
  24. 24. O DIAGNÓSTICO DE IMAGEM NO PLANEJAMENTO DE RP <ul><li>Consiste em uma das etapas mais importantes de todo o plano de comunicação </li></ul><ul><li>“ Trata-se de um olhar que considera fluxos comunicativos , culturas vigentes, práticas administrativas, sintonias, dissonâncias, pessoas e processos” (Baseggio – 2009) </li></ul><ul><li>“ O diagnóstico é a conclusão da análise de como se encontra a organização perante os seus públicos ou de um especificamente” (Simões – 2001) </li></ul>
  25. 25. A IMPORTÂNCIA DA REPUTAÇÃO NAS ORGANIZAÇÕES <ul><li>“ O futuro de uma organização se baseia na qualidade dos seus relacionamentos estabelecidos por meio de sua Comunicação Corporativa” (Baseggio – 2008) </li></ul><ul><li>A reputação é um ativo intangível de grande valor </li></ul><ul><li>As organizações despreocupadas com a sua reputação estão fadadas ao esquecimento </li></ul>
  26. 26. REPUTAÇÃO CORPORATIVA NA WEB 2.0 <ul><li>“ Quanto mais integrada a comunicação com os públicos no meio digital, mais complexo o sistema de representação” (Correa – 2005) </li></ul><ul><li>Os sites de redes sociais não são algo novo, mas uma conseqüência da apropriação das ferramentas de comunicação mediada pelo computador e pelos atores sociais (Recuero – 2009) </li></ul>
  27. 27. DIAGNÓSTICO DE IMAGEM NAS MÍDIAS TRADICIONAIS <ul><li>Hoje é possível diagnosticar a reputação nas mídias tradicionais, como televisão, jornais e revistas por meio de uma infinidade de métricas: </li></ul><ul><li>Teor da mensagem </li></ul><ul><li>Centimetragem </li></ul><ul><li>Equivalência publicitária </li></ul><ul><li>Público atingido </li></ul><ul><li>Relevância da informação publicada </li></ul><ul><li>Veracidade do assunto </li></ul>
  28. 28. DIAGNÓSTICO DE IMAGEM CORPORATIVA REPUTAÇÃO INSTITUCIONAL NO UNIVERSO ONLINE
  29. 29. DIAGNÓSTICO DE IMAGEM NAS MÍDIAS ONLINE <ul><li>Se baseia em pesquisas formatórias e avaliativas nas mídias </li></ul><ul><li>Cada canal virtual exige uma ferramenta distinta </li></ul><ul><li>As ferramentas de pesquisas para o diagnóstico em mídias online podem ser encontradas na própria web </li></ul><ul><li>Possibilita a análise de métricas como audiência, tom das mensagens, velocidade de viralização, entre outras </li></ul>
  30. 30. FERRAMENTAS PARA MONITORAMENTO NA WEB
  31. 31. FERAMENTAS PARA PORTAIS CORPORATIVOS <ul><li>Permitem a análise de: </li></ul><ul><li>Audiência </li></ul><ul><li>Número de visitantes diários </li></ul><ul><li>Localização de seus públicos </li></ul><ul><li>Grau de satisfação com o conteúdo </li></ul><ul><li>Facilidade de navegação </li></ul>
  32. 32. GOOGLE ANALYTICS <ul><li>Google Analytics permite a análise completa do desempenho do portal corporativo </li></ul>
  33. 33. ÍNDICE ALEXA <ul><li>O índice Alexa permite rankear e mensurar o desempenho até mesmo de concorrentes </li></ul>
  34. 34. FERAMENTAS PARA MONITORAMENTO DE BLOGS <ul><li>Permitem a análise de: </li></ul><ul><li>Perfil dos leitores </li></ul><ul><li>Blogs mais relevantes </li></ul><ul><li>Busca por assuntos </li></ul><ul><li>Análise de posts e comentários </li></ul>
  35. 35. TECHNORATI <ul><li>O Technorati permite ao profissional avaliar a relevância e impacto de mensagens disseminadas na blogosfera </li></ul>
  36. 36. MONITORAMENTO EM SITES DE BUSCAS <ul><li>Permitem a análise de: </li></ul><ul><li>Relevância de um portal corporativo </li></ul><ul><li>Links no qual um portal corporativo está vinculado </li></ul><ul><li>“ Fama” de determinado site </li></ul><ul><li>Buscas facilitadas por palavras chave </li></ul>
  37. 37. INDICADORES GOOGLE <ul><li>O Google é a ferramenta de busca mais popular e também o site de buscas mais acessado do planeta </li></ul>
  38. 38. MONITORAMENTO DE MÍDIAS SOCIAIS <ul><li>Com exceção dos blogs e mídias sociais Multimídia, as demais mídias sociais são canais fechados, não podendo ser analisadas pelos mecanismos de busca convencionais </li></ul><ul><li>Ferramentas desenvolvidas por agências e empresas já permitem a análise de reputação em mídias sociais </li></ul><ul><li>A maioria dessas ferramentas são serviços pagos </li></ul><ul><li>Graças ao desenvolvimento da “web semântica”, essas incríveis ferramentas conseguem analisar o tom das mensagens postadas nas mídias sociais, como Twitter, Orkut e Facebook, por exemplo </li></ul>
  39. 39. MONITORAMENTO DE MÍDIAS SOCIAIS <ul><li>Picos de menções, assuntos mais abordados, menções da marca, análise geográficas são algumas das vantagens oferecidas pelas ferramentas de métricas para mídias sociais </li></ul>Scup Heartbeat Radian 6 Social Mention
  40. 40. ESTUDOS DE CASO LOCAWEB E BANCO SANTANDER
  41. 41. CASO LOCAWEB DAS MÍDIAS ONLINE PARA MÍDIAS TRADICIONAIS – CRISE NA WEB
  42. 42. CASO LOCAWEB <ul><li>Após publicar uma mensagem ofensiva à torcida do SPFC (time patrocinado pela Locaweb) em seu Twitter, o diretor desta empresa, Alex Glikas, causou grande alvoroço na blogosfera do Twitter </li></ul>
  43. 43. CASO LOCAWEB <ul><li>Tentando se redimir de sua atitude o executivo se desculpou com seus seguidores </li></ul>
  44. 44. CASO LOCAWEB <ul><li>As desculpas vieram tarde demais. O executivo foi demitido e a Locaweb teve de pedir desculpas publicamente em seu portal corporativo, por meio de nota </li></ul>
  45. 45. CASO BANCO SANTANDER A ABERTURA DE NOVOS CANAIS DE COMUNICAÇÃO EM MÍDIAS SOCIAIS FORAM POSITIVAS PARA A REPUTAÇÃO DA EMPRESA
  46. 46. CASO BANCO SANTANDER <ul><li>Recentemente o banco Santander criou uma conta oficial no microblog Twitter, quando um usuário desta mídia social começa a seguir a instituição, recebe em poucos minutos uma “DM” (direct message – mensagem direta) com a seguinte frase: </li></ul><ul><li>“ Bem vindo ao Twitter Oficial do Santander Brasil! Aqui falamos sobre diversos assuntos, mas o nosso objetivo principal é interagir com você.” </li></ul>
  47. 47. CASO BANCO SANTANDER <ul><li>O conteúdo publicado pela empresa, no Twitter, possui caráter informativo e também direcionam os seus seguidores para um blog oficial, onde os seguidores podem receber mais informações sobre finanças e administração de capital </li></ul>
  48. 48. CASO BANCO SANTANDER <ul><li>Além de um Twitter e blog, a instituição financeira também criou um perfil oficial no Facebook, podendo interagir com usuários dessa rede social </li></ul>
  49. 49. CASO BANCO SANTANDER HOJE O BANCO SANTANDER TEM UMA EQUIPE DE MONITORAMENTO COMPLETO, E ESTÁ MENOS SUCETÍVEL A CRISES DO QUE OUTRAS INSTITUIÇÃO QUE AINDA NÃO DESPERTARAM PARA AS NOVAS MÍDIAS
  50. 50. RELAÇÕES PÚBLICAS NA INTERNET DIAGNÓSTICO DE IMAGEM E MONITORAMENTO NAS MÍDIAS ONLINE Todos nós somos responsáveis por tudo perante todos - Fiódor Dostoiévski
  51. 51. OBRIGADO

×