A CRITICA BIOGRÁFICA
Alana Ap. de S. Santos
Eliane Zerffaz
2° Ano Letras
É através de um processo de descrição que a critica
biográfica procura explicar uma determinada obra
literária, através de...
“Chove sobre a minha infância” de Miguel Sanches
Neto, uma obra de memórias, que conta a história de
Miguel onde o autor c...
O autor, a obra e o leitor...
O autor tem em sua frente um caminho inserto, uma vez que
disponibiliza de um universo de id...
Aliando elementos do cotidiano e situações fornecidas por
semelhanças com fatos da sociedade, o autor cria um mundo
com se...
Exemplo de uma comunicação entre o autor e o mundo,
tentando expor seus sentimentos , representa uma
figura andrógina num ...
O tema de uma obra é tido como o ponto de partida da sua
criação, a forma é estruturação e a linguagem de escrever são
ele...
Devido a essa comunicação o autor passa a ter uma relação
de sociedade-autor, para que haja essa interação são
requisitos ...
O leitor procura na obra uma necessidade de manter-se
informando, visando o conhecimento ou prazer, estes
que variam de au...
A tarefa crítica deve observar processos linguístico-
estéticos, a visão de mundo e atuação sobre o leitor, e esta
critica...
Quanto mais ampla for a área de propagação de
uma obra, tanto maior será a sua significação para
a humanidade, o autor pod...
http://www.ufrgs.br/proin/versao_1/conceito/index06.html
<acesso>22:44,15/07/2014>
http://letraseespaco.tumblr.com/post/55...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

A critica biografica

781 visualizações

Publicada em

Trabalho de Teoria da Literatura.

Publicada em: Educação
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
781
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
5
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
5
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

A critica biografica

  1. 1. A CRITICA BIOGRÁFICA Alana Ap. de S. Santos Eliane Zerffaz 2° Ano Letras
  2. 2. É através de um processo de descrição que a critica biográfica procura explicar uma determinada obra literária, através de elementos presentes no texto
  3. 3. “Chove sobre a minha infância” de Miguel Sanches Neto, uma obra de memórias, que conta a história de Miguel onde o autor coloca as suas próprias experiências de vida, além de fazer descrições detalhadas de como eram os lugares onde morou. “O livro mostra a necessidade que o homem tem encontrar-se com si mesmo”.
  4. 4. O autor, a obra e o leitor... O autor tem em sua frente um caminho inserto, uma vez que disponibiliza de um universo de ideias a serem trabalhadas , leitores diversos , onde os mesmos irão buscar obras distintas e enriquecedoras.
  5. 5. Aliando elementos do cotidiano e situações fornecidas por semelhanças com fatos da sociedade, o autor cria um mundo com seres e coisas ,o qual poderá tornar manipulável de uma maneira que cada situação ocorrera dentro de padrões e limites pré-estabelecidos ,causado as mais variadas ações resultando em um quebra cabeça que no fim cada peça se encaixa corretamente .
  6. 6. Exemplo de uma comunicação entre o autor e o mundo, tentando expor seus sentimentos , representa uma figura andrógina num momento de profunda angústia e desespero existencial.
  7. 7. O tema de uma obra é tido como o ponto de partida da sua criação, a forma é estruturação e a linguagem de escrever são elementos constituintes, esta ultima sendo uma junção das duas primeiras estas configuram o aspecto ideológico do autor e período histórico em qual este estava inserido, realizando uma comunicação entre autor e leitor.
  8. 8. Devido a essa comunicação o autor passa a ter uma relação de sociedade-autor, para que haja essa interação são requisitos a interação do leitor a importância de o prende-lo , eficácia da obra, onde se identifica o talento do autor e a permanência , esta que será consequência da união da interação e eficácia da obra.
  9. 9. O leitor procura na obra uma necessidade de manter-se informando, visando o conhecimento ou prazer, estes que variam de autor para autor , o conhecimento pode se transfigurar em incentivo e o prazer, em comoção, refletindo em um refinamento do leitor.
  10. 10. A tarefa crítica deve observar processos linguístico- estéticos, a visão de mundo e atuação sobre o leitor, e esta critica dará vida poética a um problema humano, investigar a repercussão da obra analisada.
  11. 11. Quanto mais ampla for a área de propagação de uma obra, tanto maior será a sua significação para a humanidade, o autor pode observar a reação coletiva dos leitores após a leitura, e em relação as obras mais antigas a própria história fornece os dados para avaliação.
  12. 12. http://www.ufrgs.br/proin/versao_1/conceito/index06.html <acesso>22:44,15/07/2014> http://letraseespaco.tumblr.com/post/55956616959/critica- biografica <acesso>18:18-20/07/2014> http://noticias.universia.com.br/tempo- livre/noticia/2012/10/29/977841/conheca-grito-edvard- munch.html <acesso>18:33-20/07/2014>

×