Trabalho redes

112 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
112
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
3
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Trabalho redes

  1. 1. CENTRO DE INSTRUÇÃO ALMIRANTE ALEXANDRINO “ARMAZENAMENTO EM NUVEM”
  2. 2. O que é armazenamento em nuvem Imagine poder levar seus arquivos em um HD externo para todos os lugares que você for, ou seu Pen drive. Muitas pessoas já fazem isso, especialmente com arquivos particulares ou profissionais. Agora imagina que maravilha seria se você pudesse acessar todos esses arquivos sem precisar desse periférico, bastando apenas alguns cliques: tudo na sua frente, em qualquer dispositivo que você estiver acessando. O conceito refere-se à utilização da memória e das capacidades de armazenamento de computadores e servidores compartilhados e interligados por meio da internet. O armazenamento de dados é feito em serviços que poderão ser acessados de qualquer lugar do mundo, a qualquer hora, não havendo necessidade de armazenar dados. O acesso a programas, serviços e arquivos é remoto, através da Internet, daí a alusão à nuvem. Esse modelo é mais viável do que o uso de unidades físicas. Características: • Provisionamento dinâmico de recursos sob demanda, com mínimo de esforço; • Escalabilidade; • Uso de "utility computing", onde a cobrança é baseada no uso do recurso em vez de uma taxa fixa; • Visão única do sistema; • Distribuição geográfica dos recursos de forma transparente ao usuário. • Vantagens Funciona como uma espécie de disco virtual, o armazenamento na nuvem traz como principal vantagem a possibilidade de acessar arquivos, dados e aplicativos em qualquer lugar e a qualquer hora, utilizando apenas um computador, smartphone ou tablet, desde que esteja conectado a internet. Outra vantagem está na economia de espaço nos discos rígidos e cartões de memória, uma vez que os arquivos ficam guardados em servidores externos, sendo visualizados e editados no ambiente online, facilitando o uso em PCs mais simples e de configurações modestas. Além de diminuir os gastos com a compra de equipamentos (pendrives, cartões de memória, HDs externos) e também com a estrutura.
  3. 3. Desvantagens O fato de que os seus arquivos, softwares e outros tipos de dados estejam armazenados online, faz com que seja sempre necessário o acesso à internet, ou seja, caso haja algum problema na sua conexão, você não terá como acessá-los até que a falha seja resolvida. Outra desvantagem diz respeito à segurança e à privacidade dos dados guardados no serviço, uma vez que importantes informações dos usuários ficam salvas em servidores online, e como o acesso a eles é feito, muitas vezes, em computadores públicos, há a possibilidade de que logins e senhas sejam roubados. Serviço de armazenamento em nuvem no Brasil No Brasil, a tecnologia de computação em nuvem é muito recente, mas está se tornando madura muito rapidamente. Empresas de médio, pequeno e grande porte estão adotando a tecnologia gradativamente. O serviço começou a ser oferecido comercialmente em 2008 e em 2012, ocorreu uma grande adoção A empresa Katri, foi a primeira a desenvolver a tecnologia no Brasil, em 2002, batizando-a IUGU. Aplicada inicialmente no site de busca de pessoas físicas e jurídicas. Durante o período em que esteve no ar, de 2002 a 2008, os usuários do site puderam comprovar a grande diferença de velocidade nas pesquisas proporcionadas pelo processamento paralelo. No ambiente acadêmico, o Laboratório de Redes e Gerência da Universidade Federal de Santa Catarina(UFSC) foi um dos pioneiros a desenvolver pesquisas em Computação em Nuvem publicando artigos sobre segurança para computação em nuvem. Armazenamento em nuvem na Marinha do Brasil Assim como as grandes empresas a MB também aderiu a tecnologia de armazenamento em nuvem. Este serviço está disponível através da página: www.compartilhamentodearquivos.mar.mil.br. Com o objetivo de disponibilizar um repositório para compartilhamento de arquivos entre os usuários da RECIM. Através desse serviço é possível compartilhar arquivos com tamanho de até 1GB de forma eficiente e rápida, cujo o envio não seria possível via correio eletrônico. É impostante salientar que ele utiliza o sistema de autenticação vigente na MB para acesso à Internet, permitindo assim a identificação de quem disponibilizará o arquivo e ainda inclui o acompanhamento do tempo de expiração dos arquivos no ambiente(o arquivo fica disponível no site por um período de três dias). O serviço fica disponível 24 horas por dia, sendo necessário somente que o usuário possua cadastro no sistema de autenticação de acesso à Internet (Internet
  4. 4. Web).Caso contrário deverá ser feita uma solicitação de cadastro ao administrador de redes da OM para uso do Compartilhamento de Arquivos. Tipos de serviços de armazenamento em nuvem DropBox: Um dos primeiros sistemas de armazenamento em nuvem, possui também recursos como sincronização automática de diretórios, sincronização com dispositivos móveis e upload automático de fotos, A instalação do Dropbox1 pode ser feita em qualquer sistema operacional: Linux, Windows, Android, iPhone e Blackberry, A versão gratuita básica do Dropbox garante inicialmente 2GB de espaço para armazenamento. Google Drive: Por ser de propriedade da gigante das buscas e por ter sido, com o Dropbox, um dos primeiros sistemas de armazenamento de arquivos na nuvem, possui uma incrível quantidade de usuários. Cada usuário novo ganha inicialmente 15GB de espaço que pode ser utilizado inclusive para o uso com o Google Docs, ou seja, o aplicativo de escritório (documentos de texto, planilhas etc.) do Google. Diferentemente de outros sistemas o Google Drive não bonifica o usuário com espaço através de tarefas ou indicações, apenas mediante pagamento da compra de mais espaço (o que custa bem barato até: 100GB de espaço sai por US$1,99 por mês!). Media Fire: O usuário ganha inicialmente 10GB de espaço para armazenamento em uma interface agradável e fácil de usar, O limite de tamanho de arquivos para a versão livre da ferramenta é de 200MB por arquivo. Vantagens: O espaço inicial pode ser incrementado de várias formas: ganhe 2GB de espaço adicional ao instalar o cliente desktop, 2GB ao instalar um cliente para dispositivo móvel (Android ou iPhone), 1GB ao conectar o MediaFire à sua conta no Facebook e mais 1GB por postar uma “propaganda” do sistema em sua timeline. Pela indicação de usuários que se cadastrarem no sistema, seu bônus de espaço pode chegar ao limite de 32GB. OneDrive (antigo SkyDrive): É gratuito e garante ao novo usuário 7GB de espaço inicial. Através da indicação de amigos você poderá ganhar mais 500MB por pessoa até atingir a um limite máximo de 5GB de espaço bônus gratuito, Uma deficiência do OneDrive é o fato de que sua criptografia é apenas SSL. Não há chaves criptográficas fortes por trás do armazenamento.
  5. 5. Icloud: Os planos para maior capacidade de armazenamento no iCloud variam de 1 a 20 dólares mensais. Para contratar um espaço de 20 GB, por exemplo, que é o plano mais em conta oferecido pela Apple, o usuário paga apenas US$ 1 mensalmente. O iCloud tem suporte para a plataforma iOS, Mac e PC com Windows 7 ou 8. Sua exclusividade para utilização em seus próprios aparelhos mobile pode ser um empecilho no desenvolvimento do serviço e na conquista de mais usuários. No entanto, a grande vantagem do iCloud é que ele possui um sistema muito bem integrado aos seus aparelhos, como o iPhone. A ferramenta "buscar meu iPhone, por exemplo, possibilita que o usuário encontre e bloqueie o aparelho remotamente, além de poder contar com os contatos e outras informações do dispositivo caso você o perca. Contribuição do armazenamento em nuvem para a sustentabilidade econômica e ecológica. Assim como outras atividades humanas, a TI provoca impactos no meio ambiente sendo tanto pela demanda de energia elétrica quanto pelos materiais utilizados na fabricação do hardware. Atualmente empresas, governos e sociedade incluíram mais um item em sua lista de preocupações: as questões ambientais. Muitas discussões sobre o assunto abordam o consumo eficiente de energia elétrica e o conceito de TI Verde, que consiste na soma da gestão da economia de energia com a de recursos desde a extração da matéria-prima até o final da vida útil do equipamento. Atualmente este conceito vem sendo fortemente associado à preservação do meio ambiente, que por si só não traduz sustentabilidade. O desenvolvimento sustentável se dá em três aspectos: econômico, social e ambiental, crescendo à medida que a interseção destes aumenta. A computação em nuvem contribui para a redução do impacto ambiental gerado pelo setor de TI. A implantação de um modelo na nuvem inclui procedimentos que são essenciais para a garantia de sustentabilidade tanto no âmbito econômico, visando redução de custos com energia elétrica consumida pelos equipamentos e na climatização dos data centers, custos com equipe e taxas com licenças de hardware, quanto na preocupação com o meio ambiente, fazendo uso de tecnologias "politicamente corretas" que sejam ecológicas e consumam menos energia, diminuindo assim a emissão de gás carbônico na atmosfera. Os novos centros de dados(data centers) que suportam o modelo de nuvem são infraestruturas otimizadas de última geração, suportando a chamada sustentabilidade, com redução nos gastos com energia, refrigeração, uso de virtualização e outros procedimentos e certificações internacionais.
  6. 6. Essa tecnologia torna as empresas mais eficientes ecologicamente em diversas maneiras como: 1. Reduzir consumo de energia, já que grandes centros de dados consomem muita energia e de acordo com estudos feito em 2006 mostrou que esses gigantescos centros de dados chegaram a consumir 61Milhoes de KWH de eletricidade, equivalente à 1,5% de todo o consumo de energia nos EUA 2. Redução do Desperdício, pois reduz a utilização de recursos naturais como o papel 3. Como há redução de Energia também haverá redução da emissão de Gás carbônico na atmosfera. 4. Fugindo um pouco da sustentabilidade a Armazenagem em nuvem também causa um impacto econômico positivo mesmo esse sendo a longo prazo pois reduzirá as estruturas físicas e dos centros de dados.
  7. 7. Essa tecnologia torna as empresas mais eficientes ecologicamente em diversas maneiras como: 1. Reduzir consumo de energia, já que grandes centros de dados consomem muita energia e de acordo com estudos feito em 2006 mostrou que esses gigantescos centros de dados chegaram a consumir 61Milhoes de KWH de eletricidade, equivalente à 1,5% de todo o consumo de energia nos EUA 2. Redução do Desperdício, pois reduz a utilização de recursos naturais como o papel 3. Como há redução de Energia também haverá redução da emissão de Gás carbônico na atmosfera. 4. Fugindo um pouco da sustentabilidade a Armazenagem em nuvem também causa um impacto econômico positivo mesmo esse sendo a longo prazo pois reduzirá as estruturas físicas e dos centros de dados.

×