Como é a experiência da gestação hoje, vista pelo mercado:
Desenvolver um briefing para criação de um
produto digital que ...
É quando ela se dá conta que está carregando
um ser dentro dela, que a maternidade se inicia.
Atualmente, médicos e especi...
Na gravidez, só a mãe e o
bebê sabem o que se passa.
O carinho, o cuidado e o amor.
Então, por que não aumentar os laços?
...
Giovana, 22 anos, 6º mês de gestação
mãe da Catharina
Mãe Filho
Formato sugerido: Aplicativo
Para acompanhar a temática de fazer parte do
cotidiano, foi pensado um aplicativo mobile.
O s...
E o que já foi feito?
o
São variáveis. Falam desde alimentação, saúde em geral até um
scrapbook digital para o bebê. Porém...
Vamos utilizar no aplicativo as vertentes já consolidadas da Pampers
Amor
Aumentar o carinho entre mãe e filho.
A mãe forn...
Gabriela Arieira
9 9962-8236
Pampers - Processo seletivo - planejamento
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Pampers - Processo seletivo - planejamento

3.181 visualizações

Publicada em

Para o processo seletivo de uma vaga de assistente de planejamento, me foi passada uma tarefa de job teste, considerando como briefing:
Em uma apresentação de até 10 slides, desenvolva um brief para criação de um produto digital que melhore a experiência de gestação de mães jovens urbanas.
Considere que seu cliente é a Pampers.
Tempo estimado para a realização da tarefa: 2 dias e meio.

Minha principal pergunta foi: como melhorar a experiência de gestação?
Ao procurar entender como o mercado encara a gravidez e o período de gestação, nota-se que a comunicação, principalmente dos concorrentes Huggies e PomPom, costuma tratar a maternidade como algo que se inicia após o parto. Existe um gap que pode ser trabalhado: a iniciação da mulher à maternidade. Ela se torna mãe a partir do momento que descobre a gravidez.
Para entender melhor sobre a gestação, não basta ver como os outros tratam sobre, é preciso entender como as próprias mulheres veem esse momento tão importante. Para isso, entrevistei três mulheres: uma que sonha em ter filhos, uma que está grávida e uma que já teve filho. Porém, quis entender além de como elas veem a gravidez, mas também entender quais são as expectativas em cima de uma gravidez planejada e não planejada. Portanto, das três entrevistadas, uma vivenciou esse planejamento e a outra não (como a terceira não vivenciou essa experiência ainda, ela não fez parte dessa conta).
Diferentemente das outras, a mãe jovem, que pode estar passando por uma gravidez não planejada, tem que passar por cima de medos e amadurecer rapidamente ao mesmo tempo em que aflora seu lado emocional. Por serem jovens, as mães tendem a ser mais ansiosas e ter a percepção de que a gravidez dura mais tempo e para fazê-las reverter essa imagem pensei em incentivar uma nova forma de pensar que as fizessem aproveitar melhor esse momento único, deixando as inseguranças em segundo plano.
Durante as entrevistas, entendi que as emoções que se passam durante a gestação, são sentidas de uma forma particular: apenas as mães sabem o que estão sentindo. Por isso, costumam procurar grupos de discussão sobre gravidez e maternidade, pois é onde se sentem compreendidas. Enxerguei uma oportunidade em lembra-las que não estão passando por isso sozinhas, seus bebês estão sentindo tudo o que elas sentem. Então, procurei estimulá-las a interagir mais com seus filhos durante esse período e, para isso, tive a ideia de criar uma forma de manter continuamente esse diálogo e estreitamento de laço: Simular como o bebê está se sentindo, o que provavelmente está pensando, etc., ao mesmo tempo em que esses pensamentos se tornem mensagens carinhosas para a mãe, enquanto conta sobre o próprio desenvolvimento.
Enquanto procurei desenvolver esse diálogo, quis cria-lo de uma forma que fosse identificável quem é o responsável pelo incentivo e realização, utilizando os três pilares da Pampers: Amor, son

Publicada em: Marketing
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
3.181
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
20
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
7
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Pampers - Processo seletivo - planejamento

  1. 1. Como é a experiência da gestação hoje, vista pelo mercado: Desenvolver um briefing para criação de um produto digital que melhore a experiência de gestação de mães jovens urbanas
  2. 2. É quando ela se dá conta que está carregando um ser dentro dela, que a maternidade se inicia. Atualmente, médicos e especialistas incentivam a mãe a interagir com o bebê, para potencializar o desenvolvimento dele. Vamos melhorar essa experiência fazendo com que ela aproveite mais a sua gestação e, principalmente, como se relaciona com o seu bebê. Mas na verdade, nasce uma mãe quando ela descobre que está grávida.
  3. 3. Na gravidez, só a mãe e o bebê sabem o que se passa. O carinho, o cuidado e o amor. Então, por que não aumentar os laços? O que as mães gostariam de experimentar? O mercado fala com a mãe quando já teve seu filho
  4. 4. Giovana, 22 anos, 6º mês de gestação mãe da Catharina Mãe Filho
  5. 5. Formato sugerido: Aplicativo Para acompanhar a temática de fazer parte do cotidiano, foi pensado um aplicativo mobile. O smartphone tornou-se um item inseparável das pessoas e com as gestantes não é diferente. Prático e presente, o aplicativo vai auxiliar e confortar a mãe durante toda a gestação. Diferentemente do que o Premium Care, este falará com a mãe.
  6. 6. E o que já foi feito? o São variáveis. Falam desde alimentação, saúde em geral até um scrapbook digital para o bebê. Porém, todos tratam como algo racional. A Pampers será a primeira a promover um “diálogo” entre as mães e seus bebês, valorizando uma das fases mais lindas de ser mamãe: a gestação. Pais&Filhos Amamentaççao Contraction Time Guia Gravidez Crescer Bebê felizBaby Bumper Pregnancy Babycenter
  7. 7. Vamos utilizar no aplicativo as vertentes já consolidadas da Pampers Amor Aumentar o carinho entre mãe e filho. A mãe fornecerá informações como semana da gestação, sexo e nome do bebê. Diariamente, ela receberá recados simulando os pensamentos do bebê, o que ele está sentindo e como estão as coisas lá dentro, etc. Esses recados conterão informações equivalentes ao estágio da gravidez, também fornecendo dicas. Semanalmente, a mãe receberá um acompanhamento de seu tamanho e peso. O bebê falará em primeira pessoa. Sonhos Um compilado de coisas que ajudem a mãe a não perder o sono por causa da gravidez. Uma lista de farmácias, hospitais, mercados e pontos de taxis próximos estarão disponíveis para ela, para caso o bebê surpreenda com suas vontades fora de hora. Brincadeiras Tudo o que possibilite à mãe interagir com o bebê e estar mais próxima dele. Pode envolver um ultrassom ou um medidor de batidas do coração do bebê. Também pode envolver cromoterapia, dicas de quais músicas auxiliam o desenvolvimento, dicas de exercícios, etc.
  8. 8. Gabriela Arieira 9 9962-8236

×