Untitled 1

180 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
180
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Untitled 1

  1. 1. Orquestra para ouvir eFERNANDA OLIVEIRAAcenaéinesperada:emple-na manhã de segunda-feira, acortina está aberta e as luzesacesasnopalcodoTeatroÁlva-ro de Carvalho, onde cerca de20 músicos empunham varia-dosintrumentosdecorda.Nocentrodameia-luaedecostasparaaplateiavazia,omaestroregeogrupo,interrompendoamúsicaaquiealiparafazerob-servações.Trata-sedeumdosúltimosensaiosdaOrquestraFilar-moniaSantaCatarinaan-tesdaaberturadatempo-radaanual,queincluiseteconcertosemFlorianópolisedoisemoutrascidadescatarinenses,todoscomentradafranca,alémde10açõespedagógicas até dezembro.AestreiaseráhojeànoiteemoutroteatrodaCapital–oAdemirRosa,noCentroIntegradodeCultura–comoconcertoMestresdaMúsicaAlemã,regidopelomaestroGustavoFontes.Orepertório,consideradodeextre-macomplexidade,exigiuoitoensaioseumtotaldemaisde24horasdedi-cadosexclusivamenteàinterpretaçãodaSinfoniaemMimenorWq.177eConcertoparaViolonceloeOrquestraemLáMaiorWq.172,deCarlPhilippEmanuelBach,eumaversãoparaor-questradecordasdoQuintetoemSolMaiorOp.111deBrahms.Aprimeirapartedoespetáculocontarácomsolode HansTwitchel no violoncelo.OsdoispróximosconcertosdaFi-larmoniajáestãomarcados:em4dejulho,ogrupoapresentamúsicabra-sileiranoTACe,em8deagosto,vol-taaoCICcomrepertóriodedicadoàmúsica instrumental brasileira.Paraentendercomofuncionaumconcerto,conheçaoselementosbásicosdeumaorquestranaimagemabaixo.fernanda.oliveira@diario.com.br|Capa|4 VariedSpallaÉ o chefe do naipe dos violinos e, na hierarquia da orquestra, é o segun-do no comando dos músicos, abaixo apenas do maestro. Ele costumaficar sentado imediatamente à direita do maestro e é responsável porintermediar a relação entre a orquestra e o regente. Em caso de diver-gência entre os músicos, prevalece a opinião do spalla.CravoParece um pequeno piano, mas o cravo é um instrufamília de teclas que opera como um violão tocado cpalheta, ou seja, com as cordas pinçadas por um pleagrupado com os demais instrumentos graves da orqOrquestraÉ o termo genérico para designar a música feita por váriosinstrumentistas ao mesmo tempo, não existindo portantoum número mínimo de integrantes para a formação.Filarmônica e SinfônicaDo ponto de vista musical, não existem diferenças entreuma orquestra sinfônica e uma filarmônica. Existem diver-gências quanto às diferenças exatas entre as duas nomen-claturas, mas elas são apenas de ordem administrativa. Háquem defenda que o nome sinfônica surgiu para se referira orquestras financiadas pelo governo ou por grandescorporações, enquanto filarmônicas seriam as orquestrasmantidas por filantropos, admiradores ou mecenas.Entenda acomposição deuma orquestracomoaFilarmoniaSantaCatarina,queestreiahojeumasériedeconcertosPosição dos instrumHá várias maneiras de dispor oNo caso da Filarmonia, a confinal, com os violinos – instrumemaestro e avançando gradualmviola e violoncelo até chegar ao
  2. 2. e entenderjességiottidades QUARTA-FEIRA, 5/06/2013 | DIÁRIO CATARINENSE 5154656272 x 2,1Arco IrisDIARIO CATARINENSESolistaO solista costuma ficar em uma posição de desta-que no palco, que reflete seu papel na execuçãodo concerto. Mesmo que o solista não toque uminstrumento diferente dos demais, como é o casodeste arranjo, sua participação será especial.MaestroDurante os ensaios, o maestro rege a orquestra para o que esperado concerto, interrompendo a execução sempre que achar necessá-rio fazer observações. Na hora da apresentação, ele apenas gesti-cula e confirma a expectativa construída durante os ensaios, já quemesmo no caso de algum erro a execução não será interrompida.umento dacom umaectro. Ficaquestra.Gustavo FontesRegente da OrquestraFilarmonia Santa CatarinaPara ir a um concertogratuitodemúsicaclássicanãoéprecisodisporderoupasdistintas ou possuir meiodetransportepróprio,nãoéprecisotercursosuperiorouserespecialmenteculto,nãoéprecisofalarlínguasestrangeirasou dominar o portuguêsformal.Parairaumconcertosóérealmentenecessáriaumaúnicacoisa:aguçarosouvidos,comsimplicidadeesinceridade,parareceberaboamúsicaqueseráexecutada.Sequisermosfazer valer a gratuidade emeventos culturais, temos deincentivartambémosgrupossociaismenosfavorecidosaassistiremaconcertos,peçasteatrais,espetáculosdedança,sessõesdecinema,exposiçõeseoutrasmanifestaçõesartísticas,porvezestidascomoelitistasoudedifícilcompreensão.Aboamúsicagratuitaéparatodoseéfundamentalapresençadetodososespectrossociaisnassalasdeconcerto.Afinal,oprazerdoartistanãoestáemtocarpararicosoupobres,negrosoubrancos,homens,mulheres,jovens,idososoucrianças,massimemtocarparatodaagenteverdadeiramenteinteressadanestemagníficoverbo:ouvir!AsaladeconcertoséparatodosO quê: Concerto da Orquestra Filar-monia Santa Catarina – Mestres daMúsica AlemãQuando: hoje, às 21hOnde: Teatro Ademir Rosa, noCentro Integrado de Cultura (Av.Governador Irineu Bornhausen,5600, Agronômica)Quanto: gratuito (os ingressosdevem ser retirados nas bilheteriasdo CIC, TAC (R. Mal. Guilherme,26 - Centro) e na Sonoritá EspaçoMusical (R. Acadêmico ReinaldoConsoni, 504 - Córrego Grande)Agende-seOs mestres da música alemãCarl Philipp Emanuel Bach foi um músico e compositoralemão nascido em 1714. Filho de Johann Sebastian Bach,é considerado precursor do estilo clássico na música erudita.Foi um dos instrumentistas de maior reputação na Europa,sobretudo nos instrumentos de teclas. Suas composições,admiradas inclusive por Mozart, são peças de expressãoíntima consideradas pré-românticas, algo distante do rigorpolifônico demonstrado pelas obras de seu pai e professor.Johannes Brahms viveu cerca de um século depois, nas-cendo em 1833 e vindo a se tornar uma das figuras centraisdo romantismo musical europeu. Como compositor, suaobra representa o encontro do romantismo com a noção deformalidade clássica, fazendo música considerada pura numaépoca em que já se avançava em direção ao modernismo – oque fez com que a obra de Brahms demorasse várias décadaspara receber o devido reconhecimento.diario.com.brg> Confira no site o vídeo de um ensaioda Orquestra Filarmonia Santa Catarinamentosos instrumentos em uma orquestra.iguração utilizada é a mais convencio-entos mais agudos – à esquerda domente para os graves, passando poro contrabaixo, na extrema direita.

×