O alienista

3.604 visualizações

Publicada em

Apresentação da aula sobre o conto O Alienista de Machado de Assis

Publicada em: Educação
1 comentário
5 gostaram
Estatísticas
Notas
Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
3.604
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
47
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
158
Comentários
1
Gostaram
5
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide
  • O aluno deve fazer sempre uma ficha básica de leitura para iniciar a compreensão da obra

  • Explicar resumidamente as teorias para os alunos entenderem como esses pensamentos influenciaram as obras literárias do período.
    Darwin desenvolveu a Teoria da Evolução das Espécies, segundo a qual, os seres são dotados da capacidade de transformação física para se adequarem às condições climáticas e às adversidades. O Positivismo, de Comte, pregava que o conhecimento deveria ser adquirido por meio da experiência concreta.
    O Determinismo acreditava que o comportamento dos homens era definido pelo meio social em que o indivíduo se encontrava.
    Karl Marx percebeu que a história da humanidade se limitava à história da luta de classes, o que será um tema recorrente nas obras realistas, como a disputa pelo poder e a busca de ascensão social.
  • Tipo: Narrador onisciente.
    Foco Narrativo: O narrador está em conformidade com os princípios da literatura realista; isto é, trata-se de um narrador-onisciente, preocupado com a objetividade
    Importância do Narrador: A intenção do narrador é a análise do comportamento humano: vai além das aparências e procura atingir os motivos essenciais da conduta humana, descobrindo, no homem, o egoísmo e a vaidade.
  • Dr. Simão Bacamarte - é o protagonista da história. Representa a caricatura do cientificista do século. Acabou se tornando vítima de suas próprias idéias, recolhendo-se à Casa Verde por se considerar o único cérebro bem organizado de Itaguaí.
  • D. Evarista - Embora não fosse "bonita nem simpática", o doutor a escolheu para esposa porque ela "reuni condições fisiológicas e anatômicas de primeira ordem", estando apta para dar-lhes filhos robustos, são e inteligentes". Chegou a ser recolhida à Casa Verde, certa vez, por manifestar algum desequilíbrio mental

    Porfírio, o barbeiro - Posto que representa a caricatura política. Representa bem a ambição de poder, quando lidera a rebelião que depôs o governo legal. Foi preso na Casa Verde duas vezes; primeiro, por Ter liderado a rebelião; segundo, porque se negou a participar de uma Segunda revolução.
    Crispim Soares - era o boticário. Muito amigo do Dr. Bacamarte e grande admirador de sua obra humanitária. Também passou pela Casa Verde, pois não soube "ser prudente em tempos de revolução", aderindo à causa do barbeiro.
  • A ironia de Machado de Assis é notória nesse conto, quando mostra a hipocrisia do ser humano que só pensa em seu próprio prestígio.

  • O alienista

    1. 1. { O Alienista Machado de Assis Prof. Me. Flávio Maia
    2. 2.  Atentar para os elementos básicos da narrativa  Enredo  Espaço  Tempo  Cronológico  Psicológico  Narrador  Narrador-personagem (1ª. Pessoa)  Narrador-observador (3ª. Pessoa não interfere na história)  Narrador onisciente (3ª. Pessoa emite opiniões sobre a história)  Personagens  Protagonista  Antagonista  Secundários Possibilidades de análise
    3. 3.  Estrutura básica da narrativa  Introdução  Desenvolvimento  Clímax  Conclusão Possibilidades de Análise
    4. 4.  O que é importante ao ler um texto?  Texto  Atentar para a estrutura e os elementos da narrativa  Contexto  Autor  Época  Estilo Possiblidades de Análise
    5. 5. {Machado de Assis O Alienista
    6. 6. a·li·e·nis·ta (francês aliéniste) adjetivo de dois gêneros 1. Relativo a alienismo ou ao tratamento de aliena dos. substantivo de dois gêneros 2. Médico especialista em doenças mentais. "alienista", in Dicionário Priberam da Língua Portuguesa [em linha], 2008- 2013, http://www.priberam.pt/dlpo/alienista [consultado em 04-04-2015]. O que é Alienista?
    7. 7. Sabre o autor  Nasceu no Morro do Livramento, Rio de Janeiro, de uma família pobre;  Iniciou seus estudos numa escola pública da região, mas não mostrou-se interessado por ela;  Ao completar 10 anos, Machado tornou-se órfão de mãe, e o pai viúvo tão logo perdera a esposa casou-se com Maria Inês da Silva;  Machado evitou o subúrbio carioca e procurou a subsistência no centro da cidade;
    8. 8. Sobre a época  Rio de Janeiro no fim do segundo império  Abolição da escravatura e proclamação da república  Teorias científicas que vieram da Europa
    9. 9.  Conto estruturado em treze capítulos. Machado de Assis fundamenta-se em possíveis “crônicas”. O que se pode comprovar logo no início do conto :”As crônicas da vila de Itaguaí dizem que em tempos remotos...(O alienista- Machado de Assis). Os tempos remotos citados anteriormente remontam à primeira metade do século XVIII O Alienista – Estrutura da Obra
    10. 10.  Renomado médico, Simão Bacamarte volta ao Brasil e decide morar em Itaguaí (interior fluminense). Lá funda um hospício para estudar as demências. Após internar a cidade inteira, chega à conclusão que louco é ele e não a cidade. O Alienista - Enredo
    11. 11. O Alienista Espaço  Itaguaí – interior do estado do Rio de Janeiro
    12. 12.  Narrador em terceira pessoa:  Narrador onisciente – emite opiniões O Alienista - Narrador
    13. 13. { {Protagonista  Simão Bacamarte Antagonista  Loucura (que pode ser representada pela Casa Verde) O Alienista - Personagens
    14. 14.  Da. Evarista  Porfírio, o barbeiro  Crispim Soares  Habitantes da Casa Verde  Padre Lopes O Alienista - Personagens
    15. 15.  Toda a história se passa no passado, havendo uso do flashback:  “As crônicas da Vila de Itaguaí dizem que em tempos remotos vivera ali um certo médico: o Dr. Simão Bacamarte.” O Alienista - Tempo
    16. 16.  Pessimismo  Acha que é o centro do universo  Presença do humor e da ironia  Análise psicológica e crítica social O Alienista – Característica da Obra
    17. 17. O Alienista Cândido Portinari
    18. 18.  Teoria 1: são loucos aqueles que apresentarem um comportamento anormal de acordo com o conhecimento da maioria. Teoria 2: ampliou o território da loucura: "A razão é o perfeito equilíbrio de todas as faculdades, fora daí, insânia, insânia e só insânia." Teoria 3: os loucos agora são os leais, os justos, os honestos e imparciais. Dizia que se devia admitir como normal o desequilíbrio das faculdades e como patológico,o seu equilíbrio. Teoria 4: o único ser perfeito de Itaguaí era o próprio Simão Bacamarte. Logo, somente ele deveria ir para a Casa Verde. O Alienista – teorias de Simão Bacamarte

    ×