Componentes Transformers: 
combinando o melhor 
de cada framework 
Flávio Gomes da Silva Lisboa 
www.fgsl.eti.br
http://phptranslationfestbrasil.github.io/
Quem sou eu? 
● Chefe do setor de adequação do ExpressoV3 em Curitiba
Quem sou eu?
FISL LATINOWARE 
Quem sou eu? 
● Fui palestrante e instrutor em vários eventos
Quem sou eu? 
● Leciono a disciplina Programação PHP Orientada a Objetos 
com Testes Unitários no curso de especialização ...
Quem sou eu? 
● Sou autor dos livros:
http://romocavaleirodoespaco.blogspot.com.br
Resumo 
Nesta palestra iremos aprender como combinar 
componentes de diferentes frameworks dentro 
de uma mesma aplicação ...
Dúvida 
Você vai falar sobre como combinar 
frameworks, enquanto tem um cara falando 
sobre um futuro sem frameworks? 
Fra...
Esclarecimento 
Não é porque algo parece não funcionar direito 
que você tem de desistir de usar.
Conselho 
Seja o cara que sabe usar os recursos que tem.
Descrição 
Inicialmente trataremos sobre padrões de 
construção de componentes, para então falar 
sobre interoperabilidade...
Preâmbulo 
Tudo que falaremos aqui trata de manutenção 
de software. Se você vai fazer software pra ser 
jogado fora, não ...
Preâmbulo 
Mas se você vai fazer software que será 
mantido, atualizado, evoluído e aperfeiçoado, 
então deveria se preocu...
Com que seu código parece? 
Uso de componentes inadequados?
Com que seu código parece? 
Não entendeu o design pattern Adapter?
Com que seu código parece? 
Este pelo menos tem fraco acoplamento...
Código Emergencial 
Precisamos fazer 
uma GRANDE 
mudança 
IMEDIATAMENTE! 
Preciso fazer um 
código que 
funcione LOGO!
Cenário 
Fatos: 
● Você precisa implementar rápido 
● Não dá tempo de aplicar a melhor solução 
● Não dá tempo de achar al...
VOU FAZER DE 
QUALQUER JEITO 
AGORA, DEPOIS EU 
MELHORO. 
NUNCA VAI 
MELHORAR!
Padrões de Construção de 
Componentes 
Você pode criar um componente incompleto. 
Só precisa prepará-lo para crescer.
Padrões de Construção de 
Componentes 
Pense no futuro! 
Só precisa prepará-lo para crescer.
Padrões de Construção de 
Componentes 
Hoje você não precisa traduzir sua aplicação. 
Mas e amanhã? 
Ninguém pediu ainda, ...
Padrões de Construção de 
Componentes 
Crie código extensível. 
Permita que alguém conclua sua obra.
Interoperabilidade 
Faça seu software conversar com outros. 
Use protocolos de comunicação compreensíveis 
por outras apli...
Interoperabilidade 
●Como encontrar classes 
●Como escrever código 
●Como tratar log
Interoperabilidade
Combinações de Componentes 
Isto é um pleonasmo... 
Componentes existem para serem combinados
Combinações de Componentes 
Não basta ter as peças. Você precisa aprender a 
ser um Mestre Construtor.
Frameworks 
Frameworks contém componentes. 
Diferentes frameworks tem diferentes 
componentes para os mesmos propósitos. 
...
Componentes Desacoplados
DEVASTATOR
FRAMEWORK FULL STACK
DEVASTATOR 
SUPERION
FRAMEWORK FULL STACK 
FRAMEWORK FULL STACK
DEVASTATOR 
SLUDGE 
SWOOP 
GRIMLOCK 
SNARL SLAG
FRAMEWORK FULL STACK 
MICROFRAMEWORK 
MICROFRAMEWORK 
MICROFRAMEWORK 
MICROFRAMEWORK MICROFRAMEWORK
Frameworkities 
A Doença dos Frameworks 
“Frameworkitis is the disease that a framework wants to do 
too much for you or i...
Cuidado ao 
entregar o 
controle!
MVC: 
O Ponto Crítico dos Frameworks 
A implementação do architecture pattern MVC 
(Model View Controller) geralmente é a ...
MVC: 
O Ponto Crítico dos Frameworks 
Ao optar por uma implementação MVC 
específica, estamos assinando um contrato 
com v...
MVC: 
O Ponto Crítico dos Frameworks 
Procure uma implementação flexível, 
configurável, que permita injeção de 
dependênc...
MVC: 
O Ponto Crítico dos Frameworks 
A implementação MVC não pode ser um 
televisor que não funciona sem controle remoto!
MVC: 
O Ponto Crítico dos Frameworks 
A implementação MVC deve permitir que você 
escolha os componentes que realmente 
pr...
MVC: 
O Ponto Crítico dos Frameworks 
● Cuidado com as unidades de reuso dos 
frameworks! 
● Bundles e modules, por exempl...
Orquestre componentes!
Escolha o mais adequado para 
cada problema!
Use Composer para harmonizar 
dependências!
Use Composer para harmonizar 
dependências! 
{ 
"require": { 
"monolog/monolog": "1.0.*" 
} 
}
Não crie laços! 
CAMADAS DE SUA APLICAÇÃO 
FRAMEWORK 1 FRAMEWORK 2 FRAMEWORK 3
Não crie laços! 
CAMADAS DE SUA APLICAÇÃO 
X 
FRAMEWORK 1 FRAMEWORK 2 FRAMEWORK 3
Não crie laços! 
CAMADAS DE SUA APLICAÇÃO 
API CENTRAL DE SUA APLICAÇÃO 
FRAMEWORK 1 FRAMEWORK 2 FRAMEWORK 3
Não crie laços! 
CAMADAS DE SUA APLICAÇÃO 
API CENTRAL DE SUA APLICAÇÃO 
FRAMEWORK 1 FRAMEWORK 2 FXRAMEWORK 3
Não crie laços! 
CAMADAS DE SUA APLICAÇÃO 
API CENTRAL DE SUA APLICAÇÃO 
FRAMEWORK 1 FRAMEWORK 2 FRAMEWORK 4
Perguntas?
www.fgsl.eti.br
Componentes Transformers: Combinando o melhor de cada framework
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Componentes Transformers: Combinando o melhor de cada framework

544 visualizações

Publicada em

Inicialmente trataremos sobre padrões de construção de componentes, para então falar sobre interoperabilidade entre aplicações PHP e bibliotecas de componentes interoperáveis. Finalmente mostraremos exemplos de combinações de componentes de diferentes frameworks.

Publicada em: Tecnologia
0 comentários
10 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
544
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
6
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
5
Comentários
0
Gostaram
10
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Componentes Transformers: Combinando o melhor de cada framework

  1. 1. Componentes Transformers: combinando o melhor de cada framework Flávio Gomes da Silva Lisboa www.fgsl.eti.br
  2. 2. http://phptranslationfestbrasil.github.io/
  3. 3. Quem sou eu? ● Chefe do setor de adequação do ExpressoV3 em Curitiba
  4. 4. Quem sou eu?
  5. 5. FISL LATINOWARE Quem sou eu? ● Fui palestrante e instrutor em vários eventos
  6. 6. Quem sou eu? ● Leciono a disciplina Programação PHP Orientada a Objetos com Testes Unitários no curso de especialização em Desenvolvimento de Aplicações Web na UniCesumar.
  7. 7. Quem sou eu? ● Sou autor dos livros:
  8. 8. http://romocavaleirodoespaco.blogspot.com.br
  9. 9. Resumo Nesta palestra iremos aprender como combinar componentes de diferentes frameworks dentro de uma mesma aplicação sem criar problemas de manutenção
  10. 10. Dúvida Você vai falar sobre como combinar frameworks, enquanto tem um cara falando sobre um futuro sem frameworks? Frameworks... ¡No más!
  11. 11. Esclarecimento Não é porque algo parece não funcionar direito que você tem de desistir de usar.
  12. 12. Conselho Seja o cara que sabe usar os recursos que tem.
  13. 13. Descrição Inicialmente trataremos sobre padrões de construção de componentes, para então falar sobre interoperabilidade entre aplicações PHP e bibliotecas de componentes interoperáveis. Finalmente mostraremos exemplos de combinações de componentes de diferentes frameworks.
  14. 14. Preâmbulo Tudo que falaremos aqui trata de manutenção de software. Se você vai fazer software pra ser jogado fora, não há aplicação para o que falaremos.
  15. 15. Preâmbulo Mas se você vai fazer software que será mantido, atualizado, evoluído e aperfeiçoado, então deveria se preocupar com os tópicos que abordaremos.
  16. 16. Com que seu código parece? Uso de componentes inadequados?
  17. 17. Com que seu código parece? Não entendeu o design pattern Adapter?
  18. 18. Com que seu código parece? Este pelo menos tem fraco acoplamento...
  19. 19. Código Emergencial Precisamos fazer uma GRANDE mudança IMEDIATAMENTE! Preciso fazer um código que funcione LOGO!
  20. 20. Cenário Fatos: ● Você precisa implementar rápido ● Não dá tempo de aplicar a melhor solução ● Não dá tempo de achar alguém que implementou a melhor solução. ● A equipe trabalha sobre o Princípio Scooby- Doo. Tartaglia Cardano
  21. 21. VOU FAZER DE QUALQUER JEITO AGORA, DEPOIS EU MELHORO. NUNCA VAI MELHORAR!
  22. 22. Padrões de Construção de Componentes Você pode criar um componente incompleto. Só precisa prepará-lo para crescer.
  23. 23. Padrões de Construção de Componentes Pense no futuro! Só precisa prepará-lo para crescer.
  24. 24. Padrões de Construção de Componentes Hoje você não precisa traduzir sua aplicação. Mas e amanhã? Ninguém pediu ainda, então não posso perder tempo fazendo algo que não me pagaram pra fazer. Você pode criar uma função ou método para tradução... que apenas devolva o que recebeu. Isso evitará que no futuro você tenha de alterar dezenas (ou centenas) de arquivos para dar suporte à tradução.
  25. 25. Padrões de Construção de Componentes Crie código extensível. Permita que alguém conclua sua obra.
  26. 26. Interoperabilidade Faça seu software conversar com outros. Use protocolos de comunicação compreensíveis por outras aplicações, preferencialmente abertos. No caso de PHP, faça com que seus componentes possam utilizar ou ser utilizados por outros componentes PHP facilmente.
  27. 27. Interoperabilidade ●Como encontrar classes ●Como escrever código ●Como tratar log
  28. 28. Interoperabilidade
  29. 29. Combinações de Componentes Isto é um pleonasmo... Componentes existem para serem combinados
  30. 30. Combinações de Componentes Não basta ter as peças. Você precisa aprender a ser um Mestre Construtor.
  31. 31. Frameworks Frameworks contém componentes. Diferentes frameworks tem diferentes componentes para os mesmos propósitos. É possível combinar componentes de frameworks diferentes, desde que eles sejam interoperáveis.
  32. 32. Componentes Desacoplados
  33. 33. DEVASTATOR
  34. 34. FRAMEWORK FULL STACK
  35. 35. DEVASTATOR SUPERION
  36. 36. FRAMEWORK FULL STACK FRAMEWORK FULL STACK
  37. 37. DEVASTATOR SLUDGE SWOOP GRIMLOCK SNARL SLAG
  38. 38. FRAMEWORK FULL STACK MICROFRAMEWORK MICROFRAMEWORK MICROFRAMEWORK MICROFRAMEWORK MICROFRAMEWORK
  39. 39. Frameworkities A Doença dos Frameworks “Frameworkitis is the disease that a framework wants to do too much for you or it does it in a way that you don't want but you can't change it. It's fun to get all this functionality for free, but it hurts when the free functionality gets in the way. But you are now tied into the framework. To get the desired behavior you start to fight against the framework. And at this point you often start to lose, because it's difficult to bend the framework in a direction it didn't anticipate.” Erich Gamma http://www.artima.com/lejava/articles/reuseP.html
  40. 40. Cuidado ao entregar o controle!
  41. 41. MVC: O Ponto Crítico dos Frameworks A implementação do architecture pattern MVC (Model View Controller) geralmente é a que tem o maior conjunto de acoplamentos.
  42. 42. MVC: O Ponto Crítico dos Frameworks Ao optar por uma implementação MVC específica, estamos assinando um contrato com várias cláusulas de obrigação, para usufruir de benefícios oferecidos por ela.
  43. 43. MVC: O Ponto Crítico dos Frameworks Procure uma implementação flexível, configurável, que permita injeção de dependências, para que você possa trocar implementações custosas por alternativas mais leves (ou ter a possibilidade de obliterar processos).
  44. 44. MVC: O Ponto Crítico dos Frameworks A implementação MVC não pode ser um televisor que não funciona sem controle remoto!
  45. 45. MVC: O Ponto Crítico dos Frameworks A implementação MVC deve permitir que você escolha os componentes que realmente precisa. Ela deve ser capaz de não fazer nada além do necessário.
  46. 46. MVC: O Ponto Crítico dos Frameworks ● Cuidado com as unidades de reuso dos frameworks! ● Bundles e modules, por exemplo, são reusáveis diretamente apenas por seus respectivos gerenciadores (Symfony, Zend). ● Bibliotecas são mais reutilizáveis que estruturas modulares de implementações MVC!
  47. 47. Orquestre componentes!
  48. 48. Escolha o mais adequado para cada problema!
  49. 49. Use Composer para harmonizar dependências!
  50. 50. Use Composer para harmonizar dependências! { "require": { "monolog/monolog": "1.0.*" } }
  51. 51. Não crie laços! CAMADAS DE SUA APLICAÇÃO FRAMEWORK 1 FRAMEWORK 2 FRAMEWORK 3
  52. 52. Não crie laços! CAMADAS DE SUA APLICAÇÃO X FRAMEWORK 1 FRAMEWORK 2 FRAMEWORK 3
  53. 53. Não crie laços! CAMADAS DE SUA APLICAÇÃO API CENTRAL DE SUA APLICAÇÃO FRAMEWORK 1 FRAMEWORK 2 FRAMEWORK 3
  54. 54. Não crie laços! CAMADAS DE SUA APLICAÇÃO API CENTRAL DE SUA APLICAÇÃO FRAMEWORK 1 FRAMEWORK 2 FXRAMEWORK 3
  55. 55. Não crie laços! CAMADAS DE SUA APLICAÇÃO API CENTRAL DE SUA APLICAÇÃO FRAMEWORK 1 FRAMEWORK 2 FRAMEWORK 4
  56. 56. Perguntas?
  57. 57. www.fgsl.eti.br

×