Atividade industrial

3.635 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
3.635
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1.315
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
42
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Atividade industrial

  1. 1. ATIVIDADE INDUSTRIAL
  2. 2.  Conjunto de atividades que se caracterizam pelatransformação das matérias-primas para produzir cada vezmais e de forma mais rápida para o mercado consumidor,utilizando desde métodos artesanais até alta tecnologia; Compreende tanto uma empresa de pequeno porte até umparque industrial; Atividade Industrial moderna tem implantado máquinas cadavez mais avançadas, substituindo o trabalho dos sereshumanos; A atividade industrial e o setor primário sãointerdependentes, ou seja, um depende do outro.O QUE É ATIVIDADE INDUSTRIAL?
  3. 3.  CONCEITO: A substituição das ferramentas pelas máquinas, daenergia humana pela energia motriz e do modo de produçãodoméstico pelo sistema fabril constituiu a Revolução Industrial; Primeira Revolução Industrial ocorreu na Inglaterra no final doséculo XVIII  carvão mineral como fonte de energia. Segunda Revolução Industrial iniciou nos EUA por volta de 1860 Modo de produção em série e substituição do carvão pelopetróleo e energia elétrica. Terceira Revolução Industrial surgiu em diferentes partes domundo (principalmente na Europa, EUA e Japão, por volta de1970  Modernização do setor industrial, marcada pelainformática e robótica.REVOLUÇÃO INDUSTRIAL
  4. 4.  Até 1930 a economia brasileira era extremamente voltadapara o setor primário (café, cacau, algodão e cana de açúcar); Com o declínio das exportações do café o Brasil começou a seindustrializar; A 1ª e 2ª Guerra Mundial e a Crise de 1929 alavancaram odesenvolvimento do setor industrial; Brasil começou a produzir bens de consumo que antes eramimportados;BRASIL – INDUSTRIALIZAÇÃO TARDIA
  5. 5.  Exportações Brasileiras:- Indústria extrativa (conserva de frutas, legumes e outrosvegetais);- Óleos e gorduras vegetais e animais;- Produtos do fumo;- Agroindústria (carnes, açúcar, laticínios e café);- Curtimento e outras preparações de couro;- Madeira;- Celulose e outras fábricas de papel;- Ferro-gusa, ferroligas e siderurgia;- Metalurgia de metais não ferrosos;- Armas, munições e equipamentos militares- Aeronaves. Rede de transportes brasileira se encontra bastante deficitária.ATIVIDADE INDUSTRIAL BRASILEIRA
  6. 6.  A) Indústria de Base: transforma a matéria prima bruta para outrasindústrias.Exemplo: Petrobrás – PetróleoCompanhia Siderúrgica Nacional – ferro B) Indústria de Bens Intermediários: Produz bens que serão utilizados poroutras indústrias.Exemplo: Autopeças para indústria de automóveisFarinha de Trigo para indústria de alimentos C) Indústria de Bens de Consumo: fabrica produtos voltados ao grandemercado consumidor (produto final). Pode ser Durável ou Não Durável:- DURÁVEL: longa durabilidade, como automóveis e eletrodomésticos.- NÃO DURÁVEL: curta durabilidade, como alimentos e roupas.CLASSIFICAÇÃO QUANTO A PRODUÇÃOINDUSTRIAL
  7. 7.  A) INDÚSTRIAS GERMINATIVAS: elas geram o aparecimento deoutras indústrias, como a petroquímica. B) INDÚSTRIA DE PONTA: são as indústrias dinâmicas, quecomandam a produção industrial. Utilizam alta tecnologia. Ex.automobilística e de computadores.CLASSIFICAÇÃO QUANTO A FUNÇÃO
  8. 8.  A) INDÚSTRIAS TRADICIONAIS: utilizam muita mão de obra epouca tecnologia. Geralmente são empresas familiares(alimentício). B) INDÚSTRIAS DINÂMICAS: Utilizam muita tecnologia ecapital com pouca força de trabalho. Destaque para o setorquímico e eletrônico. Em geral são empresas multinacionais.CLASSIFICAÇÃO QUANTO A TECNOLOGIA
  9. 9.  Fontes de Energia Mão de obra abundante, barata e qualificada; Matéria-prima em abundância ou de fácil acesso; Mercado consumidor; Infraestrutura de transporte; Rede de Comunicação; Incentivos Fiscais (isenção de impostos, facilidades); Disponibilidade de Água Acesso às tecnologias industriais; Legislação ambiental ineficiente; Média Salarial regional baixa.ATRATIVOS PARA A INSTALAÇÃO DEINDÚSTRIAS
  10. 10.  Tais atrativos fazem com que as industrias se concentrem emáreas com maior infraestrutura; Pólos Petroquímicos: Mauá-SP, Camaçari-BA e Triunfo-RS; Quadrilátero Ferrífero – situado em municípios de Minas Gerais,é responsável por 60% da produção de minério de ferro noBrasil. Grande concentração de indústrias na região sudeste Atualmente as indústrias estão buscando cidades menores,devido a incentivos fiscais, melhor infraestrutura, pouco transitoe facilidade de mão de obra.CONCENTRAÇÃO INDUSTRIALNO BRASIL
  11. 11.  São empresas que produzem e distribuem produtos paradiversos países, tendo sua matriz e escritório localizados nopaís de origem. Vieram para o Brasil desde os anos 60 – Governo de JuscelinoKubstchek. Razões da vinda de multinacionais: Mão de Obra Barata; Mercado Consumidor; Boa infraestrutura tecnológica, de transportes e comunicações; Matéria Prima em abundancia; Isenção Fiscal e/ou Leis Ambientais Frágeis.MULTINACIONAIS E TRANSNACIONAIS
  12. 12.  Concorrência desleal com as indústrias nacionais; Fusões de grandes corporações – Oligopólios; Poluição ambiental; População tem acesso a produtos de alta tecnologia.CONSEQUENCIA DA FORTE PRESENÇADAS TRANSNACIONAIS

×