A agricultura

1.445 visualizações

Publicada em

cddssfs

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.445
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
652
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
28
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

A agricultura

  1. 1. A AGRICULTURA PERCURSO 27
  2. 2. CONCEITO Corresponde ao processo de uso do solo para cultivar plantas com o objetivo de obter alimentos, fibras, energia e matéria- prima. Ela depende de condições naturais favoráveis como o clima, o solo e o relevo. ACOMPANHAR PÁG. 212
  3. 3. CONDICIONANTES DA AGRICULTURA CLIMA •Influi de forma decisiva nas áreas cultiváveis do mundo; •Chuvas prolongadas e períodos de estiagem (seca) afetam as produções agrícolas; •Clima Tropical: cacau, juta, cana-de-açúcar e café; •Clima Desértico: algodão e amendoim; •Clima Temperado e Frio: trigo, aveia, centeio e beterraba açucareira. SOLO •Solo fértil: a produtividade agrícola é maior; •Solos fracos são solos ácidos e de baixa fertilidade, precisam receber procedimentos técnicos, como adubação e correção do grau de acidez (aplicação de calcário - Figura da página 213). RELEVO •As melhores áreas para se plantar são as planícies (várzeas de rios  vegetais de crescimento rápido); •Áreas montanhosas dificultam a prática agrícola, são mais vulneráveis à erosão pluvial e dificultam o uso de máquinas; •Nestas áreas é muito comum o uso de terraços (comum nos cultivos de arroz na Ásia), porque evitam a erosão. ACOMPANHAR PÁGS. 213/214
  4. 4. CLIMA Solo Encharcado Solo Seco Cultivo da Cana Trigal
  5. 5. SOLO Correção de Acidez com Calcário Recorte de um Solo Para análise
  6. 6. RELEVO Cultivo do Arroz na Planície do Mekong (China) Agricultura na Área de Várzea Terraços em Relevo Montanhoso
  7. 7. OS SISTEMAS DE PRODUÇÃO AGRÍCOLA AGRICULTURA EXTENSIVA: Técnicas tradicionais (como o arado puxado por bois); Normalmente, a produção agrícola extensiva destina-se à subsistência de grupos familiares ou de pequenas comunidades (baixa produtividade). AGRICULTURA INTENSIVA: Alta produtividade; Voltada para exportação, emprego de alta tecnologia (sementes selecionadas, equipamentos de irrigação, etc). ACOMPANHAR PÁG. 215
  8. 8. CLASSIFICAÇÃO DAS PROPRIEDADES AGRÍCOLAS MINIFÚNDIO: Pequena extensão. Voltada para subsistência. Em geral seus proprietários trabalham em outras propriedades rurais para obterem sustento. LATIFÚNDIO: Grande extensão. Voltada para exportação. Divide-se em Latifúndio Empresa Agrícola e Latifúndio Improdutivo (especulação imobiliária).
  9. 9. A ORGANIZAÇÃO DA AGRICULTURA BRASILEIRA AGRICULTURA FAMILIAR: Pequenas propriedades; Recebem pouquíssimo investimento do governo, empregam técnicas simples de cultivo. A maior parte dos alimentos que abastecem a mesa dos brasileiros vem das pequenas propriedades. São responsáveis por mais de 50% da produção agrícola. UNIDADE FAMILIAR DE SUBSISTÊNCIA: Realizada em minifúndios; Uso de técnicas tradicionais e mão de obra familiar; Tem por objetivo atender as necessidades alimentares da família. ACOMPANHAR PÁGs. 216/217
  10. 10. A diferença entre as duas organizações está nos objetivos das produções agrícolas.
  11. 11. A ORGANIZAÇÃO DA AGRICULTURA BRASILEIRA EMPRESA AGRÍCOLA: Realizada em grandes ou médias propriedades; Aplicação de consideráveis recursos financeiros e mão de obra assalariada; Utiliza alta tecnologia e a produção é voltada para o mercado externo e interno; Muitas empresas transformaram-se em agroindústrias (transformação dos produtos agrícolas em produtos industrializados, como o suco de laranja e o açúcar). PRODUÇÃO COLETIVA: Realizada em regime de mutirão (cooperativa rural);  Cada grupo é responsável por uma atividade: lavoura, horta, criação de gado e construção de casas. ACOMPANHAR PÁG. 217
  12. 12. Empresa Agrícola Produção Coletiva
  13. 13. A AGRICULTURA E OS IMPACTOS AMBIENTAIS COMPACTAÇÃO E EROSÃO DO SOLO: Maquinas agrícolas compactam o solo e dificultam a infiltração da água, intensificando a erosão e ocasionando as ravinas e as voçorocas. DESERTIFICAÇÃO: No processo de desertificação a vegetação se reduz ou acaba totalmente, através do desmatamento. Neste processo, o solo perde suas propriedades, tornando-se infértil (perda da capacidade produtiva). CONSUMO DE ÁGUA: A agropecuária é responsável por 70% do consumo de água. USO DE AGROTÓXICOS: Os agrotóxicos foram criados na tentativa de defender a agricultura contra pragas que atacam as plantações. Porém, se os agricultores não tiverem alguns cuidados durante o uso e extrapolarem no tempo de ação podem afetar o ambiente e a saúde. ACOMPANHAR PÁG. 218
  14. 14. TÉCNICAS PARA APROVEITAMENTO DO SOLO ROTAÇÃO DE CULTURAS: Consiste em alternar anualmente espécies vegetais numa mesma área agrícola. Essa prática melhora as características físicas, químicas e biológicas do solo. O POUSIO: Solo posto em descanso para recuperação dos nutrientes. A COIVARA: Sistema agrícola rudimentar (indígena). Inicia-se com a derrubada da mata e queimada da vegetação rasteira, em seguida é realizada o plantio de várias culturas diferentes. Após 3 anos de uso o solo necessita de descanso, que vai de 3 a 12 anos. AGRICULTURA ITINERANTE: Consiste no sistema da coivara aplicado em vários locais. Esgota-se um solo e logo procura-se outro.
  15. 15. 1 2 3 1 – Rotação de Cultura 2 – Coivara 3 – Pousio
  16. 16. TÉCNICAS DE CULTIVO AGRICULTURA DE PRECISÃO: Novas tecnologias a serviço do agricultor. Imagens de Satélite. HIDROPONIA: Sistema de cultivo, dentro de estufas sem uso do solo. Os nutrientes de que a planta precisa para desenvolver-se provém de água enriquecida com nitrogênio, potássio, fósforo e magnésio. AGRICULTURA ORGÂNICA: Cultivo voltado para o mercado externo. Não agride o solo, pois não utiliza substâncias químicas. Por consequência, a produtividade é menor e o custo é maior.
  17. 17. 1 2 3 1 – Agricultura de Precisão 2 – Hidroponia 3 – Agricultura Orgânica

×