80629 familia-e-relacionamentos

699 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
699
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
13
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

80629 familia-e-relacionamentos

  1. 1. FAMÍLIA E RELACIONAMENTOS INDICECOMUNICANDO O AMOR 3VENCER O ISOLAMENTO 4COMO CUIDAR DOS JOVENS 5ENTENDENDO AS DIFERENÇAS 6ENFRENTANDO A REJEIÇÃO 7CUIDAR DOS SEUS 8AUMENTE A AUTO-ESTIMA 9O MAIOR MANDAMENTO 10PAIS EM PROBLEMAS 11DERROTANDO O ESPÍRITO DE REBELIÃO 12
  2. 2. Lição 1 COMUNICANDO AMOR1. Muitos pais beijam e abraçam os filhos quando são pequenos mas não o fazem depois de eles crescerem. Perguntar aos presentes Porquê? 1.1. 1 Coríntios 13:4-7 – Ler em voz alta 1.1.1. Qual das características do amor está em falta na nossa vida? 1.1.2. Temos paciência? Temos bondade? Somos orgulhosos? Somos rudes uns para com os outros? Somos egoístas? Somos vingativos? Será que temos sempre confiança, esperança e perseverança? 1.1.3. Não basta Ter apenas algumas destas coisas, precisamos delas todas. Quando comunicamos estas qualidades comunicamos amor! 1.1.4. Temos que comunicar o amor através de acções constantes. Se alguém ama não fere hoje, beija amanhã, fere outra vez, beija outra vez...isso não é amor.2. A origem dos problemas entre membros da mesma família 2.1. Tiago 4:1-10 2.1.1. Esta passagem começa por perguntar qual é a razão das lutas e dos problemas entre cristãos. Nas nossas famílias também acontecem problemas e a causa é igual. Os problemas familiares não surgem por acaso. 2.1.2. Os problemas vêm da carne e do diabo. Esta escritura diz que os prazeres, a inveja, o pedir a Deus de forma errada, a amizade ás coisas do mundo mais do que ás coisas de Deus causam as contendas, discussões e lutas. 2.1.3. Há uma maldição que vem sobre o orgulhoso (v. 6). Deus resiste a essa pessoa, mas quando há humildade então as contendas cessam. 2.1.4. Quando alguém começa a dar mais atenção ás coisas da carne do que ás de Deus o diabo encontra uma porta aberta para entrar e atacar essa pessoa. Se nos humilharmos diante de Deus, resistirmos ao diabo e ás inclinações da nossa carne as contendas vão acabar. 2.1.5. Se quer Ter paz no Lar e acabar com as contendas chegue-se a Deus, resista ao diabo, humilhe-se e terá vitória. A paz vem quando nos dedicamos ás coisas de Deus no nosso Lar. Os maiores problemas familiares acontecem quando o crente deixa de vir á Igreja, ou vai á igreja mas não obedece aos mandamentos de Deus.3. Amor em três direcções 3.1. Marcos 12:28:34 – O Maior Mandamento 3.1.1. Precisamos de amar Deus. Muitas pessoas dizem que ama de boca, mas depois não dão provas desse amor. 3.1.2. Para amar Deus precisamos de conhecê-lo. Isso acontece através do estudo da Palavra de Deus, da oração e das experiências da vida. Se amamos Deus Obedecemos aos seus mandamentos. 3.1.3. Amor e obediência são coisas que andam juntas quando andamos na Palavra de Deus. A razão de muitos problemas entre filhos e pais tem a ver com a desobediência. 3.1.4. Quando este homem perguntou acerca de obediência (mandamentos) Jesus respondeu com o Amor em três direcções: 3.1.4.1. Amar Deus 3.1.4.2. Amar a nós próprios 3.1.4.3. Amar os que nos rodeiam
  3. 3. Lição 2 VENCER O ISOLAMENTO1. O Resultado de cada um seguir o seu próprio caminho é o isolamento 1.1. Isaías 53:6a – Ler em voz alta 1.1.1. O nosso próprio caminho é quando decidimos viver em egoísmo. Deus não quer que andemos desgarrados mas sim congregados. 1.1.2. Muitos casais e famílias isolam-se seguindo o seu próprio caminho. Com o isolamento a família irá sempre sofrer incompreensão 1.1.3. Uma das formas de vencer o isolamento é seguir no caminho de Deus em lugar de seguirmos o nosso próprio rumo. 1.1.4. Alguns maridos que impedem a esposa de vir á Igreja temem que ela vença o isolamento e assim não a poderão controlar.2. Para vencer o isolamento temos que vencer o nosso próprio egoísmo 2.1. João 12:24,25 2.1.1. O grão de trigo precisa de morrer para que não fique só. Muitas pessoas acabam a velhice sózinhas porque se meteram pelo caminho do isolamento, depois aínda culpam os outros, Deus, ou a alguma circunstância por terem acabado dessa maneira. 2.1.2. Se o casal também não morre para si próprio ficará só. No entanto se morrermos para nós próprios e dermos á Palavra de Deus o lugar que ela merece daremos muito fruto. 2.1.3. Incompreensão, orgulho, discussões, frustração, ou até mesmo uma vida sexual perturbada são o resultado final do isolamento. 2.1.4. Temos que desistir do nosso próprio conforto se queremos sar frutos para Deus.3. A SABEDORIA AJUDARÁ A QUE O LAR SEJA EDIFICADO 3.1. Provérbios 24:3,4 3.1.1. Sabedoria, entendimento e conhecimento. Um lar cristão tem a sabedoria de Deus se houver prioridade ás coisas de Deus. Se o lar é apenas cristão porque as pessoas vão á Igreja aí não está a sabedoria de Deus. Temos que ser cumpridores da Palavra e não sómente ouvintes. 3.1.2. A prosperidade financeira vem como uma consequência da sabedoria, do entendimento e do conhecimento de Deus. 3.1.3. Um lar pode ser desfeito num só dia, mas demora muito tempo a construir. Se não houver sabedoria todo o trabalho e esforço de uma vida pode ser perdido devido a um momento de precipitação.4. É necessário fazer renovações no Lar! 4.1. Eclesiastes 4:9-12 4.1.1. Uma família constrói-se com muito trabalho. O isolamento pode enfraquecer cada um dos seus membros. Um lar isolado e dividido é um cordão muito fraco. 4.1.2. Se Jesus unir esse lar não apenas são dois mas três! O cordão de três dobras não se quebra tão depressa, resiste mais ás tensões que tem que suportar. 4.1.3. Os problemas sempre vão surgir no lar mas se o casal não se isolar irá vencer as pressões que a vida sempre coloca. 4.1.4. Jesus pode levar uma família a vencer os perigos do isolamento. Compartilhe as responsabilidades no lar e tal como num cordão de três dobras Jesus deve estar em todas as decisões
  4. 4. Lição 3 Como cuidar dos Jovens1. Muitos de nós somos pais, outro avós, ou conhecemos jovens na nossa família. Temos responsabilidade como crentes de ensinar a Palavra de Deus ás gerações seguintes 1.1. Josué 24:14 1.1.1. Josué decidiu servir a Deus. Essa decisão estendeu-se a toda a sua família. Quando a Bíblia diz a Palavra “casa”, está-se a referir á família. 1.1.2. Josué estava perturbado com o que estava acontecendo ao povo de Deus. Muitos deles estavam mais preocupados com os seus afazeres pessoais do que em fazer a vontade de Deus. 1.1.3. Josué decidiu não guiar a sua vida pelo que os outros faziam, mas sim por aquilo que Deus quer. A sua decisão não foi apenas pessoal mas tinha a ver com a sua família.2. DEVEMOS TREINAR OS NOSSOS JOVENS NAS COISAS DE DEUS 2.1. Provérbios 22:6 2.1.1. A Bíblia diz que se treinarmos o menino num caminho, ele não se desviará dele. 2.1.2. Deus deseja ver em nós pessoas capazes de ensinar outros. Note que não diz treina o teu filho, mas sim o menino, ou seja temos responsabilidade para com os meninos, quer sejam nossos filhos ou não. 2.2. Salmo 127:1-2 2.2.1. Tudo aquilo que fazemos é vão, se Deus não estiver edificando a nossa casa (a nossa família). De que adianta Ter muitas coisas e não Ter Deus em casa? 2.2.2. Deus promete descanso se for Ele a edificar a família. Diz que Ele dá descanso ou repouso àqueles que agem conforme a Bíblia aqui nos ensina. 2.2.3. A responsabilidade de ensinar os jovens é nossa e não da Igreja. A Igreja tem um papel muito importante na edificação do Lar, mas isso só acontece quando os adultos vivem aquilo que é pregado. Não podemos ser apenas ouvintes da Palavra, temos que ser cumpridores! 2.3. 1 Coríntios 3:10-11 2.3.1. Muitas pessoas edificam o lar nas suas próprias opiniões ou nos conselhos de outros. Isso irá sempre dar um mau resultado. 2.3.2. Se edificarmos o lar e as vidas dos jovens sobre o fundamento que é Cristo esse lar irá ser unido. Caso o fundamento seja outro esse Lar está condenado a ser dividido. 2.3.3. A Bíblia diz que devemos construir com perícia e com cuidado. Devemos usar sabedoria quando edificamos espiritualmente a vida dos jovens. Não podemos forçar a Palavra de Deus, mas devemos apresentá-la com Sabedoria.3. DEUS NOS DÁ FORÇAS PARA EDIFICAR OS JOVENS 3.1. 2 Coríntios 12:9 3.1.1. Quando não nos sentimos capazes de ajudar os jovens da nossa família podemos sempre depender de Deus e orar para que Ele nos fortaleça! 3.2. 1 Pedro 5:7 3.2.1. Devemos ser pacientes e entender que a preocupação nada vai resolver. 3.2.2. Em oração lance a sua ansiedade diante de Deus e Ele cuidará dos seus jovens!
  5. 5. Lição 4 Entendendo as diferenças1. Todos somos diferentes. Ás vezes existem rivalidades dentro da mesma família. Devemos apesar das diferenças manter a família unida 1.1. Génesis 25:21-34 1.1.1. Isaque e Rebeca tiveram dois filhos bem diferentes. Eles eram gémeos mas já desde o ventre guerreavam um com o outro. 1.1.2. Esaú era mais mexido, e Jacó mais calmo. Esaú era muito precipitado, mas Jacó era mais esperto. Eles competiam pelo amor de seu pai. Jacó conseguiu iludir o seu irmão e comprou-lhe o direiro te primogenitura por um pranto de lentilhas. 1.1.3. Esta família experimentou problemas pois um era favorito do pai e o outro favorito da mãe. 1.1.4. Para que um lar não seja dividido é importante eliminar os favoritismos. Devemos ser justos nos nossos relacionamentos. 1.2. Gálatas 5:20 1.2.1. Uma das obras da carne é FACÇÕES. Facções ou partidarismo significa tomar partido por alguém contra outra pessoa de uma forma persistente e organizada. 1.2.2. Na família podem haver discussões e pode-se por vezes tomar partido por um membro em desfavor de outro. Aquilo que não deve haver é um partidarismo constante por alguém pois isso ´s uma obra da carne e irá dividir o Lar.2. Uma família é como uma Igreja. Todos somos diferentes, mas necessitamos uns dos outros para sermos completos. Para um corpo ser saudável precisa de se submeter á Cabeça. 2.1. 1 Coríntios 12:12-27 2.1.1. Para um corpo funcionar bem e Ter saúde necessita de todos os seus membros. 2.1.2. Todos nós somos membros do corpo de Cristo e precisamos uns dos outros. Não podemos dizer a um membro do corpo que somos mais importantes, ou que esse membro não tem valor. Todos são necessários ao corpo 2.1.3. A cabeça do Corpo é Cristo. Ou seja, Deus é quem cuida do corpo, alimenta o corpo, dirige o corpo. 2.2. Efésios 5:23 2.2.1. Assim como Cristo é Cabeça sobre a Igreja, o marido deve ser cabeça sobre a mulher e sobre a família. 2.2.2. Se uma cabeça for estúpida ou tonta o corpo irá sofrer. O homem tem a obrigação de cuidar bem do seu lar. 2.2.3. A razão de muitas divisões é a falta de inteligência da cabeça. O homem deve procurar Ter o amor pela esposa que Cristo teve pela Igreja.3. A casa edifica-se com sabedoria. Se entendermos as nossas diferenças seremos famílias unidas 3.1. Jeremias 22:13 3.1.1. Sem justiça a ira de Deus vem sobre aquele que se usa dos outros para proveito próprio. Muitas pessoas usam-se dos seus familiares 3.2. Provérbios 24:23 3.2.1. Devemos entender as diferenças entre nós e pedir sabedoria a Deus no edificar.
  6. 6. Lição 5 Enfrentando a Rejeição1. Muitas vezes podemos sentir que o amor de alguém por nós esfriou, ou até que o nosso amor por alguém mudou. Devemos saber lidar com os sentimentos de rejeição com a Sabedoria de Deus. 1.1. Oseias 11:1-11 1.1.1. Deus criou Israel e cuidou desta nação como um homem cuida de seu filho, mas quanto mais Deus os amava mais eles se desviavam de si. 1.1.2. Podemos como pais sentir-nos assim! O versículo 11 diz como Deus vendo o futuro está preparado a receber de volta os seus filhos depois de eles terem passado pela tribulação e pelo cativeiro. 1.2. Isaías 53:3 1.2.1. Jesus foi, de acordo com a Bíblia, o mais rejeitado entre os homens. Mas mesmo sofrendo rejeição esteve pronto a dar a sua vida por aqueles que o rejeitaram. 1.2.2. Nós devemos Ter a mesma atitude de Jesus, estando prontos a amar mesmo quando sentimos rejeição. Numa família há momentos em que os filhos rejeitam os pais, a esposa rejeita o marido, o marido rejeita a esposa. 1.2.3. Que teria acontecido se no momento em que foi rejeitado Jesus decidisse saír da cruz. No entanto muitas famílias se dividem porque as pessoas não sabem enfrentar a rejeição com amor. 1.3. Lucas 9:22 1.3.1. Importava que Jesus fosse rejeitado pelos religiosos para que aqueles que não o são pudessem ser salvos! 1.3.2. A pessoa que está amarrada á religião muitas vezes rejeita Jesus ou o seu ensino. Por essa razão muitos que se dizem religiosos não seguem o ensino de Jesus acerca da rejeição.2. A melhor coisa quando existe rejeição de alguém no Lar é fazer como Jesus fez: Falar pouco e amar muito! 2.1. Actos 8:32 2.1.1. Jesus resolveu não falar, mas sim amar através das suas acções. Se você enfrenta rejeição por parte de alguém no seu Lar faça da mesma maneira. 2.1.2. A nossa natureza carnal sempre se procura defender da rejeição de forma mais ou menos agressiva. Se conseguirmos ficar calados conseguiremos reagir como Deus deseja que o façamos. 2.2. Eclesiastes 5:2 2.2.1. Devemos falar pouco quando estamos debaixo de pressão pois podemos dizer coisas das quais nos iremos arrepender. 2.2.2. Quando meditamos naquilo que vamos dizer antes de falar sempre diremos coisas melhores. Cale a sua boca quando estiver sob pressão.3. Dê provas de amor e aprenda a orar por aqueles que o rejeitam. Se você procurar vingar-se Deus ficará contra si. 3.1. Romanos 12:14-21 3.1.1. Se quer Ter Deus do Seu lado deixe a vingança por conta de Deus. Quando se sentir rejeitado cale a sua boca e ore. Pague-se sempre do mal com o bem! Dê coisas áqueles que o rejeitam e verá a mudança que Deus vai operar.
  7. 7. Lição 6 Cuidar dos Seus1. Ás vezes podemos estar tão absorvidos com os problemas que descuidamos a nossa família. A Bíblia ensina-nos a cuidar dos nossos familiares 1.1. 1 Timóteo 5:8 1.1.1. Esta Palavra é muito forte pois afirma que se alguém não tem cuidado dos seus negou a fé e é pior que um descrente. 1.1.2. Não é possível alguém fazer a obra de Deus sem começar primeiro pelo seu próprio Lar. Dê atenção ao que os seus familiares têm para dizer, ame-os, procure conduzi-los a Cristo. 1.2. Josué 24:15 1.2.1. Não basta vir á Igreja, devemos trabalhar, fazer algo mais por Deus e pela sua obra. Vir á Igreja é muito importante, mas é preciso fazer mais! 1.2.2. Josué viu como os outros Israelitas estavam a esquecer-se de servir a Deus e trocando o Deus Vivo pela idolatria e tomou uma decisão por si próprio e PELA SUA FAMÌLIA: “Eu e a minha casa serviremos ao Senhor!”2. A Maneira de cuidar da nossa casa é cuidar Primeiro da casa de Deus e depois dos nossos Interesses 2.1. Ageu 1:9 2.1.1. Vemos aqui como o povo de Deus estava debaixo de uma maldição por não querer saber das coisas de Deus. Eles esperavam que Deus os abençoasse mas não o queriam servir. 2.1.2. A Prioridade deve ser servir a Deus, mas precisamos de logo a seguir Ter cuidado da nossa própria casa. 2.2. Malaquias 3:10 2.2.1. Este é o princípio do Dízimo: Primeiro dá a Deus, depois faz prova de Deus. Há muitas pessoas que se ofendem quando se fala do dízimo pois estão interessados apenas no seu bem estar. 2.2.2. Se queres ser abençoado ensina aqueles que estão na tua casa que Deus merece ser honrado em primeiro lugar. Se você quer cuidar da sua casa não tenha medo de dizer que dá dízimos, pelo contrário diga a toda a sua família que você dá dízimos, e se eles não concordarem consigo você use isso como um testemunho. Deus irá abrir as janelas do Céu e eles verão como Ele é verdadeiro. Cuidar da casa é pôr Deus em primeiro lugar. Sirva a Deus! 2.3. Mateus 6:33 2.3.1. Se você buscar a Deus em primeiro lugar Ele promete acrescentar todos os bens materiais que você necessita!3. Se você quer vêr a sua família Salva tem que dar o exemplo 3.1. Lucas 14:16-22 3.1.1. Todos podem arranjar desculpas para não vir á Igreja, mas você deve vir sempre. Ao fazer isso está a cuidar de si e dos seus. 3.2. João 21:15-17 3.2.1. Se você ama mesmo Jesus vai cuidar do rebanho do Mestre. Comece na sua própria casa e Deus o irá exaltar e abençoar mais do que você imagina!
  8. 8. Lição 7 Aumente a Auto-Estima1. Precisamos de encorajar as pessoas á nossa volta, animando-os e expressando não apenas o nosso amor mas elogiando as suas qualidades e coisas que elas fizeram 1.1. Marcos 1:9-13 1.1.1. Será que Jesus precisava de ouvir esta afirmação do Pai? A multidão não sabia quem era Jesus, no entanto o Pai não falou com a multidão mas com o Filho. 1.1.2. Deus o Pai elogiou o Filho dizendo que se agrada n’Ele. Nós devemos também elogiar aqueles á nossa volta, incentivando-os a fazer as suas tarefas bem feitas. Elogie um cozinhado, uma obra na casa, as notas dos seus filhos, incentive os outros á sua volta a serem criativos. 1.1.3. Note que depois da tentação os anjos confortaram Jesus. Precisamos também de estar prontos a confortar aqueles que nos rodeiam.2. Deus usa pessoas fiéis para serem uma benção e ânimo para os outros 2.1. Actos 4:36,37 2.1.1. Barnabé significa filho da consolação, ou da exortação. Este era um homem fiel a Deus e dedicado. Não apenas ele era fiel nas suas finanças, mas era fiel fazendo a obra de Deus animando outros. 2.2. Actos 9:26-28 2.2.1. Barnabé foi o homem que Deus usou para que o grande apóstolo Paulo seguisse no seu ministério.Paulo foi um grande perseguidor da Igreja. Quando ele se converteu foi grandemente usado por Deus, mas os seus irmãos desconfiavam dele e não o aceitavam. 2.2.2. Deus precisa de Barnabés! Deus precisa de homens e mulheres que incentivem outros a andar no caminho de Deus.3. Deus elogia aqueles que usam de sabedoria. Nós devemos elogiar aqueles que nos rodeiam naquilo que eles fazem de bem feito 3.1. Lucas 16:1-8 3.1.1. Veja o versículo 8 que afirma como o senhor elogiou até um homem infiel por ele Ter usado de sabedoria. Note que Deus não elogia a infidelidade mas aprecia sim a sabedoria. 3.2. Lucas 16:10-13 3.2.1. Depois de contar esta história o Senhor Jesus apresenta a verdade que quis transmitir àqueles que o estavam escutando. 3.2.2. Deus quer ver em nós fidelidade nos assuntos que respeitam ao Evangelho. Devemos ser fiéis nas finanças como Barnabé e servir apenas a Deus. A nossa dedicação a Deus deve ser maior do que ao dinheiro. 3.2.3. Quando atingimos este ponto de fidelidade então Ele nos vai usar para consolarmos outros! 3.3. 1 Coríntios 11:1-2 3.3.1. Paulo louvava os crentes da Igreja por estarem retendo as tradições da Palavra, mas aínda assim os incentivava a serem seus imitadores e de Cristo. Podemos louvar alguém, mas sempre incentivando a que essa pessoa melhore aínda mais o seu desempenho. Louve os seus familiares e aprecie o bom trabalho daqueles que o rodeiam.
  9. 9. Lição 8 O Maior Mandamento1. Amor é mais do que um sentimento: É um mandamento! Se você deixar de sentir amor por alguém não se guie por esse sentimento. Amar é uma ordem de Deus 1.1. Marcos 12:28-31 – O Mandamento do amor 1.1.1. Todos conhecemos este mandamento, mas quantos o cumprimos? Podemos estar aborrecidos com alguém na nossa família ou na nossa Igreja, mas somos chamados por Deus para amar. 1.1.2. Primeiro temos que amar a Deus acima de todas as coisas. Depois temos que nos amar a nós próprios. Se acontecerem estas duas coisas então é fácil amar os outros. 1.2. Deuteronómio 11:13-16 – Um mandamento com recompensa 1.2.1. Se amamos Deus servimos a Deus. Muitos amam a Deus de boca, mas não o servem. A Igreja é o lugar onde servimos a Deus. Se amamos a Deus pregamos a sua Palavra como estamos a fazer aqui no grupo familiar. 1.2.2. Se você provar a Deus que o ama Ele promete abençoá-lo materialmente! Prosperidade Divina está intimamente ligada á nossa obediência. Como sabe Deus que o amamos? Ele põe-nos á prova em diversas áreas.2. Amar a nós próprios é difícil quando falhamos ás nossas promessas 2.1. Marcos 14:27-31 - Marcos 14:66-72 2.1.1. Pedro prometeu e falhou á sua promessa. Ele sentiu-se um covarde e um mentiroso. Contudo ele arrependeu-se do seu acto. A razão de muitos cristãos andarem em derrota é porque nunca se arrependem verdadeiramente. 2.1.2. Jesus mudou o nome dele. Antes de negar Jesus ele era conhecido por Simão (que significa areia) depois deste episódio ele passou a ser Pedro (que significa Pedra) Jesus perdoou Pedro e mais importante para o futuro de Pedro foi que ele se perdoou a si próprio. 2.2. 1 João 2:28 – 3:3 2.2.1. Apesar de falharmos o Pai nos ama ao ponto de nos adoptar como seus filhos. Será que você era capaz de adoptar alguém já adulto e cuidar dessa pessoa como um filho? Foi isso que o Pai fez por si! 2.2.2. Como é que podemos Ter confiança diante de Deus? Temos que Nascer de Novo. Isso nos dá confiança e permite que nos amemos a nós próprios. 2.2.3. Faz aquilo que Deus manda e irás passar a gostar de ti mesmo.3. Devemos amar os membros da nossa família. 3.1. Efésios 5:21 - 6:4 3.1.1. A esposa deve submeter-se ao marido, mas o marido deve amar a esposa como Cristo amou a Igreja ao ponto de dar a vida por ela. Os folhos devem obedecer aos pais e os pais instruir os filhos na Palavra de Deus. 3.1.2. A razão de muitas famílias andarem divididas e infelizes á por não ligarem ás instruções de Deus. Deus manda os maridos amarem as esposas e as esposas respeitarem os maridos. Muitas vezes isto não acontece na família. 3.1.3. Mostre o seu amor por aqueles membros da família que não o respeitam! Ensine-os de que você coloca Deus em primeiro lugar, mas que também os ama. Acima de tudo nunca troque Deus pela sua família, Ele está acima de todos. Pratique isto e Ele mesmo irá mudar todas as circunstância no seu Lar!
  10. 10. Lição 9 Pais em Problemas1. Ser Pai ou Mãe é um desafio que enfrentamos na vida. Muitas vezes os filhos se revoltam contra os pais e é necessário entendermos como devemos reagir para com eles. 1.1. Lucas 15:11-32 – A Parábola do Filho pródigo 1.1.1. O Pai deixou o filho apesar de saber que ele não estava preparado para enfrentar a vida. Muitas vezes a forma de aprender é através do sofrimento 1.1.2. O Pai recebeu o filho de volta com alegria. Um pai ou uma mãe sempre perdoam os filhos. Contudo o filho voltou para casa com a atitude de ser um servo de seu pai. Quando os filhos estão em casa devem viver sob disciplina. 1.1.3. Muitos filhos adolescentes apenas querem que os pais lhes dêem dinheiro. Se os filhos insistirem em seguir o seu caminho você deve ajudá-los a sair de casa. Não permita que os filhos mudem as regras do seu Lar. Você faz as regras, se eles não obedecerem é melhor seguirem o seu caminho.2. Pulo escreveu para a Igreja de Corinto, com a qual tinha um relacionamento doloroso. A maior dor de Paulo eram as lutas e divisões entre os membros da Igreja 2.1. 2 Coríntios 1:23 até 2:4 2.1.1. Paulo tinha muita tristeza e muito amor em relação a esta Igreja. Muitos Pais têm também este tipo de sentimentos em relação aos seus filhos. 2.1.2. Quando se exerce disciplina deve haver autoridade espiritual. Se os Pais discutirem em frente dos filhos, perdem autoridade. Se um Pai fuma ou bebe perde autoridade para disciplinar nessas áreas. 2.1.3. Paulo tinha autoridade para disciplinar porque ele era como um Pai para os membros da Igreja e podia dar o seu exemplo pessoal. Os pais devem ser um exemplo espiritual para os seus filhos. 2.1.4. Quando estamos entristecidos podemos disciplinar da forma errada. Note que Paulo aguardou o momento e a forma apropriada de disciplinar3. As expectativas que temos para com os filhos 3.1. Mateus 20:20-28 3.1.1. Esta mãe pediu a Jesus algo que ele não podia conceder pois a responsabilidade espiritual é individual. O Pai concede benção espiritual de acordo com aquilo que individualmente fazemos. 3.1.2. Todos temos expectativas de que os nossos filhos possam Ter o melhor nesta vida e para além desta vida. Embora o pedido desta mãe não pudesse ser concedido ele serviu para que todos os discípulos aprendessem que para sermos aceites por Deus temos que ser servos. 3.1.3. Ensine os seus filhos ou netos a servirem. Servir significa ser obediente, prestável e pronto a fazer sacrifícios em favor de quem tem autoridade. Ensine os filhos a serem servos, em lugar de fazer tudo para eles. 3.1.4. Deus irá abençoar as famílias que ensinam os jovens a servi-lo!
  11. 11. Lição 10 Derrotando o Espirito de Rebelião1. Ser Pai ou Mãe é uma posição de autoridade. Os filhos devem submeter-se á autoridade no Lar pois caso contrário estarão em pecado 1.1. 1 Samuel 15:23 – Rebelião é um pecado 1.1.1. A Rebelião é semelhante ao pecado de feitiçaria e a obstinação como a idolatria. Obstinação é Ter ideias fixas e teimosas acerca de um assunto. 1.1.2. Se você tem pessoas obstinadas no seu lar ou esposa e filhos rebeldes deverá enfrentar isso de uma forma espiritual e não em crítica ou ataque frontal. Ensine a Palavra de Deus e deixe o Espírito Santo fazer o resto. 1.2. Levítico 19:32 – Devemos respeitar os mais velhos 1.2.1. Cãs são cabelos brancos. A Bíblia ensina a honrarmos os mais velhos. Um dos grandes pecados da geração em que vivemos é a falta de respeito pelos mais velhos. 1.2.2. Devemos ensinar que este é um princípio Bíblico e não apenas uma questão de cultura ou social. Se obedecermos á Palavra de Deus seremos abençoados pelo Senhor!2. A consequência do pecado é a morte e a maldição 2.1. Isaías 63:10 – Rebelião entristece o Espírito Santo 2.1.1. O Espírito Santo pode ser entristecido. A Palavra de Deus mostra que O Senhor luta contra aqueles que são rebeldes. 2.1.2. Se você ama a sua família irá pedir a sabedoria de Deus para ensinar os princípios Bíblicos da submissão. 2.1.3. Note que você não pode impôr autoridade mas tem sim que conquistar essa posição. Procure o conselho do Pastor em situações que não saiba resolver. 2.2. 1 Samuel 12:15 – A Mão do Senhor está contra os Rebeldes 2.2.1. A mão do Senhor é capaz de dar a pior “palmada” que você possa imaginar. Deus sempre cuida de castigar os filhos rebeldes. Isto acontece porque Deus nos ama e não porque tenha prazer em nos castigar. 2.3. Romanos 13:1-3 2.3.1. Se queremos Ter louvor da autoridade devemos estar submissos. Se queremos ver sucesso na nossa família é necessário reparar possíveis casos de rebelião. 2.4. Uma esposa nunca deve tomar partido ao lado dos filhos contra o marido. Esta é a razão de muitos lares serem destruídos por completo.3. Viver em respeito aos Pais prolonga a vida 3.1. Êxodo 20:12 – Honra e benção andam de mãos juntas 3.1.1. Honrar pai e mãe é um mandamento com promessa. Deus promete que a nossa vida correrá melhor e os nossos dias na terra serão prolongados quando honramos os nossos pais. 3.1.2. Quando um filho chama os pais de “velhotes”, “antiquados”, “ultrapassados”. Quando os filhos dizem que os pais não percebem nada de um assunto ou ralham com eles, poderão estar desobedecendo ao Mandamento de Deus. Se você ama os seus filhos em lugar de se calar nessas situações ensine a Palavra de Deus com toda a calma e ore por eles para que não fiquem em condenaçãofim

×