PALESTRA CÁSPER LÍBERO NOV 2014

319 visualizações

Publicada em

Os desafios para a comunicação da sustentabilidade nas empresas contemporâneas

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
319
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
14
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
5
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

PALESTRA CÁSPER LÍBERO NOV 2014

  1. 1. Os desafios para a comunicação da sustentabilidade nas empresas contemporâneas FLÁVIA MENDES Comunicação em Cena 5º Volume
  2. 2. Trajetória Acadêmica Flávia Mendes – Comunicação em Cena 5º Volume 2001 2004 2008 2009 2010 2012 2013 2014
  3. 3. A questão da sustentabilidade Flávia Mendes – Comunicação em Cena 5º Volume
  4. 4. Principais questões abordadas • A importância e os desafios da comunicação nas empresas. • Os desafios da sustentabilidade. • A comunicação para o desenvolvimento e mudança social. Flávia Mendes – Comunicação em Cena 5º Volume
  5. 5. A comunicação nas empresas • Presente nos relacionamentos internos e externos. • Faz parte das estratégias de ações das empresas. • Na era da informação é ponto-chave para o desenvolvimento de uma sociedade, por causa de seu aspecto interacional e relacional. Flávia Mendes – Comunicação em Cena 5º Volume
  6. 6. Os desafios da sustentabilidade • É um tema multidisciplinar. • Atinge todos atores sociais (governos, empresas, terceiro setor e indivíduos. • Tem como objetivo criar uma mudança genuína na sociedade. • Construção de alianças e parcerias para compartilhamento de informações. Flávia Mendes – Comunicação em Cena 5º Volume
  7. 7. Os desafios da sustentabilidade • Transformar a sustentabilidade em valor central. • Muitas empresas consideram apenas sua vertente ambiental, outas apenas o viés social. • Os desafios apresentados dependem do processo de comunicação e interação de uma organização com seus stakeholders. Flávia Mendes – Comunicação em Cena 5º Volume
  8. 8. Os desafios da comunicação nas empresas sustentáveis 1. Compreender a necessidade de serem transparentes com seus stakeholders. 2. Construção de uma comunicação transformadora. 3. A gestão com stakeholders que procura integrar a gestão empresarial com o conhecimento e troca de informações Flávia Mendes – Comunicação em Cena 5º Volume
  9. 9. A comunicação para o desenvolvimento e mudança social • Constitui em influenciar comportamentos através da participação genuína dos indivíduos de uma sociedade ou comunidade que contribuam para um ganho social; como consequência, construirá relações genuínas entre esses indivíduos. Flávia Mendes – Comunicação em Cena 5º Volume
  10. 10. A comunicação para o desenvolvimento e mudança social • As empresas podem agir para influenciar comportamentos através da participação. • As empresas podem compreender que compartilhar valores é construir relações genuínas com seus stakeholders e realizar o desenvolvimento social por meio da disseminação de conhecimento, ideias e competências. Flávia Mendes – Comunicação em Cena 5º Volume
  11. 11. Considerações Finais • A comunicação nas empresas pode e deve construir relações dialógicas com a participação dos indivíduos de uma sociedade. • A comunicação organizacional assume um papel estratégico consistente na transformação dos valores da sociedade cujo objetivo se fundamenta na mudança social. Flávia Mendes – Comunicação em Cena 5º Volume
  12. 12. Referências Bibliográficas AUSTIN, J. E. Strategic collaboration between nonprofits and businesses. Nonprofit and Voluntary Sector Quarterly, Thousand Oaks, v. 29, n. 1, p. 69-97, 2000. BALDISSERA, R. A comunicação (re)tecendo a cultura da sustentabilidade em sociedades complexas. In: KUNSCH, M. M. K; OLIVEIRA, I. L. (Orgs.). A comunicação na gestão da sustentabilidade das organizações. São Caetano do Sul: Difusão Editora, 2009. p. 33-55. BANERJEE, S. B. Corporate social responsibility: the good, the bad and the ugly. Critical sociology, Thousand Oaks, v. 34, n. 1, p. 51-79, 2008. BORGER, F. G. Pressupostos teóricos e aplicados da responsabilidade social corporativa. In: KUNSCH, M. M. K.; KUNSCH, W. L. (Orgs). Relações públicas comunitárias: a comunicação em uma perspectiva dialógica e transformadora. São Paulo: Summus, 2007. p. 194-206. CASALI, A. Ética na interculturalidade como vetor de comunicação para a sustentabilidade das organizações. In: KUNSCH, M. M. K; OLIVEIRA, I. L. (Orgs.). A comunicação na gestão da sustentabilidade das organizações. São Caetano do Sul: Difusão Editora, 2009. p. 163-180. CASTELLS, M. A sociedade em rede: a era da informação. Tradução: Roneide Venâncio Majer. 8. ed. São Paulo: Paz e Terra, 2005. V. 1. ELKINGTON, J. Canibais com garfo e faca. Tradução: Patrícia Martins Ramalho. São Paulo: Makron Books, 2001. HART, S. L. Beyond greening: strategies for a sustainable world. Harvard Business Review, Boston, v. 2, n. 1, p. 67- 76, Jan.-Feb. 1997. KUNSCH, M. M. K. Planejamento de relações públicas na comunicação integrada. São Paulo: Summus, 2003. LEE, N.; KOTLER, P. Social marketing: influencing behaviors for good. Thousand Oaks: Sage Publications, 2011. Flávia Mendes – Comunicação em Cena 5º Volume
  13. 13. Referências Bibliográficas MATTELART, A.; MATTELART, M. História das teorias da comunicação. 8. ed. São Paulo: Loyola, 2005.61 Coleção Comuni cação em Cena V. 5 • MELKOTE, S. R. Theories of development communication. In: MODY, B. (Org.). International and development communication: a 21st Century perspective. Thousand Oaks: Sage Publications, 2003. p. 129-146. MELKOTE, S. R.; STEEVES, H. L. Communication for development in Third World: theory and practice for empowerment. 2nd. ed. Thousand Oaks: Sage Publications, 2001. MOLLEDA, J. C.; MARTINEZ, B. A.; SUAREZ, A. M. Building multi-sector partnerships for progress with strategic, participatory communication: a case study from Columbia. Anagramas, Medellín, v. 6, n. 12, enero.-jul. 2008. NASSAR, P. Conceitos e processo de comunicação organizacional. In: KUNSCH, M. M. K.; KUNSCH, W. L. (Orgs.). Gestão estratégica em comunicação organizacional e relações públicas. São Caetano do Sul: Difusão, 2009. p. 61- 74. PORTER, M. E.; KRAMER, M. R. Creating Share Value: how to invent capitalism as unleash a wave of innovation and grown. Harvard Business Review, Boston, n. 1-2, Jan.-Feb. 2011. SACHS, I. Rumo à ecossocioeconomia: teoria e prática do desenvolvimento. Organização: Paulo Freire. São Paulo: Cortez, 2007. WHITE, S. A.; NAIR, S.; ASHCROFT, J. Participatory communication: working for change and development. New Delhi: Sage Publications, 1994. WINSTON, M. NGO strategies for promoting corporate social responsibility. Ethics and International Affairs, San Diego, v. 16, n. 1, p. 71-87, 2002. YANAZE, M. H. Gestão de marketing e comunicação: avanços e aplicações. 2. ed. São Paulo:Saraiva, 2011. Flávia Mendes – Comunicação em Cena 5º Volume
  14. 14. Contato E-mail: flaviacmmendes@gmail.com Site: www.fcmmendes.com Fanpage: www.facebook.com/fcmmendes OBRIGADA!! Flávia Mendes – Comunicação em Cena 5º Volume

×