Produçãode pseudotéciosde Didymellarabiei e dispersão de ascósporos no Mediterrânico 
Instituto Federal Goiano Campus Urut...
2
Introdução 
•Agentecausaldaferrugem:Didymellarabiei; 
•CicerarietinumL.; 
•Formaçãopseudotecial:começanooutono,eascósporos...
Introdução 
•Osascósporossãodispersaspelovento; 
•Temperaturaeumidadeforamconsideradasfatores-chavequecontrolamaformaçãoem...
Introdução 
•GrãodebicoéumadasprincipaisculturasdeleguminosasemIsrael; 
•Assementessãosemeadasemmeadosdeinverno(dezembro-j...
Introdução 
•Infecçõessãofrequentementeobservadosnaspartessuperioresdodosseldeplantas; 
•Alémdisso,nasáreasinfectadascomas...
Introdução 
•OclimadeIsraelémediterrânico: temperaturasdoinvernosãosuaveseháperíodossemchuvalongosentreaschuvasesporádicas...
Introdução 
•Abaixatemperaturaeomolhamentosãorequisitosimportantesparaaformaçãoematuraçãodepseudotécios; 
•Desenvolverestr...
Fonte:http://www.canstockphoto.com.br/gr%C3% A3o-de-bico-planta-0154576.html 
Fonte:http://www.canstockphoto.com.br/gr%C3%...
Objetivo 
•Oobjetivodopresenteestudofoi:(i) quantificarosefeitosdatemperaturaeoperíododemolhamentonaformaçãoematuraçãopseu...
Materiais e Métodos 
•HastesdegrãodebicotendolesõesforamamostradascompicnídiosdeD.rabiei(1997- 1999)emáreascomerciaisnatur...
Materiais e Métodos 
•Asuspensãodeesporosresultantefoi,emseguida,uniformementedispersaemBDAeascolôniasindividuaisforamtran...
Materiais e Métodos 
•Nofinaldecadaexperiência,ossegmentosdecauleforamlavadassobáguacorrentedurante2minutosesecou-senopape...
Materiais e Métodos 
•Cadacorpodefrutificaçãofoientãoclassificadoemumdosseguintesgrupos: 
(i)picnídios; 
(ii)pseudotécio...
Materiais e Métodos 
DispersãodeascósporosD.rabieinocampo 
•Foideterminadaindiretamentenassafrasagrícolasde1995-1996,1997-...
Materiais e Métodos 
•Emseguida,asplantasforamtradadaselevadasparaadelegaciadaOrganizaçãodePesquisaAgrícolaExperimentalCen...
Materiais e Métodos 
•Osdadosobtidosforamusados paradeterminaropercentualdepseudotéciosimaturoemaduroentreonúmerototaldeco...
Resultados e Discussão 
Tabela1.Efeitosdatemperatura(T)eperíododemolhamento(WD)naformaçãoematuraçãodeDidymellarabieipseudo...
Resultados e Discussão 
Figo.1.EfeitosprevistosdatemperaturasobreaformaçãoematuraçãodeDidymellarabieipseudotéciosemsegment...
Resultados e Discussão 
Fig.2IncidênciadeAscochytapragaemplantasdegrãodebicoarmadilhaexpostosautlizarascósporosdeDidymella...
Resultados e Discussão 
Figo. 3. Efeitos do período de molhamento (WD) sobre a formação e maturação de Didymellarabieipseu...
Conclusões 
•Paraosisoladosisraelenses,quandoaumidadenãofoiumfatorlimitante,osestágiosiniciaisdaformaçãodepseudotéciosocor...
Literatura Citada 
•Armstrong,C.L.,Chongo,G.,Gossen,B.D.,andDuczek,L.J.2001.Matingtypedistributionandincidenceoftheteleomo...
Literatura Citada 
•Gorlenko,M.V.,andBushkova,L.N.1958.Perfectstateofthecausalagentofascochytosisofchickpea.Rev.Appl.Mycol...
Literatura Citada 
•Kövics,G.,Holly,L.,andSimay,E.I.1986.Anascochytosisofthechickpea(CicerarietinumL.) causedbyDidymellara...
Literatura Citada 
•Navas-Cortés,J.A.,Trapero-Casas,A.,andJimémez-Díaz,R.M.1998.PhenologyofDidymellarabieidevelopmentonchi...
Literatura Citada 
•Sutton,T.B.1981.ProductionanddispersalofascosporesandconidiabyPhysalosporaobtusaandBotryosphaeriadothi...
Obrigada 
Fernanda CorrêaTécnica em AgropecuáriaGraduandaem Agronomia 
Instituto Federal Goiano -CampusUrutaíLattes:http:/...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Seminários em Fitopatologia II - Fernanda Corrêa

314 visualizações

Publicada em

Gamliel-Atinsky, E., Shtienberg, D., Vintal, H., Nitzni, Y., and Dinoor, A. 2005. Production of Didymella rabiei pseudothecia and dispersal of ascospores in a Mediterranean climate. Phytopathology 95:1279-1286.

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
314
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Seminários em Fitopatologia II - Fernanda Corrêa

  1. 1. Produçãode pseudotéciosde Didymellarabiei e dispersão de ascósporos no Mediterrânico Instituto Federal Goiano Campus Urutaí. Curso de Agronomia Disciplina de Fitopatologia II Apresentadora: Fernanda Corrêa GAMLIEL-ATINSKY,E.,SHTIENBERG,D.,VINTAL,H.,NITZNI,Y.,ANDDINOOR,A.2005.ProductionofDidymellarabieipseudotheciaanddispersalofascosporesinaMediterraneanclimate.Phytopathology95:1279-1286. 1
  2. 2. 2
  3. 3. Introdução •Agentecausaldaferrugem:Didymellarabiei; •CicerarietinumL.; •Formaçãopseudotecial:começanooutono,eascósporossãodescarregadosapartirdofimdoinvernoatéaprimavera. •Maturaçãopseudotecial:normalmentepicosnoiníciodaprimavera,ealiberaçãodosascósporosdiminuidrasticamenteouparacompletamenteatéoiníciodoverão. 3
  4. 4. Introdução •Osascósporossãodispersaspelovento; •Temperaturaeumidadeforamconsideradasfatores-chavequecontrolamaformaçãoematuraçãodospseudotécios; •Requisitosdetemperaturaeumidadesatisfatórios,sejacontínuooualternado(ciclosseco/molhado),fatoresfundamentaisparaaformaçãodospseudotécios; 4
  5. 5. Introdução •GrãodebicoéumadasprincipaisculturasdeleguminosasemIsrael; •Assementessãosemeadasemmeadosdeinverno(dezembro-janeiro)easafraamadureceeécolhidanoiníciodoverão(junho-julho); 5
  6. 6. Introdução •Infecçõessãofrequentementeobservadosnaspartessuperioresdodosseldeplantas; •Alémdisso,nasáreasinfectadascomascósporos,adoençapodeseriniciadaemqualquerfasededesenvolvimentodacultura; 6
  7. 7. Introdução •OclimadeIsraelémediterrânico: temperaturasdoinvernosãosuaveseháperíodossemchuvalongosentreaschuvasesporádicas.Astemperaturasmédiasdelongoprazonosmesesdeinverno(novembroamarço; 7
  8. 8. Introdução •Abaixatemperaturaeomolhamentosãorequisitosimportantesparaaformaçãoematuraçãodepseudotécios; •Desenvolverestratégiasparaagestãodadoença, taiscomo: sistemasdeprevisãoparainiciaraspulverizaçõescomfungicida; acompreensãodosfatoresqueregemadescargadeascósporosedispersãonotempoenoespaço, necessárioparadeterminaranecessidadedeaplicaçãodefungicidassubsequentes. 8
  9. 9. Fonte:http://www.canstockphoto.com.br/gr%C3% A3o-de-bico-planta-0154576.html Fonte:http://www.canstockphoto.com.br/gr%C3%A3o- de-bico-planta-0154576.html 9
  10. 10. Objetivo •Oobjetivodopresenteestudofoi:(i) quantificarosefeitosdatemperaturaeoperíododemolhamentonaformaçãoematuraçãopseudotecialdeD.rabieiemIsrael. 10
  11. 11. Materiais e Métodos •HastesdegrãodebicotendolesõesforamamostradascompicnídiosdeD.rabiei(1997- 1999)emáreascomerciaisnaturalmenteinfectadoscomofungo; •Doisaquatrocmdecomprimentodossegmentosdecauleforamsecosaoar; •Desinfetadoscomumasoluçãodehipocloritodesódioa1%,lavadocomáguadestiladaestéril,esemeadasemágardebatata-dextrose; 11
  12. 12. Materiais e Métodos •Asuspensãodeesporosresultantefoi,emseguida,uniformementedispersaemBDAeascolôniasindividuaisforamtransferidaseincubadosa21até23°Csob12/12hdeluz(fluorescente)/escuridão; •Ainoculaçãofoicomométododopapeldemata-borrão,eossegmentosdecauleforamincubadasemváriascondições; 12
  13. 13. Materiais e Métodos •Nofinaldecadaexperiência,ossegmentosdecauleforamlavadassobáguacorrentedurante2minutosesecou-senopapelfiltro; •Avaliou-seaformaçãodepseudotéciosematuração,de40a60corposdefrutificação(picnídiosepseudotécios)decadaumdosquatrosegmentosdecauledecadatratamento; •Otecidofoidissecados,esmagadosemalgodãoazul,eexaminadoaomicroscópio. 13
  14. 14. Materiais e Métodos •Cadacorpodefrutificaçãofoientãoclassificadoemumdosseguintesgrupos: (i)picnídios; (ii)pseudotéciosimaturo(semascósporosformados);e (iii)amadurecimentopseudotecialcomascoeascósporos. 14
  15. 15. Materiais e Métodos DispersãodeascósporosD.rabieinocampo •Foideterminadaindiretamentenassafrasagrícolasde1995-1996,1997-1998e1998- 1999; •Foramutilizadasplantasdegrãodebicocomoarmadilhas.Sementedegrãodebicodecv. Sfaraditforamsemeadasemvasosde10cmdediâmetro,cincosementesporvaso,emantidasnumaestufaa20a25°Cdurante14dias. 15
  16. 16. Materiais e Métodos •Emseguida,asplantasforamtradadaselevadasparaadelegaciadaOrganizaçãodePesquisaAgrícolaExperimentalCentralemBetDagan,ondeforamcolocadosemlocaispré- determinadosadjacentesaoscamposqueforamconsideradoscomofontespotenciaisdeascósporosD.rabiei. 16
  17. 17. Materiais e Métodos •Osdadosobtidosforamusados paradeterminaropercentualdepseudotéciosimaturoemaduroentreonúmerototaldecorposdefrutificaçãoexaminadoseaporcentagemdepseutotéciosmaduroentreonúmerototaldecorposdefrutificaçãoexaminados; 17
  18. 18. Resultados e Discussão Tabela1.Efeitosdatemperatura(T)eperíododemolhamento(WD)naformaçãoematuraçãodeDidymellarabieipseudotéciossobresegmentostroncodegrãodebico. 18
  19. 19. Resultados e Discussão Figo.1.EfeitosprevistosdatemperaturasobreaformaçãoematuraçãodeDidymellarabieipseudotéciosemsegmentosdecauledegrãodebico. 19
  20. 20. Resultados e Discussão Fig.2IncidênciadeAscochytapragaemplantasdegrãodebicoarmadilhaexpostosautlizarascósporosdeDidymellarabiei. 20
  21. 21. Resultados e Discussão Figo. 3. Efeitos do período de molhamento (WD) sobre a formação e maturação de Didymellarabieipseudotéciosem segmentos de caule de grão de bico. 21
  22. 22. Conclusões •Paraosisoladosisraelenses,quandoaumidadenãofoiumfatorlimitante,osestágiosiniciaisdaformaçãodepseudotéciosocorreuemtemperaturasquevariamde5a15°C,masastemperaturasde≤10°Cforamessenciaisparaamaturaçãodepseudotécios; •Quandoatemperaturanãofoiumfatorlimitante,aumidadefoiessencialparaaformaçãodepseudotéciosematuração. 22
  23. 23. Literatura Citada •Armstrong,C.L.,Chongo,G.,Gossen,B.D.,andDuczek,L.J.2001.MatingtypedistributionandincidenceoftheteleomorphofAscochytara-biei,DidymellarabieiinCanada.Can.J.PlantPathol.23:110-113. •Barve,M.P.,Arie,T.,Salimath,S.S.,Muehlbauer,F.J.,andPeever,T.L.2003.Cloningandcharacterizationofthematingtype(MAT)locusfromAscochytarabiei(teleomorph: Didymellarabiei)andaMATphy-logenyoflegume-associatedAscochytaspp.FungalGenet.Biol.39:151-167. •Gadoury,D.M.,Stensvand,A.,andSeem,R.C.1998.Influenceoflight,relativehumidity,andmaturityofpopulationsondischargeofascosporesofVenturiainaequalis.Phytopathology88:902-909. •Galloway,J.,andMacLeod,W.J.2003.Didymellarabiei,theteleomorphofAscochytarabiei,foundonchickpeastubbleinWesternAustralia.Aust.PlantPathol.32:127-128. •Gamliel,E.2000.IntegratedmanagementofDidymellarabiei,theteleo-morphstageofAscochytarabiei,inIsrael.(InHebrew,withEnglishab-stract)M.S.thesis.HebrewUniversityofJerusalem. •Gamliel,E.,Shtienberg,D.,Vintal,H.,andDinoor,A.2000.DevelopmentandmaturationofpseudotheciaofDidymellarabieionchickpeastraw.Phytoparasitica(Abstr.)28:284. 23
  24. 24. Literatura Citada •Gorlenko,M.V.,andBushkova,L.N.1958.Perfectstateofthecausalagentofascochytosisofchickpea.Rev.Appl.Mycol.37:695. •Haware,M.P.1987OccurrenceoftheperfectstateofAscochytarabieiinSyria.Int.ChickpeaNewsl.17:29-30 •James,J.R.,andSutton,T.B.1982.EnvironmentalfactorsinfluencingpseudothecialdevelopmentandascosporematurationofVenturiain-aequalis.Phytopathology72:1073- 1080. •Kaiser,W.J.1992.EpidemiologyofAscochytarabiei.Pages117-134in:DiseaseResistanceBreedinginChickpea.Proc.Consul.MeetingonBreedingforDiseaseResistanceinKabuliChickpea.K.B.SinghandM.C.Saxena,eds.ICARDA,Aleppo,Syria. •Kaiser,W.J.,andHannan,R.M.1987.FirstreportofMycosphaerellarabieionchickpeasintheWesternhemisphere.PlantDis.71:192. •Kaiser,W.J.1992.EpidemiologyofAscochytarabiei.Pages117-134in:DiseaseResistanceBreedinginChickpea.Proc.Consul.MeetingonBreedingforDiseaseResistanceinKabuliChickpea.K.B.SinghandM.C.Saxena,eds.ICARDA,Aleppo,Syria. •Kaiser,W.J.,andHannan,R.M.1987.FirstreportofMycosphaerellarabieionchickpeasintheWesternhemisphere.PlantDis.71:192. 24
  25. 25. Literatura Citada •Kövics,G.,Holly,L.,andSimay,E.I.1986.Anascochytosisofthechickpea(CicerarietinumL.) causedbyDidymellarabiei(Kov.)v.Arx:ImperfectAscochytarabiei(Pass.)Lab.inHungary. ActaPhytopathol.Entomol.Hung.21:147-150 •Luley,C.J.,andMcNabb,H.S.,Jr.1989.Ascosporeproduction,release,germinationandinfectionofPopulusbyMycosphaerellapopulorum.Phytopathology79:1013-1018.17. •Milgroom,M.G.,andPeever,T.L.2003.Populationbiologyofplantpathogens:Thesynthesisofplantdiseaseepidemiologyandpopulationgenetics.PlantDis.87:608-617. •Mondal, S. N., Gottwald, T. R., andTimmer, L. W. 2003. Environmentalfactorsaffectingtherelease anddispersalofascosporesofMycosphae-rellacitri. Phytopathology93:1031-1036. •Mondal, S. N., Howd, D. S., Brlansky, R. H., andTimmer, L. W. 2004. Matingandpseudothecialdevelopmentin Mycosphaerellacitri, thecause ofcitrusgreasyspot. Phytopathology94:978- 982. •Navas-Cortés,J.A.,Trapero-Casas,A.,andJimémez-Díaz,R.M.1995.SurvivalofDidymellarabieiinchickpeastrawinSpain.PlantPathol.44:332-339. •Navas-Cortés,J.A.,Trapero-Casas,A.,andJimémez-Díaz,R.M.1998.InfluenceofrelativehumidityandtemperatureondevelopmentofDidy-mellarabieiinchickpeadebris.PlantPathol.47:57-66. 25
  26. 26. Literatura Citada •Navas-Cortés,J.A.,Trapero-Casas,A.,andJimémez-Díaz,R.M.1998.PhenologyofDidymellarabieidevelopmentonchickpeadebrisunderfieldconditionsinSpain.Phytopathology88:983-991. •O’Leary,A.L.,andSutton,T.B.1986.TheinfluenceoftemperatureandmoistureonthequantitativeproductionofpseudotheciaofVenturiain-aequalis.Phytopathology76:199- 204. •Pinkerton,J.N.,Johnson,K.B.,Stone,J.K.,andIvors,K.L.1998.Fac-torsaffectingreleaseofascosporesofAnisogrammaanomala.Phyto-pathology88:122-128. •Prados-Ligero,A.M.,Gonzalez-Andujar,J.L.,Melero-Vara,J.M.,andBasallote-Ureba,M.J. 1998.DevelopmentofPleosporaalliiongarlicde-brisinfectedbyStemphyliumvesicarium. Eur.J.PlantPathol.104:861-870. •Shtienberg,D.,Gamliel-Atinsky,E.,Retig,B.,Brener,S.,andDinoor,A.2005.SignificanceofpreventingprimaryinfectionsbyDidymellarabieianddevelopmentofamodeltoestimatethematurityofpseudothecia.PlantDis.89:1027-1034. •Shtienberg,D.,Vintal,H.,Brener,S.,andRetig,B.2000.Rationalman-agementofDidymellarabieiinchickpeabyintegrationofgenotyperesis-tanceandpostinfectionapplicationoffungicides.Phytopathology90:834-842. •Shtienberg,D.,Vintal,H.,Nitzani,Y.,Brener,S.,andRetig,B.1998.TheperfectstageofAscochytablight(Didymellarabiei):AnewthreattochickpeaproductioninIsrael? Phytoparasitica(Abstr.)26:157. 26
  27. 27. Literatura Citada •Sutton,T.B.1981.ProductionanddispersalofascosporesandconidiabyPhysalosporaobtusaandBotryosphaeriadothideainappleorchards.Phytopathology71:584-589. •Trapero-Casa,A.,andKaiser,W.J.1992.DevelopmentofDidymellarabiei,theteleomorphofAscochytarabiei,onchickpeastraw.Phyto-pathology82:1261-1266. •Trapero-Casas,A.,Navas-Cortés,J.A.,andJiménez-Díaz,R.M.1996.AirborneascosporesofDidymellarabieiasamajorprimaryinoculumforAscochytablightepidemicsinchickpeacropsinsouthernSpain.Eur.J.PlantPathol.102:237-245. •Wilson,A.D.,andKaiser,W.J.1995.CytologyandgeneticsofsexualincompatibilityinDidymellarabiei.Mycologia87:795-804. •Zachos,D.G.,Panagopoulos,C.G.,andMakris,S.A.1963.Recherchessurlabiologie, l’epidemiologieetlaluttecontrel’anthracnosedupois-chiche.Ann.Inst.Phytopathol.Benaki5:167-192. 27
  28. 28. Obrigada Fernanda CorrêaTécnica em AgropecuáriaGraduandaem Agronomia Instituto Federal Goiano -CampusUrutaíLattes:http://lattes.cnpq.br/8696727274221746Contato. Cel. (64) 9944-7810 (vivo) (64) 9328-0760 (claro) 28

×