Aula 2 import fitopat

2.159 visualizações

Publicada em

0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
2.159
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1.068
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
47
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Aula 2 import fitopat

  1. 1. IMPORTANCIA DA FITOPATOLOGIA Prof . Milton L. Paz Lima Adaptação J.O. Menten
  2. 2. IMPORTÂNCIA
  3. 3. AGRONEGÓCIO INSUMOS EQUIPAMENTOSANTES DA PORTEIRA PLANEJAMENTO FINANCIAMENTO SEGURO PRODUÇÃODENTRO DA PORTEIRA ADMINISTRAÇÃO ARMAZENAMENTODEPOIS DA PORTEIRA TRANSPORTE COMERCIALIZAÇÃO
  4. 4. OS SOLOS LIMITAM A AGRICULTURAPorcentagens da área mundial total Com problemas químicos Muito raso 23 22 Muito úmido 28 10 6 Permanentemente gelado 11 Sem limitações Muito seco Apenas 11% dos solos do mundo podem ser cultivados sem necessidade de irrigação, drenagem ou outras melhorias (cerca de 1,6 bilhões de ha)
  5. 5. A AGRICULTURA NA ALIMENTAÇÃO1850 4 agricultores alimentavam Mais 1 pessoa1900 1 agricultor alimentava Mais 4 pessoas1950 1 agricultor alimentava Mais 10 pessoas1960 1 agricultor alimentava Mais 17 pessoas1970 1 agricultor alimentava Mais 33 pessoas1980 1 agricultor alimentava Mais 57 pessoas1990 1 agricultor alimentava Mais 70 pessoas2000 1 agricultor alimentava Mais 85 pessoas
  6. 6. O DESAFIOPopulação 1999 - 6 bilhões 90% dessa população 2050 - 9 bilhões estará no Hemisfério Sul Área agricultável per capita Desnutrição/Pobreza 0,45 ha em 1966 0,25 ha em 1998 840 milhões de desnutridos 0,15 ha em 2025 1,3 bilhões na pobreza.DESAFIO: dobrar a produção, na mesma área (1,6 bilhões ha), com sustentabilidade, em 2050.
  7. 7. BRASIL: POPULAÇÃO PORCENTAGEM90 URBANA RURAL8070605040302010 0 1940 1950 1960 1970 1980 2000
  8. 8. BRASIL: O AGRONEGÓCIO 29 % do PIB 42 % das exportações 37 % dos empregosEm 2002:• Agronegócio – crescimento de 8,37% e PIB de R$ 424,32 bi• Exportações – US$ 24,8 bilhões• 17,7 milhões de trabalhadores no campo
  9. 9. AGRONEGÓCIOAgentes Econômicos 5 milhões de propriedades rurais 60 mil agroindústrias 300 mil estabelecimentos comerciais 27 milhões de empregos (36% da PEA)
  10. 10. de z 0 1 0.2 0.4 0.6 0.8 1.2Se /94 pJu -75 nM -76 aD r-77 ecSe -77 pJu -78 nM -7 9 arD -80 ecSe -80 pJ u -81 nM - 82 arD -83 ecSe -83 pJu -84 nM -85 arD -86 ecS e -86 pJu -8 7 nM -88 arD e -89 cSe -89 pJu - 90 nM -91 arD e -92 cS -9 2 ep ÍNDICE DE PREÇOS REAIS DOS PRODUTOS DA CESTAJu -93 nM -94 ar VALOR DA CESTA BÁSICAD -95 ecS - 95 epJu -96 nM -97 arD -9 8 ecSe - 98 pJu -99 n- 00
  11. 11. CRESCIMENTO NECESSÁRIO NAPRODUÇÃO DE GRÃOS ATÉ 2020 bilhões de toneladas Produção necessária: +2,4% ao ano Produção estimada: +1,5% ao ano
  12. 12. EVOLUÇÃO DA SAFRA DE GRÃOS (BRASIL) EVOLUÇÃO DA PRODUÇÃO DE GRÃOS - produtividade e preservação em milhões de toneladas em milhões de toneladas 122,38 100,3 96,7 81,2 73,8 82,8 78,9 82,4 76,0 76,5 68,2 68,3 57,8 41,1 42,3 37,8 38,4 39,0 35,6 38,4 36,4 35,0 36,7 37,7 37,3 36,8 Área cultivada em milhões de hectares em milhões de hectares90/91 91/92 92/93 93/94 94/95 95/96 96/97 97/98 98/99 99/2000 2000/01 2001/02 2002/03 ano-safra 1,5 Produtividade (t/ha) + 92,6% 2,89 + 92,6%
  13. 13. A AGROPECUÁRIA NO BRASIL: POTENCIAL PRODUTIVO SAFRA 2002-03 PotencialPRODUTOS Produção Área Rendimento Produção Área Rendimento (milhões t) (milhões ha) (t/ha) (milhões t) (milhões ha) (t/ha)Soja 50,3 18,1 2,8 80,5 23,0 3,5Milho 42,8 12,7 3,4 165,9 23,7 7,0Arroz 10,6 3,2 3,3 26,4 6,6 4,0Trigo 4,5 2,3 2,0 8,0 3,5 2,3Feijão 2,5 3,5 0,7 6,0 4,0 1,5Algodão 2,2 0,7 3,1 5,2 1,5 3,5demais 11,7 2,2 5,3 3,2 2,7 1,2Grãos Total 122,4 42,7 2,9 290,1 65,0 4,5Cana-de-Açúcar 290,2 4,9 70,0 443,3 4,9 90,0 Fonte: Agrianual, Pensa, MAPA, CONAB, IBGE
  14. 14. PERDAS NA PRODUÇÃO AGRÍCOLA MUNDIAL Perdas reais, apesar da proteção de cultivos Produção sem Plantas proteção do cultivo daninhasPerdas evitadas 13,2%pela proteçãodos cultivos com Pragasprodutos 15,6%fitossanitários 30,3 DoençasPlantas daninhas 27,6 42,1 13,3%16,4%Pragas7,1%Doenças4,2%
  15. 15. EPIDEMIAS: MUNDO1.REQUEIMA DA BATATA • Irlanda: 1845 • 80% danos • 2.000.000 mortos2.FERRUGEM DO CAFÉ • Ceilão: 1835-1870 • Substituição pelo chá3.FOME DE BENGALA• Índia: 1942; Mancha de Helminthosporium• 2.000.000 mortos
  16. 16. EPIDEMIAS: BRASIL1.CANA-DE-AÇÚCAR • Mosaico • Carvão2.CITROS • Tristeza • Cancro • CVC3.BANANA • Mal-do-Panamá
  17. 17. EPIDEMIAS: BRASIL4.SERINGUEIRA • Mal-das-folhas5.SOJA • Cancro da haste • Nematóide do cisto • Ferrugem asiática
  18. 18. A SOJA TROPICAL: EXPANSÃO DA CULTURA 1960 1975 1999 RR AP RR AP RR AP AM PA MA AM CE PA MA AM CE PA MA RN CE RN RN PI PB PI PB PI PB PE PEAC AC PE AL AL AC TO SE TO AL RO RO SE TO RO SE BA BA MT MT BA MT GO GO GO MG MG MG ES MS ES MS ES MS SP SP RJ RJ SP RJ PR PR PR SC SC SC RS RS RS CULTIVARES ADAPTADAS FIXAÇÃO BIOLÓGICA DO NITROGÊNIO PLANTIO DIRETO
  19. 19. FITOPATOLOGIA NO BRASIL Micologia, Bacteriologia, Virologia,Nematologia Microbiologia, Genética, Bioquímica,Bioinformática, Climatologia/Agrometeorologia Epidemiologia Fisiologia do Parasitismo Patologia Pós-Colheita Patologia de Sementes Fitopatologia Molecular Diagnose Manejo (Controle)
  20. 20. FITOPATOLOGISTAS NO BRASIL ATUAÇÃO No ESTIMADOProfessores 300Pesquisadores 600Extensionistas 200Fiscais/Defesa 250Fabricantes de Fitossanitários 4.000Distribuidores de Fitossanitários 10.000Consulltores/”Influenciadores” 2.000Total 17.350
  21. 21. FITOPATOLOGIA NO BRASILSOCIEDADE BRASILEIRA DE FITOPATOLOGIA Professores Pesquisadores Extensionistas Estudantes de Pós-Graduação
  22. 22. FITOPATOLOGIA NO BRASILGRUPO PAULISTA DE FITOPATOLOGIA Professores Pesquisadores Extensionistas Estudantes de Pós-Graduação
  23. 23. FITOPATOLOGIA NO BRASIL FITOPATOLOGISTASEngenheiros Agrônomos 90%Engenheiros FlorestaisBiólogosBioquímicos 10%Bio-InformatasTécnicos Agrícolas
  24. 24. UNIVERSIDADESINSTITUIÇÕES DE ENSINO SUPERIOR - FITOPATOLOGIAEngenharia Agronômica 115 ESCOLAS Norte 9 Nordeste 24 Centro-Oeste 26 Sudeste 32 Sul 24 Engenharia Florestal Biologia Bioquímica Escolas Técnicas (Agrícola)
  25. 25. UNIVERSIDADES: ATIVIDADES NAS IES ENSINO 100% PESQUISA 50% EXTENSÃO 20%•Cursos atualização/reciclagem•Assistência técnica/consultoria•Prestação de serviços
  26. 26. INSTITUIÇÕES DE ENSINO SUPERIOREngenharia Agronômica 115 ESCOLASProfessores Fitopatologia 300 Alunos/Ano 5.000 GRADUAÇÃO (4.200 HORAS-AULA) Disciplinas essenciais: 60-272 H Disciplinas optativas: 0-180 H PÓS-GRADUAÇÃO Mestrado Doutorado Especialização Ensino a distância Educação seqüencial (continuada) ESTÁGIOS/ORIENTAÇÃO
  27. 27. INSTITUIÇÕES DE ENSINO SUPERIOR: PESQUISA FITOPATOLÓGICA Produção: 50% Pós-Graduação Exemplos:  Genoma Xylella  Ferrugem Asiática - soja
  28. 28. INSTITUIÇÕES DE ENSINO SUPERIOR: EXTENSÃO FITOPATOLÓGICA Cursos/Treinamentos Clínica Fitopatológica Sanidade de Sementes - Indexação Laudos – Eficiência Fungicidas Consultoria – produtores

×