Reabilitação em cães idosos         Botucatu 2013         Monica Sartori
Idoso: média  peso            idade  Até 10kg        Idoso- 9 a 11 anos  11 a 24kg       Idoso- 7 a 9 anos  25 a 40kg     ...
Fatores a considerar: Maior tempo de vida: Raças de pequeno porte Raças mestiças Animais castrados Animais de vida do...
Efeitos físicos da idade No animal idoso: % de peso corporal é representado por aumento de gordura Pele: mais adelgaçada...
 Capacidade expiratória diminuída Potência cardíaca diminuída Perda da elasticidade pulmonar, pode ocorrer fibrose e as...
Exemplo cão idoso
Cão idoso obeso
Efeitos metabólicos da idade Diminui taxa metabólica Diminui competência imunológica Diminui processo de fagocitose e q...
Conceitos Baseado no processo de envelhecimento, o fisiatra  deve ter em mente as diversas mudanças que  ocorrem no anima...
 Desafio: diagnóstico, clínico e na reabilitação
Sistemas a considerar: Cardiovascular: arritmias, hipertensão, lesões valvulares Respiratório: paralisia da laringe, sín...
 **Endócrinas: hipotireoidismo,  hiperadrenocorticismo, diabetes,  hipodrenocorticismo Urinário: incontinência, I.Renal,...
Sistemas importantes na reabilitação Musculo-esquelético: doenças articulares degenerativas, obesidade, tendinites, RLC, ...
Princípios da reabilitação em cãesidosos- exercícios terapêuticos Exercícios em cães idosos devem ser realizados com tole...
princípios O alongamento periarticular protege as articulações Muitas vezes é necessário o uso de medicações
Medicação para dorcuidados: lesões renais, hepaticas: anamnese
pesos         Fortalecimento         muscular         Estimulação de apoio         de peso corporeo         Escada-    ...
cones         Deambulação         Alongamento         Equilíbrio         ADM
cavalete            Estimulação ativa da             amplitude de             movimento            alongamento
Ex: alongamento e fortalecimento
Theratube             Fortalecimento             muscular
Bola terapêutica                    Suporte do peso                    Alongamento articular                    Fortale...
Bola com apoio parcial                  Alongamento articular                  Suporte do cão
Esteira seca                Fortalecimento de                 exercícios controlados                Aumento de fase de  ...
Prancha de equilíbrio                  Estimular equilíbrio e                  propriocepção
Exercícios passivos                  ADM                  Perda da mobilidade                  neuromuscoloesquelé      ...
Resumindo Praticamente todos os exercícios terapêuticos   podem ser realizados em animais idosos,   respeitando sempre o ...
Terapia aquática em animais idosos Considerações: Pressão torácica pode resultar em maior    dificuldade inspiratória pa...
Hidro assistida
Massagem
Agentes físicos: crioterapia Sensibilidade ao frio Pele mais sensível- ulcerações Diminuição da frequência cardíaca e  ...
Calor Áreas com pouca sensibilidade Superaquecimento qdo em imersão- conferir    temperatura retal   Maior sensibilidad...
Ultrassom terapêutico Animais com marca-passos Em casos com laminectomia Neoplasias malignas
laser Processos infecciosos Tireóide Neoplasias Globo ocular Glandulas superficiais
eletroterapia TENS- analgesia Evitar em animais epiléticos e com arritmias cardíacas, na região cardíaca ES- marca pass...
Exemplo:
Magnetoterapia Hemorragias I.C. severa Micoses Tuberculoseassociação de agentes físicos
Fototerapia Neoplasias e “aumentos de volume”-tumores
Infrassom Placas metálicas Áreas cardíacas Zona paravertebral Retardo de consolidação Feridas Tumores Insuficiência...
Tecaterapia Sensibilidade Metais Não associar com outros meios físicos Tromboflebite Hemofilia glândulas
Shock Wave Cirurgias recentes Implantes Desordens de coagulação Inflamações agudas
Manejo da dor Medicações Bolsas de água fria TENS Magneto Laser
Considerações nutricionais Diminuir calorias para animais obesos Controle colesterol e triglicérides Restrição Na e P ...
Modificações ambientais Ambientes secos e mais quentes Camas acolchoadas ou colchões de água Cobertores para reduzir ri...
Colete- cervical
Casos clínicos Tuí
Flica
Toti
Toti
contatos Monica Sartori Tel: 11996217569 Consultório: 26098122 Mail: monisartori@hotmail.com
Reabilitação em cães idosos
Reabilitação em cães idosos
Reabilitação em cães idosos
Reabilitação em cães idosos
Reabilitação em cães idosos
Reabilitação em cães idosos
Reabilitação em cães idosos
Reabilitação em cães idosos
Reabilitação em cães idosos
Reabilitação em cães idosos
Reabilitação em cães idosos
Reabilitação em cães idosos
Reabilitação em cães idosos
Reabilitação em cães idosos
Reabilitação em cães idosos
Reabilitação em cães idosos
Reabilitação em cães idosos
Reabilitação em cães idosos
Reabilitação em cães idosos
Reabilitação em cães idosos
Reabilitação em cães idosos
Reabilitação em cães idosos
Reabilitação em cães idosos
Reabilitação em cães idosos
Reabilitação em cães idosos
Reabilitação em cães idosos
Reabilitação em cães idosos
Reabilitação em cães idosos
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Reabilitação em cães idosos

1.192 visualizações

Publicada em

0 comentários
2 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.192
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
25
Comentários
0
Gostaram
2
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Reabilitação em cães idosos

  1. 1. Reabilitação em cães idosos Botucatu 2013 Monica Sartori
  2. 2. Idoso: média peso idade Até 10kg Idoso- 9 a 11 anos 11 a 24kg Idoso- 7 a 9 anos 25 a 40kg Idoso- 6 a 8 anos Acima de 41kg Idoso- 4 a 6 anos
  3. 3. Fatores a considerar: Maior tempo de vida: Raças de pequeno porte Raças mestiças Animais castrados Animais de vida doméstica vs animais de vida livre Animais peso ideal vs animais obesos
  4. 4. Efeitos físicos da idade No animal idoso: % de peso corporal é representado por aumento de gordura Pele: mais adelgaçada, hiperpigmentada e com elasticidade diminuída Perda de massa em mms, ossos e cartilagens Artroses são mais comuns Capacidade vital diminuída
  5. 5.  Capacidade expiratória diminuída Potência cardíaca diminuída Perda da elasticidade pulmonar, pode ocorrer fibrose e as secreções estão mais viscosas Pode ocorrer incontinência urinária Numero de cels S.N. diminuem
  6. 6. Exemplo cão idoso
  7. 7. Cão idoso obeso
  8. 8. Efeitos metabólicos da idade Diminui taxa metabólica Diminui competência imunológica Diminui processo de fagocitose e quimiotaxia Doenças autoimunes são mais comuns
  9. 9. Conceitos Baseado no processo de envelhecimento, o fisiatra deve ter em mente as diversas mudanças que ocorrem no animal. Importante: ter conhecimento básico das principais patologias, sem isso não terá sucesso no diagnóstico e consequentemente no tratamento. Fornecer ao proprietário o prognóstico, e quais as possibilidades de tratamento, assim como as “impossibilidades”
  10. 10.  Desafio: diagnóstico, clínico e na reabilitação
  11. 11. Sistemas a considerar: Cardiovascular: arritmias, hipertensão, lesões valvulares Respiratório: paralisia da laringe, síndrome do braquicefálico, colapso de traquéia,.. Gastrointestinal: enteropatias, má absorção,... Hepatobiliar: qualquer doença hepática
  12. 12.  **Endócrinas: hipotireoidismo, hiperadrenocorticismo, diabetes, hipodrenocorticismo Urinário: incontinência, I.Renal,... Hematológico: lupus, poliartrites, anemia hemolitica,.... E em todos: neoplasias
  13. 13. Sistemas importantes na reabilitação Musculo-esquelético: doenças articulares degenerativas, obesidade, tendinites, RLC, luxações patelares, osteocondrose, D.C, displasia de cotovelo, fraturas, neoplasias.... Neurológico: DDIV, mielopatia degenerativa, síndrome da cauda equina, discoespondilite, Wobbler, embolismo fibrocartilaginoso, neoplasias,...
  14. 14. Princípios da reabilitação em cãesidosos- exercícios terapêuticos Exercícios em cães idosos devem ser realizados com tolerância Exercícios de baixo impacto provam melhorar a função e reduzir a dor Exercícios com pesos leves ajudam a estimular o metabolismo da cartilagem e aumentam a difusão de nutrientes
  15. 15. princípios O alongamento periarticular protege as articulações Muitas vezes é necessário o uso de medicações
  16. 16. Medicação para dorcuidados: lesões renais, hepaticas: anamnese
  17. 17. pesos  Fortalecimento muscular  Estimulação de apoio de peso corporeo  Escada- fortalecimento funcional
  18. 18. cones  Deambulação  Alongamento  Equilíbrio  ADM
  19. 19. cavalete  Estimulação ativa da amplitude de movimento  alongamento
  20. 20. Ex: alongamento e fortalecimento
  21. 21. Theratube  Fortalecimento muscular
  22. 22. Bola terapêutica  Suporte do peso  Alongamento articular  Fortalecimento  Estabilização  Empurrando para baixo- contração dos mms extensores
  23. 23. Bola com apoio parcial  Alongamento articular  Suporte do cão
  24. 24. Esteira seca  Fortalecimento de exercícios controlados  Aumento de fase de apoio  Diagnóstico de claudicação
  25. 25. Prancha de equilíbrio  Estimular equilíbrio e propriocepção
  26. 26. Exercícios passivos  ADM  Perda da mobilidade neuromuscoloesquelé tica
  27. 27. Resumindo Praticamente todos os exercícios terapêuticos podem ser realizados em animais idosos, respeitando sempre o limite de cada animal.Ulisses, pug, 10 anos, DCF
  28. 28. Terapia aquática em animais idosos Considerações: Pressão torácica pode resultar em maior dificuldade inspiratória para alguns cães Água quente aquece o corpo, portanto, aumenta pressão cardiovascular Temperatura da água Secar o animal Hidro “assistida” Estresse
  29. 29. Hidro assistida
  30. 30. Massagem
  31. 31. Agentes físicos: crioterapia Sensibilidade ao frio Pele mais sensível- ulcerações Diminuição da frequência cardíaca e respiratória(em aplicações generalizadas) Aumento da rigidez dos tecidos
  32. 32. Calor Áreas com pouca sensibilidade Superaquecimento qdo em imersão- conferir temperatura retal Maior sensibilidade Feridas abertas ou contaminadas Lâmpadas- risco de queimaduras Animal sedado I.C, febre, neoplasias, sangramentos ativos e inflamação aguda
  33. 33. Ultrassom terapêutico Animais com marca-passos Em casos com laminectomia Neoplasias malignas
  34. 34. laser Processos infecciosos Tireóide Neoplasias Globo ocular Glandulas superficiais
  35. 35. eletroterapia TENS- analgesia Evitar em animais epiléticos e com arritmias cardíacas, na região cardíaca ES- marca passo cardíaco, gânglios cervicais, áreas próximas a neoplasias malignas, tromboses. Onde qualquer movimento ativo seja contraindicado
  36. 36. Exemplo:
  37. 37. Magnetoterapia Hemorragias I.C. severa Micoses Tuberculoseassociação de agentes físicos
  38. 38. Fototerapia Neoplasias e “aumentos de volume”-tumores
  39. 39. Infrassom Placas metálicas Áreas cardíacas Zona paravertebral Retardo de consolidação Feridas Tumores Insuficiência vascular
  40. 40. Tecaterapia Sensibilidade Metais Não associar com outros meios físicos Tromboflebite Hemofilia glândulas
  41. 41. Shock Wave Cirurgias recentes Implantes Desordens de coagulação Inflamações agudas
  42. 42. Manejo da dor Medicações Bolsas de água fria TENS Magneto Laser
  43. 43. Considerações nutricionais Diminuir calorias para animais obesos Controle colesterol e triglicérides Restrição Na e P Importante: perda de peso resulta em diminuição da sobrecarga articular, consequentemente diminui a necessidade de medicação em casos de osteoartroses.
  44. 44. Modificações ambientais Ambientes secos e mais quentes Camas acolchoadas ou colchões de água Cobertores para reduzir rigidez matinal Pisos não escorregadios Minimizar o uso de escadas Uso de rampas: portáteis ou não Uso de anti-derrapantes, tênis,.... Evitar excesso de brincadeiras com outros animais
  45. 45. Colete- cervical
  46. 46. Casos clínicos Tuí
  47. 47. Flica
  48. 48. Toti
  49. 49. Toti
  50. 50. contatos Monica Sartori Tel: 11996217569 Consultório: 26098122 Mail: monisartori@hotmail.com

×