António Damásio

7.732 visualizações

Publicada em

Trabalho - Psicologia 12ºB

Publicada em: Educação, Tecnologia
0 comentários
8 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
7.732
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
39
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
8
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

António Damásio

  1. 1. António Damásio<br />Relação entre emoção e razão<br />Trabalho realizado por:<br />Armando nº3<br />Bernardo nº4<br />Bruno nº5<br />Isabel nº8 <br />Escola E.B 2,3 /S. D. Sancho II – 12º B <br />
  2. 2. Biografia<br /><ul><li>Nasceu a 25 de Fevereiro de 1944 em Lisboa.
  3. 3. Famoso neurologista e neurocientista português.
  4. 4. Licenciou-se e doutorou-se em medicina na universidade de Lisboa.
  5. 5. Este investigador estudou a importância das emoções nas tomadas de decisão.</li></li></ul><li><ul><li> 1996 – 2005 trabalhou no hospital da universidade de Iowa.
  6. 6. O seu primeiro livro publicado foi O erro de Descartes – emoção, razão e cérebro humano.
  7. 7. 2005 recebeu o Prémio Pessoa e Prémio Príncipe das Astúrias.
  8. 8. Actualmente lecciona na universidade do sul, na Califórnia.</li></li></ul><li>António Damásio<br />Objecto de estudo: interacção entre corpo e mente, entre processos cognitivos, biológicos ou emocionais.<br /> Para Damásio, os processos mentais têm uma base biológica, pelo que não há mente separada do cérebro.<br /> Enquanto seres humanos, o que nos caracteriza e define a nossa identidade é o enraizamento biológico da nossa razão, pois existe uma relação indissociável entre os processos cognitivos e emocionais. <br />
  9. 9. <ul><li>Damásio não nega a razão, mas considera que as emoções têm um papel crucial na nossa tomada de decisões. No seu entender, as emoções e os sentimentos são os pilares do nosso desenvolvimento mental e do nosso agir.</li></li></ul><li>Casos de PhineasGage e Elliot<br />Elliot:<br /><ul><li> Foi operado com sucesso a um tumor cerebral
  10. 10. Pequena lesão no córtex pré-frontal
  11. 11. A memória, a capacidade de atenção, a aptidão para aprender e efectuar cálculos não sofreram nenhuma perturbação
  12. 12. Apenas as áreas cerebrais cuja função era controlar os sentimentos e as emoções tinham sido afectadas.</li></ul>Consequências:<br /><ul><li>Alteração da personalidade
  13. 13. Perda do emprego
  14. 14. Afectaram a sua vida privada(divórcio, perda da casa e da família)</li></li></ul><li><ul><li>Ao investigar o caso de Elliot, Damásio concluiu que apesar de as suas capacidades cognitivas permanecerem intactas, a sua capacidade de sentir e de se emocionar se tinha perdido. </li></ul>PhineasGage (1823 – 1860)<br /><ul><li>Operário americano que sofreu um grave acidente, após uma barra de aço lhe ter atravessado a parte frontal do cérebro durante uma explosão.
  15. 15. Assim como Elliot, apenas as estruturas relativas às emoções e sentimentos tinham sido afectadas.</li></li></ul><li>Consequências:<br /><ul><li>Mudança acentuada no comportamento: agressivo, desrespeitoso, arrogante para com os amigos e sem planos para o futuro.</li></ul>A sua drástica transformação levou a que muitos dos seus amigos dissessem que “Gage deixou de ser Gage”. <br />13 anos após o sucedido, em 1861, <br />Gage morre sem dinheiro e epiléptico. <br />
  16. 16. <ul><li>Segundo António Damásio, “Gage foi o início histórico dos estudos das bases biológicas do comportamento”.
  17. 17. Os casos de Elliot e PhineasGage comprovam que a ocorrência de lesões nos lóbulos cerebrais podem ser indicadores da alteração da personalidade, das emoções e da interacção social dos indivíduos.
  18. 18. Para Damásio a razão pura não existe: nós pensamos com o nosso corpo e com as nossas emoções.
  19. 19. “Se a mente dispuser apenas de cálculo puramente racional, vai acabar por escolher mal e depois lamentar o erro, ou simplesmente desistir de escolher” (Damásio – O erro de Descartes)</li></li></ul><li>A Cartografia do Pensamento<br />Graças às novas tecnologias imaginárias médicas Damásio pôde montar a cartografia do pensamento. <br />
  20. 20. Marcador somático<br /><ul><li>São mecanismos automáticos de avaliação dos nossos estados corporais, cujo objectivo é o de assegurar a nossa sobrevivência, a nossa integridade física e o funcionamento regular da nossa vida social.
  21. 21. Baseando-se em experiências anteriormente vividas, os marcadores – somáticos classificam as situações em termos de agradável/desagradável, dor/prazer, recompensa/punição.
  22. 22. Os marcadores – somáticos são auxiliares indispensáveis da razão na tomada de decisões e resultam do processo de socialização, de inserção na cultura. </li></li></ul><li><ul><li>Assim sendo, para Damásio, a mente não é uma entidade imaterial, desprovida de emoções. A mente é o “corpo” que age, pensa e sente.
  23. 23. Damásio afirma que na origem das emoções estão mecanismos biológicos básicos, muito simples, sem conteúdo mental que permitem que o organismo desenvolva de uma forma não consciente comportamentos que respondem de determinada maneira a estímulos exteriores/interiores e que preparam o organismo para a acção.
  24. 24. As emoções são a forma de avaliarmos </li></ul>o exterior, o mundo externo. <br />

×