O Consumo de Produtos Biológicos em 
Portugal e os Produtos “Conversão” - II 
Inquérito Telefónico 
Miguel Sottomayor 
mso...
Tóópicos 
• Objectivo  Metodologia 
• Resultados 
– Perfil de Consumo 
• Regularidade 
• Peso no orçamento 
• Atributos pe...
Objectivos  Metodologia 
• Objectivos: (a) crenças e atitudes relativamente a 
p.biológicos e p.conversão; (b) barreiras a...
Perfil de Consumo de Biolóógicos 
• 33% consumidores biológicos (regulares ou 
ocasionais): 
– Até 20% das despesas alimen...
Atributos dos Produtos Biolóógicos 
“Até que ponto acha que as seguintes características estão ou não associadas aos 
alim...
Atitude com Produtos ““Conversãão”” 
• Compraria se disponíveis? 
– Sim, 36% 
– Talvez, 50% 
– Não, 14% 
• (se sim ou talv...
Sensibilidade - Preço I 
• Categorias estudadas 
– Cenouras 
• 90% consumidores 
(vs. 88% média 5 
países) 
– Frango 
• 61...
Sensibilidade –– Preçço II 
Disponibilidade a Pagar (WTP) por Cenouras 
em Conversão 
1 2 3 4 5 6 
Licitações 
Pt 
RU 
Irl...
Sensibilidade –– Preçço III 
Cenoura - % Aceitação para 6 Níveis de 
Licitação 
0,5 
1 
3 
2,5 
1,5 
2 
4 
3 
2 
1 
0 
0 1...
Razões para (nãão) pagar mais 
• Cenouras – pagar mais 
• Frango – pagar mais 
– Melhor qualidade (30% 
respostas) 
– Mais...
Conclusõões (Parte I e II) 
• Mercado Produtos em Conversão 
– De momento desconhecidos = custo de comunicação 
• Uma vez ...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Consumo de Produtos Biologicos em Portugal

307 visualizações

Publicada em

Consumo de Produtos Biologicos em Portugal

Publicada em: Marketing
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
307
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Consumo de Produtos Biologicos em Portugal

  1. 1. O Consumo de Produtos Biológicos em Portugal e os Produtos “Conversão” - II Inquérito Telefónico Miguel Sottomayor msottomayor@porto.ucp.pt
  2. 2. Tóópicos • Objectivo Metodologia • Resultados – Perfil de Consumo • Regularidade • Peso no orçamento • Atributos percebidos – Atitude perante produtos em conversão • Razões para comprar/não comprar • Sensibilidade-preço • Conclusões Mai-04 Universidade Católica Portuguesa - Centro de Estudos de Gestão e Economia Aplicada 2
  3. 3. Objectivos Metodologia • Objectivos: (a) crenças e atitudes relativamente a p.biológicos e p.conversão; (b) barreiras ao consumo de p.conversão; (c) sensibilidade-preço procura p.conversão • Metodologia de Recolha Informação – Inquérito telefónico a mín. 300 entrevistados * 5 países – Responsável por compras familiares – Idades: 18-34 (31%), 35-54 (41%), 55+(28%) – Distrib. Geográfica (Portugal): G.Porto(11%), G.Lisboa(23%), Litoral(39%), Interior N.(14%), Interior S.(13%) – Escolaridade: Superior (20%), 12º Ano (18%), 9º Ano (12%), Menos (51%) – Classe ABC: A (8%), B (6%), C1(12%), C2 (34%), DE (39%) Mai-04 Universidade Católica Portuguesa - Centro de Estudos de Gestão e Economia Aplicada 3
  4. 4. Perfil de Consumo de Biolóógicos • 33% consumidores biológicos (regulares ou ocasionais): – Até 20% das despesas alimentares – 18% – Entre 20 e 70% das despesas alimentares - 11% – 70% das despesas alimentares – 4% • Nos próximos 2 anos consumo biológico será – Menos ou muito menos (8%) – Igual (36%) – Um pouco mais ou muito mais (38%) Mai-04 Universidade Católica Portuguesa - Centro de Estudos de Gestão e Economia Aplicada 4
  5. 5. Atributos dos Produtos Biolóógicos “Até que ponto acha que as seguintes características estão ou não associadas aos alimentos biológicos? (0 = não está nada associada, 10 = está fortemente associada)” Naturais 8 6 4 2 0 Frescos Saborosos Sem químicos Melhores bem estar Sem PGM Caros animais Melhores Ambiente Saudáveis Pt RU Irl Din Ital %Ns/nr •Portugal: 6%-19% •Outros: 0%-3.5% Mai-04 Universidade Católica Portuguesa - Centro de Estudos de Gestão e Economia Aplicada 5
  6. 6. Atitude com Produtos ““Conversãão”” • Compraria se disponíveis? – Sim, 36% – Talvez, 50% – Não, 14% • (se sim ou talvez) Estaria disposto a pagar mais? – Sim, 75% (65%) • (se não) Porquê? 1) Nunca ouviu falar (26%) 2) Não confiaria 3) Caro 4) Hábitos/Preferiria biológicos/Produção própria • “Conversão = Biológico” • (escala de 10 pontos para 0 = “não penso isso de modo nenhum”;10 = “é exactamente isso que penso”) – PT - 3.5 – RU - 4.8 – Irl - 4.4 – Din - 3.6 – Ital - 4.4 Mai-04 Universidade Católica Portuguesa - Centro de Estudos de Gestão e Economia Aplicada 6
  7. 7. Sensibilidade - Preço I • Categorias estudadas – Cenouras • 90% consumidores (vs. 88% média 5 países) – Frango • 61% consumidores (vs. 80% média 5 países) • 6 níveis de preços (euros/kg) : – Cenouras • (0.44), 0.50, 1.00, 1.50, 2.00, 2.50, 3.00 – Frango • (2.38), 3.00, 4.00, 5.00, 6.00, 7.00, 8.00 Mai-04 Universidade Católica Portuguesa - Centro de Estudos de Gestão e Economia Aplicada 7
  8. 8. Sensibilidade –– Preçço II Disponibilidade a Pagar (WTP) por Cenouras em Conversão 1 2 3 4 5 6 Licitações Pt RU Irl Din Ital Disponibilidade a Pagar (WTP) por Frango Inteiro em Conversão 100,0 80,0 60,0 40,0 20,0 0,0 1 2 3 4 5 6 Licitações Aceitação (%) • Disponibilidade a pagar licitação (conjunto de todas as respostas): – Cenouras 23% (vs. 51% média 5 países) – Frango 17% (vs. 43% média 5 países) 100,0 80,0 60,0 40,0 20,0 0,0 Aceitação (%) Pt Ital Din RU Irl Mai-04 Universidade Católica Portuguesa - Centro de Estudos de Gestão e Economia Aplicada 8
  9. 9. Sensibilidade –– Preçço III Cenoura - % Aceitação para 6 Níveis de Licitação 0,5 1 3 2,5 1,5 2 4 3 2 1 0 0 10 20 30 40 50 Aceitação (%) Licitações (Euro/kg) Frango Inteiro - % Aceitação para 6 Níveis de Licitação 10 8 6 4 2 0 0 10 20 30 Aceitação (%) Licitações (Euro/kg) Mai-04 Universidade Católica Portuguesa - Centro de Estudos de Gestão e Economia Aplicada 9
  10. 10. Razões para (nãão) pagar mais • Cenouras – pagar mais • Frango – pagar mais – Melhor qualidade (30% respostas) – Mais saudáveis (26%) – Pequena diferença preço (20%) – Experimentar (6%) • Cenouras – não pagar mais – Caro (90%) – Mais saudáveis (18% respostas) – Melhor qualidade (15%) – Pequena diferença preço (9%) – Experimentar (4%) • Frango – não pagar mais – Caro (33%) Mai-04 Universidade Católica Portuguesa - Centro de Estudos de Gestão e Economia Aplicada 10
  11. 11. Conclusõões (Parte I e II) • Mercado Produtos em Conversão – De momento desconhecidos = custo de comunicação • Uma vez introduzidos: + Associados a p. Biológicos • Vistos como versão “barata” + Potencialmente mais valorizados do que qualquer outro MPE + Disponibilidade para comprar (36%) + Disponibilidade para pagar majoração de preço (17-23%) – Agravaria confusão conceptual – Possivelmente retiraria mercado a p. biológicos Mai-04 Universidade Católica Portuguesa - Centro de Estudos de Gestão e Economia Aplicada 11

×