Projeto de Aprendizagem

1.881 visualizações

Publicada em

Informática Educativa II :: Projeto de Aprendizagem - Autores: Izac Gonçalves dos Santos [ANres209]; Driele Soares Nunes [ANres209

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.881
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
11
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
16
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Projeto de Aprendizagem

  1. 1. Informática Educativa II :: Projeto de Aprendizagem Título: A dimensão da devastação da Floresta Amazônica e suas conseqüências para o Planeta. Nome do Aluno: Izac Gonçalves dos Santos [ANres209]; Driele Soares Nunes [ANres209]; 1. Disciplina e anos envolvidos: MATEMÁTICA, GEOGRAFIA e CIÊNCIAS. 7º. Ano do Ensino Fundamental, cerca de 12 anos de idade. 2. Tema central : Através do cálculo da área das figuras planas, avaliar criticamente os prejuízos causados ao ambiente com a devastação da Floresta Amazônica. 3. Temas de apoio: - Importância da posição geográfica ocupada pela Floresta Amazônica. - A população indígena que depende da Amazônia. - A importância da biodiversidade. - A relevância da Floresta para o Brasil e para o planeta. - Questões políticas e o desmatamento. - Conseqüência do desmatamento para o aquecimento global. - O que pode ser feito para mudar essa realidade? 1
  2. 2. 4. Justificativa: As notícias publicadas no ano de 2008 foram alarmantes e apontaram que a área desmatada da Amazônia dobrou em agosto se comparadas com o mês anterior. Os dados mais atuais assustam, o INPE – Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais – informou que 74% da Amazônia puderam ser vistos por satélite, porém o Estado do Amapá ficou praticamente todo encoberto por nuvens (99%) e, em Roraima 77% do território não puderam ser avistados. Em virtude desses fatos, fica evidente que um trabalho com o tópico área das figuras planas poderá ajudar os estudantes a dimensionar o tamanho do estrago ambiental que a Floresta Amazônica está sofrendo. Além disso, há a oportunidade de abordar temas relevantes tais como os fatores econômicos, sociais, étnicos, políticos e geográficos envolvidos com o tema. Partindo dessas importantes informações, a ação dos alunos, já capazes de se posicionarem de maneira crítica diante dos impactos ambientais, irá refletir nas comunidades e nos meios os quais interagem e participam, com a finalidade de despertar a atenção da sociedade e das autoridades para esses fatos alarmantes. 2
  3. 3. 5. Objetivos gerais e específicos: Objetivo geral: Tornar o aluno capaz de posicionar-se de maneira crítica diante dos impactos ambientais causados pelo desmatamento da Floresta Amazônica, incentivando-o a tomar iniciativas com base na autonomia e na responsabilidade construída. Objetivos específicos: Avaliar as dimensões do desmatamento da Floresta Amazônica através do estudo de áreas das figuras. _ Pesquisar na Internet, livros, revistas e jornais a geografia da região, assim como os aspectos étnicos, sociais, políticos e econômicos. _ Utilizar o software Régua e Compasso (R.e.C.) para calcular a área das figuras sobrepostas à imagem de fundo do local desmatado. _ Criar um blog para que se possam difundir as informações pesquisadas. _ Orientar sobre a importância da mudança de comportamento a partir de atitudes ecologicamente corretas, como: separação do lixo, armazenamento do óleo de cozinha e evitar o desperdício da água. 6. Enfoque pedagógico : Sócio-construtivista. 7. Recursos tecnológicos: Utilização de ferramentas da Web 2.0 disponíveis na Internet Uso do programa de Geometria Dinâmica R.e.C. que é disponibilizado gratuitamente pela Internet. Instalação do Google Earth 5.0 (versão gratuita). DVD contendo arquivos com informações sobre a Floresta Amazônica. “Data show” para apresentação de slides e vídeos da Amazônia. Computadores do laboratório de informática conectados a Internet para pesquisas e seleções de fotos, mapas e reportagens relacionadas aos tópicos em estudo e instalação do programa R.e.C.. 3
  4. 4. 8. Etapas e suas estratégias de realização: 1ª. Etapa – Exibição de slides e vídeos com imagens e notícias da Amazônia que podem ser encontradas, por exemplo, no YOU TUBE e propor atividades de pesquisas acerca do tema em diversas fontes, como: sites da Internet, jornais, revistas e etc.. Pretende-se propagar o senso investigativo do aluno. O uso de vídeos é uma forma atrativa para estimular o estudante a utilizar recursos da Web 2.0 com finalidades educacionais. 2 ª Etapa – Coleta de dados pelos alunos e discussões informais. Nesta etapa os estudantes deverão atuar livremente, inclusive de suas casas, quando possível, através de MSN, ORKUT e E-MAILS interagindo com os colegas e formando opiniões; o professor será o mediador e administrará possíveis conflitos, intervirá quando necessário. Os objetivos desta fase é aguçar o espírito crítico dos alunos e prepará-los para trabalhar em grupo. 3ª. Etapa – Promover debates diante das informações coletadas A turma deverá ser dividida em grupos de no máximo 4 alunos, cada grupo ficará responsável pela elaboração de um determinado tópico: A turma deverá ser dividida em grupos de no máximo 4 alunos, cada grupo ficará responsável pela elaboração de um determinado tópico: Fatos históricos que levaram a divisão da Amazônia. O desmatamento e suas conseqüências. Os responsáveis pelos crimes ambientais. Os grupos que defendem a Floresta Amazônica. As conseqüências das queimadas para o aquecimento global. As tribos indígenas que habitam a Floresta. 4
  5. 5. A importância da biodiversidade. As influencias das questões político-econômicas existentes. Através de debates será possível desenvolver a capacidade de argumentação, envolvendo problemas com a Floresta Amazônica; e diante das fontes de pesquisas, os alunos poderão perceber a possibilidade da construção de um BLOG para divulgar seus estudos e alertar a sociedade sobre as conseqüências da destruição das florestas, além de propor possíveis soluções. 4ª. Etapa – Efetuação de construções e cálculos no software Régua e Compasso. Será feita a apresentação dos tutoriais sobre a utilização das ferramentas do R.e.C. e a transposição de fotos e mapas, em escala, da área devastada da Amazônia, com a finalidade de calcular, aproximadamente, uma determinada região da Floresta Amazônica. O uso de programas de Geometria Dinâmica permite a construção e visualização de figuras de formatos variados e facilita o cálculo de dimensões cujas medidas possuem valores não inteiros. Assim, o professor economiza tempo e os alunos deixam de ver a Matemática como uma disciplina enfadonha. 5ª. Etapa – Construção de um BLOG. Esta etapa consiste na reflexão de tudo que foi estudado durante as fases anteriores e na efetiva execução de ações que podem modificar a realidade dos impactos ambientais. O professor deverá incentivar e orientar os estudantes nessa tarefa; por sua vez, os alunos conscientizados dos estragos causados pela devastação da Floresta Amazônica podem adquirir motivação suficiente para tomarem atitudes modernas e criativas com a intenção de reverter ou minimizar esse quadro. 5
  6. 6. 9. Definição de papéis: Papel do professor: facilitador no acesso às informações e na construção do conhecimento; mediador; integrador e ético (agir com responsabilidade). Papel do aluno: questionador; participativo; comprometido com os assuntos propostos; interagir com o grupo (colegas) trazendo suas experiências para serem discutidas; aprender a trabalhar em colaboração e de forma autônoma; comparar e relacionar “A dimensão da devastação da Floresta Amazônica” com temas interdisciplinares. 10. Sites e bibliografia de apoio: 11. Notícias Terra. Site: Terhttp://noticias.terra.com.br/brasil/interna/0,,OI3219122- EI714,00- maz+desmatada+da+ mazônia+dobra+em+agosto.html , acessado em 24/11/2009. -Página Principal do INPE. Site: http://www.inpe.br/, acessado em 24/11/2009 11. Régua e Compasso (Software de Geometria Gratuito Site: http://www.professores.uff.br/hjbortol/car/, acessado em 24/11/2009. -Google Earth. Site: http://earth.google.com/intl/pt/, acessado em 24/11/2009. 11. Coleta de dados: A coleta de dados será através de consultas em páginas da Internet, livros, revistas e jornais. 6
  7. 7. 12. Seleção do material: Os materiais requeridos para a realização deste projeto são fundamentalmente originários de recursos da Web 2.0, por se tratar de um meio de informação onde toda a sociedade pode ter acesso. Os alunos deverão ser orientados a escolherem fontes bibliográficas confiáveis, dando preferência aos sites oficiais e às ONGs que adquiriram credibilidade em virtude de ações em defesa da Amazônia. 13. Programação visual: Apresentação de slides e vídeos com imagens e notícias sobre a Amazônia. O uso do programa Google Earth 5.0 possibilita explorar conteúdo geográfico complexo, guardar os locais visitados e partilhá-los com outros utilizadores. A utilização do software R.e.C. permitirá a visualização das formas geométricas das áreas afetadas pelo desmatamento. 14. Meios para a execução: Computadores com acesso à Internet e o programa R.e.C. instalado. “Data show”. 15. Avaliação: A avaliação do processo consiste na auto-avaliação e/ou avaliação mútua. A avaliação dispensa qualquer processo formal, tais como: nota, exames, etc.. Além do mais, neste processo, tanto o professor quanto o aluno saberão suas dificuldades e, também seus progressos. O professor pode observar a evolução do aluno, isto é, se ele construiu seu conhecimento com relação ao que se propõe. 7
  8. 8. 16. Cronograma: O projeto foi elaborado para ser executado num determinado bimestre escolar, estimando-se as datas da seguinte maneira: 1º. Encontro – Apresentação de slides e vídeos e discussões informais para destacar a importância da Floresta Amazônica. 2º. Encontro – Divisão dos grupos para pesquisa dos tópicos pré- determinados. 3º. Encontro – Cada grupo deverá expor suas dúvidas e observações a respeito dos itens que estão sendo pesquisados. 4º. Encontro – Debates sobre os resultados das pesquisas realizadas, as críticas e possíveis sugestões. 5º. Encontro – Apresentação dos tutoriais do software R.e.C. e manipulação de suas funções primárias. 6º. Encontro – Buscas de fotos e mapas, com escalas gráficas, das regiões desmatadas para serem transpostas e se efetuarem os cálculos das áreas. 7º. Encontro – Revisão dos assuntos estudados e início da construção do blog. 8º. Encontro – Apresentação do blog e avaliação. 8

×