Lean startup das trincheiras20120903

2.298 visualizações

Publicada em

Apresentação feita no Agile Brasil, lições aprendidas em lean startup, aplicação em corporações, anti patterns, ciclo de venture capital

Publicada em: Negócios
0 comentários
5 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
2.298
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
951
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
21
Comentários
0
Gostaram
5
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Lean startup das trincheiras20120903

  1. 1. Lean InnovationLean Startup das trincheiras Preparado para Agile Brasil 2012
  2. 2. O  que  nós  estamos  fazendo  aqui  Tentando  )rar  aprendizado  dos  úl)mos  12  anos  fazendo  produtos  digitais,     q  Os fundadores são artistas, criam algo a partir do nada q  Mas a diferença entre um líder visionário e um maluco teimoso é só a cor da ultima linha q  A trajetória do fundador é a resposta para um chamado para fazer algo grandioso q  BTW, Quebrar um negócio de 6 Bi USD não deixa de ser grandioso q  Não existem 1000 heróis, mas um herói com 1000 caras q  Existe um padrão no desenvolvimento de startups que poderia salvar muitos fracassos retumbantes 1
  3. 3. A  amostra  analisada,  Histórico,  1999-­‐2012   2
  4. 4. INTRODUÇÃO  CONCEITUAL    :  LEAN  STARTUP  
  5. 5. Startups  e  Novos  Produtos  digitais  :  definição  •  "A  startup  is  a  human  insRtuRon  designed   to  deliver  a  new  product  or  service  under   condiRons  of  extreme  uncertainty”  Eric  Ries  
  6. 6. Queremos  ter  sucesso  em  fazer  startups  escaláveis   mas  o  que  é  uma  Startup  escalável?  • Não  é  uma  “Mini”   Empresa  grande Não  é  uma  mini     empresa  grande   5
  7. 7. Startups  não  são  “Mini  empresas  grandes”,  Procuram   &  “Pivotam”   Elas buscam um Elas executam um modelo de negócios modelo de negócios Start  up   Grande     Transição   escalável   empresa   Evidências  para  transição       Modelo  de  negócio  encontrado  pelos  fundadores   -­‐   Product/Market  fit  (ajuste  produto/mercado)   -­‐   O  modelo  de  vendas  é  repeKvel   -­‐  Gestores  contratados     @SGBLANK
  8. 8. Premissa  principal  errada,  Histórico  –  Waterfall  O  Problema  e  a  solução  não  são  conhecidos,  esta  abordagem  não  funciona  para  inovação   Waterfall Requirements Specifications Problema:Conhecido Design Implementation Solução: Verification Conhecida Maintenance
  9. 9. Histórico  –  Agile  :  Não  impede  que  "façamos  certo   a  coisa  errada”  Progresso  é  definido  por:  código  em  produção   “Product Owner” or in-house customer Problema: Conhecido Solução: Desconhecida Desenvolvimento ágil
  10. 10. Histórico  –  Lean  Startup    Progresso  é  definido  por:  funcionalidades  que  permitam  aprendizado  ($$$)   Customer Development Hypotheses, Experiments, Insights Problema: Desconhecido Solução: Desconhecida Data, Feedback, Insights Desenvolvimento ágil
  11. 11. Linha  do  Tempo   10
  12. 12. O  Que  nós  achávamos  que  era  Lean  Startup   em  2011   11
  13. 13. Estado  atual:  o  que  é  Lean  Startup  para  nós  em   2012   12
  14. 14. Aprendizado  :  Ferramentas  •  MarkeRng   –  Unbounce  (AB  tes)ng  +  Landing  Pages)   –  WordPress   –  MailChimp   –  Google  Analy)cs   –  CrazyEgg   –  Inbound  marke)ng  Google  Adwords,  Linkedin  Adds,  FB  Adds  •  Lean  Canvas,  Lean  Launch  Lab,  Google  Docs  •  LAMP  (Python,  RoR,  Django)  +  HMTL5  +  AWS  +  ObjC/ Java  +  Magento  +  Zendesk   13
  15. 15. Aprendizado  :  Lean  Startup  pode  ser  aplicado  em   empresas  em  qualquer  fase  de  Vida  •  Nas  empresas  do  Moonlight  :  ortodoxa  •  Na  concrete  :     –  Organização  e  revisão  do  plano  de  marke)ng  e  comercial  como  hipóteses  de   validação  de  problema  e  solução   –  Uso  extensivo  de  metrica  AARRR   –  Uso  de  teste  AB  para  precificação   –  Contabilidade  de  inovação  •  Nos  clientes  da  Concrete   –  Alteração  do  processo  de  início  de  projeto   –  Gestão  de  burn  rate   –  Priorização  de  backlogs  com  input  externos   –  Testes  AB  para  precificação   14
  16. 16. Lean  Startup  em  Empresas  Maduras:  Estrutura   Organizacional  e  Orçamento  segmentado   CEO   Chief(Product/ IT  Corpora)vo   Marke)ng   Digital)Officer  +   Corporta)vo   Fusão  &  Aquisição   Produto  (s)   M&A   Customer  Devs/ Intrapreneurs   Product  Dev   15
  17. 17. Aprendizado,  o  Papel  do  Canvas  (“mal  entendido”)   16
  18. 18. Aprendizado:  InvesRmento,  controle  de  Lucros  e   Perdas  •  InvesRr  de  forma  Lean   –  Burn  rate  mensal  até  a)ngir  um   obje)vo  de  aprendizado  ou  uma   hipótese  de  negócio  previamente   validada   –  O  único  controle  que  é  necessário  é  o   gasto  mensal  de  caixa  e  a  quan)dade   de  meses  disponíveis   –  O  mercado  tem  que  ser  grande   –  Monte  a  Ltda  ou  S/A  depois  de   validação  do  problema  (talvez  depois   de  validar  solução)   17
  19. 19. Aprendizado,  contratos  entre  os  sócios  •  Se  for  brigar  por  uma  cláusula  que  seja  a  de  resolução  de  conflito   –  “Buy  or  Sell”   –  Estrutura  de  opções  de  compra  (calls)  e  venda  (puts)  cruzadas  •  No  primeiro  ano  tudo  é  deficitário,  nunca  use  múlRplos  de  EBITDA  ou   faturamento,  mas  valores  absolutos.  •  Defina  critérios  de  saída  claros  •  Uma  S/A  é  muito  mais  cara  de  manter  que  uma  ltda,  pense  bem  antes  de   escolher  o  veículo  •  Se  você  está  bootstrapping,  garanta  que  os  sócios  estão  com  dedicação   parecida  8x5/depois  do  horário.   18
  20. 20. Aprendizado,  Remuneração  dos  sócios  •  Nunca  contabilize  dívida  de  custo  de  oportunidade  dos  sócios,  a   Firma  paga  o  que  ela  puder  pagar.  •  Nunca  se  esqueça  de  que  ações  são  um  pagamento  antecipado  de   salário  e  devem  ser  “vested”  com  o  passar  dos  meses  (referentes   a  este  pagamento)  •  Entenda  bem  qual  é  o  burn  rate  da  empresa  e  de  cada  um  na   usica  •  Financie  o  mínimo  possível,    •  Garanta  que  você  escolheu  pessoas  que  entenderam  o  que  é   empreender,  uma  startup  é  como  um  filho  criar  é  fácil  diucil  é   cuidar  depois,  e  é  um  trabalho  full  Rme.   19
  21. 21. Aprendizado:  O  ciclo  de  invesRmento  Lean,  patamares  de  aprendizado  definem  o  valuaRon  nos   rounds   Fundador  +  Tech  co   Fundador   Fundador  com  ppt   MVP   Produto  iterado   Founder  +  Time   Faturamento,   Métricas   Product  MARKET  fiT   Crescimento   Usuários,  Op)ns   20
  22. 22. Aprendizado:  entenda  o  estado  do  mercado  “Know   your  shit"   21
  23. 23. Juntando  Tudo  
  24. 24. Aprendizado  :  Os  AnR-­‐pawerns   23
  25. 25. Deaf  Dumb  &  Blind,  “We  do  not  get  out  of  the   building”   24
  26. 26. Maximum  Viable  Product  –  "La  Sagrada  Familia"   25
  27. 27. Yamato,  "Forget  the  Burn  Rate"   26
  28. 28. The  Queen  of  Hearts  –  "Cortem-­‐lhe  a  cabeça!"   27
  29. 29. Levando  para:  Atlas  Shrugged  “deixar  morrer  no   deserto”   28
  30. 30. The  Luv  for  Awesome  “apaixonados  pelo  produto”   29
  31. 31. The  ClapTrap,  “AsserRvidade  e  Arrogância”   30
  32. 32. The  Barrel  Rider  “Waterfall  kills”   31
  33. 33. Hulk  “over  funding”   32
  34. 34. O  Bom,  o  Mau  e  o  Feio  “Hustler,  Designer,   Hacker”…NOT   33
  35. 35. The  Blind  Pivot  &  The  Assisted  Blind  Pivot   Aha! You got it! Trust me... Here it is! I’m a lean startup expert!.woosh!! GrasshopperHerder.com, Tristan 34
  36. 36. www.concretesolutions.com.br Rio  de  Janeiro   São  Paulo   Rua  São  José,  90  -­‐  Sala:  2121   Rua  Flórida,  1670  -­‐  Sala:  22  Centro  -­‐  Rio  de  Janeiro  -­‐  CEP:  20010-­‐020   Brooklin  -­‐  São  Paulo  -­‐  CEP:  04565-­‐001   Tel.:  +55  21  2240-­‐2030   Tel.:  +55  11  4119-­‐0449  

×