Tratamento da Obesidade Dra. Fernanda Gomes de Melo D’Elia
Obesidade Conceitos Gerais <ul><li>Quem é obeso? </li></ul><ul><li>Peso normal: proporção saudável do peso para altura </l...
Obesidade Conceitos Gerais II <ul><li>Mulheres  Homens </li></ul><ul><li>Abaixo da média  < 19   < 20 </li></ul><ul><li>No...
Importância do Conceito Obesidade X Estética
Obesidade - IMC
Obesidade Distribuição de Gordura <ul><li>A gordura depositada na região abdominal (andróide) acarreta mais riscos à saúde...
Obesidade: Doença crônica <ul><li>Obesidade é uma doença crônica: </li></ul><ul><li>É um problema de saúde que requer acom...
Impacto da obesidade na saúde Doença Pulmonar  Função alterada Apnéia do sono Síndrome de hipoventilação NASH (Nonalcoholi...
Síndrome Metabólica <ul><li>Obesidade abdominal; </li></ul><ul><li>Resistência à insulina e hiperinsulinemia; </li></ul><u...
Distribuição abdominal da gordura e risco de D. Cardiovascular The Iowa Women’s Health Study Tercil (Cintura/quadril) Fols...
Mortalidade por D. Cardiovascular na Síndrome Metabólica Kuopio Ischemic Heart Disease Risk Factor Study Lakka HM et al.  ...
Síndrome Metabólica Impacto na mortalidade em geral Índice (%) SEM síndrome metabólica COM síndrome metabólica   * Isomaa ...
Benefícios da Perda de Peso <ul><li>Perda de peso modesta, 5 a 15% do peso total, para uma pessoa acima do peso ou obesa, ...
Impacto da perda de peso  1. Wing RR et al. Arch Intern Med. 1987;147:1749-1753.  2. Mertens IL, Van Gaal LF. Obes Res. 20...
Perda de peso modesta previne DM Diabetes Prevention Program Research Group.  N Eng J Med  2002;346:393.  Copyright © 2002...
Relação entre peso e pressão arterial:  Trials of Hypertension Prevention II Change in Blood Pressure (mm Hg) Stevens et a...
Tratamento da Obesidade: Causas <ul><li>Obesidade é uma doença crônica com forte componente familiar. </li></ul><ul><li>Et...
Tratamento da Obesidade: Causas <ul><li>Aumento na incidência e prevalência: </li></ul><ul><ul><li>Transição demográfica; ...
Epidemia de Obesidade no Mundo
Tratamento da Obesidade Ingestão Calórica Gasto de  Energia
Tratamento da Obesidade
Tratamento da Obesidade – Dietas Populares e Modismo
Tratamento da Obesidade - Dieta <ul><li>ABC alimentar: horários, antecedentes, comportamento alimentar e conseqüências; </...
Dieta
Mudanças de comportamento significativas na perda de peso e manutenção a longo prazo National Weight Control Registry Data...
Auto-Monitorização: Diário Alimentar Hor á rio O que comeu? Lugar Como estava se sentindo? 9:15 h 1 xícara de Café com açú...
Auto-monitorização: Adesão ao diário alimentar e perda de peso num programa de 18 semanas 1 Indice de auto-monitorização (...
Tratamento da Obesidade –Atividade Física <ul><li>Atividade física regular: 2500-3000 kcal/semana  (ex: caminhar 30-60 min...
Tratamento da Obesidade –Atividade Física
Obesidade Mórbida – Cirurgia Bariátrica <ul><li>Indicação clínica: </li></ul><ul><ul><li>IMC> 40 ou >35 com patologia clín...
NICE guidelines 2002 <ul><li>Idade >18 </li></ul><ul><li>IMC >39 or >34 com doenças associadas </li></ul><ul><li>Todas as ...
NICE clinical guidance  <ul><li>Todas as tentativas clínicas adequadas de perda peso foram tentadas e falharam em atingir ...
Cirurgia Bariátrica <ul><li>Restrictiva </li></ul><ul><ul><li>Banda Gástrica </li></ul></ul><ul><ul><li>Bypass gástrico (C...
Capella Scopinaro Banda gástrica
Futuro?
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Tratamento Da Obesidade VersãO Completa

7.479 visualizações

Publicada em

Publicada em: Saúde e medicina
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
7.479
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
42
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
223
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide
  • Presentation Information CONFIDENTIAL
  • Tratamento Da Obesidade VersãO Completa

    1. 1. Tratamento da Obesidade Dra. Fernanda Gomes de Melo D’Elia
    2. 2. Obesidade Conceitos Gerais <ul><li>Quem é obeso? </li></ul><ul><li>Peso normal: proporção saudável do peso para altura </li></ul><ul><li>IMC= índice de massa corporal (peso kg/ altura x altura m) </li></ul><ul><ul><li>Exemplo: peso= 65 kg </li></ul></ul><ul><li>altura= 1,75m </li></ul><ul><ul><ul><li>IMC= 65 / 1,75 x 1,75 # </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>IMC= 21,22 </li></ul></ul></ul>
    3. 3. Obesidade Conceitos Gerais II <ul><li>Mulheres Homens </li></ul><ul><li>Abaixo da média < 19 < 20 </li></ul><ul><li>Normal 19 - 24,9 20-25,9 </li></ul><ul><li>Sobrepeso 25-29,9 26-29,9 </li></ul><ul><li>Obesidade 30-39,9 30-39,9 </li></ul><ul><li>Obesidade 40 ou mais 40 ou mais </li></ul><ul><li>mórbida </li></ul>
    4. 4. Importância do Conceito Obesidade X Estética
    5. 5. Obesidade - IMC
    6. 6. Obesidade Distribuição de Gordura <ul><li>A gordura depositada na região abdominal (andróide) acarreta mais riscos à saúde do que se ela estiver concentrada em outra parte do corpo, como região dos quadris e coxas (ginóide). </li></ul><ul><li>Mulheres com cintura > 0,80 = Risco Homens com cintura: quadril > 1,00 = Risco </li></ul>
    7. 7. Obesidade: Doença crônica <ul><li>Obesidade é uma doença crônica: </li></ul><ul><li>É um problema de saúde que requer acompanhamento constante por período de anos ou décadas (WHO, 2003). </li></ul><ul><li>Está associada a outras doenças, como fator de risco ou como fator agravante. </li></ul>
    8. 8. Impacto da obesidade na saúde Doença Pulmonar Função alterada Apnéia do sono Síndrome de hipoventilação NASH (Nonalcoholic fatty liver disease) esteatose esteatohepatite cirrose Doença Cardiovascular Diabetes Dislipidemia Hipertensão Alterações Ginecológicas irregularidade menstrual infertilidade Síndrome dos ovários policísticos Risco obstétrico maior Osteoartrite e Osteoartrose Colelitíase Câncer mama, endométrio,colon, esôfago, pâncreas, bexiga, rim, próstata Doença Vascular Estase venosa, varizes, edema, úlcera, flebite, erisipela Gota Ansiedade e Depressão AVC Hérnia de hiato e refluxo gastro-esofágico
    9. 9. Síndrome Metabólica <ul><li>Obesidade abdominal; </li></ul><ul><li>Resistência à insulina e hiperinsulinemia; </li></ul><ul><li>Alteração do controle glicêmico; </li></ul><ul><li>Intolerância à glicose - DM2; </li></ul><ul><li>Hipertrigliceridemia; </li></ul><ul><li>Baixo HDL-colesterol; </li></ul><ul><li>Hipertensão. </li></ul><ul><li>Doença Cardiovascular </li></ul>
    10. 10. Distribuição abdominal da gordura e risco de D. Cardiovascular The Iowa Women’s Health Study Tercil (Cintura/quadril) Folsom et al. Arch Intern Med 2000;160:2117. Risco relativo IMC Tercil 2 1 3 3 2 1
    11. 11. Mortalidade por D. Cardiovascular na Síndrome Metabólica Kuopio Ischemic Heart Disease Risk Factor Study Lakka HM et al. JAMA 2002;288:2709-2716. Risco Acumulado (%) 0 2 6 8 12 Anos de seguimento SIM Síndrome Metabólica NÃO Mortalidade por D. Cardiovascular Risco Relativo 3,55 4 10
    12. 12. Síndrome Metabólica Impacto na mortalidade em geral Índice (%) SEM síndrome metabólica COM síndrome metabólica * Isomaa B et al. Diabetes Care. 2001;24:683-689. * P < 0,001 *
    13. 13. Benefícios da Perda de Peso <ul><li>Perda de peso modesta, 5 a 15% do peso total, para uma pessoa acima do peso ou obesa, reduz os fatores de risco para uma série de doenças, principalmente para doença cardiovascular; </li></ul><ul><li>A perda de peso: controle da pressão arterial, diminuir os níveis glicêmicos e melhorar o perfil lipídico; os sintomas de osteoartrose podem melhorar bastante com a perda modesta de peso. </li></ul>
    14. 14. Impacto da perda de peso 1. Wing RR et al. Arch Intern Med. 1987;147:1749-1753. 2. Mertens IL, Van Gaal LF. Obes Res. 2000;8:270-278. 3. Blackburn G. Obes Res. 1995;3 (Suppl 2):211S-216S. 4. Ditschunheit HH et al. Eur J Clin Nutr. 2002;56:264-270. 1 2 3 3 1 2 3 3 4 5% perda de peso 5% a 10% perda de peso HbA1c Pressão Arterial Colesterol total HDL Colesterol Triglicérides
    15. 15. Perda de peso modesta previne DM Diabetes Prevention Program Research Group. N Eng J Med 2002;346:393. Copyright © 2002. Massachusetts Medical Society. All rights reserved. Incidência acumulada de Diabetes (%) 0 Anos 0.5 1.0 1.5 2.0 2.5 3.0 3.5 4.0 Placebo Lifestyle
    16. 16. Relação entre peso e pressão arterial: Trials of Hypertension Prevention II Change in Blood Pressure (mm Hg) Stevens et al. Ann Intern Med 2001;134:1. Change in Weight (kg) Quintile of Weight Change Diastolic Systolic 1 2 3 4 5 1 2 3 4 5
    17. 17. Tratamento da Obesidade: Causas <ul><li>Obesidade é uma doença crônica com forte componente familiar. </li></ul><ul><li>Etiologia multifatorial </li></ul><ul><ul><li>Componentes: </li></ul></ul><ul><li>sociais, </li></ul><ul><li>comportamentais, </li></ul><ul><li>culturais, </li></ul><ul><li>psicológicos, </li></ul><ul><li>metabólicos </li></ul><ul><li>genéticos. </li></ul>
    18. 18. Tratamento da Obesidade: Causas <ul><li>Aumento na incidência e prevalência: </li></ul><ul><ul><li>Transição demográfica; </li></ul></ul><ul><ul><li>Padrões de consumo e de comportamento </li></ul></ul><ul><ul><li>s edentarismo </li></ul></ul><ul><ul><li>X </li></ul></ul><ul><ul><li>alimentação altamente calórica mais barata </li></ul></ul>
    19. 19.
    20. 20. Epidemia de Obesidade no Mundo
    21. 21. Tratamento da Obesidade Ingestão Calórica Gasto de Energia
    22. 22. Tratamento da Obesidade
    23. 23. Tratamento da Obesidade – Dietas Populares e Modismo
    24. 24. Tratamento da Obesidade - Dieta <ul><li>ABC alimentar: horários, antecedentes, comportamento alimentar e conseqüências; </li></ul><ul><li>Educação Nutricional: </li></ul><ul><ul><li>Pirâmide Alimentar -variedade, moderação, equilíbrio; </li></ul></ul><ul><ul><li>Dieta: </li></ul></ul><ul><ul><ul><li>Perda de peso progressiva e realista; </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Reeducação alimentar para hábito alimentar saudável e dieta balanceada: utilização prática da pirâmide. </li></ul></ul></ul>
    25. 25. Dieta
    26. 26. Mudanças de comportamento significativas na perda de peso e manutenção a longo prazo National Weight Control Registry Data <ul><li>Auto-monitorização: </li></ul><ul><ul><li>Dieta: criar o hábito de anotar tudo o que ingere diariamente, prestar atenção nas quantidades e tentar modificar o hábito de acordo com o que é aprendido no Grupo </li></ul></ul><ul><ul><li>Peso: pesar-se > 1 x/semana </li></ul></ul><ul><li>Dieta hipocalórica, e com pouca gordura: </li></ul><ul><ul><li>Média do total de calorias: 1300-1400 kcal/d </li></ul></ul><ul><ul><li>% de gordura da dieta: 20%-25% </li></ul></ul><ul><li>Tomar café da manhã diariamente </li></ul><ul><li>Atividade física regular: 2500-3000 kcal/semana (ex: caminhar 30-60 min/dia) </li></ul>Klem et al. Am J Clin Nutr 1997;66:239. McGuire et al. Int J Obes Relat Metab Disord 1998;22:572 .
    27. 27. Auto-Monitorização: Diário Alimentar Hor á rio O que comeu? Lugar Como estava se sentindo? 9:15 h 1 xícara de Café com açúcar Quarto Neutra 10:15 h 1 Pãozinho com margarina No carro Com muita pressa 15:30 h 12 Cookies No trabalho Sem perceber, estressada 18:30 h 1 pedaço de frango frito, 4 colheres (sopa) de arroz e 1 concha de feijão 1 copo de suco de uva Na cozinha Muita fome 20:30 h 1 iogurte Na sala Falta do que fazer
    28. 28. Auto-monitorização: Adesão ao diário alimentar e perda de peso num programa de 18 semanas 1 Indice de auto-monitorização (Quartis) 2 3 4 P = 0.01 Baker and Kirschenbaum. Behav Ther 1993;24:377. Copyright 1993 by the Association for Advancement of Behavior Therapy. Reprinted with permission of the publisher.
    29. 29. Tratamento da Obesidade –Atividade Física <ul><li>Atividade física regular: 2500-3000 kcal/semana (ex: caminhar 30-60 min/dia) </li></ul><ul><li>Apoio social; </li></ul><ul><li>Técnicas de relaxamento e de controle do estresse. </li></ul>
    30. 30. Tratamento da Obesidade –Atividade Física
    31. 31. Obesidade Mórbida – Cirurgia Bariátrica <ul><li>Indicação clínica: </li></ul><ul><ul><li>IMC> 40 ou >35 com patologia clínica grave </li></ul></ul><ul><ul><li>Tentativa de emagrecimento clínica bem orientada sem sucesso </li></ul></ul><ul><li>Orientação cuidadosa do paciente quanto à vida no pós operatório </li></ul><ul><li>Acompanhamento psicológico no pré e pós operatório </li></ul><ul><li>Depressão, ansiedade não são contra-indicações. </li></ul>
    32. 32. NICE guidelines 2002 <ul><li>Idade >18 </li></ul><ul><li>IMC >39 or >34 com doenças associadas </li></ul><ul><li>Todas as intervenções clínicas adequadas foram tentadas e falharam </li></ul><ul><li>Em condições cirúrgicas </li></ul><ul><li>Entendimento e aceitação da necessidade de acompanhamento para toda a vida. </li></ul>
    33. 33. NICE clinical guidance <ul><li>Todas as tentativas clínicas adequadas de perda peso foram tentadas e falharam em atingir ou manter perda de peso por pelo menos 6 meses. </li></ul><ul><li>O paciente esteve recebendo ou irá receber acompanhamento num centro multidisciplinar especializado em obesidade. </li></ul><ul><li>A cirurgia bariátrica é recomendada como primeira opção terapêutica para pacientes adultos com IMC > 50 kg/m2, quando houver condição cirúrgica. </li></ul>
    34. 34. Cirurgia Bariátrica <ul><li>Restrictiva </li></ul><ul><ul><li>Banda Gástrica </li></ul></ul><ul><ul><li>Bypass gástrico (Capella) </li></ul></ul><ul><li>Disabsortiva </li></ul><ul><ul><li>Derivação Biliopancreática (Scopinaro) </li></ul></ul><ul><ul><li>Derivação Bilipancreática com Duodenal Switch (Heiss) </li></ul></ul><ul><li>Combinada </li></ul><ul><ul><li>Roux-en-Y gastric bypass </li></ul></ul>
    35. 35. Capella Scopinaro Banda gástrica
    36. 36. Futuro?

    ×