Gil Vicente

3.522 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
3.522
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
5
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
60
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Gil Vicente

  1. 1. 1. Foi na Grécia que o teatro nasceu enquanto expressão literária. 1.1. As primeiras representações consistiam num coro que reproduzia episódios da vida do deus Dionísio, enquanto um grupo dedeus Dionísio, enquanto um grupo de dançarinos efectuava uma dança circular. 1.2. As histórias que se seguiram falavam de heróis míticos da História da Grécia, homens extraordinários que foram punidos, pois ousaram confrontar os deuses.
  2. 2. 2. As representações que surgiram foram: a tragédia e a comédia. 2.1. Na tragédia assistimos ao castigo ou à punição de homens extraordinário que ousam confrontar os deuses. Por sua vez, a comédia possuía um carácter satírico, procurando pôr a ridículo determinadas características da sociedade e das suas classes sociais.sociais. 3. A finalidade do texto dramático é ser representado. 4. Os modos de apresentação que encontramos no texto dramático são o diálogo, o monólogo e os apartes.
  3. 3. 5. No texto dramático a acção decorre num tempo presente e de curta duração. 6. Em relação à estrutura externa, a acção organiza-se em cenas (entrada/saída de personagens) e actos (mudança de espaço). 7. Relativamente à estrutura interna, a acção organiza-se em três momentos fundamentais:organiza-se em três momentos fundamentais: exposição, conflito e desenlace. 8. O responsável pela criação da peça é o dramaturgo; o responsável pelo cenário é o cenógrafo e o responsável pelo guarda-roupa é o figurinista.
  4. 4. 9. A primeira peça recitada por Gil Vicente foi o «Monólogo do Vaqueiro». 9.1. Gil Vicente recitou esta peça para comemorar o nascimento do príncipe, futuro D. João III. 10. O teatro de Gil Vicente caracteriza-se por ser essencialmente um teatro satírico, que abraça oessencialmente um teatro satírico, que abraça o lema latino «ridendo castigat mores» (através do riso corrigem-se os costumes). 11. Gil Vicente apresenta ao seu público um país fascinado pelo sonho do Oriente, em que as pessoas vivem de enganos e de aparências.
  5. 5. 12. As obras de Gil Vicente podem ser classificadas e agrupadas do seguinte modo: autos religiosos, farsas e comédias. 13. Estas peças são intemporais, porque apresentam a vida e as grandezas e misérias do ser humano. 14. Gil Vicente apresentou as suas criações na corte, nos salões do palácio da Ribeira, nas residências reais de Évora, Tomar, Coimbra e Almeirim e também em igrejas ou mosteiros.mosteiros. 15. De acordo com alguns autores, Gil Vicente optou pelo cómico devido ao ambiente palaciano em que o seu teatro se desenvolveu. Se as peças tivessem um carácter mais sério, poderiam não ser bem recebidas na Corte e desagradarem ao Rei. Para além disso, as críticas que Gil Vicente introduz nas suas peças não seriam bem recebidas se não estivessem misturadas com momentos cómicos.
  6. 6. 16. No tempo de Gil Vicente, Portugal transforma-se numa das maiores potências navais e comerciais da Europa. A corte de D. João II aumentou consideravelmente. Multiplicaram-se os cargos, as dignidades e ofícios mantidos pelo Estado. A nobreza aumentou também, mas transformou-se numa nobreza cortesã,transformou-se numa nobreza cortesã, funcionária e dependente. 17.1. As representações teatrais realizadas antes de Gil Vicente foram os momos e as representações religiosas.
  7. 7. 18. O teatro de Gil Vicente tinha uma dimensão medieval, pois apresenta em peças como o «Auto da Barca do Inferno» personagens alegóricas que comandam um desfile de personagens. Para além disso, o teatro de Gil Vicente também tinha duas finalidades: animar festas cortesãs e, paralelamente, moralizar a sociedade.paralelamente, moralizar a sociedade. 18.1. Apesar das semelhanças com o teatro da Idade Média, o teatro de Gil Vicente já possuía um espírito moderno, por influência do Renascimento.

×