Atividade sobre mitos - Atena

740 visualizações

Publicada em

Adaptação do mito de Atena para os tempos atuais.

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
740
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Atividade sobre mitos - Atena

  1. 1. Publicidade e Propaganda PUBLCEN01B / Noite - Sala 413 Profa. Inez Pereira da Luz Felipe Venturini Gabriel Isaias de Andrade Vieira Atividade sobre mitos Atena São Paulo, SP 25 de março de 2013 1
  2. 2. Publicidade e Propaganda PUBLCEN01B / Noite - Sala 413 Profa. Inez Pereira da Luz Felipe Venturini Gabriel Isaias de Andrade Vieira Atividade sobre mitos Atena Apresentação da atividade sobre mitos (Atena) Trabalho apresentado como requisito parcial para obtenção de aprovação na disciplina Estrutura de Roteiro, no Curso de Publicidade e Propaganda, na Universidade Anhembi Morumbi do Centro - Mooca. Profa. Inez Pereira da Luz São Paulo, SP 25 de março de 2013 2
  3. 3. Publicidade e Propaganda PUBLCEN01B / Noite - Sala 413 Profa. Inez Pereira da Luz 1. Índice 2. Resumo do mito ........................................................................................................ 4 3. Analogia entre o mito e a cidade de São Paulo ....................................................... 5 4. Referências ................................................................................................................ 8 Sites ............................................................................................................................... 8 Vídeos............................................................................................................................ 8 3
  4. 4. Publicidade e Propaganda PUBLCEN01B / Noite - Sala 413 Profa. Inez Pereira da Luz 2. Resumo do mito Atena era a deusa grega da sabedoria e das artes. Os romanos a chamavam de Minerva. Foi concebida da união de Zeus e da deusa Métis. Era uma deusa virgem, linda guerreira protetora de seus heróis escolhidos e também de sua cidade Atenas. Atena era a filha predileta de Zeus, porém quando Métis ficou grávida, Zeus a engoliu a esposa com medo de sua filha nascer mais poderosa que ele e lhe tirar o trono, mas para que isso acontecesse convenceu Métis a participar de uma brincadeira divina, onde cada um se transformava em um animal diferente e Métis pouco prudente acabou se transformando em uma mosca, e Zeus a engoliu e Métis foi para a cabeça dele. Mas com o passar dos anos, Zeus sentiu uma forte dor de cabeça e pediu para Hefesto lhe desse uma machadada, foi então que Atena já adulta saltou de dentro do cérebro de seu pai, já com armadura, elmo e escudo. Atena leva uma lança em sua mão, mas que não significa guerra e sim uma estratégia de vencer, também foi a inventora do freio, sendo a primeira que amansou os cavalos para que os homens conseguissem domá-los. A cidade Atenas era sua preferida já que levou seu nome e onde também se fazia cultos em sua homenagem. Atena e Poseidon, seu tio, chegaram a disputar o padroado de uma cidade importante, para isso estabeleceram um concurso: quem desse o melhor presente à cidade ganharia a disputa. Poseidon bateu com seu tridente e fez jorrar água do mar e também fez aparecer um cavalo. Já Atena além de domar o cavalo e torna-lo um animal doméstico, também deu como presente uma Oliveira que produzia alimento, óleo e madeira, foi então que ganhou e assim a cidade levou seu nome, Atenas. Atena, considerada a deusa virgem, ficou assim durante toda a história, pois pedia para que os deuses não se apaixonassem, pois ela ficaria grávida e teria que largar sua vida de guerras e passar a viver em uma vida doméstica. Atena também ficou conhecida como Minerva pelo voto de desempate que deu quando julgou Orestes juntamente com o povo de Atenas. Orestes matou a mãe para se vingar da morte do pai. Atena deu o voto de Minerva como é conhecido hoje, e declarou Orestes inocente. Essa grande deusa era para ser a nova Rainha do Olimpo, mas como era mulher seu pai continuou no trono. Mas Atena foi a deusa da sabedoria, prudência, capacidade de reflexão, poder mental, amante da beleza e da perfeição. 4
  5. 5. Publicidade e Propaganda PUBLCEN01B / Noite - Sala 413 Profa. Inez Pereira da Luz 3. Analogia entre o mito e a cidade de São Paulo Depois de um grande dia de estudo no Museu de Arte de São Paulo (MASP), Beatriz já cansada, sai do museu e vê a grande movimentação da Av. Paulista em plena segunda-feira as 18h00. Caminhando lentamente em direção a estação Trianon-MASP do Metrô, percebe o quanto está longe de casa, com isso passa ligeiramente em sua cabeça todas as estações que tem que passar. Já dentro da estação, porém ainda na plataforma aguardando o trem seguinte, lembra que esqueceu sua caneta predileta no museu, mas isso não faz ela voltar. Avista as luzes do trem que vai entrar, as portas se abrem, logo avista um acento onde irá se sentar. Ainda cansada, pega seus fones de ouvidos em sua mochila, e o conecta junto ao seu celular não tão moderno porém o suficiente para ouvir aquela música clássica para adormecer como sempre faz ao entrar no metrô. Após alguns minutos de viagem ela adormece e um grande sonho começa a se forma e tomar conta de todo seu pensamento. O tal sonho, que ela teve (não muito diferente dos outros que ela já vinha tendo alguns dias) era um sonho muito diferente, no qual ela só se sentia presente no sonho a partir de um determinado momento, pois até numa certa parte ela apenas acompanhava o que estava acontecendo no tal sonho. O sonho começava com seu pai, em um centro cirúrgico fazendo uma cirurgia chamada craniotomia. Dr. Matheus Mourato, um dos médicos mais conceituados do país, ao começar o processo cirúrgico percebe que algo estranho está acontecendo. Uma luz branca começa a surgir na cabeça de seu pai, como se fosse vários vagalumes se aglomerando em um único lugar, até que em um flash onde não seria possível enxergar nada a não ser uma visão totalmente branca e vazia. Neste flash, como se fosse uma mágica, uma moça surge na sala, todos ficam sem reação e assustados, Beatriz percebe que a tal moça que surgirá, era ela, neste momento ela se sente presente junto as outras pessoas da sala, e começa a fazer parte do sonho. Ainda na sala, Dr. Mourato e Beatriz se encaram por alguns segundos e em seguida olha para seu pai deitado na maca. Dr. Mourato assutado questiona em voz alta, - Mais como pode uma moça aparecer do nada? Como se chama? De onde você veio? O que é você? - ainda totalmente confuso, ouve a voz da moça de fundo - Me chamo Beatriz e este é meu pai. - Neste momento Beatriz percebe que está ali com um único propósito, proteger a todos que estão ali, e todos que são próximas ao seu pai, como um instinto que vem de dentro, 5
  6. 6. Publicidade e Propaganda PUBLCEN01B / Noite - Sala 413 Profa. Inez Pereira da Luz algo como se fosse a alma falando com o corpo. - Sinto que estou aqui para proteger a todos, e trazer uma sabedoria de algo que ainda não sabem. - Beatriz volta a falar para todos do centro cirúrgico. Inesperadamente o grande sonho de Beatriz se acaba depois do condutor do trem anunciar que a próxima estão seria Ana Rosa, onde Beatriz deve descer para fazer sua baldeação para a linha azul, pois atualmente mora junto a casa de seu tio Marcelo próximo a estação Santana do metrô. Apesar de todo o sonho, Beatriz realmente estava acompanhando o andamento do tratamento de seu pai nos últimos dias, pois como no sonho, seu pai estava passando por alguns problemas de saúde, ele estava em faze terminal devido a um tumor cerebral que havia descoberto a mais de um ano. Com sua cabeça um tanto quanto confusa, se levanta e desembarca do trem em que está. Ainda casada caminha lentamente junto a multidão que se encontrava na estação devido ao horário de saída de pessoas de seus trabalhos para a plataforma da linha onde deve pegar para chegar em sua atual residência. Após mais de 35 minutos, finalmente Beatriz desembarca na estão Santana, e caminha em ruas não tão agradáveis. Ao chegar em frente a casa em que mora e de seu tio Marcelo, percebe que está sem suas chaves. Pois ainda naquele mesmo dia havia deixado com a empregada da casa, Michele. Com isso se estica e toca a campainha da casa, na esperança que alguém a atendesse. Após alguns minutos, Marcelo, seu tio vai até o portão da casa, ainda descalço e com sua bermuda que sempre usa. Beatriz como sempre educada fala - Boa noite. Me desculpa, deixei minha chave com a Michele, ela acabou esquecendo a dela hoje de manhã. - Marcelo, seco como sempre apenas responde o necessário - Ok. Marcelo era um cara muito ambicioso e determinado á tomar posse da herança familiar, e sabe que Beatriz, está acompanhando o dia a dia de irmão no hospital, logo imagina que a Beatriz é uma golpista prestes a tomar toda a herança para si. Marcelo nervoso e sem saber o que fazer, resolve matar Beatriz e seu irmão, como já havia feito com Renata, mãe de Beatriz. Dessa forma ninguém ficaria em seu caminho no processo ainda estava em andamento na justiça sobre a tal herança deveria ser mais de um milhão de dólares que seu pai, avô de Beatriz tinha deixado. Já no dia seguinte Beatriz como de costume acorda pela manhã para visitar seu pai no hospital. Ao chegar no hospital Beatriz avista seu tio Marcelo, ela senti que suas intenções não são das melhores, e resolve ficar de olho enquanto Marcelo vai até o quarto onde seu pai de encontra. 6
  7. 7. Publicidade e Propaganda PUBLCEN01B / Noite - Sala 413 Profa. Inez Pereira da Luz Marcelo entra no quarto de seu irmão e Beatriz apenas observa de longe, após alguns minutos, ela decide entrar no quarto, e naquele momento estava acontecendo a primeira tentativa de matar seu pai, mais Marcelo é impedido por Beatriz. Ainda com uma seringa nas mãos, ela grita imediatamente chamando os seguranças do hospital. Segundos depois ao chegar dois seguranças, Marcelo nega tudo, ainda diz - Essa menina é uma falsa prestes a dar um golpe na família - Beatriz pasma do que acabou de ouvir. Os seguranças imediatamente colocam os dois para fora do quarto onde Paulo estava deitado sem ao menos se mexer. Apesar do que havia acontecido, nada foi formalizado, então Marcelo resolve ir embora, já Beatriz volta para o quarto onde seu pai se encontra, e acaba ficando com ele durante o dia e a noite. Mais um dia se passa, Marcelo no dia seguinte resolve voltar ao hospital, revoltado, uma briga com Beatriz começa em pleno corredor do hospital, mas nada muito claro que o tal ato seria uma briga, mesmo porque, os dois não queriam que os seguranças sejam chamados novamente. Beatriz não era a favor de briga, de violência, então resolve convidar Marcelo para uma briga judicialmente, pois ela sabia que ele não queria apenas uma parte da herança e sim a herança inteira para ele, deixando o irmão sem nada. Marcelo é claro, não aceita e vai embora novamente. No mesmo dia no almoço, Beatriz ao sair do quarto, avisa um segurança para que ele fique de olho no quarto, pois no dia anterior havia entrado um homem tentando desligar os aparelhos que o deixava vivo. Assim que Beatriz saiu, Marcelo aparece novamente e entra no quarto, alguns segundos depois entra um segurança e pela ele no flagra, onde tinha acabado de desligar os aparelhos. Imediatamente o segurança chama uma enfermeira e já aborda Marcelo, levando-o algemado para uma sala do hospital e acionando a polícia. Como Marcelo acaba sendo preso em flagrante, Beatriz e seu pai ainda em fase terminal porém ainda vivo acabam levando toda herança de um milhão de dólares que seu avô tinha deixado para sua família. A justiça estava analisando o quanto cada filho deveria levar, e por isso a não liberação do tal dinheiro. Mesmo com todo acontecimento, Beatriz diz no julgamento de seu tio Marcelo é inocente, pois apesar de tudo considerava muito sua família. Coisa de muitos de hoje em dia estão deixando um pouco de lado. 7
  8. 8. Publicidade e Propaganda PUBLCEN01B / Noite - Sala 413 Profa. Inez Pereira da Luz 4. Referências Sites  Wikipédia – Atena (http://pt.wikipedia.org/wiki/Atena);  Blog Mitologia Grega – Atena (http://loucurasdarapha.blogspot.com.br/2010/03/atena-deusa-da-sabedoriae-da-guerra.html); Vídeos  A Grécia Antiga (http://youtu.be/ruKDUCCxxvU?t=5m20s); 8

×