Revista Think & Love Edição 01 Novembro de 2007                                                                           ...
/sumário/Bate-BolaOskar Metsavath/ E- Fabrics______________________________________ /006/A sustentabilidade nas passarelas...
/Editorial/                                              tecnologias na vida das pessoas e,                               ...
“... UDO O qUE EU EMPREENDI ATÉ HOJE, DE                                                                                  ...
“DESENvOLvIMENTO ECONôMICO E SUSTENTABILIDADE                                                                             ...
/O Movimento RED/        www . joinred.com        O movimento RED foi criado por Bono vox (o engajado vocalista do U2) e p...
“AS PESSOAS ESTãO qUERENDO PARAR O TEMPO, ESTãO                           jovens, que deveríamos estar                    ...
quero estar em busca de        novidades, quero vestir as roupas        da moda, quero conhecer os        artistas da époc...
“ALGUMAS AGêNCIAS MENORES PODEM                                                    Philip Kotler:                         ...
questões sociais e culturais serão a                                                                          próxima tend...
“A DISCUSSãO DO BRANDING EM UM CONTEXTO TãO AMPLO                                 Por outro lado, na dimensão do          ...
Revista Repensadores 01
Revista Repensadores 01
Revista Repensadores 01
Revista Repensadores 01
Revista Repensadores 01
Revista Repensadores 01
Revista Repensadores 01
Revista Repensadores 01
Revista Repensadores 01
Revista Repensadores 01
Revista Repensadores 01
Revista Repensadores 01
Revista Repensadores 01
Revista Repensadores 01
Revista Repensadores 01
Revista Repensadores 01
Revista Repensadores 01
Revista Repensadores 01
Revista Repensadores 01
Revista Repensadores 01
Revista Repensadores 01
Revista Repensadores 01
Revista Repensadores 01
Revista Repensadores 01
Revista Repensadores 01
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Revista Repensadores 01

843 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
843
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Revista Repensadores 01

  1. 1. Revista Think & Love Edição 01 Novembro de 2007 Think & LOve Pense e Ame. /Consciência e Atitude Por um mundo melhor/ Fundação Xuxa Meneghel E- Fabrics / Oskar Metsavaht Fause Haten Ana Carla Fonseca Philip Kotler Fundação Abrinq Reality Shows e seriados Pixel Show E mais: Gestão de marca e reputação. Reputação e inovação. Ética e altruísmo no meio empresarial. A comunicação depois de amanhã. A tecnologia e a miniaturização. Recicle a informação: Passe esta revista adiante. O lucro operacional obtido com as vendas deste exemplar da Think & Love será doado em partes iguais para a Fundação Abrinq e para a Fundação Xuxa Meneghel.SP/ 11 3097 3300/ repensecomunicacao.com.brRJ/ 21 2540 6020/
  2. 2. /sumário/Bate-BolaOskar Metsavath/ E- Fabrics______________________________________ /006/A sustentabilidade nas passarelas_________________________________ /008/Fause HatenA moda na mídia e no social_____________________________________ /012/Philip KotlerO futuro da propaganda_________________________________________ /016/Desafios e convergência da gestão da marca e reputação.Impactos na sustentabilidade da empresa__________________________ /020/Economia CriativaTransformando criatividade em renda e benefícios sócio-economicos___ /024/Pixel Show 2007.Uma das conferências de design mais esperadas do ano______________ /028/Reputação e Inovação.Binômio da sobrevivência________________________________________ /032/Fundação Xuxa Meneghel_______________________________________ /036/Fundação Abrinq_______________________________________________ /044/Reality Shows e seriados.Uma febre mundial______________________________________________ /050/RepensandoÉtica e o altruísmo no meio empresarial____________________________ /062/A comunicação depois de amanhã________________________________ /064/The book is in the tabletecnologia e miniaturização______________________________________ /066/
  3. 3. /Editorial/ tecnologias na vida das pessoas e, despretensiosamente, o “repensar” das empresas e marcas frente à João Bil importância adquirida pela ética empresarial, sustentabilidade, engajamento social e cultural. Esta edição de estréia traz artigos, entrevistas e “bate-bolas” com gurus, artistas e profissionais de primeira O mundo caminha para uma maior linha, como Xuxa Meneghel, Philip Kotler, Fause Haten e Oskar Metsavaht. /REPENSE E SEJA leva alegria por onde passa? Será que muitos dos seus dias não são sem graça? Repense seus medos e saiba MAIS PLENO E FELIZ/ conscientização. Pessoas Físicas que eles te escravizam, te paralisam e, e Pessoas Jurídicas buscarão com Desejamos contribuir de alguma normalmente, se mostram maiores do cada vez mais intensidade causas forma para a sua reflexão e que realmente são. Repense a solidão, para se engajarem por um mundo inspiração na “reinvenção” da aprenda a estar consigo mesmo e tente melhor. Muita coisa já está sendo comunicação da sua empresa, na ter prazer assim, quem não consegue feita, mas muito disso ainda é “revolução” do uso consciente das Repense! Pense de novo, permita-se e chore menos. Repense seus valores, viver só precisa repensar em viver com pouco conhecido. Assim, o exemplo novas mídias e – principalmente - mudar seu pensamento, ainda que a começar pelos morais, não abrindo alguém! Repense o estresse, seja zen, e a apresentação de pensamentos, no seu “repensar” sobre como nós, este pensamento não dure por muito nunca mão de sua dignidade. Perdoe respire fundo, conte até dez, abra mão atitudes e projetos que já trazem empresários, executivos e tempo. Repense, reflita, olhe para seus inimigos, esqueça a palavra julgar, da discussão, de ter razão, metade da resultados concretos é a melhor profissionais de comunicação e si mesmo, veja o seu reflexo e, se a conjugue muitas vezes a palavra energia que você gasta com essas forma de estimular a consciência marketing, podemos contribuir sua imagem não lhe agradar, tenha a perdoar e exercite a palavra amar, pequenas coisas não farão a menor e o engajamento real. Mais para um verdadeiro mundo melhor. coragem de repensar. Repense seu mas com a disciplina e em tantas diferença na sua vida daqui a uma importante do que criar um guarda-roupa, remodele roupas de que inúmeras horas que exercita seu corpo semana, um mês ou um ano! Repense novo projeto social ou de Boa leitura! goste muito, reparta com os outros as na academia. Repense e saiba que o o engano, permita-se voltar atrás, sustentabilidade é conhecer e que não quer mais. Repense a guerra, coração também é um músculo que mudar de idéia, exercer a incoerência e, engajar-se aos que já existem e Otavio Dias não a guerra que vê ao redor do mundo, precisa estar em forma! Repense sua quem nunca foi incoerente, que atire a precisam de apoio. Idealizador da Think & Love mas a guerra que, sem querer, pode fé, agradeça por estar vivo, caminhar primeira pedra! Repense, mas não se construir ao seu redor. Construa a paz com os seus próprios pés e poder ver prenda tanto em pensar e repensar por O poder de alavancagem destas a cada dia e em tudo o que você faz. o sol. Peça a Deus que lhe conceda muito tempo, tome decisões pensadas, iniciativas está nas mãos das Repense seu casamento, ainda que o melhor em vez de lhe pedir o que quer! mas tome decisões também de repente grandes lideranças deste país, seja para pensar em casar de novo com Repense seu trabalho e se faça uma ou de rompante. Reinvente, Recicle, em especial dos empresários, a mesma pessoa! Repense sua vida e única pergunta: eu amo o que faço? Reaja, Resgate, Revolucione, Respire, presidentes e gestores de faça aquilo que nunca teve coragem, Repense rápido e encontre seu novo Relaxe e Repense. comunicação e marketing, que mas sempre teve vontade de fazer. traço. Repense seu corte de cabelo, possuem força política, força da Repense seus sentimentos, sorria mais seu visual, seu astral! Será que você Cristina Biscaia mídia e recursos financeiros que 36 anos, carioca, advogada e poetisa. podem fazer TODA a diferença para a longevidade de movimentos existentes nos mais diversos cantos do nosso Brasil. /Expediente/ Jornalista Responsável Erika Morais/ Mtb 43.075 Comercial comercial@thinkandlove.com.br A revista “Think & Love” nasce com Idealizador Relacionamento o objetivo de instigar o “repensar” Otavio Dias Para sugestões ou reclamações da comunicação, da sociedade e sugestoes@thinkandlove.com.br do indivíduo. Trimestralmente, Colaboração apresentará artigos e entrevistas PS. Leia ao lado o texto de Cristina Guto Nóbrega - fotos: Ana Editorial Biscaia, advogada e poetisa, que Carla Reis, pág. 024 e encarte Para enviar artigos e releases que demonstrarão as mudanças da R.epensadores editorial@thinkandlove.com.br traduz a “alma” desta revista. mídia e dos meios de comunicação, a Letícia Lins - fotos: pág. 046 e 048 convergência e o impacto das novas Gráfica Projeto Direção de Arte Makrokolor Agência R.EPENSE Danilo Janjacomo, Fátima Temer/004/ /005/
  4. 4. “... UDO O qUE EU EMPREENDI ATÉ HOJE, DE T Oskar: Nenhuma. Ser empresário não é EMPRESAS E MARCAS A CAMPANHAS E PROJETOS um botão que se liga e desliga, ESPECIAIS, É UMA EXTENSãO DE MEUS PONTOS nem uma profissão dessas que se escolhem na infância, como DE vISTA, DE MINHAS CRENçAS.” bombeiro, astronauta ou médico. Médico eu até me tornei.... mas /bate-bolA com empresário foi algo que surgiu em minha vida para materializar minhas idéias sobre cultura, Oskar Metsavaht/ educação, arte, meio ambiente.... Tudo o que eu empreendi até hoje, de empresas e marcas a campanhas e projetos especiais, é uma extensão de meus pontos de vista, de minhas 01 - Think & Love: Oskar: crenças. Representam meu estar Com o surgiu a idéia de trabalhar quando o projeto e-fabrics, no mundo, enfim. com material sustentável em suas incubado nessa parceria entre criações? a Osklen e o e-brigade ao longo dos últimos 6/7 anos, foi Oskar: lançado formalmente ao grande Usamos esses tecidos desde que público, em janeiro de 2007, a Osklen e o movimento e-brigade durante a São Paulo Fashion Week, firmam uma parceria, em 2000. o Instituto e, ONG da qual sou o Lona de caminhão reciclada, fundador, convidou alguns estilistas látex da Amazônia, cânhamo, para participar de uma exposição e um documentário. /Oskar entre outros, foram aos poucos sendo testados e conceituados O registro destes estilistas no em produtos da Osklen documentário mostra o quanto (e mesmo da nascente linha de estas matérias-primas e tecidos produtos e-brigade) como parte de origem sustentável podem ser Metsavaht/ de uma busca por tecidos e efetivamente usados pela moda matérias-primas alternativas. de uma maneira sofisticada, elegante, contemporânea. Na verdade, a missão atual do 02 - Think & Love: Instituto e é justamente essa: Como o material sustentável tem promover esta idéia. sido visto no mercado de moda internacional? qual é o papel do Brasil nesta produção? 04 - Think & Love: O e-fabrics foi lançado oficialmente em janeiro deste Oskar: ano no São Paulo Fashion Week. O Brasil tem um papel decisivo você continua utilizando e privilegiado neste processo. matérias-primas de origem Acreditamos que a vocação do sustentável, renováveis ou Brasil é ser o país do recicladas em sua nova coleção? desenvolvimento sustentável. Na /Saiba mais sobre Oskar Metsavaht/ verdade, a missão atual do Instituto e é justamente essa: Oskar: Diretor de criação e proprietário da grife Osklen, formado em medicina, este gaúcho de Caxias do Sul largou a promover esta idéia. Sim, tecidos e matérias-primas clínica e resolveu se dedicar à moda. Em 1986, Oskar Metsavaht dá seus primeiros passos no ramo ao desenvolver vieram para ficar em nossos os casacos da equipe que o acompanhou em uma expedição que fez ao Aconcágua, nos Andes. Daí em diante não produtos e coleções. 03 - Think & Love: parou mais. Oskar é o idealizador do movimento e-brigade, que deu origem ao Instituto e que desenvolve projetos E entre os estilistas, como é vista como o e-fabrics, sempre seguindo os princípios expressos pela Carta da Terra, Protocolo de Kyoto, Convenção da a proposta de utilização de 05 - Think & Love: Biodiversidade e Agenda 21. material sustentável? Existe uma “separação” do Oskar empresário e do Oskar cidadão?/006/ /007/
  5. 5. “DESENvOLvIMENTO ECONôMICO E SUSTENTABILIDADE Esta ampla pesquisa de identificação NãO PODEM SER MODISMO, MAS PODEM, E TAMBÉM de material de origem sustentável SãO, UMA qUESTãO DA MODA.” relaciona os mais diversos materiais, que possuem em sua essência produtiva /A sustentabilidade critérios que compatibilizam o manejo e a utilização racional da natureza, Glória Coelho, Reinaldo Lourenço, gestão de resíduos ou até mesmo Fause Haten, Tereza Santos, nas passarelas/ preservação cultural de nossas etnias Huis Clos, Samuel Cirnansck, e tradições de comunidades indígenas, Lino villaventura, Alessandra Silveira quilombolas e ribeirinhas do norte ao e Mário queiroz - mostraram criações sul do país, de forma a se identificar produzidas com tecidos fornecidos um caminho concreto para um consumo por empresas, vilarejos ou O planeta está em alerta. Basta ligar combate à Aids na África. mais racional em prol do desenvolvimento agricultores que respeitam as normas a Tv, passar a vista em um jornal No Brasil, muito tem sido feito no sustentável do planeta. Hoje o e-fabrics de sustentabilidade. A prova de que ou simplesmente colocar os pés mercado da moda em prol da conta com mais de 15 diferentes é possível ser criativo, obter bons para fora de casa para perceber que, sustentabilidade do planeta. categorias de materiais de origens resultados estéticos e ter como diria Caetano veloso “alguma Um dos projetos pioneiros e de maior recicladas, orgânicas, naturais e/ou responsabilidade com o meio coisa está fora da ordem”. Religiosos repercussão foi a criação da organização artesanais, dentre elas: malhas, sedas ambiente. O e-fabrics oferece ao ou céticos, não há como não ver (e e-brigade, movimento de combate à e lãs artesanais, couro vegetal treetap, mercado de moda a opção de sentir na pele) que a natureza está desinformação ambiental que nasceu couros de animais de origem trabalhar com tecidos e materiais cobrando o preço pelo seu uso a partir de uma iniciativa do estilista, controlada, látex da amazônia, materiais que respeitam a biodiversidade indiscriminado. Somos lembrados a empresário e diretor de criação da de pet reciclados,biopolímeros,tecidos brasileira, divulga e contribui para todo momento sobre a Osklen, Oskar Metsavaht, em 2000, tingidos com pigmentos naturais, o escoamento da produção de importância da conscientização e junto com biólogos, ambientalistas, entre outros. artesãos e indústrias conscientes e, atuação cotidiana para reverter ou, artistas plásticos, designers, entre por fim, desperta no consumidor o ao menos, minimizar a atual situação outros profissionais e pessoas com O Instituto e, no seu papel desejo de adquirir produtos climática do planeta. Alguns acreditam preocupação em comum que se de comunicar à sociedade novas ecologicamente e/ou socialmente que “é tarde demais”, mas há quem uniram contra a degradação do alternativas de consumo consciente, corretos com reconhecido apelo não fique estático a um mundo que meio ambiente. elaborou critérios de avaliação destes estético. Um exemplo a ser seguido não pára de se transformar, quem materiais e de suas comunidades ou e que nunca deve sair de moda. não se conforme com a massiva e Inspirado na atuação do e-brigade, de indústrias de origem, com o objetivo constante destruição da natureza, combate à desinformação, surgiu de transmitir sua avaliação sobre abismo social e falta de participação o Instituto e, que vai além da estes materiais aliada a uma dos cidadãos no futuro do planeta. conscientização ambiental e adota comunicação e design apurado que Para muitos, tudo isso pode ser o paradigma de “desenvolvimento os tornem objetos de desejo. considerado “piegas” e “modismo”, humano sustentável” proposto pelo mas há quem acredite na mudança PNUD (Programa das Nações Unidas Foi assim que, na última edição de como questão de sobrevivência. para o Desenvolvimento). Neste inverno do São Paulo Fashion Week, Desenvolvimento econômico e sentido, o Instituto e se propõe a em janeiro deste ano, o desenvolvedor sustentabilidade não podem ser divulgar opções de visão sustentável, e principal nome do Instituto e, Oskar modismo, mas podem, e também que perpassa o dia-a-dia das pessoas, Metsavaht, colocou na passarela do são, uma questão da moda. fazendo com que a pauta da principal evento brasileiro de moda, e sustentabilidade ultrapasse as nos corpos das mais belas modelos, Em todo o mundo vemos (bons) questões ambientais e ganhe a questão da preservação ambiental exemplos de projetos de impacto no cotidiano. por meio do desfile da Osklen. sustentabilidade vinculados à moda, da novidade “I’m not a plastic Um dos projetos de maior Muito além de atingir bag”, a chamada “bolsa verde”, uma visibilidade e, por isso mesmo, o consumidor bolsa de compras lançada pela de maior impacto social, de moda, Oskar e estilista Anya Hindmarch, do Instituto e é o e-fabrics, que tem o Instituto e em Londres, com a finalidade de como foco identificar para o alcançaram os diminuir o uso da sacola plástica, mercado matérias-primas (tecidos “produtores” de moda, até a criação da marca Red, pelo e materiais) utilizadas pela indústria no SPFW, com o Espaço e, A imagem do Oskar da capa e as líder da banda U2, Bono vox, e têxtil e produtores de moda em onde 12 estilistas imagens desse artigo fazem parte empresas como a American Express, geral. Utilizar a moda como veículo de renome como do documentário “e-fabrics”, GAP e Giorgio Armani, que revertem de conscientização é o grande mérito Alexandre Herchcovitch, produzido pela BL Prooductions e parte de sua receita para financiar o do Instituto e, por meio do e-fabrics. Patrícia viera, Osklen, disponível no site thinkandlove.com.br/008/ /009/
  6. 6. /O Movimento RED/ www . joinred.com O movimento RED foi criado por Bono vox (o engajado vocalista do U2) e por Bobby Shriver, presidente da DATA, com o objetivo de levantar atenção e recursos para o “The Global Fund”*, através da parceria estabelecida com marcas de expressividade mundial na produção dos produtos RED. Um percentual de cada produto RED vendido é direcionado para o Fundo Global. Até setembro de 2007, já foram doados mais de US$ 45 milhões de dólares provenientes da venda dos produtos RED, cujos principais sponsors são as marcas Apple, GAP, Motorola, American Express, Emporio Armani e Converse. O Manifesto RED (abaixo descrito), sintetiza o “racional” e o “emocional” deste projeto, que se tornou referência mundial para todo e qualquer marca e empresa. /INFORMAçãO quE * O Fundo Global (The Global Fund) é uma parceria inovadora entre governos, organizações não-lucrativas e setor privado. Os recursos arrecadados são revertidos para projetos do mundo todo, possibilitando que vários países tenham condições de desenhar e executar os seus próprios programas. Os fundos são direcionados apenas para organizações que possuem resultados comprovados, garantindo que sejam utilizados de forma eficiente para criar mudança real na vida de pessoas e comunidades. Desde a sua criação, o Fundo Global se tornou o principal financiador de programas que combatem a AIDS, Tuberculose e Malária, com 8, bilhões de dólares já distribuídos para 136 países diferentes. Em 5 anos, o fundo atingiu 4 resultados surpreendentes: 1,1 milhão de pessoas com tratamento para HIv e AIDS, 9, milhões de pessoas voluntárias para 4 cONScIENtIZA. testes inerentes ao HIv, 1,2 bilhão de pessoas em tratamento para Tuberculose, 23 milhões de pessoas em tratamento para Malaria e 30 milhões de famílias protegidas com vacinas contra mosquitos. /Manifesto RED/ cONScIêNcIA www . joinred.com/manifesto Todas as coisas deveriam ser iguais. Mas elas não são. Como consumidores do Primeiro Mundo, nós temos muita força. O que escolhemos ou não comprar coletivamente pode mudar o trajeto de vida e a história deste planeta. RED é uma idéia simples. E poderosa. Agora você tem uma escolha. Existem cartões de crédito RED, telefones RED, sapatos RED, quE MObILIZA./ marcas fashion RED. E outras. Isto não significa que elas são todas vermelhas na cor. Apesar de algumas serem. Se você comprar um produto RED ou assinar um serviço RED, sem custo adicional para você, uma empresa RED dará parte dos seus lucros para comprar e distribuir remédios anti-retrovirais para irmãos e irmãos que estão morrendo de AIDS na África. Nós acreditamos que quando consumidores possuem uma escolha e os produtos correspondem às suas necessidades, eles escolherão os produtos RED versus não-RED. Assim, outras marcas decidirão se tornar RED pois isto fará todo sentido para o seu negócio. E mais vidas serão salvas. think & LOve O movimento RED não é caridade, é apenas um modelo de negócios. você compra coisas RED. Nós ganhamos parte do dinheiro. Eles tomam os remédios. Ficam vivos. E continuam cuidando de suas famílias e contribuindo social e economicamente para as suas famílias. Se eles não tomam as pílulas, eles morrem. Nós não queremos que eles morram. Nós queremos dar-lhes as pílulas. E nós podemos. E você pode. E é fácil. Tudo que você precisa é fazer uma Pense e Ame escolha diferente. /Consciência e Atitude Por um mundo melhor.//010/
  7. 7. “AS PESSOAS ESTãO qUERENDO PARAR O TEMPO, ESTãO jovens, que deveríamos estar sempre felizes. USANDO RECURSOS ESTÉTICOS E CIRúRGICOS PARA BLOqUEAR UM PROCESSO NATURAL DA vIDA.” Do que percebo, as pessoas estão querendo parar o tempo, estão /A Moda na Mídia e no Social/ usando recursos estéticos e cirúrgicos para bloquear um processo natural da vida. E estão ficando sem vida, plastificados, sem identidade, sem desfrutar as Fui um adolescente como qualquer problemas...”. Algo que tenhamos maravilhas que o tempo traz. outro com todas as dificuldades diferente daquilo que é “padrão” E dizem... Mas eu quero possíveis deste período. Os anos deve e pode ser valorizado e não permanecer forte e viril. se passaram e comecei a me escondido ou disfarçado. Não quero ser como meus pais perceber cada vez melhor. Eu que aos 50 anos eram senhores que tinha todos os complexos fui Grandes mulheres tinham o nariz e senhoras. qual o problema? vendo meus diferenciais que tanto grande, mulheres elegantes, me incomodavam se tornarem belas, amadas, admiradas: A experiência de vida vem com a minhas características mais Maria Callas, Paloma Picasso, sabedoria, a calma, a segurança, marcantes. Com muito trabalho, Diana vreeland. Usaram cabelos quem foi que disse que as fui melhorando meu corpo importantes, batons vibrantes, transformações da vida após os 40 sempre pensando em tê-lo olhos negros, roupas vistosas. anos não são mais maravilhosas do saudável. Um dia aprendi a A grande descoberta... a beleza do que as da adolescência? ouvir minha respiração e isso me mundo, está na diferença! Na sin- quem foi que disse que a idade fez reaprender a ouvir gularidade! Seios fartos, grandes está associada à falta de vigor o meu corpo e seus sinais. pernas, cabelos ou de saúde? volumosos, bocas grandes, Cada dia me sinto melhor e mais gordinhas sexy, baixinhas, O mundo se acostumou a ver o /Fause confiante e assim percebi que essa vIvA a diferença! idoso em asilos à espera da morte. mudança também aconteceu na Os cabelos brancos eram sinal de forma que o mundo me vê. 1, 2, 3, 16, 21, 33, 42... contar velhice, e a velhice, sinal da morte, Me sinto mais forte, mais belo, os anos de vida, acredito que portanto os cabelos brancos Haten/ mais sensível e percebo que o seja o início de todo o problema. deviam ser escondidos. mundo me sente assim. Essa contagem estabelece fases, Mas o mundo mudou... Hoje, sou um profissional, define início, meio e fim. Não a expectativa de vida aumentou. um homem admirado, uma é necessário. vivemos em um Hoje, os 40 anos são o auge da pessoa amada e olho ao meu mundo onde tudo é possível, onde vida de uma pessoa. Os 50 são redor e tenho vontade de falar claramente ninguém sabe uma idade iluminada. para as pessoas: o dia de amanhã nem para o Os 60 carregam uma grande - Eu gosto de mim como sou! indivíduo, nem para o planeta. sabedoria. Os 70 a liberdade. 47? Nem parece... 52? Nossa, você Hoje olho essas pessoas e Sendo um estilista de moda e está ótimo... E daí? penso no quanto viveram e o em contato com a vaidade das quanto conhecem da vida. pessoas, sinto que o mundo está vivemos em transformação. quero chegar ao ano 2050 sem vivendo um mal muito sério e O espermatozóide encontra somar quantos anos vivi... generalizado: a infelicidade e a o óvulo e o transforma. quero apenas ter a deliciosa insatisfação. Surge O Ser! Um ser singular, sensação da sabedoria, da um ser que não será igual a mais experiência, da tranqüilidade /Saiba mais sobre Fause Haten/ vejo pessoas de todas as idades, altura ou peso, infelizes com o nenhum no mundo, e que vai passar a vida se transformando. e da falta de ansiedade. Considerado um dos mais importantes estilistas brasileiros. Suas inspirações são distintas: as pessoas, as artes, a que têm ou são. Percebo uma As transformações são sempre noite, todo e qualquer elemento cotidiano toma forma através das mãos de Fause. Já desfilou em Nova York e Milão, preocupação em se ter beleza muito bem-vindas. O primeiro para onde levou sua moda sensual e sofisticadamente artesanal. Esse DNA somado à figura forte do estilista em e não saúde. quero dizer às dente, os primeiros passos, seu próprio país elevou Fause à internacionalização de sua marca. A cada coleção Fause Haten consegue fazer o pessoas, e principalmente aos a puberdade, os músculos, mais difícil: surpreender. Seu público, a crítica e suas exigentes clientes acompanham uma trajetória de sucesso que jovens, que “as diferenças fazem a criança se torna homem e no auge de sua maturidade criativa ele considera um aprendizado. a beleza da humanidade, que mulher. E aí começa... E dizem pertencer a um grupo e ser mais que o tempo deveria parar, um não é a solução dos que deveríamos permanecer/012/ /013/
  8. 8. quero estar em busca de novidades, quero vestir as roupas da moda, quero conhecer os artistas da época, quero ir muito ao cinema, quero dançar o que se dançar, quero ouvir a música que se ouvir. Não quero lembrar de datas, de nomes, mas quero lembrar do perfume que senti, da cor do céu naquele dia, do rosto doce daquela criança, do calor e do aconchego daquele dia que amei. quero a moda e os modismos a meu serviço e não delimitando terrenos. quero a vida, seu tempo, minha saúde e minha liberdade. Repense a moda, o que ela te inspira, proporciona e fortalece, e nunca permita que ela te impeça ou exclua. Faça parte! Aprenda a usar o que está a seu dispor! Desfile primavera-verão 2008 São Paulo Fashion Week/014/
  9. 9. “ALGUMAS AGêNCIAS MENORES PODEM Philip Kotler: Esta é uma boa tendência e irá OFERECER NOvAS IDÉIAS. AS AGêNCIAS continuar. As grandes agências INDEPENDENTES E MENORES PODEM CUIDAR DE costumam manter uma linha de pensamento e de propaganda para TAREFAS CUJA ESCALA É PEqUENA DEMAIS E NãO cada cliente. Algumas agências LUCRATIvA PARA AS MAIORES.” menores podem oferecer novas idéias. Além disso, as agências independentes e menores podem /O futuro da propaganda: cuidar de tarefas cuja escala é pequena demais e não lucrativa para uma entrevista com Philip Kotler/ as maiores. /Philip 04 - Think & Love: 01 - Think & Love: Marketing Direto, Agências de CRM, As possibilidades de interatividade Muitos autores já afirmaram que a Agências de Promoção, Agências de que a Internet e a Tv digital trouxeram para a comunicação têm modificado Kotler/ propaganda tradicional morrerá nos Design e de Brand Experience, próximos anos. Em um mundo onde Marketing Digital, Mobile Marketing, drasticamente a forma como uma a tecnologia avança diariamente, qual além de outras. Por outro lado, marca se relaciona com seus será o futuro da propaganda podemos ver claramente que as consumidores. Os conceitos antigos tradicional, em sua opinião? fronteiras que dividem essas áreas de Marketing Direto estão sendo estão desaparecendo, trazendo de reinventados em “tempo real” em volta o foco multidisciplinar. Na sua um mundo one-to-one. Podemos ver Philip Kotler: opinião, qual será o novo modelo da marcas como a Amazon fazendo um quem afirma isto está errado. “agência de comunicação do futuro”? trabalho excepcional com a A propaganda tradicional abrange a segmentação e o foco one-to-one. Tv, o rádio, as revistas, os jornais e Na sua visão, qual será a nova os outdoors. Toda essa mídia Philip Kotler: Essas agências são inteligentes. Elas tendência in Customer Relationship continuará a ser usada mesmo que Management (CRM)? seja de uma forma reduzida e mais seguem o conceito da Comunicação direcionada. Algumas novelas ainda Integrada de Marketing (CIM). Elas prenderão a atenção e atingirão as estão se transformando em agências Philip Kotler: pessoas que não gostam de de comunicação integrada e não Conforme uma empresa conhece mais propaganda. Algumas estações de agências de propaganda. A grande sobre as atividades, os interesses e rádio continuarão a ter audiência. questão está em saber se a agência as opiniões do consumidor (AIO), ela Revistas especializadas que atendem irá oferecer a melhor combinação de pode se dirigir a ele de uma forma a um público com interesses comunicação para o cliente ou se específicos (fãs de motocicleta ou favorecerá os componentes que amantes da arte, por exemplo) trazem o lucro mais rápido para si. continuarão a fazer sucesso. No passado, as agências de Lembre-se que o público da geração comunicação integrada foram mais antiga, ao contrário do público acusadas de favorecer a propaganda mais jovem, está menos propenso contra outros elementos da a se tornar usuário da Internet de comunicação (por exemplo, relações uma hora pra outra, abandonando públicas) porque a propaganda era assim todas as mídias tradicionais. mais lucrativa para a agência. Ao mesmo tempo, uma parte da /Saiba mais sobre Philip Kotler/ verba de promoção precisa ser transferida para mídias mais novas 03 - Think & Love: Marcas muito importantes (como a Considerado uma autoridade mundial quando o assunto é marketing, Philip Kotler é mestre pela University of Chicago e como o merchandising editorial, os Coca-Cola e a Procter & Gamble) Ph.D. pelo MIT, ambos em Economia, possui ainda o título de pós-doutorado em Matemática, por Harvard. Seus livros blogs, os podcasts e o marketing viral. estão começando a dividir suas verbas já foram traduzidos para mais de 20 idiomas e ultrapassam a marca de 5 milhões de cópias vendidas em 58 países. de marketing entre grandes agências A convite da Think & Love, conversamos sobre temas como o futuro da propaganda, a convergência entre as grandes 02 - Think & Love: (grandes grupos) e agências e pequenas agências, a utilização das novas tecnologias na comunicação e valores éticos e morais das marcas. Grupos de comunicação importantes, independentes (como a Naked e como o Interpublic e a WPP, têm a Crispy and Porte). Por que isso está cada vez mais investido e comprado acontecendo? Podemos considerar agências de non-advertising, como isso uma tendência?/016/ /017/
  10. 10. questões sociais e culturais serão a próxima tendência do marketing? Isso deveria ser uma questão obrigatória para as marcas líderes mundiais? Philip Kotler: Cada vez mais o público deseja que as empresas analisem suas responsabilidades corporativas em relação à sociedade e ao público. Eles não estão contentes ao ouvir sobre fraude corporativa, salários altos de executivos, preços altos e taxas de serviço, além de outros aspectos negativos dos negócios. As empresas seriam inteligentes ao aumentar sua transparência em relação à responsabilidade social e à ética corporativa. Se estamos escolhendo entre as marcas da empresa X e Y, e ambas são mais relevante e significativa. similares, é muito mais provável que Os vendedores fazem isto o tempo a escolha leve em consideração qual todo. Eles encaminham um artigo empresa se mostrou o melhor interessante para um consumidor cidadão corporativo. que eles conhecem ou levam-no para uma exposição de arte ou um evento esportivo sabendo dos seus interesses. As empresas podem fazer isto agora em um espaço virtual. Um consumidor que seja um ávido jogador de golfe pode receber um artigo interessante sobre Tiger Wood ou, até mesmo, um convite para participar de uma palestra do Tiger Wood. O ponto principal é conhecer os interesses dos consumidores e criar um relacionamento, e não apenas ficar enviando ofertas para eles. O CRM deve buscar não apenas informações demográficas como também informações sobre estilo de vida. 05 - Think & Love: Preocupações ecológicas, direitos humanos, éticos e valores espirituais são temas freqüentes em todos os“CADA vEz MAIS O PúBLICO DESEJA jornais, em todos os países. Parece que as pessoas estão começando a considerar a importância de valoresqUE AS EMPRESAS ANALISEM SUAS morais. Por outro lado, também observamos que as empresas estão começando a considerar a importânciaRESPONSABILIDADES CORPORATIvAS da participação social e cultural de suas marcas. Podemos dizer que depois do crescimento massivo da tecnologia,EM RELAçãO à SOCIEDADE.” /019/
  11. 11. “A DISCUSSãO DO BRANDING EM UM CONTEXTO TãO AMPLO Por outro lado, na dimensão do branding corporativo, o grande desafio NOS CONDUz à REFLEXãO SOBRE SUA CONvERGêNCIA COM A reside na sedimentação, entre todos GESTãO DA REPUTAçãO, qUE REPRESENTA O SOMATóRIO os membros da organização, de DAS PERCEPçõES DE TODOS OS STAK EHOLDERS A uma visão estratégica e holística sobre RESPEITO DA EMPRESA.” a marca, ou seja, um propósito maior compartilhado entre todos na empresa que deve reforçar /DesaFios e convergências na gestão positivamente as propostas de valor posicionadas no mercado via branding da marca e DA reputação, e seus impactos de produtos. na sustentabilidade da empresa/ A argumentação em torno dos desafios e convergências na gestão /Ana Luísa ALmeida da marca e da reputação reside O imperativo do triple bottom line o somatório das percepções de todos fundamentalmente na coerência – que focaliza os resultados da os stakeholders a respeito da empresa. entre ser (como somos) e ser visto empresa mensurados em termos (como nos percebem). Neste sentido, o adágio walk the talk reflete a idéia e Leonardo araújo/ econômicos, ambientais e sociais – Desafios do branding repercute em vários domínios de um fio condutor que garante a funcionais no contexto da gestão sustentável necessária coerência entre o que se sustentável, definida aqui como diz e o que se faz na empresa. aquela capaz de gerar resultados Nesse sentido, devemos refletir sobre Trazendo esta questão para a comprometidos com a longevidade os desafios impostos à gestão da dimensão do branding e da reputação, responsável do negócio. Um dos marca que repercutem diretamente o círculo virtuoso entre as estratégias domínios funcionais, cujas estratégias sobre os resultados da reputação. de branding de produtos e e táticas devem ser repensadas Não podemos mais definir uma corporativo representa uma sinergia amplamente neste contexto, refere-se estratégia de branding, ainda que extremamente positiva que interfere ao branding, como disciplina que na dimensão do posicionamento de na percepção dos stakeholders. lida com a gestão da marca na um produto, sem considerar seus A garantia de uma densa e dimensão corporativa e no nível dos impactos na reputação da empresa. positiva teia de percepções sobre produtos e serviços da empresa. Se considerarmos que o produto, a empresa representa, portanto, como entidade básica do marketing, um fator crítico para a sua boa Inserida no âmbito da estratégia representa um dos principais elos reputação e sustentabilidade, aliada mercadológica (quando foca o de relacionamento com o cliente, a a outros clássicos indicadores de posicionamento do produto) e no estratégia de branding deve guardar desempenho referentes ao crescimento contexto da comunicação rigorosa sintonia com sua efetiva e à rentabilidade do negócio. empresarial (quando abrange a imagem proposta de valor, ou seja, com seus institucional), a gestão da marca atributos funcionais ou intrínsecos No âmbito do branding de produtos, vem ganhando espaço crítico no e com seu nível de qualidade a tradicional abordagem de funil, cenário do marketing em tempos de extrínseca (imagem de marca, onde são engendrados os principais competição acirrada, globalização posicionamento subjetivo, conteúdo passos do posicionamento, visando dos mercados e democrática de mensagens). A falta de sintonia ativar ações do cliente (conhecimento, disseminação de informações entre resulta em perda de vendas, evasão consideração, experiência e lealdade) as empresas e seus diversos de clientes e, principalmente, em em relação à proposta de valor stakeholders. Neste sentido, as ranhuras na reputação da empresa. ofertada, a questão da experiência expectativas dos clientes – um dos Não raro, empresas que prometem do cliente precisa ser tratada de muito e cumprem pouco em relação /Saiba mais sobre Ana Luísa de castro Almeida/ stakeholders ao qual o marketing dedica grande parcela de sua atenção às suas ofertas ao mercado tendem a – ultrapassam a oferta coerente de ter baixos índices de reputação, Doutora em Administração pela UFMG e Erasmus University (Holanda), mestra em Comunicação e Cultura pela URFJ, especialista segundo atestam pesquisas do produtos e serviços, alcançando um em Comunicação Integrada pela PUC-MG e graduada em Jornalismo e Relações Públicas pela PUC-MG. Diretora do Reputation Reputation Institute (instituto de patamar de exigência relacionado Institute – Brazil. Consultora em Comunicação Organizacional e condutora de programas de desenvolvimento para diversas empresas. geração de conhecimento e pesquisa com atitudes responsáveis e compromissos éticos da empresa. em reputação, fundado em 1997 /Saiba mais sobre Leonardo Araújo/ A discussão do branding em um pelos professores Charles Fombrun contexto tão amplo nos conduz à e Cees van Riel, com atuação em 20 Professor da Fundação Dom Cabral, mestre em Administração pela PUC-MG. Programa STC Executivo: Skill, Tools & Competencies FDC reflexão sobre sua convergência com países; em 2006, iniciou suas a gestão da reputação, que representa atividades no Brasil). e Kellogg School of Management(USA). Especialista em Marketing, Economista pela PUC-MG, membro do Núcleo de Inovação da FDC, coordenador técnico de Grupo de Intercâmbio Temático em Marketing do CTE – Centro de Tecnologia Empresarial da FDC./020/ /021/

×