Curso introdução pós matrimonial

3.905 visualizações

Publicada em

Apresentação sobre os livros que ajudam a implantação do programa Pós Matrimonial, conforme a Pastoral Familiar do Brasil. Apresentação foi exibida em evento realizado na Casa de Formação João Paulo II, nos dias 7, 8 de abril, na Diocese de Joaçaba, em Joaçaba.

Publicada em: Educação
2 comentários
4 gostaram
Estatísticas
Notas
Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
3.905
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
230
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
214
Comentários
2
Gostaram
4
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide
  • Por que falar sobre o Pós-matrimonial? Porque o trabalho com os novos casais faz parte deste setor. É preciso localizá-lo bem para que não se perca a sequencia dos assuntos.
  • Embora o foco dessa formação seja apresentar os Encontros para Novos Casais, não podemos esquecer de todos os encontros que atualmente existem dentro da Igreja Para que o casal possa realizar todos esses trabalhos é preciso que despertem para uma consciência sobre as exigências e os valores do Matrimônio que celebraram entre si.
  • Curso introdução pós matrimonial

    1. 1. Encontros para Novos Casais E a realidade dos Encontros para Casais
    2. 2. INTRODUÇÃO SITUANDO O TRABALHO
    3. 3. INTRODUÇÃO – SETOR PÓS-MATRIMONIAL O trabalho Pastoral Familiar divide-se em 3 setores : PRÉ MATRIMONIAL PÓS MATRIMONIAL CASOS ESPECIAIS
    4. 4. INTRODUÇÃO – EXEMPLOS Recém-casados Gestação A educação dos filhos Ação transformadora Formação <ul><li>É preciso ter + consciência sobre as exigências e os valores do Matrimônio </li></ul><ul><li>É aqui que se encaixam os encontros já realizados como ECC, Encontro Matrimonial e outros movimentos </li></ul><ul><li>ISSO TUDO É PÓS-MATRIMONIAL </li></ul>
    5. 5. OS ENCONTROS PARA CASAIS ECC MOVIMENTOS DA IGREJA ENCONTROS PROMOVIDOS POR OUTRAS PASTORAIS E SERVIÇOS
    6. 6. Dia do matrimônio 1º ano 2º ano 3º, 4º e 5º anos Novos Casais ECC Outras iniciativas – associações e movimentos 10º ano ???
    7. 7. INTRODUÇÃO – E OS RECÉM-CASADOS? VAMOS VER O QUE PODEMOS FAZER COM ESSES JOVENS.
    8. 8. INTRODUÇÃO – E OS RECÉM-CASADOS? <ul><li>A VACINA </li></ul><ul><li>Aplicar uma determinada vacina ajuda a prevenir o mal que pode ou não contaminar uma pessoa. </li></ul><ul><li>O REMÉDIO </li></ul><ul><li>Remédios aplicados após a “doença” se manifestar: </li></ul><ul><ul><li>Podem curar totalmente; </li></ul></ul><ul><ul><li>Podem curar, mas deixar sequelas; </li></ul></ul><ul><ul><li>Podem não mais curar. </li></ul></ul><ul><li>Mt. 7, 26-27: não ouviu e arruinou-se. </li></ul>
    9. 9. ENCONTRO PARA NOVOS CASAIS <ul><li>CINCO PONTOS: </li></ul><ul><li>O que são os Encontros para Novos Casais? </li></ul><ul><li>Por que trabalhar com os Novos Casais? A Igreja e a sociedade realmente precisam desses encontros? </li></ul><ul><li>Quais os objetivos desse trabalho? </li></ul><ul><li>Como funciona o trabalho? </li></ul><ul><li>Como são os encontros? </li></ul>
    10. 10. 1. O que são os encontros para novos casais?
    11. 11. O que são os Encontros para Novos Casais? <ul><li>São o fruto de uma experiência pessoal: quem é chamado mais cedo e levado a conhecer a Verdade (Mt. 19, 4-6) permanece no Amor Conjugal e o cultiva. </li></ul><ul><li>São o resultado de uma grande preocupação com os jovens casais. Experiência vivida há 12 anos no acompanhamento de casais nas paróquias. </li></ul><ul><li>São o atendimento ao pedido de Cristo (Mc. 16, 15) e ao apelo da Igreja. </li></ul><ul><li>São a preocupação e o cuidado com os filhos e filhas de toda a comunidade. </li></ul>
    12. 12. O que são os Encontros para Novos Casais? <ul><li>Dessa preocupação nasceram os encartes da Revista Família Cristã, publicados entre julho/07 e junho/09. </li></ul>
    13. 13. O que são os Encontros para Novos Casais? Os encontros são um trabalho da Pastoral Familiar, que organiza grupos de acompanhamento matrimonial para orientar os recém-casados , em seus primeiros anos de casamento . É um trabalho que promove uma ligação estreita entre os Setores Pré e Pós-matrimônio da Pastoral Familiar. Dentro da estrutura da Igreja, é um trabalho pastoral (busca, acolhe, cuida e conduz) e não um movimento eclesial.
    14. 14. 2. POR QUÊ TRABALHAR COM OS “NOVOS CASAIS”?
    15. 15. Por quê trabalhar com os “Novos Casais”? <ul><li>Urgência e necessidade de uma evangelização e catequese pré e pós-matrimoniais , feitas por toda a comunidade cristã. (cf Familiaris Consortio, 68) </li></ul><ul><li>Olhar para as famílias jovens que vivem num contexto de novos valores e responsabilidades e estão mais expostas a eventuais dificuldades.” (cf. Familiaris Consortio, 69) </li></ul>
    16. 16. Por quê trabalhar com os “Novos Casais”? <ul><li>É preciso construir uma comunidade paroquial viva , capaz de acolher os novos esposos e testemunhar os valores da família , com agentes de pastoral preparados. (cf. Diretório da Pastoral Familiar, 280) </li></ul>
    17. 17. Por quê trabalhar com os “Novos Casais”? <ul><li>“ A ação pastoral organize equipes de apoio para desencadear um processo pedagógico de aproximação ou manutenção do vínculo dos novos casais com a comunidade eclesial . Seja por meio de visitas domiciliares e conversas, seja por meio de reuniões de grupo, retiros e encontros.” </li></ul><ul><li>(cf. Diretório da Pastoral Familiar, 282) </li></ul>
    18. 18. Por quê trabalhar com os “Novos Casais”? <ul><li>5. Estimular projetos que promovam famílias evangelizadas e evangelizadoras . (item b) </li></ul><ul><li>Estimular e promover a educação integral dos membros da família , (...) incluindo a dimensão do amor e da sexualidade. (item e) </li></ul><ul><li>(cf. Documento de Aparecida, 437) </li></ul>
    19. 19. Por quê trabalhar com os “Novos Casais”? <ul><li>Porque queremos que todos os jovens casais amadureçam juntos e vivam o Amor até que a morte os separe. </li></ul>
    20. 20. 3. QUAIS OS OBJETIVOS DESSE TRABALHO?
    21. 21. Quais os objetivos do trabalho? <ul><li>Solidificar as bases para a construção da vida matrimonial, que passa por problemas. </li></ul><ul><ul><li>má propaganda em torno do matrimônio, o consumismo, o utilitarismo cada vez maior, entre outras. </li></ul></ul><ul><li>Encontrar caminhos para o diálogo permanente, pois somente com ele os primeiros anos da vida matrimonial poderão ser superados. </li></ul><ul><ul><li>A conversa a dois é importantissima para a caminhada de vida e a construção de um lar verdadeiro. </li></ul></ul>
    22. 22. Quais os objetivos do trabalho? <ul><li>Refletir sobre as deficiências de cada cônjuge, principalmente as que foram adquiridas durante o período do namoro. </li></ul><ul><ul><li>Ajudar no reparo de namoros vividos na superficialidade. </li></ul></ul><ul><ul><li>Mostrar que existe um lado “difícil” no outro. </li></ul></ul><ul><li>Formar pequenas comunidades ou grupos de famílias interessados na construção de uma nova realidade social. </li></ul><ul><li>Motivar para a participação ativa na comunidade eclesial. </li></ul>
    23. 23. ATENÇÃO! IMPORTANTE!
    24. 24. IMPORTANTE! O subsídio não é um livro de regras fixas e imutáveis. Ali, cada agente encontrará informações para entender um pouco mais sobre cada um dos temas e algumas dicas de como fazer para que o trabalho seja realizado da melhor forma possível.
    25. 25. IMPORTANTE! <ul><li>Ter o material de apoio é importante para o aprofundamento dos temas. </li></ul><ul><li>Os mais importantes: </li></ul><ul><ul><li>o Catecismo da Igreja; </li></ul></ul><ul><ul><li>o Diretório da Pastoral Familiar; </li></ul></ul><ul><ul><li>a Missão da Família Cristã no Mundo de Hoje (Familiaris Consortio); </li></ul></ul><ul><ul><li>E o Documento de Aparecida. </li></ul></ul>
    26. 26. 4. COMO FUNCIONA O TRABALHO?
    27. 27. COMO FUNCIONA? O QUE ENCONTRAMOS? PARÓQUIA <ul><li>Uma preparação ao Sacramento do Matrimônio é feita quase sempre somente na época da Preparação Próxima. </li></ul><ul><li>Vemos casais que são despertados para um retorno à prática da fé. </li></ul><ul><li>Observamos que a comunidade não os acolhe adequadamente. </li></ul>
    28. 28. COMO FUNCIONA? COMO FAZER? PARÓQUIA AGENTES DE PASTORAL FAMILIAR EQUIPE DE NOIVOS
    29. 29. COMO FUNCIONA? COMO FAZER? Casais e outros agentes interessados (senhores viúvas, religiosos, etc.) recebem das equipes de noivos indicações de casais. Os casais são contatados pelo agente que passa a ser o dirigente daquele grupo
    30. 30. COMO FUNCIONA? COMO FAZER? MENSALMENTE Com a presença dos dirigentes. 1 Encontro de espiritualidade e catequese na casa de um dos casais. 1 Encontro de integração e confraternização só entre eles com uma tarefa a ser feita.
    31. 31. COMO FUNCIONA? A CADA 6 MESES Realiza-se um encontro de integração entre os grupos da paróquia (Encontro de Recém-casados)
    32. 32. COMO FUNCIONA? POR QUE DOIS LIVROS? PORQUE NO LIVRO DO AGENTE estão as informações necessárias para que o dirigente do grupo possa informar-se sobre o tema e ter outras referências. E NO LIVRO DO CASAL, estão as orações e os encontros prontos para serem aplicados nos grupos.
    33. 33. ASSIM... DIRIGENTES CASAIS
    34. 34. 5. COMO SÃO OS ENCONTROS?
    35. 35. Como são os encontros? <ul><li>São realizados de forma missionária, sempre indo pelas casas dos recém-casados. </li></ul><ul><li>Pretende acolhê-los e catequizá-los fazendo o encontro da VIDA com a ESPIRITUALIDADE, mostrando que somos seres integrais. </li></ul><ul><li>Para isso preparam-se 24 encontros personalizados (nas casas) e 4 encontros na paróquia. </li></ul>
    36. 36. TEMAS <ul><li>Casamos. E agora? É o começo? </li></ul><ul><li>“ Eu não aprendi a fazer isso assim!” Dois mundos que se encontram. </li></ul><ul><li>Guerra dos sexos no lar: perigo à vista. </li></ul><ul><li>Os seus amigos... os nossos amigos! </li></ul><ul><li>Meu, seu e nosso? A partilha. </li></ul><ul><li>Quando o silêncio não ajuda. </li></ul>
    37. 37. TEMAS <ul><li>Queremos ter ou queremos ser? Quais são os valores que nos interessam? </li></ul><ul><li>Interferências familiares: o que fazer? </li></ul><ul><li>“ Até que a morte nos separe” é muito tempo? </li></ul><ul><li>Fidelidade se aprende praticando. </li></ul><ul><li>Conversar com Deus a dois e a sós: a oração. </li></ul><ul><li>“ Eu sou seu. Você é minha.” Verdadeiro ou falso? </li></ul>
    38. 38. ATENÇÃO! IMPORTANTE!
    39. 39. CONTINUIDADE Livro do agente Volume 2 Livro dos casais Volume 2 EM JUNHO/2011 SERÃO LANÇADOS MAIS DOIS LIVROS (VOLUME 2), COM MAIS 13 ENCONTROS, PARA QUE O TRABALHO ACONTEÇA POR 2 ANOS.
    40. 40. CONTINUIDADE – TEMAS <ul><li>Entre quatro paredes: a intimidade conjugal. </li></ul><ul><li>Esfriou a relação: “Mas quando nós namorávamos... O que mudou agora?” </li></ul><ul><li>Um dia ruim e, depois, outro pior. Será que vai melhorar? A esperança nos contratempos da vida. </li></ul>
    41. 41. CONTINUIDADE – TEMAS <ul><li>E quando alguém erra?A prática do perdão. </li></ul><ul><li>Quem é o melhor? </li></ul><ul><li>Segredos ou apenas &quot;esquecimentos&quot;? </li></ul><ul><li>Como planejar os filhos? Planejamento familiar no dia-a-dia. </li></ul><ul><li>As outras realidades conjugais e familiares que vemos por aí. </li></ul>
    42. 42. CONTINUIDADE – TEMAS <ul><li>Estamos preparando um mundo novo? </li></ul><ul><li>E quando chegarem os filhos? </li></ul><ul><li>A quem iremos, Senhor? </li></ul><ul><li>Família, imagem de Deus. </li></ul>
    43. 43. PRÁTICA PASTORAL
    44. 44. COMO CAMINHAR? <ul><li>Disponibilidade ao serviço. </li></ul><ul><li>Perseverar sempre. </li></ul><ul><li>Os agentes devem manter contato com o(s) grupo(s). </li></ul><ul><li>Pode acontecer de pular um mês entre um encontro e outro, mas não há problemas. </li></ul><ul><li>O importante é sempre adequar as necessidades do grupo à reunião. </li></ul>
    45. 45. COMO CAMINHAR? <ul><li>É um trabalho totalmente missionário, pois além de ir de casa em casa, é preciso exercitar a acolhida, a misericórdia, a compreensão... </li></ul><ul><li>Os jovens casais não são catequizandos na concepção tradicional, portanto é importante observar a forma que são tratados. </li></ul>
    46. 46. DÚVIDAS?
    47. 47. Oração dos novos casais
    48. 48. DEUS Pai de bondade, que, por Amor, criastes o homem e a mulher à Sua imagem e semelhança e que desejastes, desde o princípio, unir duas pessoas distintas em uma só carne, ajudai-nos a manter firme e inquebrantável a nossa Aliança Conjugal, fazendo com que a terceira pessoa do nosso matrimônio seja sempre o Vosso Espírito Santo.
    49. 49. Que convosco possamos trilhar nosso caminho, como novos casais, testemunhando a todos tudo o que nos fazeis de bom em Vossa Misericórdia. Não permitais, Senhor, que nos afastemos de Vós e de Vosso projeto, para que possamos cumprir a missão que nos destes, no dia de nosso casamento.
    50. 50. Abençoai-nos, Pai de Amor, e que, por Jesus Cristo, possamos buscar a santidade como casal, para alcançarmos, um dia, juntos, a Graça dos Céus. Amém! Sagrada Família, rogai por nós.
    51. 51. Obrigado a Deus e a todos vocês!! Encontros para Novos Casais
    52. 52. [email_address] [email_address] www.andrekaw.com www.pfsul1.com.br www.amordecasal.com

    ×