Plano de aula deiseane 06

820 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
820
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
10
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Plano de aula deiseane 06

  1. 1. UNIVERSIDADE DO ESTADO DA BAHIA DEPARTAMENTO DE CIÊNCIAS EXATAS E DA TERRA CAMPUS II – ALAGOINHAS DOCENTE: CLÁUDIA REGINA DISCENTE: DEISEANE SILVA DE MEIRELESCOLÉGIO ESTADUAL DR. MAGALHÃES NETOPROFESSORA REGENTE – MICHELINI MELO CAMPOSSÉRIE – 1º ANO TURMA: 90M1 ENSINO MÉDIODATA: 25/11/10CARGA HORÁRIA: 02 aulas / 100 min. PLANO DE AULA SEMANAL VITEMA:1. Divisão celularSUB-TEMA:1.1 Mitose e meiose.OBJETIVO- Descrever a divisão celular;- Identificar as fases da mitose;- Diferencia meiose I e meiose II.CONTEÚDO CONCEITUAL:- Descrição da divisão celular;- Identificação das fases da mitose;- Diferenciação da meiose I e meiose II.CONTEÚDO PROCEDIMENTAL:- Leitura do texto xerocado e do livro;- Resolução do estudo dirigido.CONTEÚDO ATITUDINAL:- Demonstração de responsabilidade em resolução de atividades elaboradas peloprofessor.
  2. 2. SEQUÊNCIA DIDÁTICATEMPO ESTIMADO: 2 AULAS (50 MIN/AULA)- A atividade proposta será realizada em casa, os alunos receberam orientações de comodesenvolver a atividade (as mesmas orientações estão contidas na atividade xerocadaque foi entregue aos alunos) a atividade deverá ser entregue no dia da prova.RECURSOS:- Atividade digitada e xerocada.AVALIAÇÃO:- Será avaliado o desempenho dos alunos na resolução das questões da atividade.REFERÊNCIAS:- AMABIS, José Mariano; MARTHO, Gilberto Rodrigues. Biologia. 2. ed. São Paulo:Moderna, 2004COMENTÁRIO:A proposta é para que a atividade seja realizada em casa, com base na leitura do texto edo capitulo do livro, visando permitir que os alunos não ficassem sem a abordagem doassunto, sendo que será reservada uma aula para correção.
  3. 3. APÊNDICE Colégio Estadual Dr. Magalhães Neto Disciplina: Biologia Turma: _______ Nome:________________________________________________ Data: ___/___/___INTRODUÇÃO O estudo dirigido é uma técnica fundamentada no princípio didático de que oprofessor não ensina: ele é o agilizador da aprendizagem, ajuda o aluno a aprender. É oincentivador e o ativador do aprender. De maneira especial, essa técnica põe emevidência o modo como o aluno aprende. Pode atender com vantagens, às exigências doprocesso de aprender, uma vez que, utilizando-se de dados reais contidos nas diferentesáreas do conhecimento, incentiva a atividade intelectual do aluno, força-o à descobertade seus próprios recursos mentais, facilitando-lhe o desenvolvimento das habilidades eoperações de pensamento significativas – identificar, selecionar, comparar,experimentar, analisar, solucionar problemas, aplicando o que aprendeu – epossibilitando lhe ajustar se às tarefas que deve executar para alcançar o previsto nosobjetivos. Este Estudo dirigido para duas aulas objetiva introduzir o tema: Divisão celular(mitose e meiose), permitindo assim que os alunos tenham contato com um assuntoimportante do currículo escolar e que não seria exposto em sala de aula devido ao curtoperíodo da IV unidade.OBJETIVOS- Oportunizar situações para o aluno aprender por meio de sua própria atividade, deacordo com seu ritmo pessoal;- Facilitar o atendimento das diferenças individuais, pelo professor; favorecer odesenvolvimento do sentido de independência e de segurança do aluno;- Possibilitar a criação, a correção e o aperfeiçoamento de hábitos de estudo, a fixação, aintegração e a ampliação da aprendizagem.ORIENTAÇÕES1ª PARTE: 2 AULAS 24/11/10 ( ATIVIDADE EM DUPLA/ EM CASA)Para que esse estudo seja eficaz siga atentamente as instruções abaixo.- Leia o texto: DIVISÃO CELULAR – MITOSE E MEIOSE;- Use também o capitulo 8 do livro didático;- Responda as questões para fixação do conteúdo.
  4. 4. PARTE 2: 2 AULAS 02/12/10 (CORREÇÃO)- Correção do estudo dirigido em sala, com participação de toda turma. ESTUDO DIRIGIDO: DIVISÃO da duração total do ciclo celular. Nos CELULAR – MITOSE E MEIOSE 95% do tempo restantes a célula permanece em interfase, definida comoDIVISÃO CELULAR o período entre duas divisões celulares consecutivas. É no período de interfaseHá um momento em que a célula que o DNA cromossômico está emcomeça a crescer muito, diminuindo a plena atividade, produzindo moléculassua relação área/volume. Quando a área de RNA com instruções para a sínteseda membrana plasmática é muito de proteínas , é também o período ondepequena em relação ao volume total da as moléculas de DNA dos cromossomoscélula, há dificuldades na absorção e se duplicam, preparando a célula para atransporte de nutrientes, sendo assim próxima divisão. Com base no períodonecessário que haja a divisão celular. A em que os cromossomos se duplicam,divisão celular é o processo que ocorre subdivide-se a interfase em três fases:nos seres vivos, através do qual uma G1, que antecede a duplicação do DNAcélula, chamada célula-mãe se divide cromossômico; S, período em que oem duas células-filhas. Nesse caso, DNA cromossômico está sendodividir significa duplicar, pois as novas duplicado; G2, que sucede a duplicação.células são capazes de crescer e de se Durante a fase S a quantidade de DNAtransformarem em células idênticas á no núcleo é duplicada. Considerandooriginal. A divisão celular é a maneira um ciclo celular de 24 h, a maior partepela qual organismos unicelulares se dele seria passada em interfase; 9 a 11 hreproduzem e as células dos organismos em G; 8 a 10 h em S (duplicando osmulticelulares se multiplicam, cromossomos); e 4 a 5 h em G2; apossibilitando o crescimento. Cada um divisão celular ocupa um tempo curto,de nós já foi uma única célula, a partir entre 30 minutos e uma hora.da qual surgiram, por divisões celularessucessivas, as dezenas de trilhões de Regulação do ciclo celularcélulas que formam nosso corpo. Esteprocesso faz parte do ciclo celular, que O ciclo celular pára em determinadosse inicia com o surgimento da célula, a pontos e só avança se determinadaspartir da divisão de uma célula pré- condições se verificarem, tais como aexistente, e termina quando ela se presença de uma quantidade adequadadivide em duas células-filhas. de nutrientes ou quando a célula atinge determinadas dimensões. A regulaçãoCiclo Celular do ciclo celular é realizada por ciclinas e por quinases ciclino-dependentes.O ciclo celular se divide em duas Certas células, como os neurônios,etapas: divisão celular e interfase. A param de se dividir quando o animaldivisão celular compreende a mitose atinge o estado adulto, mantendo-se(divisão do núcleo) e a citocinese durante o resto da vida do indivíduo na(divisão do citoplasma). Em geral, a fase G0.mitose e a citocinese duram menos de 1hora, o que corresponde a cerca de 5%
  5. 5. Mitose: É o processo de divisão celularque permite a distribuição doscromossomos e dos constituintescitoplasmáticos da célula- mãeigualmente entre as duas células- filhas.Tal processo é responsável pelamultiplicação dos indivíduosunicelulares e pelo crescimento dospluricelulares, por realizar o aumento donúmero de células. O processo damitose apresenta quatro fases (em Anáfase: Na anáfase, os centrômeros sesequência): dividem e as cromátidesirmãs se separam. O encurtamento gradual dasPrófase: Durante a prófase, os fibras cromossômicas arrasta asfiníssimos fios que compõem a cromátides-irmãs em sentidos opostos,cromatina —os cromossomos vão se até os pólos do fuso acromático.condensando no interior do núcleo,tornando-se mais visíveis eindividualizados. Nessa fase, cadacromossomo é constituído por dois fiosidênticos (cromátides) unidos por umaregião chamada centrômero. Ao final daprófase, a carioteca (membrana nuclear)desintegra-se. Os cromossomos, jábastante condensados, espalham-se naregião central do citoplasma. Nodecorrer da prófase, os centros celulares Telófase: Na telófase, os cromossomos,vão se afastando, dando origem a um já em pólos opostos da célula,complexo conjunto de fibras descondensam se e voltam a produzirdenominado fuso acromático. nucléolos. Cada conjunto cromossômico é envolvido por uma nova carioteca, organizada a partir dos fragmentos da carioteca original. Surgem, assim, dois núcleos-filhos com conjuntos idênticos de cromossomos. Após a formação dos núcleos filhos (cariocinese), ocorre a divisão do citoplasma, fenômeno den omi nadMetáfase: Na metáfase, cada ocromossomo liga-se a fibras do fuso citoprovenientes de pólos opostos (fibras cinecromossômicas). Essa ligação ocorre na se.região do centrômero cromossômico. Atensão nas fibras de pólos opostos fazcom que os cromossomos permaneçamtemporariamente estacionados na regiãoequatorial da célula, formando a placametafásica.
  6. 6. Meiose: é o nome dado ao processo de Vários estágios são definidos durantedivisão celular através do qual uma esta fase: Leptóteno, Zigóteno,célula tem o seu número de Paquíteno, Diplóteno e Diacinese.cromossomos reduzido pela metade. Poreste processo são formados gametas e Leptóteno: Os cromossomos tornam-seesporos, é constituída por duas divisões visíveis como delgados fios quecelulares: Meiose I e Meiose II. A começam a se condensar, mas aindameiose permite a recombinação gênica, formam um denso emaranhado. Nestade tal forma que cada célula diplóide é fase inicial, as duas cromátides- irmãscapaz de formar quatro células de cada cromossomo estão alinhadas tãohaplóides geneticamente diferentes intimamente que não são distinguíveis.entre si. Isso explica a variabilidade das Zigóteno: Os cromossomos homólogosespécies de reprodução sexuada. A começam a combinar-se estreitamentemeiose conduz à redução do número ao longo de toda a sua extensão. Odos cromossomos à metade. Na processo de pareamento ou sinapse éprimeira fase, os cromossomos muito preciso.emparelham-se e trocam material Paquíteno: Os cromossomos tornam-segenético (entrecruzamento ou crossing- bem mais espiralados. O pareamento éover), antes de separar-se em duas completo e cada par de homólogoscélulas filhas. Cada um dos núcleos aparece como um bivalente. Nestedestas células filhas tem só metade do estágio ocorre o crossing-over, ou seja,número original de cromossomos. Os a troca de segmentos homólogos entredois núcleos resultantes dividem-se na cromátides não irmãs de um par deMeiose II, formando quatro células. cromossomos homólogos. Diplóteno: Ocorre o afastamento dosInterfase: Antes do início da meiose I cromossomos homólogos queas células passam por um processo constituem os bivalentes. Embora ossemelhante ao que ocorre durante a cromossomos homólogos se separem,interfase das células somáticas. Os seus centrômeros permanecem intactos,núcleos passam pelo intervalo G1, que de modo que cada conjunto deprecede o período de síntese de DNA, cromátides-irmãs continua ligadoperíodo S, quando o teor de DNA é inicialmente. Depois, os doisduplicado, e pelo intervalo G2. A homólogos de cada bivalente mantêm-meiose I é subdividida em quatro fases, se unidos apenas nos pontosdenominadas: Prófase I, Metáfase I, denominados quiasmas (cruzes).Anáfase I, Telófase I Diacinese: Neste estágio os cromossomos atingem a condensaçãoPrófase I: A prófase I é de longa máxima.duração e muito complexa. Oscromossomos homólogos se associam Metáfase I: Há o desaparecimento daformando pares, ocorrendo permuta membrana nuclear. Forma-se um fuso e(crossing-over) de material genético os cromossomos pareados se alinhamentre eles. no plano equatorial da célula com seus centrômeros orientados para pólos diferentes.
  7. 7. Anáfase I: Os dois membros de cada Assim, depois da formação do fuso e dobivalente se separam e seus respectivos desaparecimento da membrana nuclear,centrômeros com as cromátides-irmãs as células resultantes entram logofixadas são puxados para pólos opostos na metáfase II.da célula.Os bivalentes distribuem-se Metáfase II: Os 23 cromossomosindependentemente uns dos outros e, em subdivididos em duas cromátides unidasconseqüência, os conjuntos paterno e por um centrômero prendem-se ao fuso.materno originais são separados emcombinações aleatórias. Anáfase II: Após a divisão dos centrômeros as cromátides de cada cromossomo migram para pólosTelófase I: Nesta fase os dois conjuntos opostos.haplóides de cromossomos se agrupamnos pólos opostos da célula. Telófase II: Forma-se uma membranaMeiose II: A meiose II tem início nas nuclear ao redor de cada conjunto decélulas resultantes da telófase I, sem cromátides.que ocorra a Interfase. A meiose IItambém é constituída por quatro fases:Prófase II: É bem simplificada, vistoque os cromossomos não perdem a suacondensação durante a telófase I.
  8. 8. LISTA DE EXERCÍCIOS1. Cite duas características diferenciais da meiose e da mitose.___________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________2. Qual a importância da meiose.___________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________3. Relacione as fases da mitose: anáfase, telófase, metáfase e prófase, com os respectivosnúmeros das figuras abaixo: 1. ____________________ 2. ____________________ 3. ____________________ 4. ____________________4. Os itens abaixo se referem à mitose e todos eles estão corretos, exceto:a) É um processo de divisão celular importante para o crescimento dos organismos.b) Ocorre nas células somáticas (não germinativas) de animais e vegetais.c) Uma célula-mãe origina duas células-filhas com metade do número de cromossomos.d) A duplicação do DNA ocorre na fase da interfase.e) Na fase da telófase, forma-se uma nova membrana nuclear em torno dos cromossomos eo citoplasma se divide.5. A figura ao lado é característica da Meiose porque só nesse tipo de divisão celularacontece: a) Separação dos centríolos.b) Formação do fuso acromático.c) Manutenção da carioteca.d) Pareamento dos cromossomos homólogos.e) Duplicação do DNA.
  9. 9. 6. Uma evidente diferença existente entre a anáfase da mitose e as anáfases I e II da meioseé que os cromossomos em migração para os pólos celulares são:a) Cromátides-irmãs nas anáfases I e II da meiose e homólogos na anáfase da mitose.b) Homólogos nas anáfases I e II da meiose e cromátides-irmãs na anáfase da mitose.c) Homólogos na anáfase I da meiose e cromátides-irmãs na anáfase II da meiose e naanáfase da mitose.d) Cromátides-irmãs na anáfase I da meiose e anáfase da mitose e homólogos na anáfase IIda meiose.e) Cromátides-irmãs nas anáfases I e II da meiose e na anáfase da mitose.7. Qual a seqüência natural da interfase do ciclo celular? Caracterize cada uma delas.____________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________8. Nos seres eucariontes, por ocasião da divisão celular, a carioteca desaparece na:a) Interfase.b) Prófase.c) Metáfase.d) Anáfase.e) Telófase.9. Após a divisão do centrômero, as cromátides-irmãs se separam e cada uma fica unidaa um dos pólos da célula, através das fibras cromossômicas. As cromátides-irmãsmigram para pólos opostos. A frase acima refere-se à que fase da mitose?______________________________________________________________________10. Defina divisão celular.__________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________11. Em que tipo de células ocorre à meiose?____________________________________________________________________________________________________________________________________________12. Em qual etapa a célula está duplicando seus cromossomos, e quanto tempo leva paraisso ocorrer?____________________________________________________________________________________________________________________________________________

×