7 plano semanal rondinelle

743 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
743
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
3
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

7 plano semanal rondinelle

  1. 1. Universidade do Estado da Bahia – UNEB Departamento de Ciências Exatas e da Terra – DCET Campus II, Alagoinhas -BACETEPTurma: TEV2Estagiário: Rondinelle de Oliveira BatistaRegente: Carmem Gonçales de MacêdoProfª. Orientadora: Cláudia Regina Teixeira de Souza Plano Semanal 07OBS: este plano abrange as duas aulas a serem ministradas no dia 01 de dezembro de 2010.Tema:  Tecidos vegetaisSub-Tema:  Características estruturais e funcionais dos tecidos vegetais  Os diferentes tipos de tecidos vegetaisObjetivos:  Conhecer e distinguir os diferentes tipos de tecidos vegetais  Analisar a estrutura e o funcionamento dos tecidos vegetaisConteúdo conceitual:  Conhecimento e distinção dos diferentes tipos de tecidos vegetais  Análise da estrutura e do funcionamento dos tecidos vegetaisConteúdo procedimental:  Resolução da atividade avaliativa de biologia abordando o tema: tecidos vegetais.Conteúdo atitudinal: 1
  2. 2.  Respeito às diferentes formas de vida do planeta;  Conscientização da necessidade de preservar os seres vivos e o meio ambiente.Procedimentos Metodológicos:  Verificação de aprendizagem.Seqüência didática: As avaliações serão individuais e sem consulta, para tanto a turma deverá estarorganizada em filas. A duração de cada aula terá aproximadamente 50 minutos. 1° e 2º Aula:  1º momento: Serão distribuídas as avaliações diretamente aos alunos, os quais disporão de duas aulas para respondê-la.Avaliação:Neste plano, os alunos serão avaliados no momento da correção das provas.Referências:LINHARES, S. & GEWANDSZNAJDER, F. Biologia. Volume Único. 1. ed. São Paulo:Ática, 2005.LOPES, S. & ROSSO, S. Biologia. Volume Único. 1. ed. São Paulo: Saraiva, 2005.PAULINO, W. R. Biologia: citologia e histologia. V. 1. 1. ed. São Paulo: Ática, 2005. 2
  3. 3. APÊNDICECETEP/LNDisciplina: Biologia Turma: TEV2Estagiário: Rondinelle de Oliveira BatistaRegente: Carmem Gonçales de MacêdoProf. Orientador: Cláudia Regina de SouzaAluno: _________________________________________________________. Verificação de aprendizagem IV UnidadeInstruções:  Essa avaliação tem valor de 4,0 pontos;  Essa avaliação será realizada individualmente;  Usar caneta esferográfica de cor Azul ou Preta;  Não será permitido consulta;  Responder as questões 5, 6, 7 e 8 no verso da folha;  Não rasurar e não usar corretivo nas questões de marcar;  Leia as questões com bastante atenção.1. Marque falso (F) ou verdadeiro (V).a) Os tecidos meristemáticos primários são: epiderme, periblema e pleroma. ( )b) Os tecidos adultos das plantas são chamados de meristemáticos secundários. ( )c) O crescimento em espessura das plantas é promovido pelas gemas apicais. ( )d) A coifa é uma estrutura que envolve e protege o meristema radicular. ( )Leia atentamente o texto a seguir para as questões 2 e 3.A Hevea brasiliensis, conhecida popularmente como seringueira, é uma árvore nativa dafloresta Amazônica, que também esta sofrendo com o gradual desmatamento. Apesar deeconomicamente importantes, os seringais estão sendo destruídos para a implantação degarimpos, de minerações, de pecuária e de agricultura de subsistência. A seringueira fornece olátex que permite a fabricação da borracha.2. Assinale a alternativa correta. 3
  4. 4. a) O látex é uma substância produzida pela planta, mas que não tem importância para a sua sobrevivência.b) O látex é a seiva elaborada da seringueira.c) O látex constitui um produto de defesa natural, destinado à cicatrização de lesões na planta.d) O látex é produzido nas folhas pela ação da clorofila.3. Assinale a alternativa falsa.a) Os vasos lactíferos, assim como os pêlos secretores e nectários são exemplos de tecidos glandulares da planta.b) Tecidos glandulares são aqueles destinados à produção, armazenagem e secreção de substâncias na planta.c) O látex é uma fonte de energia utilizada para o crescimento das plantas que o produzem.d) O látex pode ter diferentes tonalidades de cores, como laranja e incolor, a depender da espécie de planta que o produziu.4. Relacione os tecidos adultos com o tecido meristemático que o originou. ( 1 ) Dermatogênio ( ) Epiderme. ( 2 ) Felogênio ( ) Córtex. ( 3 ) Pleroma ( ) Súber. ( 4 ) Periblema ( ) Cilindro central.5. Explique com suas palavras o mecanismo de abertura e fechamento dos estômatos e a sua importância para a planta.6. Estabeleça a diferença entre seiva bruta e seiva elaborada e explique o mecanismo pelo qual essas substâncias percorrem o corpo da planta.7. Cite três tecidos permanentes da planta adulta relacionando à sua função e estrutura.8. As espécies vegetais encontradas na caatinga estão adaptadas ao clima semi-árido dessa região. Cite, explicando, duas adaptações morfológicas e/ou fisiológicas que contribuem para a adaptação dessas plantas próprias a este ambiente. Boa Sorte! 4
  5. 5. COMENTÁRIOS Não houve nenhum acontecimento que mereça destaque quanto airregularidades no comportamento dos alunos, como “pescas” ou conversas comoutros alunos. Entretanto, me chamou atenção o fato de que todos os alunosreclamarem porque metade ta prova era composta de questões abertas. Estesalegaram não estar acostumados com esse tipo de avaliação e, de fato, boa parteda turma se quer respondeu a estas questões da prova. Isso revela o despreparo daturma quando se trata de questões subjetivas que envolvem relacionar osconhecimentos aprendidos com a realidade vivencial e transmitir essas idéias emforma de texto. Todavia, mesmo nas questões objetivas houve muitos erros, demonstrandoque boa parte da turma não se preparou para a avaliação. Mais uma vez, a principaljustificativa dos alunos foi a de que já estavam passados ou perdidos de ano,embora houve aqueles que admitiram estar passando por momentos difíceis,retomando um discurso difundido entre os educadores, de que a vida pessoal nãoestá dissociada da escola e deve ser levada em consideração nos métodosavaliativos. 5

×