Fairtrade international
DESTAQUES DO RELATÓRIO ANUAL DE 2014-2015
MUDANÇA GLOBAL,
LIDERANÇA LOCAL
© Nathalie Bertrams
IDÉIAS OUSADAS: MENSAGEM DE NOSSA PRESIDENTE-EXECUTIVA
Há mais de 25 anos, quando o Comércio Justo Fairtrade
estourou nos ...
PERCURSOS PARA A MUDANÇA
3
Estamos aumentando nossos esforços para compreender o impacto e
a eficácia do Comércio Justo Fa...
COMO PARTE DISTO, NÓS DESENVOLVEMOS UMA TEORIA DA MUDANÇA:
4Fairtrade International | Destaques do Relatório anual de 2014...
QUAL É A EFICÁCIA DO COMÉRCIO JUSTO FAIRTRADE?
5
© Suzanne Lee
Fairtrade International | Destaques do Relatório anual de 2...
QUAL É A EFICÁCIA DO COMÉRCIO JUSTO FAIRTRADE?
6
Encomendamos várias avaliações e
pesquisas de base com produtores de café...
ORGANIZAÇÕES FORTES, MELHORES NEGÓCIOS
7
• Um crescente corpo de evidências mostra que o
Comércio Justo Fairtrade está per...
ORGANIZAÇÕES FORTES, MELHORES NEGÓCIOS
8
A Sociedade Cooperativa de Agricultores Kibinge
Coffee em Uganda é um grande exem...
TRABALHANDO PARA TRABALHADORES
9
• Em 2014, publicamos o nosso quarto relatório de
referências do salário mínimo.
• No set...
TRABALHANDO PARA TRABALHADORES
Melhorar a situação dos salários dos
trabalhadores nas pequenas propriedades rurais
continu...
PODER NOS PROGRAMAS
• Nós estamos continuando a lançar o nosso
programa de mudanças climáticas, realizando
projetos de ada...
Nós:
• Implementaremos nossa estratégia de gênero, com
foco em melhorar a consciência de gênero,
igualdade e capacitação d...
LUTANDO CONTRA A DESIGUALDADE NO COMÉRCIO
13
• Em 2014, fizemos uma parceria com a Pão para o
Mundo e com o Kenyan Flower ...
LUTANDO CONTRA A DESIGUALDADE NO COMÉRCIO
Realizaremos pesquisa qualitativa em novos
mercados para aprender o que importa ...
PARCERIAS PARA PRODUTORES
15
• Nosso órgão de certificação independente,
FLOCERT, está trabalhando para combinar
auditoria...
PARCERIAS PARA PRODUTORES
16
© Didier Gentilhomme
Fairtrade International | Destaques do Relatório anual de 2014-2015
Uma ...
INOVAÇÃO NO FAIRTRADE
• A nossa equipa de preços tem trabalhado para
simplificar este processo e desenvolveu o
procediment...
INOVAÇÃO NO FAIRTRADE
A complexidade e falta de transparência na cadeia
de fornecimento têxtil levanta a dificuldade para
...
VENDAS ESTIMADAS DE PRODUTOS DO COMÉRCIO JUSTO FAIRTRADE POR PAÍS CONSUMIDOR EM 2014
19Fairtrade International | Destaques...
VOLUME ESTIMADO DOS PRODUTOS VENDIDOS NOS PAÍSES CONSUMIDORES EM 2014
20Fairtrade International | Destaques do Relatório a...
FINANÇAS DA FAIRTRADE INTERNATIONAL EM 2014
21
RENDA
DESPESAS
Fairtrade International | Destaques do Relatório anual de 20...
OBRIGADO…
A NOSSOS PARCEIROS FINANCEIROS:
DFID – UK Departamento de Desenvolvimento Internacional
SECO - Secretaria de Est...
FATOS DE COMÉRCIO JUSTO FAIRTRADE
23Fairtrade International | Destaques do Relatório anual de 2014-2015
VEJA O RELATÓRIO ANNUAL:
annualreport.fairtrade.net/en/ (Inglês)
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Mudança Global, Liderança Local: Destaques do Relatório anual de 2014-2015

415 visualizações

Publicada em

Fairtrade international - Destaques do Relatório anual de 2014-2015

VEJA O RELATÓRIO ANNUAL: annualreport.fairtrade.net/en/ (Inglês)

Publicada em: Governo e ONGs
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
415
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
19
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Mudança Global, Liderança Local: Destaques do Relatório anual de 2014-2015

  1. 1. Fairtrade international DESTAQUES DO RELATÓRIO ANUAL DE 2014-2015 MUDANÇA GLOBAL, LIDERANÇA LOCAL © Nathalie Bertrams
  2. 2. IDÉIAS OUSADAS: MENSAGEM DE NOSSA PRESIDENTE-EXECUTIVA Há mais de 25 anos, quando o Comércio Justo Fairtrade estourou nos campos dos agricultores e nas prateleiras das lojas, ele era de fato ousado. Hoje ainda procuramos nutrir aquela energia inovadora para manter o Comércio Justo Fairtrade na vanguarda da criação de um comércio que coloca as pessoas em primeiro lugar, e que responde aos desafios cada vez maiores que pequenos agricultores e trabalhadores enfrentam. Os produtores são os únicos que sabem do que eles precisam, quer se trate de adaptação às alterações climáticas para a sua produção de mel ou comerciantes devem pagar preços mais elevados. Por isso, estamos sempre ouvindo os agricultores e trabalhadores – e suas idéias ousadas para a mudança! Fairtrade International | Destaques do Relatório anual de 2014-2015 2 “SE HOUVER QUALQUER COISA QUE VOCÊ POSSA FAZER, OU SONHA QUE PODE FAZER, COMECE A FAZER," DISSE GOETHE. "OUSADIA TEM GENIALIDADE, PODER E MAGIA EM SI." © Camera Lucida
  3. 3. PERCURSOS PARA A MUDANÇA 3 Estamos aumentando nossos esforços para compreender o impacto e a eficácia do Comércio Justo Fairtrade através do investimento em nosso programa de acompanhamento, avaliação e aprendizagem. © Nathalie Bertrams Fairtrade International | Destaques do Relatório anual de 2014-2015
  4. 4. COMO PARTE DISTO, NÓS DESENVOLVEMOS UMA TEORIA DA MUDANÇA: 4Fairtrade International | Destaques do Relatório anual de 2014-2015
  5. 5. QUAL É A EFICÁCIA DO COMÉRCIO JUSTO FAIRTRADE? 5 © Suzanne Lee Fairtrade International | Destaques do Relatório anual de 2014-2015 Dragusanu et al., ‘The Economics of Fair Trade’, Journal of Economic Perspectives OS AGRICULTORES DO COMÉRCIO JUSTO FAIRTRADE RECEBEM EM MÉDIA PREÇOS MAIS ELEVADOS, TÊM MAIOR ACESSO AO CRÉDITO, PERCEBEM SEU AMBIENTE ECONÔMICO COMO SENDO MAIS ESTÁVEL, E SÃO MAIS PROPENSOS A SE ENVOLVEREM EM PRÁTICAS AGRÍCOLAS AMIGÁVEIS PARA O MEIO- AMBIENTE.
  6. 6. QUAL É A EFICÁCIA DO COMÉRCIO JUSTO FAIRTRADE? 6 Encomendamos várias avaliações e pesquisas de base com produtores de café, cacau, algodão e banana. Em 2015, os pesquisadores irão desenvolver a primeira pesquisa aprofundada sobre o impacto do Comércio Justo Fairtrade ao longo de toda a cadeia de valor. Nós também queremos examinar áreas específicas onde a pesquisa sobre o Comércio Justo Fairtrade tem sido muito limitada para que nós possamos tirar conclusões sobre o nosso impacto: por exemplo, adaptação e resiliência às mudanças climáticas; sustentabilidade intergeracional e gênero. Nós chegaremos até a comunidade de pesquisa para nos ajudar a expandir o nosso conhecimento. © Suzanne Lee QUAL É O PRÓXIMO PASSO? Fairtrade International | Destaques do Relatório anual de 2014-2015
  7. 7. ORGANIZAÇÕES FORTES, MELHORES NEGÓCIOS 7 • Um crescente corpo de evidências mostra que o Comércio Justo Fairtrade está permitindo que os pequenos produtores tomem mais propriedade e controle de seus negócios • Estamos ajudando os agricultores a acessar o capital de que necessitam para desenvolver os seus negócios • Uma pesquisa de satisfação recente mostra que 93 por cento dos produtores do Comércio Justo Fairtrade estão satisfeitos com os serviços de apoio que recebem © Santiago Engelhardt Fairtrade International | Destaques do Relatório anual de 2014-2015 Recrutamos um consultor sênior que irá desenvolver uma abordagem sistemática para apoiar as pequenas organizações de produtores. Nós trabalharemos com base nas melhores práticas regionais e no aprendizado da formulação de um programa abrangente ou módulos de treinamento e apoio aos pequenos produtores do Comércio Justo Fairtrade em todo o mundo. QUAL É O PRÓXIMO PASSO?
  8. 8. ORGANIZAÇÕES FORTES, MELHORES NEGÓCIOS 8 A Sociedade Cooperativa de Agricultores Kibinge Coffee em Uganda é um grande exemplo de como estruturas fortes e compartilhamento de habilidades podem levar a produtos de melhor qualidade, agricultores bem treinados e uma comunidade próspera. © Kibinge Coffee Farmers’ Cooperative Fairtrade International | Destaques do Relatório anual de 2014-2015 AGORA, OS AGRICULTORES TÊM ACESSO A SERVIÇOS FINANCEIROS ÀS SUAS PORTAS. ELES PODEM ABRIR CONTAS, OBTER FACILIDADES DE CRÉDITO. ELES PODEM ECONOMIZAR DINHEIRO COM A GENTE E OBTER UM EMPRÉSTIMO - PARA USO PESSOAL OU COMERCIAL.
  9. 9. TRABALHANDO PARA TRABALHADORES 9 • Em 2014, publicamos o nosso quarto relatório de referências do salário mínimo. • No setor de chá, nós assinamos um acordo com a Oxfam, com a Ethical Tea Partnership e outros agentes do setor para atingir um salário mínimo no Malawi. Fairtrade International | Destaques do Relatório anual de 2014-2015 O COMÉRCIO JUSTO FAIRTRADE TEM DESEMPENHADO UM PAPEL IMPORTANTE NA FORMAÇÃO DOS LÍDERES, INCLUSIVE EU, SOBRE A NEGOCIAÇÃO COLECTIVA ATRAVÉS DE UM REPRESENTANTE DA UITA MALAWI. NÓS APRESENTAMOS UM PROJETO DE ACORDO PARA APROVAÇÃO DA ASSOCIAÇÃO DE CHÁ DE MALAWI. Mary Exilder Tambala, Secretária-Geral Adjunta, União de Trabalhadores da Agricultura e da Plantação do Malawi © Simon Rawles
  10. 10. TRABALHANDO PARA TRABALHADORES Melhorar a situação dos salários dos trabalhadores nas pequenas propriedades rurais continua a ser um desafio. Contudo, os projetos individuais estão permitindo que os agricultores se tornem melhores empregadores. Este trabalho irá informar uma estratégia mais ampla, que pretendemos concluir em 2016. Nós também: Fairtrade International | Destaques do Relatório anual de 2014-2015 10 • Organizaremos mesas redondas com donos de plantações e os seus compradores para buscar soluções em comum para resolver o problema dos baixos salários em alguns setores. • Continuaremos a estabelecer padrões de referências salariais como um alvo para o avanço dos empregadores. • Trabalharemos em parceria com outras organizações certificadoras e com múltiplas partes interessadas para criar uma massa crítica para a mudança. © Nathalie Bertrams QUAL É O PRÓXIMO PASSO?
  11. 11. PODER NOS PROGRAMAS • Nós estamos continuando a lançar o nosso programa de mudanças climáticas, realizando projetos de adaptação específicos em conjunto com especialistas em clima e com nossas redes de produtores. • Em 2015, nós recrutamos um conselheiro sênior para gênero. Este é um passo importante para a implementação de nossa estratégia de gênero e para a certificação de que as mulheres agricultoras estão fornecidas com os meios para superar estas barreiras. • As redes de produtores do Comércio Justo Fairtrade estão assumindo este desafio e realizaram treinamento sobre prevenção do trabalho infantil em mais de 130 organizações de produtores. 11 © Eric St Pierre Fairtrade International | Destaques do Relatório anual de 2014-2015
  12. 12. Nós: • Implementaremos nossa estratégia de gênero, com foco em melhorar a consciência de gênero, igualdade e capacitação dentro do sistema do Comércio Justo Fairtrade e de nossa cadeia de fornecimento. • Trabalharemos com parceiros dos direitos das crianças, apoiando mais grupos de produtores para implementar a abordagem de monitoramento de inclusão juvenil para enfrentar o trabalho infantil. • O Critério para o Clima do Comércio Justo Fairtrade será lançado em 2015. Trabalhando com o Gold Standard, o novo regime permitirá que comunidades agrícolas acessem o mercado de carbono e reduzam as suas emissões de carbono enquanto recebem benefícios econômicos e tornam-se mais resistentes aos efeitos da mudança climática. PODER NOS PROGRAMAS 12 © Marvin del Cid Fairtrade International | Destaques do Relatório anual de 2014-2015 QUAL É O PRÓXIMO PASSO?
  13. 13. LUTANDO CONTRA A DESIGUALDADE NO COMÉRCIO 13 • Em 2014, fizemos uma parceria com a Pão para o Mundo e com o Kenyan Flower Council para defender com êxito a remoção das tarifas de importação da UE sobre flores cortadas do Quênia. • Um relatório de 2014 do Fair Trade Advocacy Office revela como um punhado de comerciantes, fabricantes de marcas e varejistas controlam grande parte do comércio nos principais commodities agrícolas. • O Critério para Comerciante do Comércio Justo Fairtrade revisado publicado em 2015 incentiva mais a colaboração entre produtores, compradores e vendedores.© James A. Rodriguez Fairtrade International | Destaques do Relatório anual de 2014-2015 AS MUDANÇAS NO PODER NO SECTOR AGRO- ALIMENTAR TORNARAM-SE MUITO SIGNIFICATIVAS, E SEUS IMPACTOS CONSIDERÁVEIS DEMAIS PARA SEREM IGNORADOS. Olivier De Schutter, ex-Relator Especial das Nações Unidas sobre o Direito à Alimentação
  14. 14. LUTANDO CONTRA A DESIGUALDADE NO COMÉRCIO Realizaremos pesquisa qualitativa em novos mercados para aprender o que importa para os jovens e como eles vêem o seu papel como cidadãos e consumidores. Estas percepções estratégicas informarão como nos envolvemos com jovens de todo o mundo. Nós também: • Desenvolveremos um novo foco de defesa para engajar nosso movimento social de base em todo o mundo. • Procuraremos alcançar mudanças de políticas globais e nacionais sobre práticas comerciais, agricultura da 'próxima geração', alterações climáticas e acesso ao financiamento. 14 © Simon Coley QUAL É O PRÓXIMO PASSO? Fairtrade International | Destaques do Relatório anual de 2014-2015
  15. 15. PARCERIAS PARA PRODUTORES 15 • Nosso órgão de certificação independente, FLOCERT, está trabalhando para combinar auditorias do Comércio Justo Fairtrade com outros sistemas, tais como a 4C Association e o certificador orgânico Mayacert. Isto significa menos burocracia, custos mais baixos e mais tempo para os produtores se concentrarem em seus negócios. • Em 2014-2015, transferimos mais responsabilidades e serviços às redes de produtores. • Estamos construindo mais oportunidades para os produtores venderem em seus mercados locais em condições de Comércio Justo Fairtrade. Fairtrade International | Destaques do Relatório anual de 2014-2015 © Tatiana Marin
  16. 16. PARCERIAS PARA PRODUTORES 16 © Didier Gentilhomme Fairtrade International | Destaques do Relatório anual de 2014-2015 Uma vez que a Rede de Produtores de Ásia-Pacífico (NAPP) tiver capacidade suficiente para assumir serviços aos produtores, eles se juntarão às outras redes no apoio aos produtores locais. No próximo ano, estaremos construindo os mercados para os produtos do Comércio Justo Faitrade na Polônia, Argentina, Filipinas e Taiwan QUAL É O PRÓXIMO PASSO? SER CAPAZ DE FORNECER SUPORTE LOCALIZADO NOS TORNA SENSÍVEIS ÀS NECESSIDADES DOS PRODUTORES. James Mwai, Diretor de Programas, Fairtrade África
  17. 17. INOVAÇÃO NO FAIRTRADE • A nossa equipa de preços tem trabalhado para simplificar este processo e desenvolveu o procedimento de Entrada Rápida. • Desde seu lançamento, temos 15 novos contratos de negócios para o fornecimento de cacau do Comércio Justo Fairtrade, contribuindo para um aumento de 24 por cento nas vendas de cacau e € 950.560 em Prêmio para os agricultores. 17 © Matt Crossick Fairtrade International | Destaques do Relatório anual de 2014-2015
  18. 18. INOVAÇÃO NO FAIRTRADE A complexidade e falta de transparência na cadeia de fornecimento têxtil levanta a dificuldade para as empresas que desejam garantir a equidade em todas as fases de produção. Para lidar com isso, vamos lançar um Critério Têxtil do Comércio Justo Fairtrade em 2016. Será aplicável a toda a cadeia de fornecimento de algodão e tem como objetivo melhorar a vida dos trabalhadores das fábricas. Também observaremos os desafios das empresas que fornecem algodão e açúcar, a fim de abordar a lenta implantação dos Programas de Fornecimento do Comércio Justo Fairtrade nestes produtos. Em 2016 vamos continuar a desenvolver o conceito de critérios baseados nos impactos que se concentra menos nos requisitos e muito mais nos resultados e impactos. 18 QUAL É O PRÓXIMO PASSO?ESTAMOS MUITO ORGULHOSOS DE QUE A MARS TORNOU- SE A PRIMEIRA EMPRESA DO REINO UNIDO A SE COMPROMETER AO NOVO PROGRAMA DE FORNECIMENTO DO COMÉRCIO JUSTO FAIRTRADE PARA COMPRAR CACAU DO COMÉRCIO JUSTO FAIRTRADE PARA AS BARRAS DE MARS® NO REINO UNIDO E NA IRLANDA. ESTA PARCERIA ESTENDIDA ENTRE A MARS E O COMÉRCIO JUSTO FAIRTRADE ESTÁ ENRAIZADA EM UMA CRENÇA COMPARTILHADA SOBRE COLOCAR OS AGRICULTORES EM PRIMEIRO LUGAR. JUNTOS, NÓS ESTAMOS TRABALHANDO EM UMA NOVA ABORDAGEM EMOCIONANTE E INOVADORA COM COOPERATIVAS DE CACAU DO COMÉRCIO JUSTO FAIRTRADE NA COSTA DO MARFIM, PERMITINDO AOS AGRICULTORES AUMENTAR A PRODUÇÃO SUSTENTÁVEL E OS RENDIMENTOS DO CACAU E MELHORAR OS MEIOS DE SUBSISTÊNCIA LOCAIS. Blas Maquivar, Presidente, Mars Chocolate UK e Global Retail Fairtrade International | Destaques do Relatório anual de 2014-2015
  19. 19. VENDAS ESTIMADAS DE PRODUTOS DO COMÉRCIO JUSTO FAIRTRADE POR PAÍS CONSUMIDOR EM 2014 19Fairtrade International | Destaques do Relatório anual de 2014-2015
  20. 20. VOLUME ESTIMADO DOS PRODUTOS VENDIDOS NOS PAÍSES CONSUMIDORES EM 2014 20Fairtrade International | Destaques do Relatório anual de 2014-2015
  21. 21. FINANÇAS DA FAIRTRADE INTERNATIONAL EM 2014 21 RENDA DESPESAS Fairtrade International | Destaques do Relatório anual de 2014-2015
  22. 22. OBRIGADO… A NOSSOS PARCEIROS FINANCEIROS: DFID – UK Departamento de Desenvolvimento Internacional SECO - Secretaria de Estado para os Assuntos Econômicos, Suíça Comissão Europeia Pão para o Mundo - Serviço Protestante para o Desenvolvimento (EED) Agência Francesa de Desenvolvimento (AFD)
 Cooperação Empresarial para o Desenvolvimento (DEG)
 Postcode Lottery da Suécia 22 E A NOSSOS MEMBROS DO CONSELHO: Presidente: Marike Runneboom de Peña Vice-Presidente: Gulam Juma Tesoureiro: Jean-Paul Rigaudeau Bharath Mandanna Tapan Ray Chief Adam Tampuri Frans De Bie Melissa Duncan Wanja Lundby-Wedin Bernhard Herold Thelesklaf Aruna Rao Fairtrade International | Destaques do Relatório anual de 2014-2015
  23. 23. FATOS DE COMÉRCIO JUSTO FAIRTRADE 23Fairtrade International | Destaques do Relatório anual de 2014-2015
  24. 24. VEJA O RELATÓRIO ANNUAL: annualreport.fairtrade.net/en/ (Inglês)

×