Slide de lípideos

3.403 visualizações

Publicada em

0 comentários
2 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
3.403
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
68
Comentários
0
Gostaram
2
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Slide de lípideos

  1. 1. lípideos
  2. 2. aNUM CONGRESSO INTERNACIONAL DEBIOQUÍMICA EM 1922 ESTABELECEU-SE QUEOS ÉSTERES QUE POR HIDRÓLISE FORNECEMÁCIDOS CARBOXÍLICOS SUPERIORES (ÁCIDOSGRAXOS) SERIAM ENQUADRADOS NUMGRUPOGERAL, OS LIPÍDIOS OU LÍPIDES (DO GREGOLIPO, GORDURA).
  3. 3. lípidiosLipídios são biomoléculas compostas por carbono(C), hidrogênio (H) e oxigênio (O), fisicamente caracterizadaspor serem insolúveis em água, e solúveis em solventesorgânicos, comoo álcool, benzina, éter, clorofórmio e acetona. A família decompostos designados por lipídios é muito vasta. Cadagrama de lipídio armazena 9 quilocalorias deenergia, enquanto cada grama de glicídio ou proteínaarmazena somente 4 quilocalorias.
  4. 4. ALIMENTAÇÃOA gordura é um tipo de lipídio. Alguns alimentos ricos nestecomposto são:manteiga, margarina, frituras, doces, biscoitosrecheados, carnes gordas, queijo amarelo, leiteintegral, requeijão, embutidos.Após uma refeição rica em lipídios, o sangue fica com umaspecto leitoso. É importante levar em consideração que osalimentos crocantes são os que mais contêmgordura trans, e evitar o consumo de carne com gorduravisível é um cuidado simples e muito benéfico. O excesso dealimentos adiposos pode resultar em doençascardiovasculares. Porém, a ausência destes no nosso corpopode resultar em raquitismo. Por isso, é necessário que haja
  5. 5. FUNÇÕESFonte energéticaFornecem mais energia que os carboidratos, porém estes sãopreferencialmente utilizados pela célula. Toda vez que a célula eucariontenecessita de uma substância energética, ela vai optar pelo uso imediatode uma glicose, para depois consumir os lipídeos.EstruturalOs fosfolipídios são os principais componentes das membranascelulares. Do ponto de vista químico, um fosfolipídio é um glicerídeocombinado a um grupo de fosfato. A sua molécula lembra um palito defósforo, com uma “cabeça” polar, e uma haste apolar, constituída porduas cadeias de ácido graxo.Nas membranas biológicas, eles ficam organizados em duascamadas, que se incrustam com moléculas de certas proteínas.Isolante térmicoAuxiliam na manutenção da temperatura do corpo, por meios de umacamada de tecido denominado hipoderme, a qual protege o indivíduocontra as variações de temperatura mantendo a homeostasia corpórea.Proteção mecânicaA gordura age como suporte mecânico para certos órgãos internos e sob
  6. 6. LIPÍDIOS E A ESCLEROSE MÚLTIPLAA bainha de mielina é uma estrutura membranosa queenvolve os axônios das células nervosas. Ela tem umconteúdo particularmente alto de esfingolipídios e consisteem diversas camadas de membranas plasmáticas queenvolvem as células nervosas. Diferentemente das demaismembranas celulares, a mielina é uma bicamada inteiramentelipídica com pequena quantidade de proteínas associadas. Asua estrutura permite a rápida transmissão dos impulsosnervososentre os segmentos separados pelos nódulos deRanvier. Com a perda ou diminuição da eficiência da bainhade mielina, a transmissão dos impulsos nervosos ficaprejudicada. Na esclerose múltipla, uma doençaincapacitante e (por vezes) fatal, a bainha de mielina édestruída de forma progressiva por placas escleróticas, queafetam o cérebro e amedula espinhal. A origem dessasplacas pode ser auto-imune ou por infecções virais no inícioda doença (ainda não se sabe ao certo).

×