Eneagrama

92 visualizações

Publicada em

Nove tipos distintos de personalidade
Nove maneiras diferentes de ver a vida
Nove modos de estar no mundo

Publicada em: Aperfeiçoamento pessoal
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
92
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
44
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Eneagrama

  1. 1. UFRGS / ESCOLA DE ADMINISTRAÇÃO / NEH – Núcleo Excelência Humana (2004) / Eneagrama Versão 1 1 Eneagrama 9 Tipos Distintos de Personalidade... 9 Maneiras Diferentes de Ver a Vida... 9 Modos de Estar no Mundo...
  2. 2. UFRGS / ESCOLA DE ADMINISTRAÇÃO / NEH – Núcleo Excelência Humana (2004) / Eneagrama Versão 1 2 Proposta de Trabalho • Parte I – O que é o Eneagrama ? – Origem, Introdução, Simbologia, Tríades ... • Parte II – Tipos de Personalidade – Detalhe de cada um dos tipos ... • Parte III – Relacionamentos entre os Tipos – Como cada tipo percebe o outro ... • Parte IV – Qual é meu Tipo ? – Apoio para auto-conhecimento ...
  3. 3. UFRGS / ESCOLA DE ADMINISTRAÇÃO / NEH – Núcleo Excelência Humana (2004) / Eneagrama Versão 1 3 Agenda 2004 • 26/07 – Parte I: Introdução • 09/08 – Parte II: Tipos 8, 9 e 1 • 16/08 – Parte II: Tipos 2, 3 e 4 • 23/08 – Parte II: Tipos 5, 6 e 7 • 30/08 – Parte III: Relacionamentos • 13/09 – Parte III: Relacionamentos • 27/09 – Parte IV: Autoconhecimento JULAGOSET
  4. 4. UFRGS / ESCOLA DE ADMINISTRAÇÃO / NEH – Núcleo Excelência Humana (2004) / Eneagrama Versão 1 4 Encontro I O que é o Eneagrama ?
  5. 5. UFRGS / ESCOLA DE ADMINISTRAÇÃO / NEH – Núcleo Excelência Humana (2004) / Eneagrama Versão 1 5 Encontro I – Tópicos • Como surgiu ? • Essência e Personalidade • O Que é ? • Simbologia • Tríades • Variantes Instintivas • Níveis de Saúde • Resumo dos Tipos
  6. 6. UFRGS / ESCOLA DE ADMINISTRAÇÃO / NEH – Núcleo Excelência Humana (2004) / Eneagrama Versão 1 6 Como Surgiu ? • Sistema que busca caracterizar e relacionar as diversas personalidades humanas, segundo uma evolução possível, descrevendo 9 tipos de pessoas. Eventualmente usado para outros processos. • Não há registro confiável sobre a origem, mas acredita-se que tenha 5.000 anos, tendo sido trabalhado mais intensamente nas tradições do sufismo e judaísmo. • Hoje é conhecimento universal, amplamente documentado, antigamente místico e repassado apenas oralmente.
  7. 7. UFRGS / ESCOLA DE ADMINISTRAÇÃO / NEH – Núcleo Excelência Humana (2004) / Eneagrama Versão 1 7 Essência e Personalidade • Essência – Divina !! – Aquilo que realmente somos no sentido espiritual da nossa existência – Nosso “Verdadeiro Eu”: pura, iluminada, plena, curadora ... – Envolta pela personalidade • Personalidade – Humana !! – As máscaras que assumimos para a proteção da nossa essência – Conjunto de crenças, medos, defesas, compensações ... – “Protege” a Essência das ameaças e perigos Somos a Essência, mas manifestamos a Personalidade.
  8. 8. UFRGS / ESCOLA DE ADMINISTRAÇÃO / NEH – Núcleo Excelência Humana (2004) / Eneagrama Versão 1 8 Universo Personalidade Essência Essência e Personalidade • A medida que crescemos, para nos “proteger”, criamos uma camada entre Essência e a Personalidade que nos limita e “adormece” nosso “Verdadeiro Eu”. Universo Personalidade Essência Universo Personalidade Essência
  9. 9. UFRGS / ESCOLA DE ADMINISTRAÇÃO / NEH – Núcleo Excelência Humana (2004) / Eneagrama Versão 1 9 Universo Personalidade Essência Essência e Personalidade • A medida que crescemos, para nos “proteger”, criamos uma camada entre Essência e a Personalidade que nos limita e “adormece” nosso “Verdadeiro Eu”. Universo Personalidade Essência Universo Personalidade Essência Amor Incondicional ! “Afeto e consideração pelo simples fato de existir” Amor Condicional ! “Afeto e consideração quando satisfeitas algumas exigências” Amor Ausente ! “Sem afeto nem consideração, completo desprezo”
  10. 10. UFRGS / ESCOLA DE ADMINISTRAÇÃO / NEH – Núcleo Excelência Humana (2004) / Eneagrama Versão 1 10 Universo Personalidade Essência Universo Personalidade Essência Essência e Personalidade • O desafio é reverter o processo através da percepção dessa “casca”, “quebrando-a”, e reintegrando Essência e Personalidade, manifestando nosso “Eu Verdadeiro Pleno”. Universo Personalidade Essência
  11. 11. UFRGS / ESCOLA DE ADMINISTRAÇÃO / NEH – Núcleo Excelência Humana (2004) / Eneagrama Versão 1 11 Essência e Personalidade • O desafio é reverter o processo através da percepção dessa “casca”, “quebrando-a”, e reintegrando Essência e Personalidade, manifestando nosso “Eu Verdadeiro Pleno”. Universo Personalidade Essência Universo Personalidade Essência Universo Personalidade Essência
  12. 12. UFRGS / ESCOLA DE ADMINISTRAÇÃO / NEH – Núcleo Excelência Humana (2004) / Eneagrama Versão 1 12 Universo Personalidade Essência Essência e Personalidade • Cada tipo do Eneagrama “isolou” (protegeu) sua essência de uma forma específica, conforme sua história de vida, num processo iniciado desde seus primeiros momentos de percepção na infância máscaras, medos, crenças, defesas, compensações, paixões, alegrias, tristezas, exemplos, imitação ...
  13. 13. UFRGS / ESCOLA DE ADMINISTRAÇÃO / NEH – Núcleo Excelência Humana (2004) / Eneagrama Versão 1 13 O Que É ? • A proposta do Eneagrama é explicar as 9 estratégias de sobrevivência (máscaras) que a Personalidade utiliza para “proteger” a Essência, facilitando o caminho do auto- conhecimento e da integração pessoal. – Tenho razão; Eu ajudo; Tenho êxito; Sou diferente, Eu sei; Faço meu dever; Sou feliz; Sou forte; Estou satisfeito.
  14. 14. UFRGS / ESCOLA DE ADMINISTRAÇÃO / NEH – Núcleo Excelência Humana (2004) / Eneagrama Versão 1 14 No Fundo Somos Todos Eles... Universo 1 O Reformista
  15. 15. UFRGS / ESCOLA DE ADMINISTRAÇÃO / NEH – Núcleo Excelência Humana (2004) / Eneagrama Versão 1 15 No Fundo Somos Todos Eles... Universo Ser de Luz
  16. 16. UFRGS / ESCOLA DE ADMINISTRAÇÃO / NEH – Núcleo Excelência Humana (2004) / Eneagrama Versão 1 16 O Que É ? • Por quê 9 ? – Lei de Três (forças negativa, neutra e positiva) 1/3  0,333... 2/3  0,666... 3/3  0,999... – Lei de Sete (choques para evolução oitava acima) 1/7  0,142857... 2/7  0,285714... ... [ 3 6 9 ] [ 1 4 2 8 5 7 ]
  17. 17. UFRGS / ESCOLA DE ADMINISTRAÇÃO / NEH – Núcleo Excelência Humana (2004) / Eneagrama Versão 1 17 Simbologia • União das Leis Ennea  Nove Grammos  Pontos [ 3 6 9 ] [ 1 4 2 8 5 7 ]
  18. 18. UFRGS / ESCOLA DE ADMINISTRAÇÃO / NEH – Núcleo Excelência Humana (2004) / Eneagrama Versão 1 18 Simbologia • União das Leis Lei de Três [ 3 6 9 ] [ 1 4 2 8 5 7 ]
  19. 19. UFRGS / ESCOLA DE ADMINISTRAÇÃO / NEH – Núcleo Excelência Humana (2004) / Eneagrama Versão 1 19 Simbologia • União das Leis Lei de Três Lei de Sete (Oitava) [ 3 6 9 ] [ 1 4 2 8 5 7 ]
  20. 20. UFRGS / ESCOLA DE ADMINISTRAÇÃO / NEH – Núcleo Excelência Humana (2004) / Eneagrama Versão 1 20 Simbologia • União das Leis Lei de Três Lei de Sete (Oitava) O Todo, Universo [ 3 6 9 ] [ 1 4 2 8 5 7 ]
  21. 21. UFRGS / ESCOLA DE ADMINISTRAÇÃO / NEH – Núcleo Excelência Humana (2004) / Eneagrama Versão 1 21 Tríades • Podemos abordar os 9 tipos do eneagrama em 3 grupos: – Instintivos, Intestinais, voltados ao presente; – Sentimentais, Cardíacos, voltados ao passado; – Intelectuais, mentais, voltados ao futuro.
  22. 22. UFRGS / ESCOLA DE ADMINISTRAÇÃO / NEH – Núcleo Excelência Humana (2004) / Eneagrama Versão 1 22 Tríades • Instinto (Força Vital, Sobrevivência, Corpo) – Preocupações: Resistência e Controle ao Ambiente – Problemas: Agressividade e Repressão – Busca: Autonomia – Sentimento Subjacente: Raiva – Tempo: Presente – Tipos: • 8  Energia voltada para fora, contra o ambiente • 9  Energia voltada tanto para fora quanto dentro • 1  Energia voltada para dentro, contra impulsos internos
  23. 23. UFRGS / ESCOLA DE ADMINISTRAÇÃO / NEH – Núcleo Excelência Humana (2004) / Eneagrama Versão 1 23 Tríades • Sentimento (Quem Somos, Como Somos) – Preocupações: Amor ao falso Eu e à Auto-imagem – Problemas: Identidade e Hostilidade – Busca: Atenção – Sentimento Subjacente: Vergonha – Tempo: Passado – Tipos: • 2  Auto-imagem apresentada para fora, para os outros • 3  Auto-imagem apresentada para si e para os outros • 4  Auto-imagem apresentada para dentro, para si mesmo
  24. 24. UFRGS / ESCOLA DE ADMINISTRAÇÃO / NEH – Núcleo Excelência Humana (2004) / Eneagrama Versão 1 24 Tríades • Raciocínio (Apoio e Orientação Interior) – Preocupações: Estratégias e Convicções – Problemas: Insegurança e Ansiedade – Busca: Segurança – Sentimento Subjacente: Medo – Tempo: Futuro – Tipos: • 5  Foge para dentro devido ao medo do mundo exterior • 6  Foge para dentro e para fora, medo dos dois mundos • 7  Foge para fora devido ao medo do mundo interior
  25. 25. UFRGS / ESCOLA DE ADMINISTRAÇÃO / NEH – Núcleo Excelência Humana (2004) / Eneagrama Versão 1 25 Tríades O que faz cada tipo quando não consegue o que quer ...
  26. 26. UFRGS / ESCOLA DE ADMINISTRAÇÃO / NEH – Núcleo Excelência Humana (2004) / Eneagrama Versão 1 26 Tríades • Competência – 1, 3 e 5 • Atitude Positiva – 2, 7 e 9 • Reativo – 4, 6 e 8 • Aquiescentes – 1, 2 e 6 • Assertivos – 3, 7 e 8 • Retraídos – 4, 5 e 9
  27. 27. UFRGS / ESCOLA DE ADMINISTRAÇÃO / NEH – Núcleo Excelência Humana (2004) / Eneagrama Versão 1 27 Variantes Instintivas • Indicam quais dos três instintos básicos foram mais distorcidos na infância, acarretando preocupações e comportamentos característicos – Autopreservação, Sobrevivência (Mãe – Eu/Eu) – Sexual, Relacionamentos (Irmãos – Eu/Você) – Social, Aceitação (Pai – Eu/Nós) Pessoas de mesmo tipo podem diferir no seu comportamento, no entanto na sua essência, serão “motivadas” pelas mesmas razões.
  28. 28. UFRGS / ESCOLA DE ADMINISTRAÇÃO / NEH – Núcleo Excelência Humana (2004) / Eneagrama Versão 1 28 Níveis de Desenvolvimento • Constituem parâmetros que tornam claros o movimento, o crescimento e a decadência dentro de cada tipo, ajudando na previsão de comportamento e fornecendo um critério de avaliação da saúde mental e emocional. 6 6 6 Normalmente oscilamos entre as faixas às vezes mais “saudáveis” ou mais “doentes”, mas tendendo a um equilíbrio.
  29. 29. UFRGS / ESCOLA DE ADMINISTRAÇÃO / NEH – Núcleo Excelência Humana (2004) / Eneagrama Versão 1 29 O Que é Um Tipo ? • TIPO = Um Tipo + Uma Asa + Uma Variante Instintiva ou Subtipo + Um Nível de Desenvolvimento + Nível de Integração / Desintegração + Humor do Dia. Não existe um tipo “melhor” ou “pior” que outro !! A numeração não significa nenhum tipo de “ranking”, cada tipo é único. Asa Flechas
  30. 30. UFRGS / ESCOLA DE ADMINISTRAÇÃO / NEH – Núcleo Excelência Humana (2004) / Eneagrama Versão 1 30 Resumo dos Tipos UM – O Reformista Personalidade: “Tenho Razão” Positivo: Integridade / Bom Senso Negativo: Perfeccionismo / Ressentimento DOIS – O Ajudante Personalidade: “Eu Ajudo” Positivo: Generosidade / Poder de Cura Negativo: Adulação / Possessividade TRÊS – O Realizador Personalidade: “Tenho Êxito” Positivo: Excelência / Autenticidade Negativo: Sucesso a qualquer custo QUATRO – O Individualista Personalidade: “Sou diferente” Positivo: Criatividade / Intuição Negativo: Irritabilidade / Afetação CINCO – O Investigador Personalidade: “Eu Sei” Positivo: Inventividade / Visionário Negativo: Isolamento / Excentricidade SEIS – O Partidário Personalidade: “Faço meu dever” Positivo: Coragem / Lealdade Negativo: Ansiedade / Rebeldia SETE – O Entusiasta Personalidade: “Sou Feliz” Positivo: Entusiasmo / Alegria Negativo: Impaciência / Impulsividade OITO: O Desafiador Personalidade: “Sou Forte” Positivo: Líder Forte / Magnânimo Negativo: Controle / Intimidação NOVE: O Pacifista Personalidade: “Estou Satisfeito” Positivo: União / Diplomacia Negativo: Passividade / Teimosia
  31. 31. UFRGS / ESCOLA DE ADMINISTRAÇÃO / NEH – Núcleo Excelência Humana (2004) / Eneagrama Versão 1 31 No Cinema ... ... em que poltrona você senta ? “Aquele que conhece os outros é culto. Aquele que conhece a si mesmo é sábio.” LAO-TSÉ
  32. 32. UFRGS / ESCOLA DE ADMINISTRAÇÃO / NEH – Núcleo Excelência Humana (2004) / Eneagrama Versão 1 32 Encontro II Tríade do Instinto “Tipos 8, 9 e 1”
  33. 33. UFRGS / ESCOLA DE ADMINISTRAÇÃO / NEH – Núcleo Excelência Humana (2004) / Eneagrama Versão 1 33 Encontro II – Tópicos • Abordagem • Dinâmica • Cuidados • Tríade do Instinto – Orientação • Raiva • Tipo 8 • Tipo 9 • Tipo 1
  34. 34. UFRGS / ESCOLA DE ADMINISTRAÇÃO / NEH – Núcleo Excelência Humana (2004) / Eneagrama Versão 1 34 Abordagem dos Tipos • Nomes • Como Sou !! – Desejo Básico – Temor Básico • Máscara – Identificação – Auto-Imagem – Crença / Ilusão – Estratégia – Substituição – Defesa • Infância – Relação com os Pais/Ambiente – Mensagem Assimilada – Mensagem Perdida – Modo de Agir • Asas • Sub-Tipos – I – Autopreservação – II – Sexual / Sintonia – III – Social / Grupo • Tempo e Espaço
  35. 35. UFRGS / ESCOLA DE ADMINISTRAÇÃO / NEH – Núcleo Excelência Humana (2004) / Eneagrama Versão 1 35 Abordagem dos Tipos • Níveis de Saúde – Liberação – Capacidade – Valor Social – Desequilíbrio – Controle Interpessoal – Super Compensação – Violação – Compulsão – Destruição Patológica • Alertas e Estilos – Fronteiras Saúde – Manipulação – Comunicação • Flechas – Integração / Desintegração • Atenção – Relação com o Mundo – Focos e Interesses • No Trabalho • Virtudes e Defeitos • Símbolos
  36. 36. UFRGS / ESCOLA DE ADMINISTRAÇÃO / NEH – Núcleo Excelência Humana (2004) / Eneagrama Versão 1 36 Dinâmica dos Tipos Sub-Tipo I Autopreservação Eu/Eu Sub-Tipo II Sexual / Sintonia Eu/Você Sub-Tipo III Social / Grupo Eu/Nós Máscara Asa Mesmo Tipo em Níveis de Saúde Diversos Flechas IntegraçãoDesintegração Saúde Doença TIPO !!!
  37. 37. UFRGS / ESCOLA DE ADMINISTRAÇÃO / NEH – Núcleo Excelência Humana (2004) / Eneagrama Versão 1 37 Cuidados !!! • Não há tipo melhor ou pior que outro, cada um deles, no seu ponto saudável é único e com grande poder de contribuir de forma valorosa em qualquer situação. • As vivências da infância que podem induzir uma pessoa a se tornar determinado tipo na vida adulta dependem muito mais de como a pessoa percebeu tais situações, do que as intenções dos pais ou os impactos do ambiente. Muitas vezes é um processo inconsciente. • A máscara de cada tipo não é absoluta e 100% enquadrada na sua descrição. Ela deve ser encarada como uma valiosa dica da sua “programação”, que cada um pode mudar se assim o desejar. • O Eneagrama é uma poderosa ferramenta de autoconhecimento, mas sozinha não resolve o problema.
  38. 38. UFRGS / ESCOLA DE ADMINISTRAÇÃO / NEH – Núcleo Excelência Humana (2004) / Eneagrama Versão 1 38 Orientação dos Tipos Tríade Elemento Orientação Tipo Slogan Instinto - Presente - Sobrevivência - Ambiente Raiva Para Fora 8 Quem pode mais chora menos Raiva Ambivalente 9 Devagar se vai ao longe Raiva Para Dentro 1 De boa intenção o inferno está cheio Sentimento - Passado - Atenção - Aceitação Vergonha Para Fora 2 É dando que se recebe Vergonha Ambivalente 3 Amigos, amigos, negócios à parte Vergonha Para Dentro 4 Desejar é melhor que ter Raciocínio - Futuro - Estratégias - Capacidade Medo Para Dentro 5 Antes só do que mal acompanhado Medo Ambivalente 6 Prevenir é melhor que remediar Medo Para Fora 7 Um é pouco, dois é bom, três é melhor
  39. 39. UFRGS / ESCOLA DE ADMINISTRAÇÃO / NEH – Núcleo Excelência Humana (2004) / Eneagrama Versão 1 39 Raiva • Instinto (“Eu sou assim, lide comigo!”) – OITO • Expressar sua raiva faz com que ele se sinta “vivo”, explode intensamente, mas em minutos esquece. Sente necessidade de “devolver na mesma moeda”. – NOVE • Sentir raiva consome sua energia, assim, foge de conflitos e evita senti-la. Quando sente é de uma forma passivo-agressiva como um “soluço”, breve e pouco intensa. – UM • Acumula raiva dentro de si, pois manifestá-la é inadequado para seus padrões, o problema é que se torna uma panela de pressão explodindo fora de contexto (gota d’água), trazendo à tona o ressentimento de anos, de toda a raiva acumulada.
  40. 40. UFRGS / ESCOLA DE ADMINISTRAÇÃO / NEH – Núcleo Excelência Humana (2004) / Eneagrama Versão 1 40 Tipo 8 – O Desafiador • O Líder • O Protetor • O Provedor • O Empreendedor • O Inconformista • O Rochedo • O Agressivo • O Hostil Justiceiro Desconfiado “Nunca resolva com palavras o que você pode fazer com um lança-chamas.” BRUCE FEIRSTEIN
  41. 41. UFRGS / ESCOLA DE ADMINISTRAÇÃO / NEH – Núcleo Excelência Humana (2004) / Eneagrama Versão 1 41 Tipo 8 – Como Eu Sou !! Meu desejo fundamental é “Estar no controle pela minha própria força”. Tenho medo de me submeter a outros. Evito ser fraco, vulnerável, incerto ou dependente, também não gosto de perder a admiração das pessoas que respeito. Vivo intensamente, quero sempre mais.
  42. 42. UFRGS / ESCOLA DE ADMINISTRAÇÃO / NEH – Núcleo Excelência Humana (2004) / Eneagrama Versão 1 42 Tipo 8 – Máscara • Identifica-se com ... – A sensação de intensidade decorrente da resistência ou desafio às pessoas e ao meio. Resiste ao reconhecimento das próprias vulnerabilidades e necessidade de cuidados. • Para manter uma auto-imagem ... – Forte, assertiva, direta, hábil, ativa, tenaz, resistente e independente. • Crença ou Ilusão – Acredita que é a sua força e seu poder que realizam as coisas.
  43. 43. UFRGS / ESCOLA DE ADMINISTRAÇÃO / NEH – Núcleo Excelência Humana (2004) / Eneagrama Versão 1 43 Tipo 8 – Máscara • Estratégia – Se Eu procurar ser forte, justo, confiar em mim mesmo, assumir meus problemas, tomar sempre uma posição e procurar ser franco e direto a respeito do que penso e sinto, então serei considerado, assegurado e amado. • Substituição – Se Eu não posso ser amado, pelo menos serei temido e obedecido. • Defesa – Baseada na negação, onde não é aceita ou reconhecida a existência de problemas, o tipo “fantasia” os fatos conforme sua conveniência e o “faz valer” pela força.
  44. 44. UFRGS / ESCOLA DE ADMINISTRAÇÃO / NEH – Núcleo Excelência Humana (2004) / Eneagrama Versão 1 44 Tipo 8 – Infância • Relação com os Pais / Ambiente – Normalmente, oscilaram numa relação positivo/negativa com à figura materna, a qual perceberam que podiam dominar ou manipular. – Criados muito liberalmente, sem limites, por pais ausentes ou distantes e num ambiente hostil. Podem ter sido espancadas ou ameaçadas constantemente. • Mensagem assimilada dos Pais / Ambiente – “Ser vulnerável e confiar nos outros não é bom.” • Mensagem perdida – “Você não será traído.”
  45. 45. UFRGS / ESCOLA DE ADMINISTRAÇÃO / NEH – Núcleo Excelência Humana (2004) / Eneagrama Versão 1 45 Tipo 8 – Infância • Comportamento – Buscam confrontar as regras fazendo valer suas vontades, gostam de “chantagear”. – Agitadas, com pouca concentração. – Sentem-se mais fortes que os adultos e frustram-se quando pais, irmãos, amigos não acompanham seu pique. No entanto, não desenvolvem uma noção do que sua força é capaz, na vida adulta usam “balas de canhão para matar passarinho”. – Dedicam-se e protegem a família quando necessário.
  46. 46. UFRGS / ESCOLA DE ADMINISTRAÇÃO / NEH – Núcleo Excelência Humana (2004) / Eneagrama Versão 1 46 Tipo 8 – Asas 8 Asa 9 “O Urso” 8 Asa 7 “O Independente” Tipo 8 “O Desafiador” 8 Integrado “O Altruísta Desinteressado” 8 Desintegrado “O Paranóico Delirante”
  47. 47. UFRGS / ESCOLA DE ADMINISTRAÇÃO / NEH – Núcleo Excelência Humana (2004) / Eneagrama Versão 1 47 Tipo 8 – Asas 8 Asa 9 “O Urso” 8 Asa 7 “O Independente” Tipo 8 “O Desafiador” 8 Integrado “O Altruísta Desinteressado” 8 Desintegrado “O Paranóico Delirante” Sociáveis, ambiciosos, impulsivos, gostam de correr riscos, agressivos, reagem com exagero, materialistas e propensos a riscos. Constantes, encorajadores, pacientes, modestos, disfarçadamente dominadores, frios, indiferentes e costumam demorar mais para explodir de raiva.
  48. 48. UFRGS / ESCOLA DE ADMINISTRAÇÃO / NEH – Núcleo Excelência Humana (2004) / Eneagrama Versão 1 48 Tipo 8 – Sub Tipo I • Autopreservação (Mãe – Foco no Eu/Eu) – Abastecido de comida, conforto e suprimentos – Seguro de si, não depende de outros – Entra em crise quando não consegue se auto-prover, no limite pode suicidar-se – Proteção para mim e meus pertences – Observação e controle do ambiente – Vive numa “selva” Sobrevivência e Satisfação
  49. 49. UFRGS / ESCOLA DE ADMINISTRAÇÃO / NEH – Núcleo Excelência Humana (2004) / Eneagrama Versão 1 49 Tipo 8 – Sub Tipo II • Sexual / Sintonia (Irmãos – Foco no Eu/Você) – Agressivo, gosta de altas doses de energia, apaixona-se – Se não confia, “manda”; se confia torna-se “doce e vulnerável”, sem perder o comando – Pode oscilar entre ser obedecido ou estimulado por um parceiro que também seja forte e aprecia confrontos – Exige ser envolvido e consultado sobre assuntos comuns, não tolera ser desprezado – Controla, normalmente não aceitando ser controlado Paixão, Possessividade e Entrega
  50. 50. UFRGS / ESCOLA DE ADMINISTRAÇÃO / NEH – Núcleo Excelência Humana (2004) / Eneagrama Versão 1 50 Tipo 8 – Sub Tipo III • Social / Grupo (Pai – Foco no Eu/Nós) – Somente baixa a guarda depois que percebe “ser respeitado” – Monitora constantemente a lealdade dos amigos, retribuindo na mesma moeda – Identifica facilmente e monitora as pessoas que detêm o poder em todos os grupos em que se envolve – Protege e buscar estimular amigos e pessoas mais fracas a se auto-afirmarem – Aprecia discussões sobre verdade e justiça Amigos e Inimigos
  51. 51. UFRGS / ESCOLA DE ADMINISTRAÇÃO / NEH – Núcleo Excelência Humana (2004) / Eneagrama Versão 1 51 Tipo 8 – Tempo e Espaço • Tempo – “Esmagam” e ignoram o tempo, determinando que o relógio ande no “seu” ritmo. Decidem impulsivamente o que é importante ou não, são capazes de acordar alguém à noite sem perceber o quanto podem ser inconvenientes. Chegam pontualmente e cobram pelo atraso dos outros. Envolvidos, não observam o relógio. • Espaço – Precisam de “espaço”, expandir seu território, normalmente não se satisfazem com o que tem, exigem mais como complemento às suas ostentações de força e como “reserva” para ameaças futuras. “Cercam” seu espaço para protegê-lo e “invadem” o dos outros .
  52. 52. UFRGS / ESCOLA DE ADMINISTRAÇÃO / NEH – Núcleo Excelência Humana (2004) / Eneagrama Versão 1 52 Tipo 8 – Saudáveis 1. Liberação Herói Magnânimo EU SALVO: Deixam de acreditar que precisam estar sempre no comando de todas as situações, o que lhes permite baixar a guarda e curar seu coração. Assim, paradoxalmente realizam seu Desejo Fundamental: protegem-se e ao mesmo tempo, se entregam, tornando-se magnânimas, generosas e, por vezes heróicas. 2. Capacidade Auto Confiante EU CONFIO: Empenham-se com toda a energia e força de vontade em tornar-se independentes e em controlar a própria vida. São dotadas de muito vigor e voltadas para a ação, com a auto-imagem: “Sou uma pessoa assertiva, direta e cheia de recursos”. 3. Contribuição Líder Construtivo EU CONSTRUO: Reforçam sua auto-imagem enfrentando desafios. provam sua força por meio da ação e da realização, mas também procuram proteger os outros e dar-lhes chances de cultivar as próprias forças. Estrategistas e decididas, gostam de encabeçar projetos construtivos.
  53. 53. UFRGS / ESCOLA DE ADMINISTRAÇÃO / NEH – Núcleo Excelência Humana (2004) / Eneagrama Versão 1 53 Tipo 8 – Médios 4. Desequilíbrio Aventureiro Empreendedor EU ME ARRISCO: Temendo não dispor dos recursos necessários para levar a cabo seus projetos ou cumprir o papel de provedores, esses Oitos dedicam-se com diligência e perspicácia a obtê-los. Seu caráter mais empreendedor e competitivo as torna mais reservadas quanto aos sentimentos. 5. Controle Interpessoal Dominador EU QUERO MAIS: Receiam não ser respeitadas ou receber o que lhes é devido. Por conseguinte, tentam convencer os outros de sua importância: vangloriam-se, blefam e fazem grandes promessas para conseguir adesão aos seus planos. Orgulhosas e obstinadas, querem que todos saibam que são elas que mandam. 6. Super Compensação Confrontador EU AMEAÇO: Temem perder o controle da situação e o apoio dos demais. Assim, recorrem à opressão e à ameaça para conseguir o que querem, mostrando-se mal humoradas e irresponsáveis perante as suas obrigações.
  54. 54. UFRGS / ESCOLA DE ADMINISTRAÇÃO / NEH – Núcleo Excelência Humana (2004) / Eneagrama Versão 1 54 Tipo 8 – Doentes 7. Violação Tirano EU MACHUCO: Temem que os outros estejam contra elas, o que pode ser verdade. sentindo-se traídas e incapazes de confiar em quem quer que seja, decidem proteger-se a qualquer custo. Vendo-se como proscritas, comportam-se de modo socialmente intolerável, podendo mostrar-se predatórias, vingativas e violentas. 8. Compulsão Megalomaníaco EU SOU ONIPOTENTE: Desesperadas por proteger-se e apavoradas com a possibilidade de retaliação contra seus próprios atos, partem para o ataque de seus rivais antes mesmo que lhes façam alguma ameaça. Não respeitam limites e, rapidamente, perdem qualquer escrúpulo. A ilusão de invulnerabilidade pode levá-las a colocar em risco a si mesmas e aos demais. 9. Destruição Patológica Destruidor Violento EU DESTRUO: Convencidas de haver criado inimigos capazes de derrotá-las, as pessoas menos saudáveis preferem destruir implacavelmente a deixar que alguém triunfe e venha a controlá-las. Assim, podem deixar atrás de si um rastro de destruição que inclui até a possibilidade de homicídio.
  55. 55. UFRGS / ESCOLA DE ADMINISTRAÇÃO / NEH – Núcleo Excelência Humana (2004) / Eneagrama Versão 1 55 Tipo 8 – Alertas e Estilos • Fronteira entre Saúde e Faixa Média (Egoísmo) – A sensação de precisar pressionar e lutar para que as coisas aconteçam. Defender apenas seu interesse. • Fronteira entre Faixa Média e Doença (Pânico) – A sensação de que os outros estejam se voltando contra ele e queiram se vingar. Hostilidade e violência. • Estilo de Manipulação – Dominar e exigir que façam o que manda • Estilo de Comunicação – Objetivo, sem rodeios, provocador e desmascarador
  56. 56. UFRGS / ESCOLA DE ADMINISTRAÇÃO / NEH – Núcleo Excelência Humana (2004) / Eneagrama Versão 1 56 Tipo 8 – Flechas 8 Asa 9 “O Urso” 8 Asa 7 “O Independente” Tipo 8 “O Desafiador” 8 Integrado “O Altruísta Desinteressado” 8 Desintegrado “O Paranóico Delirante”
  57. 57. UFRGS / ESCOLA DE ADMINISTRAÇÃO / NEH – Núcleo Excelência Humana (2004) / Eneagrama Versão 1 57 Tipo 8 – Flechas 8 Asa 9 “O Urso” 8 Asa 7 “O Independente” Tipo 8 “O Desafiador” 8 Integrado “O Altruísta Desinteressado” 8 Desintegrado “O Paranóico Delirante” Afasta-se momentaneamente da realidade com o objetivo de analisar os inimigos e voltar com toda a força. “Eu vou, mas levo comigo quantos eu puder...” Começam a prestar atenção nas necessidades dos outros e utilizam sua força para ajudar o próximo de uma forma amiga e leal.
  58. 58. UFRGS / ESCOLA DE ADMINISTRAÇÃO / NEH – Núcleo Excelência Humana (2004) / Eneagrama Versão 1 58 Tipo 8 – Atenção • Relação com o Mundo – Maior que ele (Egocêntrico) / Contra ele (Agressivo). – Provavelmente cresceram em um ambiente hostil onde a lei do mais forte vigorou, com violência e injustiças. • Foco da Atenção – No poder e no controle, na justiça e na injustiça, nas fraudes e manipulações, no que exigir ação imediata. – Monitora automaticamente o ambiente em busca de perda potencial de controle. – Percebe intuitivamente as características de presença e poder nas pessoas e situações. Ocupa espaço naturalmente.
  59. 59. UFRGS / ESCOLA DE ADMINISTRAÇÃO / NEH – Núcleo Excelência Humana (2004) / Eneagrama Versão 1 59 Tipo 8 – No Trabalho • Características no Trabalho – Detestam ser excluídos de grupos especiais – Precisam de um “feudo” onde possam exercer poder com amigos/inimigos bem definidos – Quando seu desempenho depende de outros monitoram e controlam para garantir seus objetivos – Pouco diplomático, não divide poder, pode fazer alianças para um objetivo específico – Protegem quem está sob seu comando e exigem lealdade e dedicação exclusiva – Fazem regras e as quebram para demonstrar poder.
  60. 60. UFRGS / ESCOLA DE ADMINISTRAÇÃO / NEH – Núcleo Excelência Humana (2004) / Eneagrama Versão 1 60 Tipo 8 – Virtudes e Defeitos • Virtudes – Segurança, Energia, Sineridade, Poder de Decisão, Determinação, Lealdade, Índole Protetora, Generosidade, Apoio, Coragem • Defeitos – Insensibilidade, Índole Dominadora, Egocentrismo, Agressividade Excessiva, Exigência, Arrogância, Belicosidade, Possessividade, Intransigência, Inflexibilidade
  61. 61. UFRGS / ESCOLA DE ADMINISTRAÇÃO / NEH – Núcleo Excelência Humana (2004) / Eneagrama Versão 1 61 Tipo 8 – Símbolos • Personalidades – Antônio Carlos Magalhães – Martin Luther King – Donald Trump – Saddam Hussein • Símbolos: – Pecado: Luxúria (Usurpar) – Animais: Tigre, Touro, Rinoceronte, Cascavel – Cor: Branco/Preto (Amigo/Inimigo – Justo/Injusto) – País: Espanha (Touradas)
  62. 62. UFRGS / ESCOLA DE ADMINISTRAÇÃO / NEH – Núcleo Excelência Humana (2004) / Eneagrama Versão 1 62 Tipo 8 – Entendido ?
  63. 63. UFRGS / ESCOLA DE ADMINISTRAÇÃO / NEH – Núcleo Excelência Humana (2004) / Eneagrama Versão 1 63 Tipo 9 – O Pacifista • O Que Cura • O Otimista • O Conciliador • O Confortador • O Utopista • Uma Pessoa Como Todo Mundo • O Pacífico Protelador Boa Gente “Vivemos muito próximos; portanto nosso primeiro propósito na vida é ajudar-nos uns aos outros. E se você não puder ajudá-los, pelo menos não os machuque.” DALAI LAMA
  64. 64. UFRGS / ESCOLA DE ADMINISTRAÇÃO / NEH – Núcleo Excelência Humana (2004) / Eneagrama Versão 1 64 Tipo 9 – Como Eu Sou !! Meu desejo fundamental é “Estar unido a alguém ou algo”. Tenho medo de ser separado. Evito conflito, confronto, me sentir desconfortável, muitas exigências competindo por minha atenção e energia. Busco compreender as pessoas e o mundo.
  65. 65. UFRGS / ESCOLA DE ADMINISTRAÇÃO / NEH – Núcleo Excelência Humana (2004) / Eneagrama Versão 1 65 Tipo 9 – Máscara • Identifica-se com ... – A sensação de estabilidade interior decorrente do distanciamento de impulsos e sentimentos intensos. Resiste ao reconhecimento da própria força e capacidade. • Para manter uma auto-imagem ... – Tranqüilo, relaxado, estável, constante, delicado, natural, fácil de agradar e amigável. • Crença ou Ilusão – Acredita que é a sua tranqüilidade é um valor fundamental.
  66. 66. UFRGS / ESCOLA DE ADMINISTRAÇÃO / NEH – Núcleo Excelência Humana (2004) / Eneagrama Versão 1 66 Tipo 9 – Máscara • Estratégia – Se Eu não me afobar, procurar não tomar partido sem antes analisar bastante os lados envolvidos, não levar nada nem ninguém muito a sério, procurar ser sempre compreensivo e receptivo aos problemas dos outros, adaptando-me para preservar o clima de tranqüilidade, então serei amado, considerado e assegurado. • Substituição – Se Eu não posso ser amado, pelo menos serei aceito e absorvido. • Defesa – Baseada na narcotização, onde o tipo se distrai das experiências interiores voltando a atenção para o mundo exterior. “Põe-se a dormir” através da imersão no trabalho, lazer e envolvimento com problemas e questões que são dos outros, e não suas.
  67. 67. UFRGS / ESCOLA DE ADMINISTRAÇÃO / NEH – Núcleo Excelência Humana (2004) / Eneagrama Versão 1 67 Tipo 9 – Infância • Relação com os Pais / Ambiente – Normalmente, possuem uma relação positiva com ambas as figuras: materna e paterna, que na vida adulta estimula a união e o interesse pelas outras pessoas. – Criados sem muita atenção sobre si, ofuscados por irmãos ou outras questões familiares, tiveram suas opiniões e idéias próprias negligenciadas mesmo quando insistiam nelas, por fim abandonaram a luta. • Mensagem assimilada dos Pais / Ambiente – “Impor-se não é bom.” • Mensagem perdida – “Sua presença é importante.”
  68. 68. UFRGS / ESCOLA DE ADMINISTRAÇÃO / NEH – Núcleo Excelência Humana (2004) / Eneagrama Versão 1 68 Tipo 9 – Infância • Comportamento – Raramente manifestam o que as desagrada, preferindo o isolamento ou a absorção do problema (pagam o custo). – Demonstram interesse pela natureza e atividades que estimulem seus sentidos de forma prazerosa. – Não ocupam posições de destaque, mas são amigos extremamente apoiadores e que podem ser de grande valia atuando “nos bastidores”. Bons mediadores. – Querem fazer a coisa certa e muitas vezes paralisam pela necessidade de avaliar todos os lados ou não saberem exatamente o que querem. Gostam de tudo. – Tendem a ser teimosas quando repreendidas.
  69. 69. UFRGS / ESCOLA DE ADMINISTRAÇÃO / NEH – Núcleo Excelência Humana (2004) / Eneagrama Versão 1 69 Tipo 9 – Asas 9 Asa 1 “O Sonhador” 9 Asa 8 “O Árbitro” Tipo 9 “O Pacifista” 9 Integrado “O Seguro de Si” 9 Desintegrado “O Masoquista”
  70. 70. UFRGS / ESCOLA DE ADMINISTRAÇÃO / NEH – Núcleo Excelência Humana (2004) / Eneagrama Versão 1 70 Tipo 9 – Asas 9 Asa 1 “O Sonhador” 9 Asa 8 “O Árbitro” Tipo 9 “O Pacifista” 9 Integrado “O Seguro de Si” 9 Desintegrado “O Masoquista” Obstinados, independentes, desejosos, firmes, agressivos, competitivos e duros. Oscilam entre conciliação e confronto, podendo liderar. São hábeis com equipes e mais sociáveis que a outra asa. Modestos, contidos, metódicos, obsessivo-compulsivos e rígidos com eles mesmos. Imaginativos, idealistas e disciplinados, são capazes de realizar seus sonhos. Facilidade com linguagem não- verbal e artes
  71. 71. UFRGS / ESCOLA DE ADMINISTRAÇÃO / NEH – Núcleo Excelência Humana (2004) / Eneagrama Versão 1 71 Tipo 9 – Sub Tipo I • Autopreservação (Mãe – Foco no Eu/Eu) – Muito ligado a seus rituais de assistir TV, ler, trabalhar no computador, cinema, dormir, muitas vezes deixando de realizar outras tarefas mais importantes. – Mantém a casa, carro, trabalho abastecido com coisas eventualmente necessárias, podem ser vorazes consumidores de comida e bebida com tendência a vícios, como fuga e distração dos sentimentos. – Sedentárias, acabam desperdiçando a vida isolando-se em seu mundo. Talentosas e pouco ambiciosas. Inércia, Conforto e Prazeres Simples
  72. 72. UFRGS / ESCOLA DE ADMINISTRAÇÃO / NEH – Núcleo Excelência Humana (2004) / Eneagrama Versão 1 72 Tipo 9 – Sub Tipo II • Sexual / Sintonia (Irmãos – Foco no Eu/Você) – Gosta da sensação de estar unido com alguém: amante, amigo, mentor, animal, quando não está em um relacionamento fica ansioso. Procura fazer seu parceiro feliz pois isso reflete nele próprio, vive por ele. – Freqüentemente culpa os outros pelas coisas que não dão certo em sua vida, demora para descobrir seus próprios desejos e motivações. Tem facilidade de conectar aos seus sentimentos. – Tendem a relacionamentos com tipos agressivos e podem ser apaixonados, românticos e fantasiosos. Simbiose (Nós somos Um), União, Fusão
  73. 73. UFRGS / ESCOLA DE ADMINISTRAÇÃO / NEH – Núcleo Excelência Humana (2004) / Eneagrama Versão 1 73 Tipo 9 – Sub Tipo III • Social / Grupo (Pai – Foco no Eu/Nós) – Gosta de participar de grupos como uma ajuda para descobrir seu caminho, podendo absorver os ideais do grupo como os seus. Dedicam bastante energia ao grupo, mas de forma um pouco nebulosa. A gente se reúne e deixa rolar. – Grande interesse e capacidade em aproximar as pessoas e promover a paz (a paz pode ser a paz dos outros, não a sua), dificuldade em dizer não. – Gostam de ajudar, apoiar e desenvolver o melhor das pessoas. Sentido de Pertencer, Participar, Família Feliz, Paz
  74. 74. UFRGS / ESCOLA DE ADMINISTRAÇÃO / NEH – Núcleo Excelência Humana (2004) / Eneagrama Versão 1 74 Tipo 9 – Tempo e Espaço • Tempo – Não possuem qualquer ligação com o tempo, consideram-no apenas um referencial. Estar ou não no horário é irrelevante, desde que a tarefa seja feita. Perdem muito tempo com coisas secundárias e não fazem direito o principal pois “faltou tempo”. • Espaço – Ajustam-se ao espaço que lhes for concedido. Não possuem ambições de aumentá-lo. Podem abandonar sem apegos o espaço atual caso ele deixe de prover paz ou tranqüilidade, migrando para outro melhor. Gostam de abrir seu espaço às pessoas não impondo muros. Respeitam o espaço dos outros.
  75. 75. UFRGS / ESCOLA DE ADMINISTRAÇÃO / NEH – Núcleo Excelência Humana (2004) / Eneagrama Versão 1 75 Tipo 9 – Saudáveis 1. Liberação Auto Centrado EU HARMONIZO: Deixam de acreditar que sua participação no mundo é indesejável ou pouco importante. Assim, conseguem realmente estabelecer contato consigo mesmas e com os demais. Realizam seu desejo de ter equilíbrio interior e paz de espírito e se mostram donas de si, dinâmicas, tranqüilas e presentes. 2. Capacidade Receptivo EU EQUILIBRO: Concentram-se no ambiente ou nos relacionamentos como um todo, desejando manter um equilíbrio harmonioso entre estes e seu próprio eu. São pessoas equilibradas, gentis e descomplicadas. 3. Contribuição Pacificador EU TRANQUILIZO: Reforçam sua auto-imagem estabelecendo e mantendo a paz e harmonia em seu mundo. Aplicam sua paciência e sensatez na mediação de conflitos e no auxílio aos demais. Cheias de imaginação, inspirando a todos com sua visão de vida, que é positiva e dotada de potencial de cura.
  76. 76. UFRGS / ESCOLA DE ADMINISTRAÇÃO / NEH – Núcleo Excelência Humana (2004) / Eneagrama Versão 1 76 Tipo 9 – Médios 4. Desequilíbrio Complacente EU ME ACOMODO: Temendo que os conflitos possam pôr em risco sua paz de espírito, o tipo começa a evitar potenciais desavenças concordando com os demais. Julgam que não vale a pena discutir sobre certas questões, mas assim começam a dizer “sim” a muitas coisas que, na verdade, não querem fazer. 5. Controle Interpessoal Desengajado Passivo EU ME POUPO: Receiam que qualquer mudança significativa em seu mundo ou qualquer sentimento mais forte possa perturbar sua frágil paz. Por conseguinte, estabelecem sua vida de maneira a evitar que as coisas as atinjam. Elas perdem-se em hábitos e rotinas cômodas, inventam afazeres e “dessintonizam” os problemas. 6. Super Compensação Fatalista Resignado É O MEU KARMA: Temem que lhes exijam reações que possam despertar a ansiedade e acabar com sua paz de espírito. Assim, minimizam a importância de certos problemas e tentam evitar outros.Cheias de estoicismo, marcham penosamente vida afora, aferrando-se a ilusões e suprimindo a raiva.
  77. 77. UFRGS / ESCOLA DE ADMINISTRAÇÃO / NEH – Núcleo Excelência Humana (2004) / Eneagrama Versão 1 77 Tipo 9 – Doentes 7. Violação Negligente EU ME ESQUEÇO: Temem que a realidade as obrigue a lidar com seus problemas, o que pode ser verdade. Assim, podem reagir apegando-se à ilusão de que tudo está certo e resistindo teimosamente a qualquer tentativa de enfrentar os problemas. São pessoas deprimidas, sem energia e com baixo nível de desempenho. 8. Compulsão Desagregado EU ME PERCO: Desesperadas por apegar-se a qualquer farrapo de paz interior que possa ter restado, o tipo teme reconhecer a realidade. Elas tentam bloquear da consciência tudo que as possa afetar pela dissociação e pela negação. Mostram-se desoladas, dessensibilizadas e desamparadas, sofrendo muitas vezes de amnésia. 9. Destruição Patológica Auto Abandonado EU ME ABANDONO: Sentem-se totalmente incapazes de enfrentar a realidade. Refugiando-se em si mesmas, tornam-se completamente apáticas. Elas poderão tentar bloquear a percepção para salvar suas ilusões fragmentando-se em subpersonalidades.
  78. 78. UFRGS / ESCOLA DE ADMINISTRAÇÃO / NEH – Núcleo Excelência Humana (2004) / Eneagrama Versão 1 78 Tipo 9 – Alertas e Estilos • Fronteira entre Saúde e Faixa Média (Egoísmo) – Atitude de acomodação e concordância (sim) para tudo. • Fronteira entre Faixa Média e Doença (Pânico) – Medo de que a realidade o obrigue a enfrentar seus problemas. Atitudes de negligência, desconexão com o mundo. • Estilo de Manipulação – “Vivendo no mundo da lua” e oferecendo resistência passivo-agressiva, desligando-se. • Estilo de Comunicação – Monótono e divagador, sem objetividade, confuso.
  79. 79. UFRGS / ESCOLA DE ADMINISTRAÇÃO / NEH – Núcleo Excelência Humana (2004) / Eneagrama Versão 1 79 Tipo 9 – Flechas 9 Asa 1 “O Sonhador” 9 Asa 8 “O Árbitro” Tipo 9 “O Pacifista” 9 Integrado “O Seguro de Si” 9 Desintegrado “O Masoquista”
  80. 80. UFRGS / ESCOLA DE ADMINISTRAÇÃO / NEH – Núcleo Excelência Humana (2004) / Eneagrama Versão 1 80 Tipo 9 – Flechas 9 Asa 1 “O Sonhador” 9 Asa 8 “O Árbitro” Tipo 9 “O Pacifista” 9 Integrado “O Seguro de Si” 9 Desintegrado “O Masoquista” Tornam-se amedrontados, hesitantes e submissos, abandonando sua auto- suficiência. Preocupam-se e sofrem desnecessariamente. Reconhecem seu valor essencial e percebem que são merecedoras de seu próprio tempo e atenção. Lançam-se ao mundo sem medos, afirmam-se e envolvem-se com o momento presente
  81. 81. UFRGS / ESCOLA DE ADMINISTRAÇÃO / NEH – Núcleo Excelência Humana (2004) / Eneagrama Versão 1 81 Tipo 9 – Atenção • Relação com o Mundo – Ajustado a ele (Equilíbrio) / Distanciado (Retraído) – Provavelmente cresceram em um ambiente onde foram desprezados ou passavam muito tempo sozinhos. • Foco da Atenção – Nos compromissos, pedidos e exigências dos outros. Em tudo o que é atrativo no ambiente. – Determina automaticamente quais os pontos de vista ou planos de outras pessoas. – Acolhe intuitivamente os outros dentro de si. Torna-se o outro, deixa-se absorver.
  82. 82. UFRGS / ESCOLA DE ADMINISTRAÇÃO / NEH – Núcleo Excelência Humana (2004) / Eneagrama Versão 1 82 Tipo 9 – No Trabalho • Características no Trabalho – Não têm atração por lideranças ou posições de destaque. Gostam de regras claras. – Podem trabalhar muito se forem considerados e reconhecidos sobretudo quando se sentem necessários. – Não sabem determinar prioridades e se perdem com atividades secundárias. Não gostam de decidir. – Quando irritados não manifestam, defendem-se passivamente. – São muito bons na condução de projetos bem estruturados e na motivação do melhor de cada membro da equipe. Acalmam ambientes perturbados.
  83. 83. UFRGS / ESCOLA DE ADMINISTRAÇÃO / NEH – Núcleo Excelência Humana (2004) / Eneagrama Versão 1 83 Tipo 9 – Virtudes e Defeitos • Virtudes – Tolerância, Paciência, Sabedoria, Enfáticos, Simpatia, Gentileza, Presteza, Ausência de Julgamento, Receptividade. • Defeitos – Agressividade Passiva, Teimosia, Apatia, Indecisão, Atitude Defensiva, Negligência, Obsessão, Acomodação Excessiva.
  84. 84. UFRGS / ESCOLA DE ADMINISTRAÇÃO / NEH – Núcleo Excelência Humana (2004) / Eneagrama Versão 1 84 Tipo 9 – Símbolos • Personalidades – Tom Jobin – Walt Disney – Bill Clinton – Papa João XXIII • Símbolos: – Pecado: Preguiça – Animais: Golfinho, Elefante, Preguiça – Cor: Ouro – País: México (Siesta)
  85. 85. UFRGS / ESCOLA DE ADMINISTRAÇÃO / NEH – Núcleo Excelência Humana (2004) / Eneagrama Versão 1 85 Tipo 9 – Entendido ?
  86. 86. UFRGS / ESCOLA DE ADMINISTRAÇÃO / NEH – Núcleo Excelência Humana (2004) / Eneagrama Versão 1 86 Tipo 1 – O Reformista • O Mestre • O Ativista • O Cruzado • O Moralista • O Perfeccionista • O Organizador • O Metódico Direitinho Irado “Deixe minha consciência ser o seu guia.” ANÔNIMO “Certo é certo e errado é errado e não há exceções.” ANÔNIMO
  87. 87. UFRGS / ESCOLA DE ADMINISTRAÇÃO / NEH – Núcleo Excelência Humana (2004) / Eneagrama Versão 1 87 Tipo 1 – Como Eu Sou !! Meu desejo fundamental é “Ter razão”. Tenho medo de ser condenado. Evito o erro, a agressividade, perder o auto-controle ou violar as normas sociais. Gosto e valorizo a integridade e a ética. Vivo conforme as regras vigentes e sou idealista.
  88. 88. UFRGS / ESCOLA DE ADMINISTRAÇÃO / NEH – Núcleo Excelência Humana (2004) / Eneagrama Versão 1 88 Tipo 1 – Máscara • Identifica-se com ... – O superego, com a capacidade de avaliar, comparar, medir e discernir coisas e experiências. Resiste ao reconhecimento de tensões motivadas pela raiva. • Para manter uma auto-imagem ... – Acessível, sensata, objetiva, moderada, prudente, moral, boa e racional. • Crença ou Ilusão – Acredita em sua própria certeza e retidão.
  89. 89. UFRGS / ESCOLA DE ADMINISTRAÇÃO / NEH – Núcleo Excelência Humana (2004) / Eneagrama Versão 1 89 Tipo 1 – Máscara • Estratégia – Se Eu me comportar de maneira correta, evitar cometer erros para não me chamarem a atenção, procurar sempre me manter ativo e diligente, e todos os meus atos forem limpos e meticuloso, então serei considerado, amado e assegurado. • Substituição – Se Eu não posso ser amado, pelo menos serei respeitado e modelado. • Defesa – Baseada na reação, onde o tipo adota uma postura crítica sempre que identifica “coisas erradas ou fora das normas” (no seu conceito de errado). Reage castigando, repreendendo de forma impessoal, aparentemente sem raiva, apenas para “ensinar o caminho correto”.
  90. 90. UFRGS / ESCOLA DE ADMINISTRAÇÃO / NEH – Núcleo Excelência Humana (2004) / Eneagrama Versão 1 90 Tipo 1 – Infância • Relação com os Pais / Ambiente – Normalmente, possuem uma relação negativa com a figura paterna (autoridade) o que as levou serem “perfeitas” como uma defesa contra a punição. – Criados com autoridade pelos pais, que buscaram indicar o caminho do correto e do certo, dentro das normas, em um ambiente controlado com a presença muito forte e viva da autoridade (com boas intenções). • Mensagem assimilada dos Pais / Ambiente – “Errar, falhar não é bom.” • Mensagem perdida – “Você é bom.”
  91. 91. UFRGS / ESCOLA DE ADMINISTRAÇÃO / NEH – Núcleo Excelência Humana (2004) / Eneagrama Versão 1 91 Tipo 1 – Infância • Comportamento – Preocupam-se em fazer as coisas “certas” e assim obter a aprovação dos pais. Podem desenvolver rigidez e alguma intransigência na sua forma de pensar – Tem dificuldade de empatia com outras pessoas e de se colocar no lugar delas e perceber outros pontos de vista. – Tem pouca criatividade, já que se limitam pelas regras (que não podem ser quebradas), é importante que sejam estimuladas a atividades criativas e sociais. – Dormem cedo, acordam cedo, prendem-se a hábitos e são bastante exigentes consigo mesmas (e os outros). – Não gostam muito de amigos “bagunceiros”.
  92. 92. UFRGS / ESCOLA DE ADMINISTRAÇÃO / NEH – Núcleo Excelência Humana (2004) / Eneagrama Versão 1 92 Tipo 1 – Asas 9 Asa 2 “O Advogado” 1 Asa 9 “O Idealista” Tipo 1 “O Reformista” 1 Integrado “O Entusiasta Feliz” 1 Desintegrado “O Atormentado”
  93. 93. UFRGS / ESCOLA DE ADMINISTRAÇÃO / NEH – Núcleo Excelência Humana (2004) / Eneagrama Versão 1 93 Tipo 1 – Asas 9 Asa 2 “O Advogado” 1 Asa 9 “O Idealista” Tipo 1 “O Reformista” 1 Integrado “O Entusiasta Feliz” 1 Desintegrado “O Atormentado” Pacatos, moderados, impessoais, teimosos, ponderadas, sábias e civilizadas. Cultas e eruditas se voltam mais a questões filosóficas, querem melhorar as coisas, mas mais a longo prazo. Rígidas, impacientes e sarcásticas, preferem trabalhar sozinhas. Auxiliadores, expressivos, sensíveis aos problemas dos outros, conscientes, chamadoras de atenção e controladoras. Possuem desprendimento político pelo maior interesse em ajudar os outros. Podem ser mais críticas, irritáveis e frustradas.
  94. 94. UFRGS / ESCOLA DE ADMINISTRAÇÃO / NEH – Núcleo Excelência Humana (2004) / Eneagrama Versão 1 94 Tipo 1 – Sub Tipo I • Autopreservação (Mãe – Foco no Eu/Eu) – Ansiosa, sente que o tempo não passa se houverem coisas a resolver: finanças, trabalho, família, mundo, etc. Não gosta de alterações em sua rotina e hábitos. – Teme que qualquer erro ou falha coloque tudo a perder. Pode sentir-se vigiada e controlada, com tendência a se comparar com os outros e protelar por medo de errar. – Concentra-se em deixar sua vida na mais perfeita ordem, fixação por organização, limpeza e estética. – Vivem um “tudo ou nada” sem perceber as nuances. Preocupação, Ansiedade, Medo do Futuro, Controle
  95. 95. UFRGS / ESCOLA DE ADMINISTRAÇÃO / NEH – Núcleo Excelência Humana (2004) / Eneagrama Versão 1 95 Tipo 1 – Sub Tipo II • Sexual / Sintonia (Irmãos – Foco no Eu/Você) – Possessivo e ciumento, teme que o amado o troque por alguém mais perfeito. Compara com os outros de forma obsessiva. Investe na relação e ressente-se com comentários positivos do parceiro a outras pessoas. – Não tolera que pessoas “não merecedoras” (de acordo com o seu critério) sejam promovidas ou reconhecidas pelos seus trabalhos. Aprecia ideais de vida. – Dão muita importância a fidelidade e temem serem abandonados e morrerem na solidão. Vigiam, controlam e interrogam constantemente (punindo). O Amor é Para Sempre, Ciúme, Posse
  96. 96. UFRGS / ESCOLA DE ADMINISTRAÇÃO / NEH – Núcleo Excelência Humana (2004) / Eneagrama Versão 1 96 Tipo 1 – Sub Tipo III • Social / Grupo (Pai – Foco no Eu/Nós) – Defende suas crenças e convicções de forma inflexível, podendo se distanciar das pessoas. Torna pessoal. – Quando as pessoas não atingem seus padrões de exigência sente que deve colocá-las na linha. – Gosta de cooperar, desde que seja a favor de seus príncipios. Pode se ressentir por ser a única “trabalha” e faz as coisas certas no grupo. – Defensores das boas práticas, não hesitam em denunciar as “sujeiras”. Gostam de advogar. – Sentem dificuldade em “desfrutar” a vida. Crítico, Rígido, Inflexível, Ativistas e Idealistas
  97. 97. UFRGS / ESCOLA DE ADMINISTRAÇÃO / NEH – Núcleo Excelência Humana (2004) / Eneagrama Versão 1 97 Tipo 1 – Tempo e Espaço • Tempo – Sentem-se pressionados pelo tempo, têm a impressão que o tempo disponível será insuficiente para que suas atividades sejam concluídas com perfeição. Raramente estão sem fazer algo, pois melhoram constantemente seu ambiente, submetem as pessoas ao seu tempo. • Espaço – Seu espaço compõe-se apenas de coisas que são perfeitas e organizadas, se não, “não é” seu espaço. Cuidam dele meticulosamente permitindo acesso apenas aqueles que “merecerem”. Se não podem tornar algo perfeito “retiram” ele do seu espaço. Intrometem- se em outros espaços se o acharem “errado”.
  98. 98. UFRGS / ESCOLA DE ADMINISTRAÇÃO / NEH – Núcleo Excelência Humana (2004) / Eneagrama Versão 1 98 Tipo 1 – Saudáveis 1. Liberação Sábio Realista EU INTEGRO: Deixam de acreditar que têm condições de julgar algo objetivamente e conseguem viver a vida sem reagir emocionalmente contra ela. Passam a ter integridade e a serem boas, tornam-se sábias, ponderadas, aceitadoras, otimistas e, muitas vezes, generosas e nobres. 2. Capacidade Ponderado EU EQUILIBRO: Recorrem aos ditames do seu superego para orientá-las na vida e proteger-se contra seu lado “desordenado”. São sensatas, moderadas e objetivas. 3. Contribuição Orientador Responsável EU RACIONALIZO: Reforçam sua auto-imagem tentando viver conforme sua consciência e razão. São profundamente éticas e auto-disciplinadas, possuindo forte senso de objetivo e convicção. Verdadeiras e bem falantes, ensinam pelo exemplo, deixando de lado seus desejos pessoais em favor do bem da comunidade.
  99. 99. UFRGS / ESCOLA DE ADMINISTRAÇÃO / NEH – Núcleo Excelência Humana (2004) / Eneagrama Versão 1 99 Tipo 1 – Médios 4. Desequilíbrio Reformador EU INTERFIRO: Temendo que os outros sejam indiferentes aos seus princípios, querem convencê-los da correção dos seus pontos de vista. Tornam-se impulsivas e atiradas, envolvendo-se em querelas e solucionando problemas, ao mesmo tempo em que avaliam seu mundo e apontam o que está errado. 5. Controle Interpessoal Metódico EU CRITÍCO: Receiam ser condenadas por qualquer desvio dos seus ideais. Após expor seus pontos de vista, sentem-se obrigadas a viver eternamente de acordo com ele, e, por isso, tentam organizar tudo o que está em suas mãos da forma mais rigorosa possível. São pontuais e metódicas, mas também tensas e irritadiças. 6. Super Compensação Julgador Perfeccionista EU ENRIJEÇO: Temem que os outros perturbem a ordem e o equilíbrio que conseguiram atingir e irritam-se quando os outros não levam seus ideais tão a sério. Reagem corrigindo-os e recriminando-os por não corresponderem aos seus padrões. São perfeccionistas, dogmáticas e sarcásticas.
  100. 100. UFRGS / ESCOLA DE ADMINISTRAÇÃO / NEH – Núcleo Excelência Humana (2004) / Eneagrama Versão 1 100 Tipo 1 – Doentes 7. Violação Intolerante EU SOU HIPÓCRITA: Temem que seus ideais estejam errados, o que, de fato, pode ser verdade. Lançam mão de justificativas e silenciam as críticas. Sua perspectiva é tacanha e não admite acordos ou negociações, tornam-se amargos, misantropos e pretensiosos. 8. Compulsão Hipócrita Obsessivo EU PERCO O CONTROLE: Desesperadas por defender-se contra seus desejos e impulsos irracionais se tornam obsessivas justamente com as partes que querem controlar. Começam a realizar em segredo seus desejos reprimidos enquanto, publicamente, continuam a condená-los. Perdem o controle. 9. Destruição Patológica Vingador Punitivo EU CASTIGO: A percepção de que perderam o controle de si mesmas e estão fazendo as mesmas coisas que não conseguem tolerar nos demais é insuportável. Eles tentam livrar-se a qualquer preço da suposta causa de suas obsessões, não apenas em si mesmos, como nos outros e no ambiente em que vivem, podendo se automutilar, assassinar seus desafetos imperfeitos ou suicidar-se.
  101. 101. UFRGS / ESCOLA DE ADMINISTRAÇÃO / NEH – Núcleo Excelência Humana (2004) / Eneagrama Versão 1 101 Tipo 1 – Alertas e Estilos • Fronteira entre Saúde e Faixa Média (Egoísmo) – Sensação de ter a obrigação de cuidar de tudo sozinho. • Fronteira entre Faixa Média e Doença (Pânico) – Medo de que seus ideais sejam errados e contraproducentes. Intolerância. • Estilo de Manipulação – Corrigindo os demais e insistindo que adotem seus padrões, apontando a maldade, corrupção e a falha. • Estilo de Comunicação – Professoral moralizante, sermões e críticas.
  102. 102. UFRGS / ESCOLA DE ADMINISTRAÇÃO / NEH – Núcleo Excelência Humana (2004) / Eneagrama Versão 1 102 Tipo 1 – Flechas 9 Asa 2 “O Advogado” 1 Asa 9 “O Idealista” Tipo 1 “O Reformista” 1 Integrado “O Entusiasta Feliz” 1 Desintegrado “O Atormentado”
  103. 103. UFRGS / ESCOLA DE ADMINISTRAÇÃO / NEH – Núcleo Excelência Humana (2004) / Eneagrama Versão 1 103 Tipo 1 – Flechas 9 Asa 2 “O Advogado” 1 Asa 9 “O Idealista” Tipo 1 “O Reformista” 1 Integrado “O Entusiasta Feliz” 1 Desintegrado “O Atormentado” Sentem que podem “experimentar” as outras realidades que antes admitiam como erradas, sem culpa. Motivam-se a serem ainda melhores, menos dogmáticas e mais abertas. Percebem que falhar não é o “fim do mundo”. Ficam mais naturais, divertidas e à vontade fora da sua rotina e do seu mundo perfeito. Exploram o mundo e se emocionam. Por não suportarem mais o peso do mundo em suas costas, acabam fantasiando outra vida. Um sentimento de vergonha e baixa auto-estima domina seus pensamentos e o induzem a melancolia e depressão. Sentem-se atormentados, ressentidos e podem abrir mão de seus princípios por acharem que não valem a pena, e com isso, justificam excessos e vícios.
  104. 104. UFRGS / ESCOLA DE ADMINISTRAÇÃO / NEH – Núcleo Excelência Humana (2004) / Eneagrama Versão 1 104 Tipo 1 – Atenção • Relação com o Mundo – Menor que ele (Reduzido) / Dirigido pelo (Dependente) – Provavelmente cresceram em um ambiente onde foram percebidos como “quase bons”, mas nunca o suficiente. • Foco da Atenção – No certo errado, especialmente no que está errado e deve ser corrigido. No comportamento dos outros em relação ao seu. Na sua autocrítica e na crítica externa. – Percebe automaticamente o que está torto, sujo, etc. – Pressente a possibilidade de perfeição nos eventos mais banais.
  105. 105. UFRGS / ESCOLA DE ADMINISTRAÇÃO / NEH – Núcleo Excelência Humana (2004) / Eneagrama Versão 1 105 Tipo 1 – No Trabalho • Características no Trabalho – Conservadores, não perdem tempo inovando, vão no certo e com o menor risco de erro. Detestam mudança de regras. – Tendem a elaborar procedimentos complicados e burocráticos com alta dose de controle. – Valorizam a forma, aparência, estética, precisão, simetria. – Preferem projetos curtos com resultados mais imediatos. Precisam de feedback constante. Metódicos e pouco criativos. – Se respeitam a gerência assumem responsabilidades, senão, transferem a culpa para outros e se ressentem pessoalmente. – Criticam, mas não apresentam alternativas, são impessoais. – São pessoas sérias, confiáveis e excelentes em atividades que requeiram precisão e meticulosidade
  106. 106. UFRGS / ESCOLA DE ADMINISTRAÇÃO / NEH – Núcleo Excelência Humana (2004) / Eneagrama Versão 1 106 Tipo 1 – Virtudes e Defeitos • Virtudes – Ética, Idealismo, Produtividade, Confiabilidade, Justiça, Franqueza, Autodisciplina, Consciência, Prestatividade, Objetividade. • Defeitos – Julgamento, Condenação, Inflexibilidade, Controle Excessivo, Preocupação Excessiva, Animosidade, Intransigência, Teimosia, Seriedade e Crítica Exagerada.
  107. 107. UFRGS / ESCOLA DE ADMINISTRAÇÃO / NEH – Núcleo Excelência Humana (2004) / Eneagrama Versão 1 107 Tipo 1 – Símbolos • Personalidades – Gandhi – Margareth Thatcher – Lilian Wite Fibe – Celine Dion • Símbolos: – Pecado: Ira – Animais: Abelha, Formiga, Cachorro Terrier – Cor: Prata (Limpeza. Brilho) – País: Rússia (Mesmo ideal social para todos)
  108. 108. UFRGS / ESCOLA DE ADMINISTRAÇÃO / NEH – Núcleo Excelência Humana (2004) / Eneagrama Versão 1 108 Tipo 1 – Entendido ?
  109. 109. UFRGS / ESCOLA DE ADMINISTRAÇÃO / NEH – Núcleo Excelência Humana (2004) / Eneagrama Versão 1 109 Encontro III Tríade do Sentimento “Tipos 2, 3 e 4”
  110. 110. UFRGS / ESCOLA DE ADMINISTRAÇÃO / NEH – Núcleo Excelência Humana (2004) / Eneagrama Versão 1 110 Encontro III – Tópicos • Abordagem • Dinâmica • Cuidados • Tríade do Sentimento – Orientação • Atenção • Tipo 2 • Tipo 3 • Tipo 4
  111. 111. UFRGS / ESCOLA DE ADMINISTRAÇÃO / NEH – Núcleo Excelência Humana (2004) / Eneagrama Versão 1 111 Abordagem dos Tipos • Nomes • Como Sou !! – Desejo Básico – Temor Básico • Máscara – Identificação – Auto-Imagem – Crença / Ilusão – Estratégia – Substituição – Defesa • Infância – Relação com os Pais/Ambiente – Mensagem Assimilada – Mensagem Perdida – Modo de Agir • Asas • Sub-Tipos – I – Autopreservação – II – Sexual / Sintonia – III – Social / Grupo • Tempo e Espaço
  112. 112. UFRGS / ESCOLA DE ADMINISTRAÇÃO / NEH – Núcleo Excelência Humana (2004) / Eneagrama Versão 1 112 Abordagem dos Tipos • Níveis de Saúde – Liberação – Capacidade – Valor Social – Desequilíbrio – Controle Interpessoal – Super Compensação – Violação – Compulsão – Destruição Patológica • Alertas e Estilos – Fronteiras Saúde – Manipulação – Comunicação • Flechas – Integração / Desintegração • Atenção – Relação com o Mundo – Focos e Interesses • No Trabalho • Virtudes e Defeitos • Símbolos
  113. 113. UFRGS / ESCOLA DE ADMINISTRAÇÃO / NEH – Núcleo Excelência Humana (2004) / Eneagrama Versão 1 113 Dinâmica dos Tipos Sub-Tipo I Autopreservação Eu/Eu Sub-Tipo II Sexual / Sintonia Eu/Você Sub-Tipo III Social / Grupo Eu/Nós Máscara Asa Mesmo Tipo em Níveis de Saúde Diversos Flechas IntegraçãoDesintegração Saúde Doença TIPO !!!
  114. 114. UFRGS / ESCOLA DE ADMINISTRAÇÃO / NEH – Núcleo Excelência Humana (2004) / Eneagrama Versão 1 114 Cuidados !!! • Não há tipo melhor ou pior que outro, cada um deles, no seu ponto saudável é único e com grande poder de contribuir de forma valorosa em qualquer situação. • As vivências da infância que podem induzir uma pessoa a se tornar determinado tipo na vida adulta dependem muito mais de como a pessoa percebeu tais situações, do que as intenções dos pais ou os impactos do ambiente. Muitas vezes é um processo inconsciente. • A máscara de cada tipo não é absoluta e 100% enquadrada na sua descrição. Ela deve ser encarada como uma valiosa dica da sua “programação”, que cada um pode mudar se assim o desejar. • O Eneagrama é uma poderosa ferramenta de autoconhecimento, mas sozinha não resolve o problema.
  115. 115. UFRGS / ESCOLA DE ADMINISTRAÇÃO / NEH – Núcleo Excelência Humana (2004) / Eneagrama Versão 1 115 Orientação dos Tipos Tríade Elemento Orientação Tipo Slogan Instinto - Presente - Sobrevivência - Ambiente Raiva Para Fora 8 Quem pode mais chora menos Raiva Ambivalente 9 Devagar se vai ao longe Raiva Para Dentro 1 De boa intenção o inferno está cheio Sentimento - Passado - Atenção - Aceitação Vergonha Para Fora 2 É dando que se recebe Vergonha Ambivalente 3 Amigos, amigos, negócios à parte Vergonha Para Dentro 4 Desejar é melhor que ter Raciocínio - Futuro - Estratégias - Capacidade Medo Para Dentro 5 Antes só do que mal acompanhado Medo Ambivalente 6 Prevenir é melhor que remediar Medo Para Fora 7 Um é pouco, dois é bom, três é melhor
  116. 116. UFRGS / ESCOLA DE ADMINISTRAÇÃO / NEH – Núcleo Excelência Humana (2004) / Eneagrama Versão 1 116 Vergonha • Sentimento (“Vergonha por não acreditar em si”) – DOIS • Apresenta-se ao mundo de forma acolhedora, auxiliadora, mas não comunica suas necessidades aos outros, muitas vezes martirizando-se e fazendo um papel de “vítima”, porquê os outros não as “adivinham”. “Compra” amor e atenção. – TRÊS • Quer agradar e ser agradado. Serei aceito ou serei rejeitado ? Resolve esse conflito desconectando-se dos sentimentos e moldando-se conforme os valores da sociedade em que vive. – QUATRO • Volta sua imagem para dentro de si, com um forte sentimento de que precisa ser diferente dos outros, criando um mundo fantasioso, vinculado ao passado. Tem vergonha de si mesmo.
  117. 117. UFRGS / ESCOLA DE ADMINISTRAÇÃO / NEH – Núcleo Excelência Humana (2004) / Eneagrama Versão 1 117 Tipo 2 – O Ajudante • O Altruísta • O Amante • O Protetor • O Comprazedor • O Facilitador • O Amigo Especial • O Auxiliador • O Amoroso Generoso Orgulhoso “Amar uma coisa significa querer que ela viva.” CONFÚCIO
  118. 118. UFRGS / ESCOLA DE ADMINISTRAÇÃO / NEH – Núcleo Excelência Humana (2004) / Eneagrama Versão 1 118 Tipo 2 – Como Eu Sou !! Meu desejo fundamental é “Ser querido”. Tenho medo de ser rejeitado ou esquecido. Evito desapontar os outros, sentir-me carente ou não apreciado, gosto de ser independente. Sou voltado às pessoas ao meu redor gosto de ser sempre “o melhor amigo”.
  119. 119. UFRGS / ESCOLA DE ADMINISTRAÇÃO / NEH – Núcleo Excelência Humana (2004) / Eneagrama Versão 1 119 Tipo 2 – Máscara • Identifica-se com ... – Os sentimentos motivados e provocados pelos outros, e sentimentos baseados nas reações que despertam nas pessoas. Resiste ao reconhecimento dos próprios sentimentos e necessidades. • Para manter uma auto-imagem ... – Amorosa, afetuosa, desinteressada, atenciosa, solícita, gentil, carinhosa e compassiva. • Crença ou Ilusão – Acreditar na sua importância e indispensabilidade, crer que a sua presença e intervenção é sempre necessária.
  120. 120. UFRGS / ESCOLA DE ADMINISTRAÇÃO / NEH – Núcleo Excelência Humana (2004) / Eneagrama Versão 1 120 Tipo 2 – Máscara • Estratégia – Se Eu não ligar muito para as minhas próprias necessidades, observar bem os outros, descobrir suas preferências e carências, procurar ser sempre prestativo, generoso e pronto para ajudar, elogiar e consolar, então serei amado, considerado e assegurado. • Substituição – Se Eu não posso ser amado, pelo menos serei solicitado e necessitado. • Defesa – Baseada na repressão, onde o tipo tira do consciente suas necessidades, deixando de manifestá-las.
  121. 121. UFRGS / ESCOLA DE ADMINISTRAÇÃO / NEH – Núcleo Excelência Humana (2004) / Eneagrama Versão 1 121 Tipo 2 – Infância • Relação com os Pais / Ambiente – Normalmente, oscilaram numa relação positiva / negativa com à figura paterna, suprindo apoio emocional aos pais. – Criados sem o sentimento de “fazerem parte da família”, experimentaram o amor condicional, “merecendo” por algum agrado que fizessem. • Mensagem assimilada dos Pais / Ambiente – “Ter necessidades próprias não é bom.” • Mensagem perdida – “Você é querido.”
  122. 122. UFRGS / ESCOLA DE ADMINISTRAÇÃO / NEH – Núcleo Excelência Humana (2004) / Eneagrama Versão 1 122 Tipo 2 – Infância • Comportamento – Colocam os desejos dos amigos à frente dos seus, são gentis, carinhosas e gostam de ajudar. Buscam constantemente serem aprovadas, se não conseguirem em casa irão buscar fora, de forma mais complicada. – Adoram animais e apreciam atividades com outras crianças, gostam de ir para a aula e de brincar com colegas, não se importam em dividir os brinquedos. – Devem ser estimuladas a emitir sua própria opinião sobre as coisas, pois as ocultam em favor dos outros. – Normalmente, focam as necessidades de uma pessoa de cada vez, com dificuldade para perceber os grupos.
  123. 123. UFRGS / ESCOLA DE ADMINISTRAÇÃO / NEH – Núcleo Excelência Humana (2004) / Eneagrama Versão 1 123 Tipo 2 – Asas 2 Asa 3 “O Anfitrião” 2 Asa 1 “O Servidor” Tipo 2 “O Ajudante” 2 Integrado “O Auto Consciente” 2 Desintegrado “O Caluniador Genérico”
  124. 124. UFRGS / ESCOLA DE ADMINISTRAÇÃO / NEH – Núcleo Excelência Humana (2004) / Eneagrama Versão 1 124 Tipo 2 – Asas 2 Asa 3 “O Anfitrião” 2 Asa 1 “O Servidor” Tipo 2 “O Ajudante” 2 Integrado “O Auto Consciente” 2 Desintegrado “O Caluniador Genérico” Princípios elevados, altruístas, objetivos, autocríticos, controladores, justos e julgadores. Voltam-se a deveres mais idealistas. Tem propensão a serem introvertidos. Sociáveis, autoconfiantes, ambiciosos, competitivos, vaidosos, manipuladores, enganadores. Gostam de brindar amigos e familiares. Tem propensão a serem extrovertidos.
  125. 125. UFRGS / ESCOLA DE ADMINISTRAÇÃO / NEH – Núcleo Excelência Humana (2004) / Eneagrama Versão 1 125 Tipo 2 – Sub Tipo I • Autopreservação (Mãe – Foco no Eu/Eu) – Concentra-se nas necessidades dos outros e considera- se merecedor de tratamento especial por sua dedicação. Disfarça sua carência agindo de forma prestativa. – Necessita receber constantes demonstrações de reconhecimento pelo esforço, devoção e sacrifício. – Gosta de se dar mimos e presentinhos, gasta mais do que o necessário, mas sempre tem uma boa justificativa. – Acredita que o seu amor vai salvar o mundo e que sem ele ninguém terá êxito. Eu Mereço, Sou Vítima, Quero Atenção
  126. 126. UFRGS / ESCOLA DE ADMINISTRAÇÃO / NEH – Núcleo Excelência Humana (2004) / Eneagrama Versão 1 126 Tipo 2 – Sub Tipo II • Sexual / Sintonia (Irmãos – Foco no Eu/Você) – Vai atrás do que quer, tem táticas de sedução perfeitas, modifica seu comportamento com vistas a atrair, encantar. Gosta de “caçar”, depois decide se gosta ou não. – Se não ajuda os outros sente que pode ser esquecido, receber carinho e aprovação é prioridade. – É viciado em intimidade (“melhor amigo”), sente-se mais atraído e desafiado quando há indiferença. – Evita estar com os amigos em grupo, com receio de que se conheçam e a partir daí não necessitem mais dele. Assédio, Excesso de Agrados, Confidências, Intimidade
  127. 127. UFRGS / ESCOLA DE ADMINISTRAÇÃO / NEH – Núcleo Excelência Humana (2004) / Eneagrama Versão 1 127 Tipo 2 – Sub Tipo III • Social / Grupo (Pai – Foco no Eu/Nós) – Gosta de receber e aproximar pessoas promovendo novos relacionamentos (papel de cupido). – Excelentes assessores de pessoas importantes, apreciam a popularidade que reflete neles. Buscam ocultar erros e falhas dos chefes considerando esses atos “bondosos” como uma moeda (“Uma mão lava a outra”). – Gostam de sugerir mudanças na vida das pessoas dando conselhos e recomendando. Envolvem-se com VIPs. – São verdadeiros “termômetros” sociais. Ambição, Amigo de Todos, Impressionante
  128. 128. UFRGS / ESCOLA DE ADMINISTRAÇÃO / NEH – Núcleo Excelência Humana (2004) / Eneagrama Versão 1 128 Tipo 2 – Tempo e Espaço • Tempo – Vivem no tempo do outro, só valorizam as horas passadas na companhia, e com a atenção, de alguém. Se o tema principal se torna impessoal, desligam-se e chateiam-se. Medem o tempo em função da experiência dos relacionamentos pessoais ou seu interesse pelas pessoas. • Espaço – “Mergulham” no espaço do outro para assegurar-se que são considerados mais que qualquer outra coisa. Em seguida tendem a valorizar sua própria liberdade para ganhar mobilidade de movimentos. Oscilam, ansiosamente, entre o seu espaço e o do outro.
  129. 129. UFRGS / ESCOLA DE ADMINISTRAÇÃO / NEH – Núcleo Excelência Humana (2004) / Eneagrama Versão 1 129 Tipo 2 – Saudáveis 1. Liberação Altruísta Desinteressado EU NUTRO: Deixam de acreditar que não têm o direito de cuidar de si, e assim, assumem seus sentimentos e necessidades, tornando-se livres para amar os outros sem expectativas. Libertam-se para amar incondicionalmente, são alegres, amáveis e humildes. 2. Capacidade Pessoa Carinhosa TENHO EMPATIA: Concentram-se nos sentimentos alheios com carinhoso interesse como forma de defender-se. São afetuosos, solícitos, e desprendidos. Não julgam os demais e não esperam serem reconhecidos, bem intencionados e sinceros. 3. Contribuição Prestativo Nutridor EU COMPARTILHO: Reforçam sua auto-imagem fazendo o bem. São generosas com seu tempo e sua energia, estimando, incentivando e apoiando os outros. São emocionalmente expressivas e gostam de compartilhar seus dotes com todos.
  130. 130. UFRGS / ESCOLA DE ADMINISTRAÇÃO / NEH – Núcleo Excelência Humana (2004) / Eneagrama Versão 1 130 Tipo 2 – Médios 4. Desequilíbrio Amigo Efusivo EU ME OFEREÇO: Temendo que o que fazem não baste, tentam aproximar-se mais dos outros para convencer-se de que são queridas. Empenham-se em cultivar amizades e conquistar as pessoas fazendo o que podem para agradar, adular e ajudar. 5. Controle Interpessoal Íntimo Invasor EU ME INTROMETO: Receiam que seus entes queridos as amem menos que aos outros e, por isso, querem tornar-se imprescindíveis. Tentam ganhar direitos sobre as pessoas colocando as necessidades alheias acima das próprias. Soberbas porém carentes, elas não querem perder os outros de vista um instante sequer. 6. Super Compensação Santo Presunçoso EU ME ELOGIO: Ressentem-se porque os outros não as valorizam segundo elas acham que merecem, mas não conseguem manifestar livremente a sua mágoa. Reagem queixando-se da saúde, chamando a atenção para suas boas ações e lembrando às pessoas o quanto elas lhe devem. Sentimentos reprimidos começam a causar problemas físicos.
  131. 131. UFRGS / ESCOLA DE ADMINISTRAÇÃO / NEH – Núcleo Excelência Humana (2004) / Eneagrama Versão 1 131 Tipo 2 – Doentes 7. Violação Manipulador Auto Enganado EU MANIPULO: Temem estar afastando de si os outros, para salvar-se racionalizam o próprio comportamento acusando-os de egoístas e ingratos. Tentam despertar a piedade alheia para substituir o amor e manter as pessoas em sua dependência para impedir que se afastem. 8. Compulsão Dominador Chantagista EU CHANTAGEIO: Desesperadas por obter amor que começam a buscá-lo obsessivamente. Julgam-se no direito de ter o que quer que seja por haverem sofrido tanto, chegando a buscar afeto das formas mais impróprias e perigosas. 9. Destruição Patológica Vítima Psicossomática EU MARTIRIZO: A percepção de que foram egoístas ou fizeram alguém sofrer é insuportável. Ficam arrasados física e emocionalmente, passando a agir como vítimas e martirizando-se a ponto de obrigar as pessoas a interferir para cuidar deles.
  132. 132. UFRGS / ESCOLA DE ADMINISTRAÇÃO / NEH – Núcleo Excelência Humana (2004) / Eneagrama Versão 1 132 Tipo 2 – Alertas e Estilos • Fronteira entre Saúde e Faixa Média (Egoísmo) – A convicção de que precisa convencer os outros de que está certo. Cheio de boas intenções. • Fronteira entre Faixa Média e Doença (Pânico) – A sensação de estar afastando de si os amigos e entes queridos. Manipulação. • Estilo de Manipulação – Descobrindo as necessidades e desejos alheios e, assim, criando dependência. • Estilo de Comunicação – Através de conselhos, recomendações e bajulação.
  133. 133. UFRGS / ESCOLA DE ADMINISTRAÇÃO / NEH – Núcleo Excelência Humana (2004) / Eneagrama Versão 1 133 Tipo 2 – Flechas 2 Asa 3 “O Anfitrião” 2 Asa 1 “O Servidor” Tipo 2 “O Ajudante” 2 Integrado “O Auto Consciente” 2 Desintegrado “O Caluniador Genérico”
  134. 134. UFRGS / ESCOLA DE ADMINISTRAÇÃO / NEH – Núcleo Excelência Humana (2004) / Eneagrama Versão 1 134 Tipo 2 – Flechas 2 Asa 3 “O Anfitrião” 2 Asa 1 “O Servidor” Tipo 2 “O Ajudante” 2 Integrado “O Auto Consciente” 2 Desintegrado “O Caluniador Genérico” Mostram que debaixo da luva de veludo há um punho de ferro. Abordam direta e agressivamente sempre que os outros não reagem conforme esperam. Caluniam e cobram por tudo o que fizeram. Conectam-se aos seus próprios sentimentos sem censura, passam a ter “empatia consigo mesmos”. Percebem que o amor não é uma moeda do cotidiano. Expressam-se como únicas e singulares.
  135. 135. UFRGS / ESCOLA DE ADMINISTRAÇÃO / NEH – Núcleo Excelência Humana (2004) / Eneagrama Versão 1 135 Tipo 2 – Atenção • Relação com o Mundo – Maior que ele (Egocêntrico) / Dirigido pelo (Dependente) – Provavelmente cresceram em um ambiente triste e enfadonho com atenção condicional sobre si. • Foco da Atenção – Nas necessidades e vontades alheias, especialmente das pessoas com quem me preocupo e que gostaria que se preocupassem comigo. Nos relacionamentos, sentimentos, e emoções alheias. – Orienta-se automaticamente para receber aprovação. – Altera-se empaticamente de acordo com a necessidade intuída do outro, adaptando-se para o outro.
  136. 136. UFRGS / ESCOLA DE ADMINISTRAÇÃO / NEH – Núcleo Excelência Humana (2004) / Eneagrama Versão 1 136 Tipo 2 – No Trabalho • Características no Trabalho – Atraídos pelo poder, adoram ser estimados por aqueles que o detém. Sabem reconhecer vencedores e se aproximar estrategicamente. – Preferem ser “eminências-pardas” protegendo quem adulam e concordando sempre. Políticos, fecham círculos fechados de relacionamento. – Subordinados a autoridades frias, podem armar contra, favorecendo outra autoridade que as estime. – Costuma ter afilhados e protegidos, mas não são imprescindíveis para ele como ele próprio a seu chefe. – Grande capacidade social e política.
  137. 137. UFRGS / ESCOLA DE ADMINISTRAÇÃO / NEH – Núcleo Excelência Humana (2004) / Eneagrama Versão 1 137 Tipo 2 – Virtudes e Defeitos • Virtudes – Amorosidade, Calor Humano, Adaptabilidade, Generosidade, Entusiasmo, Atenciosas, Facilidade em Elogiar, Expressividade, Amabilidade • Defeitos – Dissimulação, Submissão, Acomodação Excessiva, Atitudes Controladoras, Possessividade, Falta de Sinceridade, Coitadinho, Manipulação
  138. 138. UFRGS / ESCOLA DE ADMINISTRAÇÃO / NEH – Núcleo Excelência Humana (2004) / Eneagrama Versão 1 138 Tipo 2 – Símbolos • Personalidades – Madre Teresa de Calcutá – Luciano Pavarotti – Marilyn Monroe (filme Os Homens Preferem as Loiras) – Xuxa • Símbolos: – Pecado: Orgulho (Responsável pelo sucesso de Outros) – Animais: Gato – Cor: Vermelho (Sedução) – País: Itália (Família)
  139. 139. UFRGS / ESCOLA DE ADMINISTRAÇÃO / NEH – Núcleo Excelência Humana (2004) / Eneagrama Versão 1 139 Tipo 2 – Entendido ?
  140. 140. UFRGS / ESCOLA DE ADMINISTRAÇÃO / NEH – Núcleo Excelência Humana (2004) / Eneagrama Versão 1 140 Tipo 3 – O Realizador • O Motivador • O Modelo • O Paradigma • O Comunicador • O Que Busca Status • O Melhor • O Empreendedor • O Performático Mascarado “Durma cedo, acorde cedo, trabalhe duro e divulgue.” LAURENCE PETER
  141. 141. UFRGS / ESCOLA DE ADMINISTRAÇÃO / NEH – Núcleo Excelência Humana (2004) / Eneagrama Versão 1 141 Tipo 3 – Como Eu Sou !! Meu desejo fundamental é “Sentir-me valorizado e desejado”. Tenho medo de não ser aceito. Evito fracassar em atingir meus objetivos, ser obscurecido por terceiros, perder o respeito. Busco não me distrair dos meus objetivos, ou me distrair com minhas emoções. Sou “o melhor”, em tudo o que faço.
  142. 142. UFRGS / ESCOLA DE ADMINISTRAÇÃO / NEH – Núcleo Excelência Humana (2004) / Eneagrama Versão 1 142 Tipo 3 – Máscara • Identifica-se com ... – Uma auto-imagem criada em reação ao que percebe como admiração da parte das pessoas. Resiste ao reconhecimento de sentimentos de vazio e auto- rejeição. • Para manter uma auto-imagem ... – Admirável, desejável, atraente, incomparável, bem ajustado, eficiente, dotado de “potencial ilimitado”. • Crença ou Ilusão – Acreditar apenas em seu próprio desempenho e excelência.
  143. 143. UFRGS / ESCOLA DE ADMINISTRAÇÃO / NEH – Núcleo Excelência Humana (2004) / Eneagrama Versão 1 143 Tipo 3 – Máscara • Estratégia – Se Eu controlar a expressão dos meus sentimentos e emoções, trabalhar duro para estar sempre entre os melhores, evitar qualquer forma de fracasso, apresentar sempre uma imagem de sucesso, amor-próprio e procurar me destacar em tudo o que os outros valorizam, então serei amado, considerado e assegurado. • Substituição – Se Eu não posso ser amado, pelo menos serei aplaudido e desejado. • Defesa – Baseada na identificação, onde o tipo realiza uma espécie de “pesquisa de mercado” interna, assumindo as características valorizadas pelo ambiente, evitando a rejeição tornando-se aquilo que a cultura valoriza. Também utiliza-se da negação (tipo 8).
  144. 144. UFRGS / ESCOLA DE ADMINISTRAÇÃO / NEH – Núcleo Excelência Humana (2004) / Eneagrama Versão 1 144 Tipo 3 – Infância • Relação com os Pais / Ambiente – Normalmente, possuem uma relação positiva com a figura materna, e na vida adulta esperam o mesmo amor incondicional que obtiveram de sua mãe na infância. – Criados em um ambiente que valoriza apenas o sucesso, muitas vezes podem ter sido levados a compensar o insucesso dos pais. • Mensagem assimilada dos Pais / Ambiente – “Ter sentimentos e identidade própria não é bom.” • Mensagem perdida – “Você é amado pelo que é.”
  145. 145. UFRGS / ESCOLA DE ADMINISTRAÇÃO / NEH – Núcleo Excelência Humana (2004) / Eneagrama Versão 1 145 Tipo 3 – Infância • Comportamento – Estão sempre “ligadas”, envolvidas com o aperfeiçoamento de suas diversas habilidades. São perseverantes e acabam o que começam. – Constroem uma imagem de adulto bem sucedido, e muitas vezes perdem a infância na sua precocidade e desejo de superar desafios. São competidores natos. – Tem dificuldade de entender porque outras pessoas não querem “ser como elas”, já que são o “exemplo” do sucesso. São os “populares” da turma: “Mauricinhos e Patricinhas”. – Desenvolvem grande habilidade verbal e de persuasão, não gostam de perder tempo.
  146. 146. UFRGS / ESCOLA DE ADMINISTRAÇÃO / NEH – Núcleo Excelência Humana (2004) / Eneagrama Versão 1 146 Tipo 3 – Asas 3 Asa 2 “O Sedutor” 3 Asa 4 “O Profissional” Tipo 3 “O Realizador” 3 Integrado “O Leal Cativante” 3 Desintegrado “O Negligente Desagregado”
  147. 147. UFRGS / ESCOLA DE ADMINISTRAÇÃO / NEH – Núcleo Excelência Humana (2004) / Eneagrama Versão 1 147 Tipo 3 – Asas 3 Asa 2 “O Sedutor” 3 Asa 4 “O Profissional” Tipo 3 “O Realizador” 3 Integrado “O Leal Cativante” 3 Desintegrado “O Negligente Desagregado” Solidários, sociáveis, sintonizados com os outros, charmosos, manipuladores, possessivos e lisonjeiros. Valorizam bastante a sua popularidade mas podem se comportar artificialmente. Criativos, introspectivos, reservados, desanimados, orientados pelo intelecto, rabugentos, arrogantes e pretensiosos. Acreditam mais no trabalho do que na sua “aparência” e consideram que sua aceitação está em jogo a cada momento.
  148. 148. UFRGS / ESCOLA DE ADMINISTRAÇÃO / NEH – Núcleo Excelência Humana (2004) / Eneagrama Versão 1 148 Tipo 3 – Sub Tipo I • Autopreservação (Mãe – Foco no Eu/Eu) – Compete consigo mesmo, mais do que com os outros. Precisa sentir-se saudável física e mentalmente. – Não desperdiça tempo, pode trabalhar onde quer que esteja, não tira férias. Busca aperfeiçoamento constante. – Apenas o dinheiro significa segurança, não são fiéis a empresas ou ideais. – Dificuldades em relacionamentos íntimos pela ansiedade e necessidade de dedicação à sua carreira, em casos mais extremos podem deixar a saúde de lado. Viciados em Trabalho, Segurança, Dinheiristas
  149. 149. UFRGS / ESCOLA DE ADMINISTRAÇÃO / NEH – Núcleo Excelência Humana (2004) / Eneagrama Versão 1 149 Tipo 3 – Sub Tipo II • Sexual / Sintonia (Irmãos – Foco no Eu/Você) – Domina a arte de parecer atraente e busca constantemente seduzir o sexo oposto. Gosta de ser desejado e invejado. Sabem atrair mas não sabem amar. – Envolve-se apenas em relacionamentos que têm boa chance de dar certo. – Dedica muita atenção ao corpo e à aparência, tendem ao exibicionismo e a ginásticas sexuais. – Tendência a narcisismo e promiscuidade Sedutor, Possessivo, Narcisista e Exibicionista
  150. 150. UFRGS / ESCOLA DE ADMINISTRAÇÃO / NEH – Núcleo Excelência Humana (2004) / Eneagrama Versão 1 150 Tipo 3 – Sub Tipo III • Social / Grupo (Pai – Foco no Eu/Nós) – Busca amizades com pessoas de destaque, famosos, personalidades. Meritocrático. – Camaleônico, assume as características valorizadas pelo grupo do qual participam. – Torna-se refém da moda, e tem dificuldade de construir uma identidade própria, já que se adapta a cada grupo. – Fracassos não existem, apenas “aprendizado”. – Gosta que as pessoas ao seu redor também tenham sucesso, mas não mais que ele próprio. Prestígio, Status, Prodígio, Admirado
  151. 151. UFRGS / ESCOLA DE ADMINISTRAÇÃO / NEH – Núcleo Excelência Humana (2004) / Eneagrama Versão 1 151 Tipo 3 – Tempo e Espaço • Tempo – Consideram o tempo como uma “ferramenta” a ser utilizada. Serve para medir a “distância” entre suas conquistas e realizações, contam os minutos e são preocupados com o “timing” das coisas, principalmente onde riscos de falha puderem ser minimizados. Se o trabalho foi feito o tempo foi bem utilizado. • Espaço – Constroem seu espaço de acordo com o que é valorizado pela cultura onde vivem, e adoram exibí-lo. Esperam ser admirados pela simples exibição e não sabem muito bem como “usar” o espaço de forma útil aos seus propósitos.
  152. 152. UFRGS / ESCOLA DE ADMINISTRAÇÃO / NEH – Núcleo Excelência Humana (2004) / Eneagrama Versão 1 152 Tipo 3 – Saudáveis 1. Liberação Autêntico EU SOU: Deixam de acreditar que seu próprio valor depende da opinião dos outros, podendo assim descobrir qual a sua verdadeira identidade e qual o desejo de seu coração. Percebem que têm valor em si mesmas, aceitando-se e tornando-se benevolentes e autênticas. 2. Capacidade Seguro de Si EU ME ADAPTO: Concentram-se no que os outros prezam, adaptando-se a ales para sentir-se mais valorosas. São pessoas extraordinárias, capazes e bem-ajustadas, com grande potencial. 3. Contribuição O Exemplo EU DESENVOLVO: Reforçam sua auto-imagem aperfeiçoando-se e cultivando os próprios dons. São competentes, seguros e persistentes, tornando-se um exemplo em tudo aquilo que fazem. Além disso, pela seu grande poder de comunicação, tornam-se modelos e fonte de inspiração para os demais,
  153. 153. UFRGS / ESCOLA DE ADMINISTRAÇÃO / NEH – Núcleo Excelência Humana (2004) / Eneagrama Versão 1 153 Tipo 3 – Médios 4. Desequilíbrio Buscador de Status EU DISPUTO: Temendo que as realizações alheias possa eclipsar as suas – ou seja, que seu esforço não lhe traga toda a atenção que desejam – tentam superar-se no que fazem para distinguir-se dos outros. Assim, esforçam-se continuamente para atingir mais e mais realizações. 5. Controle Interpessoal Pragmático Voltado para Si EU ME PROMOVO: Preocupadas com sua imagem, desejam impressionar os demais, esforçando-se para cultivar aquela que julgam a melhor imagem possível. Ambiciosas, porém inseguras, querem ser admiradas e desejadas. Não raro, têm problemas nos relacionamentos mais íntimos. 6. Super Compensação Narcisista EU SOU SUPERIOR: Receiam não ser percebidas se não foram extremamente bem-sucedidas e não atingirem grande destaque. Tentam convencer a si mesmas e aos outros da realidade das suas falsas alegações, recorrendo a auto- promoção e mostrando-se arrogantes e competitivas como defesa contra suas carências secretas.
  154. 154. UFRGS / ESCOLA DE ADMINISTRAÇÃO / NEH – Núcleo Excelência Humana (2004) / Eneagrama Versão 1 154 Tipo 3 – Doentes 7. Violação Explorador EU EXPLORO: Temendo não estar à altura de suas próprias expectativas, suspeitam que as alegações que fazem a respeito de si mesmas sejam falsas e infundadas. Para salvar a própria auto-imagem, começam a iludir a si e aos demais dizendo qualquer coisa que possa impressionar ou salvá-las de algum apuro. Interiormente sentem-se vazias e deprimidas. 8. Compulsão Traidor EU TRAIO: Desesperadas por atenção, são capazes de inventar qualquer coisa que disfarce sua deterioração interior. Não querendo que ninguém saiba a que ponto chegaram, dispõem-se a fazer de tudo para esconder suas malfeitorias e seus males emocionais. 9. Destruição Patológica Psicopata EU MATO: Perdem o controle sobre a raiva e a agressividade que reprimem, desenvolvendo sentimentos de vingança contra todos aqueles que elas acreditam que a rejeitaram. São sádicos e vingativos, já que não conseguem ser maiores que os outros, reduzem-os a pó.
  155. 155. UFRGS / ESCOLA DE ADMINISTRAÇÃO / NEH – Núcleo Excelência Humana (2004) / Eneagrama Versão 1 155 Tipo 3 – Alertas e Estilos • Fronteira entre Saúde e Faixa Média (Egoísmo) – O impulso de buscar status e atenção. Competição • Fronteira entre Faixa Média e Doença (Pânico) – Medo de estar fracassando, e de que suas pretensões sejam vazias e infundadas. Exploração. • Estilo de Manipulação – Cativando os outros e adotando qualquer imagem que funcione. • Estilo de Comunicação – Propagandístico entusiasmante, cheio de promessas.
  156. 156. UFRGS / ESCOLA DE ADMINISTRAÇÃO / NEH – Núcleo Excelência Humana (2004) / Eneagrama Versão 1 156 Tipo 3 – Flechas 3 Asa 2 “O Sedutor” 3 Asa 4 “O Profissional” Tipo 3 “O Realizador” 3 Integrado “O Leal Cativante” 3 Desintegrado “O Negligente Desagregado”
  157. 157. UFRGS / ESCOLA DE ADMINISTRAÇÃO / NEH – Núcleo Excelência Humana (2004) / Eneagrama Versão 1 157 Tipo 3 – Flechas 3 Asa 2 “O Sedutor” 3 Asa 4 “O Profissional” Tipo 3 “O Realizador” 3 Integrado “O Leal Cativante” 3 Desintegrado “O Negligente Desagregado” Comprometem-se com as pessoas e passam a ser leais aos princípios que acreditam, deixando de lado sua máscara camaleônica. Conquistam auto-estima e “contaminam” o ambiente. Pifam pelo stress de ser sempre os melhores, passam a negligenciar as coisas e deixam de ser eficientes. Distanciam-se da cena e dissociam- se, dedicando-se a coisas secundárias.
  158. 158. UFRGS / ESCOLA DE ADMINISTRAÇÃO / NEH – Núcleo Excelência Humana (2004) / Eneagrama Versão 1 158 Tipo 3 – Atenção • Relação com o Mundo – Ajustado a ele (Equilíbrio) / Contra Ele (Agressivo) – Provavelmente cresceram em um ambiente onde foram exigidos e estimulados a serem os melhores. “O segundo é o primeiro dos perdedores”. • Foco da Atenção – No que precisa ser feito: tarefas, metas e realizações futuras. Nas soluções eficientes, em como ser o melhor. – Comporta-se automaticamente no sentido de ter uma atenção positiva em relação ao seu desempenho. – Mudança camaleônica da apresentação pessoal para incorporar gestos e atitudes valorizados.
  159. 159. UFRGS / ESCOLA DE ADMINISTRAÇÃO / NEH – Núcleo Excelência Humana (2004) / Eneagrama Versão 1 159 Tipo 3 – No Trabalho • Características no Trabalho – As empresas de hoje são o habitat ideal para os tipos 3 que querem autoridade, sabem priorizar e competir e adoram negociar. – São formadores de equipe e gostam que seus subordinados sejam como eles, mas não toleram ser “derrubados”. “Que todos saibam quem manda.” – Sub-tipo I valoriza salário e sub-tipo III valoriza símbolos de status. – Adoram reuniões e se envolvem com muitas tarefas e projetos ao mesmo tempo. Todo insucesso é redefinido como aprendizado ou sucesso parcial.
  160. 160. UFRGS / ESCOLA DE ADMINISTRAÇÃO / NEH – Núcleo Excelência Humana (2004) / Eneagrama Versão 1 160 Tipo 3 – Virtudes e Defeitos • Virtudes – Vigor, Eficiência, Otimismo, Dedicação, Automotivação, Praticidade, Responsabilidade, Poder Pessoal, Competência • Defeitos – Egocentrismo, Pretensão, Vaidade, Superficialidade, Espírito Vingativo, Competitividade, Falsidade, Postura Defensiva, Oportunismo.
  161. 161. UFRGS / ESCOLA DE ADMINISTRAÇÃO / NEH – Núcleo Excelência Humana (2004) / Eneagrama Versão 1 161 Tipo 3 – Símbolos • Personalidades – Tom Cruise – Pelé – Claudia Raia – Fernando Henrique Cardoso • Símbolos: – Pecado: Ilusão, Mentira – Animais: Camaleão, Pavão – Cor: Amarelo (Status) – País: EUA (Competitividade, Capitalismo)
  162. 162. UFRGS / ESCOLA DE ADMINISTRAÇÃO / NEH – Núcleo Excelência Humana (2004) / Eneagrama Versão 1 162 Tipo 3 – Entendido ?
  163. 163. UFRGS / ESCOLA DE ADMINISTRAÇÃO / NEH – Núcleo Excelência Humana (2004) / Eneagrama Versão 1 163 • O Artista • O Romântico • O Melancólico • O Esteta • A Pobre Vítima • O Especial • O Original • O Sofredor Original Invejoso Tipo 4 – O Individualista “Sinto-me tão mal desde que você foi embora. É quase como ter você aqui.” ANÔNIMO “A felicidade faz bem ao corpo, mas é a tristeza que desenvolve os poderes da mente.” MARCEL PROUST
  164. 164. UFRGS / ESCOLA DE ADMINISTRAÇÃO / NEH – Núcleo Excelência Humana (2004) / Eneagrama Versão 1 164 Tipo 4 – Como Eu Sou !! Meu desejo fundamental é “Compreender-me a mim mesmo”. Tenho medo de ser “defeituoso”, de não ter uma identidade própria. Evito ser rejeitado, abandonado, não ser ouvido ou parecer insignificante. Não gosto de sentir que não sou merecedor, fujo do trivial, do mundano. Sou fiel a mim mesmo.
  165. 165. UFRGS / ESCOLA DE ADMINISTRAÇÃO / NEH – Núcleo Excelência Humana (2004) / Eneagrama Versão 1 165 Tipo 4 – Máscara • Identifica-se com ... – A sensação de “possuir defeitos”, e com as reações emocionais. Resiste ao reconhecimento de qualidades positivas autênticas em si mesmo e a tornar-se como os outros. • Para manter uma auto-imagem ... – Sensível, diferente, singular, consciente de si mesmo, delicado, intuitivo, tranqüilo e profundo, honesto consigo mesmo. • Crença ou Ilusão – Acreditar em sua própria originalidade e liberdade para fazer o que quiser.
  166. 166. UFRGS / ESCOLA DE ADMINISTRAÇÃO / NEH – Núcleo Excelência Humana (2004) / Eneagrama Versão 1 166 Tipo 4 – Máscara • Estratégia – Se Eu não me deixar levar pelos padrões habituais de comportamento, ficar atento aos meus sentimentos mais profundos, procurar deixar uma impressão diferente e marcante naqueles que se relacionam comigo, e me comportar de maneira sensível e original, então serei amado, considerado e assegurado. • Substituição – Se Eu não posso ser amado, pelo menos serei admirado e recordado. • Defesa – Baseada na internalização ou introjeção, onde o tipo traz para dentro de si, como uma fantasia, aquilo que gostaria que acontecesse, vivendo essa situação como realidade em seu próprio mundo.
  167. 167. UFRGS / ESCOLA DE ADMINISTRAÇÃO / NEH – Núcleo Excelência Humana (2004) / Eneagrama Versão 1 167 Tipo 4 – Infância • Relação com os Pais / Ambiente – Normalmente, possuem uma relação negativa com ambas as figuras: materna e paterna, o as levou a tentar ser diferentes, já que o “normal não funcionou”. – Criados por pais distantes, ausentes ou figuras substitutas, perceberam-se como “defeituosas”, rejeitadas e buscam ser diferentes como uma compensação que lhe dá mais conforto. • Mensagem assimilada dos Pais / Ambiente – “Estar bem, ou feliz demais, não é bom.” • Mensagem perdida – “Você é visto como é.”
  168. 168. UFRGS / ESCOLA DE ADMINISTRAÇÃO / NEH – Núcleo Excelência Humana (2004) / Eneagrama Versão 1 168 Tipo 4 – Infância • Comportamento – São sensíveis e magoam-se facilmente, querem ser vistos como crianças sensíveis, especiais. – Gostam de roupas elegantes e originais, apreciam artes, mitologia, rituais e misticismo, os mistérios do mundo. – Têm episódios de depressão, melancolia, e gostam de momentos de solidão. Tendem a ter um diário que descreva seus sentimentos. Agem com o coração. – Interessam-se por passado, cinema, teatro, são amigáveis e calorosas, embora tímidas e solitárias. – Os outros sempre terão e serão “melhores” que elas.
  169. 169. UFRGS / ESCOLA DE ADMINISTRAÇÃO / NEH – Núcleo Excelência Humana (2004) / Eneagrama Versão 1 169 Tipo 4 – Asas 4 Asa 5 “O Boêmio” 4 Asa 3 “O Aristocrata” Tipo 4 “O Individualista” 4 Integrado “O Sábio Realista” 4 Desintegrado “A Vítima Dependente”
  170. 170. UFRGS / ESCOLA DE ADMINISTRAÇÃO / NEH – Núcleo Excelência Humana (2004) / Eneagrama Versão 1 170 Tipo 4 – Asas 4 Asa 5 “O Boêmio” 4 Asa 3 “O Aristocrata” Tipo 4 “O Individualista” Objetivos, quietos, introvertidos, anticonvencionais, originais, enigmáticos, alienados, pessimistas, analíticos e reservados. Criam mais para si do que para platéias, apreciam mais o “processo” de criação do que o resultado. São minimalistas e simbólicos, criativos e excêntricos.Podem desenvolver paranóias e fobias. 4 Integrado “O Sábio Realista” 4 Desintegrado “A Vítima Dependente” Vigorosos, ativos, competitivos, ambiciosos, extrovertidos, solicitadores de atenção e elitistas. Almejam o sucesso e a distinção, são sofisticadas e sociáveis. Sua inveja fica potencializada pelo ciúme do três com tendência a crimes passionais e a suicídios.

×