As Unificações na Europa no Século XIX

4.495 visualizações

Publicada em

Nação e Nacionalismo
A Unificação Italiana
A Unificação Alemã

Publicada em: Educação
0 comentários
2 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
4.495
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
58
Comentários
0
Gostaram
2
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

As Unificações na Europa no Século XIX

  1. 1. Curso de História Prof. Fabio Pablo C@fé Sociológico.com
  2. 2. Curso de História Prof. Fabio Pablo #AS UNIFICAÇÕES NA EUROPA NO SÉCULO XIX Conteúdo Multimídia Nação e Nacionalismo A Unificação Italiana A Unificação Alemã #Relatos da História “A Napoleão III, imperador dos franceses: (...) Perto do fim da minha carreira, quero, todavia, tentar fazer um último esforço para ajudar a Itália, cuja independência me tem feito até hoje atravessar perigos (...) Para manter o equilíbrio atual da Europa, é preciso ou tornar a Itália independente ou apertar as cadeias sob as quais a Áustria a tem em escravidão. Pedirei eu que, para a Recomendo! sua libertação, seja vertido o sangue dos franceses? Não, não vou até aí. A Itália pede que a França não intervenha contra ela; pede que a França não permita à Alemanha apoiar a Áustria nas lutas que talvez em breve se travem. Ora é precisamente o que Vossa Majestade pode fazer (...)” Da prisão de Mazas, II de fevereiro de 1858. Felice Orsini.C@fé Sociológico.com
  3. 3. #NAÇÃO E NACIONALISMOA Construção da NaçãoNação e nacionalismo: termos ligados àmodernidade europeia. Esses conceitosdatam do século XVIII, ligado ao período dosmovimentos revolucionários burgueses.Meados do século XIX, o italiano GiuseppeMazzini vincula o termo nacionalismo aoconceito de Estado.Por “nação política” ou “Estado-nação”pode-se entender a centralização do poderpolítico como forma de defesa do territórionacional. Assim, cada nação buscaorganizar-se politicamente sob o mesmogoverno, e nela os indivíduos compartilhamuma certa percepção do passado e do futurocoletivos.Curso de História #AS UNIFICAÇÕES NA EUROPA NO SÉCULO XIX Prof. Fabio Pablo
  4. 4. #NAÇÃO E NACIONALISMOAs bases do projeto de nacionalidadeNacionalismo: sentimento de preferência portudo o que é próprio da nação.A maioria das manifestações nacionaisprovinha das camadas médias, queconcebiam a ideia nacional apenas como umsentimento de xenofobia contra oestrangeiro.Curso de História #AS UNIFICAÇÕES NA EUROPA NO SÉCULO XIX Prof. Fabio Pablo
  5. 5. #A UNIFICAÇÃO ITALIANAItália 1848: primeira tentativa de Revoluções de 1848: caráter essencialmente unificação nacionalista Fracasso do levante Risorgimento: alta burguesia e nobreza fundiária Unificação com implantação de monarquia liberal Jovem Itália: pequena e média burguesia, liderado por Giuseppe Mazzini Unificação do país e implantação de regime republicano Grupos religiosos: nação presidida pelo papaCurso de História #AS UNIFICAÇÕES NA EUROPA NO SÉCULO XIX Prof. Fabio Pablo
  6. 6. #A UNIFICAÇÃO ITALIANAItália 1852: projeto de unificação da Itália sob o domínio da dinastia de Savoia. Formação do Estado nacional como alargamento do reino piemontês: não foi um movimento dos setores populares. Importância no cenário político europeu Aliança com Estado mais influente da Grã-Bretanha e França Itália Aproximação de Napoleão III 1860: conquista do Reino das Duas Sicílias. Os “camisas vermelhas” tomam a região, anexando-a aos domínios dos Savoia.Curso de História #AS UNIFICAÇÕES NA EUROPA NO SÉCULO XIX Prof. Fabio Pablo
  7. 7. #A UNIFICAÇÃO ITALIANACurso de História #AS UNIFICAÇÕES NA EUROPA NO SÉCULO XIX Prof. Fabio Pablo
  8. 8. #A UNIFICAÇÃO ALEMÃAlemanhaSéculo XVII:Alemanha possuía 300domínios1815: domínios caempara 38; entre eles estáo Reino da Prússia e oImpério Austríaco, quedisputam a hegemoniana região.Curso de História #AS UNIFICAÇÕES NA EUROPA NO SÉCULO XIX Prof. Fabio Pablo
  9. 9. #A UNIFICAÇÃO ALEMÃAlemanhaDepois da queda de Napoleão, o processo de reorganização das monarquias européias deu origemà formação da Confederação Alemã (confederação formada por 38 Estados independentes).A Prússia via no processo de unificação política dos estados confederados um importante passopara o desenvolvimento econômico daquela região. Buscando efetivar seu interesse, a Prússiacriou uma zona aduaneira chamada de Zollverein.Alheia a esse processo de industrialização e unificação, a Áustria foi excluída do acordo.Prestigiado com o cargo de primeiro-ministro da Prússia, o chanceler Otto Von Bismarck tomou amissão de promover o processo de unificação alemã.No ano de 1866, Bismarck entrou em conflito com a Áustria e, durante a Guerra das Sete Semanas,conseguiu dar um importante passo para a unificação com a criação da Confederação Alemã doNorte.Com a vitória na Guerra Franco-Prussiana, em 1870, a Prússia conseguiu unificar a Alemanha. Orei Guilherme I foi coroado como kaiser (imperador) da Alemanha e considerado o líder máximo doII Reich Alemão.Curso de História #AS UNIFICAÇÕES NA EUROPA NO SÉCULO XIX Prof. Fabio Pablo
  10. 10. Curso de História Prof. Fabio Pablo C@fé Sociológico.com http://cafesociologico.blogspot.com Acesse o blog para download desta e de outras apresentações em diversos formatos. Professor Fabio Pablo Bacharel em Ciências Sociais pela Universidade Federal da Bahia (UFBA). Especialista em Relações Internacionais pelo Instituto de Estudos Políticos de Paris (SciencesPo). Coautor do livro Políticas Públicas da editora IESDE, 2009, e de diversos outros artigos e capítulos de livro.C@fé Sociológico.com

×