Bioquímica teoria

3.628 visualizações

Publicada em

bioquímica noções

Publicada em: Educação
0 comentários
16 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
3.628
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
6
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
270
Comentários
0
Gostaram
16
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Bioquímica teoria

  1. 1. BIOQUÍMICA A seguir faremos o estudo das principais biomoléculas, que são : CARBOIDRATOS, PROTEÍNAS E LIPÍDIOS. 1. CARBOIDRATOS OU GLICÍDIOS São substâncias que apresentam a fórmula geral Cx(H2O)y e podem ser classificados de acordo com a sua complexidade em monossacarídeos, dissacarídeos e polissacarídeos. Os carboidratos mais simples são os monossacarídeos e na forma linear, verificando as estruturas abaixo, notamos que eles apresentam função mista:
  2. 2. A glicose é um monossacarídeo poliálcool aldeído, e por isso é denominada de ALDOSE, e a frutose é um monossacarídeo poliálcool cetona, e por isso é denominada de CETOSE. Os monossacarídeos podem gerar estruturas cíclicas Se a molécula do carboidrato apresentar uma única estrutura cíclica, ele será um monossacarídeo, caso apresente duas estruturas cíclicas, ele será um dissacarídeio, e se por acaso apresentar várias estruturas cíclicas, ele será um polissacarídeo.
  3. 3. A reação que apresenta monossacarídeos produzindo dissacarídeos ou polissacarídeos é conhecida como CONDENSAÇÃO. Essas reações ocorrem na presença de enzimas. A seguir temos uma reação de condensação formando um dissacarídeo: A reação contrária a condensação é conhecida como hidrólise, A seguir temos a hidrólise de um dissacarídeo:
  4. 4. Os dissacarídeos mais importantes e as suas respectivas hidrólises são citadas a seguir: Os polissacarídeos amido, celulose e glicogênio sofrem hidrólise e geram apenas moléculas de glicose. 2. PROTEÍNAS As proteínas são produzidas a partir de unidades mais simples, os α- aminoácidos. Essas substâncias apresentam na sua estrutura o grupo que caracteriza os ácidos carboxílicos, -COOH, e que caracteriza as aminas, -NH2. A seguir temos exemplos de alfa-aminoácidos:
  5. 5. Características importantes dos aminoácidos:  São anfóteros  A maioria apresenta carbono quiral, ou seja, a maioria apresenta isômeros ópticos.  Podem se auto ionizar formando uma espécie química chamada de ÍON DIPOLAR, SAL INTERNO OU ZWITTERION.  Reagem entre si para formar proteínas.
  6. 6. Importante: Toda proteína apresenta o grupo funcional das amidas que, nesse caso, pode ser chamado de LIGAÇÃO PEPTÍDICA. A reação contrária à condensação de uma proteína é chamada de hidrólise. 3. LIPÍDIOS Existem vários tipos de lipídios, porém neste capítulo estudaremos apenas os GLICERÍDEOS. Esses lipídios são os óleos e as gorduras de origem animal e vegetal. Todo glicerídeo é um éster, ou seja, pode ser encarado como um dos produtos da reação entre um ácido e um álcool. Essa reação é chamada de esterificação e ocorre quando um ácido graxo reage com o glicerol.
  7. 7. Os ácidos graxos são ácidos carboxílicos de cadeia longa, como vemos a seguir Esses ácidos podem ter cadeia saturada ou insaturada e podem ser escritos na forma condensada, ou seja, como R-COOH. C11H23-COOH (ácido com cadeia saturada) C17H31-COOH (ácido com cadeia insaturada)
  8. 8. O glicerol, que também é conhecido como glicerina, é um triálcool de fórmula Quando ácidos graxos reagem com o glicerol formam-se lipídios chamados de GLICERÍDEOS, como mostra a reação abaixo: Esses lipídios podem também ser chamados de triacilglicerol. A seguir temos outros exemplos de glicerídeos:
  9. 9. 4. QUÍMICA DA LIMPEZA ( SABÃO E DETERGENTE) Reagindo-se óleos ou gorduras de origem animal e vegetal com uma base obtém-se sabão. Essa reação é conhecida como saponificação: Os sabões são sais de ácidos graxos. Os detergentes mais importantes são os sais de ácidos sulfônicos
  10. 10. Os sabões e detergentes são tensoativos, ou seja, são capazes de reduzir a tensão superficial da água, e agentes emulsificantes. A molécula do agente tensoativo contém uma parte polar ou hidrofílica, solúvel em água, e uma parte lipofílica, solúvel em gordura. A cadeia carbônica longa dos sabões e detergentes é capaz de interagir com espécies apolares, como gorduras e óleos. O grupo polar é capaz de interagir com moléculas de água. Por causa dessa característica, as moléculas dos tensoativos (surfactantes ) interagem tanto com água como com gorduras, o que proporciona a limpeza da sujeira, formando as micelas colidais.
  11. 11. O sabão é biodegradável porém o detergente pode ser biodegradável ou não. A condição da biodegradabilidade é citada logo a seguir. Um detergente é considerado não biodegradável se em sua cadeia de hidrocarbonetos houver ramificações. Como vemos, a estrutura acima está isenta de ramificação, a parte à esquerda da molécula é considerada linear. Mas veja abaixo: A estrutura dos detergentes não biodegradáveis possui ramificações na cadeia carbônica, observe à esquerda da molécula.
  12. 12. 5. BIODIESEL O biodiesel é um combustível renovável obtido a partir de óleos vegetais. Vale ressaltar que este combustível pode ser obtido a partir de gordura animal também. A reação que transforma o óleo ( ou a gordura ) em biodiesel é conhecida como transesterificação Quimicamente o biodiesel é uma mistura de ésteres normalmente etílicos ou metílicos de ácidos graxos. A seguir temos uma molécula que pode ser encontrada no biodiesel. Algumas vantagens da utilização do biodiesel:  É energia renovável. No Brasil há muitas terras cultiváveis que podem produzir uma enorme variedade de oleaginosas, principalmente nos solos menos produtivos, com um baixo custo de produção.  O biodiesel é um ótimo lubrificante e pode aumentar a vida útil do motor.
  13. 13.  O uso como combustível proporciona ganho ambiental para todo o planeta, pois colabora para diminuir a poluição e o efeito estufa.  O produtor rural estará produzindo seu combustível.  Muito dinheiro é gasto para a pesquisa e prospecção do petróleo. O capital pode ter um fim social melhor para o país, visto que o biodiesel não requer esse tipo de investimento. Uma preocupação com a utilização do biodiesel  No Brasil e na Ásia, lavouras de soja e dendê, cujos óleos são fontes potencialmente importantes de biodiesel, estão invadindo florestas tropicais, importantes bolsões de biodiversidade. Embora, aqui no Brasil, essas lovouras não tenham o objetivo de serem usadas para biodiesel, essa preocupação deve ser considerada. Fonte : http://www.biodieselbr.com/biodiesel/vantagens/vantagens-biodiesel. htm

×