PAUTA DE REIVINDICAÇÕES DOS FUNCIONÁRIOS DA
FUNDAÇÃO GETÚLIO VARGAS DATA BASE 2012/2013
1) Fica assegurado o reajustamento...
2
8.3- O valor do reembolso é individual e respeita um teto estabelecido
conforme pesquisa de mercado efetuada pela DRH, a...
3
objetivos e oportunidades iguais. Opção de Bolsa de MBA se converter em
Mestrado, com o funcionário pagando a diferença ...
4
10.9- Em caso de reprovação, o funcionário perderá o direito ao Auxílio
por um ano ou semestre, conforme o caso, podendo...
5
11.9 -O funcionário deverá efetuar o pagamento da mensalidade e entregar
na DRH, até o dia 15 de cada mês, o comprovante...
6
20) Reembolso ótica e medicamentos , Aumento do valor . Problemas
ligados a ergonomia.
21) Rever o valor mínimo da Taxa ...
7
29) Processo interno seleção: disseminar as vagas disponíveis. Divulgar
todo o processo para a lista de funcionários. An...
Pauta negociacoes-atualizada-2013
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Pauta negociacoes-atualizada-2013

126 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
126
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Pauta negociacoes-atualizada-2013

  1. 1. PAUTA DE REIVINDICAÇÕES DOS FUNCIONÁRIOS DA FUNDAÇÃO GETÚLIO VARGAS DATA BASE 2012/2013 1) Fica assegurado o reajustamento salarial de 100% da variação do IPC-RJ (FGV), acrescido de 2% no período de 01/05/12 a 30/04/13. 2) Verificação junto ao sindicato a possibilidade de mudar a Data Base de maio para janeiro. Este item não entrará na pauta antes de verificar com o sindicato. Item será retirado. 3) Implantação do Plano de Cargos e Salários: Realização de avaliações e reenquadramento, semestrais. Transparência nos dados e participação dos funcionários 3.1. Divulgação de resultados e aplicação 4) Adicional por tempo de serviço como forma de diferenciar o funcionário antigo do mais novo (triênio). 5) Definição de critérios: deve ser negociado com a Comissão e Representação a participação nos resultados pelo conjunto de funcionários. Aumento por mérito. Normas gerais para distribuição dos recursos nas avaliações dentro do órgão. Considerar os funcionários administrativos. Observar a lei 10.101/00 de 19.12.00. Transparência no processo de avaliação.A avaliação deve ser feita por chefia e pelos funcionários.Avaliação para gratificação e promoção. 6) Horas extras (horas extras não pagas, sistema de ponto). Percentual máximo de estagiários. Adicional noturno. Proibição de banco de horas. 7) Concessão do Auxílio-Creche 8.1 -O auxílio-creche será concedido para os filhos de funcionários e de professores na faixa etária de 0 (zero) a 10 (dez) anos. Reajuste pelo item educação no IPC/RJ. 8.2-O reembolso do valor pago a título de auxílio-creche, será estendido até o final do ano em que a criança completar 10 (dez) anos de idade, mediante a apresentação de comprovantes.
  2. 2. 2 8.3- O valor do reembolso é individual e respeita um teto estabelecido conforme pesquisa de mercado efetuada pela DRH, anualmente. Esse teto, quando não atingido em sua totalidade, não poderá ser compensado com os demais dependentes incluídos no programa. 8.4- O Auxílio restringe-se ao pagamento exclusivo da mensalidade regular da pré-escola. Não inclui taxas de material, transporte escolar, cursos complementares, bem como encargos decorrentes de atrasos nos pagamentos. 8.5- Para Serviço-Babá: Registro em Carteira Profissional, cópias das páginas da Fotografia, da Qualificação Civil e do Contrato de Trabalho, e do Comprovante de inscrição no INSS. O valor devido à Previdência deverá ser recolhido com base no salário de contratação, atualizado sempre que houver alterações. 8.6- O reembolso ocorrerá mediante a apresentação dos seguintes documentos: 8.7- Creches e Escolas: Boleto bancário ou recibo de pagamento em papel timbrado, com CNPJ, nome e endereço completo da entidade; nome do aluno e do responsável legal. 8.8- Para Serviço-Babá: Recibo de pagamento e o recolhimento do INSS autenticado pelo banco. 8) VALE TRANSPORTE A FGV se obriga a fornecer a seus empregados o Vale Transporte instituído pelas Leis Federais nºs 7.418/85 e 7.619/87, regulamentadas pelo Decreto nº 95.247/87, reduzindo a parcela custeada pelo empregado para 3% (três por cento) de seu salário básico. 9) Gratuidade nos cursos regulares FGV A FGV concede aos funcionários gratuidade em seus cursos regulares, observada sua jornada de trabalho. Esse benefício é estendido também aos seus dependentes. Bolsas de estudos nos cursos da FGV ou externos: liberação quando não interferir no horário de trabalho. Em caso de demissão, manter a bolsa até o término do curso. Maior transparência na concessão de bolsas. Delinear o perfil de acesso. Justificar o indeferimento dos pedidos. Avaliar caso de bolsas para dependentes com critérios mais claros. Divisão igualitária de bolsas por setores (redistribuindo as sobras). Critérios mais
  3. 3. 3 objetivos e oportunidades iguais. Opção de Bolsa de MBA se converter em Mestrado, com o funcionário pagando a diferença entre um e outro 10) Programa de Auxílio-Educação para funcionários e dependentes da FGV 10.1- O funcionário interessado em participar do Programa de Auxílio- Educação deverá estar frequentando um curso de graduação reconhecido, de preferência pertinente à sua área de atuação na FGV e deverá contar com mais de um ano. 10.2- O funcionário deverá: a) preencher o formulário Solicitação de Inclusão no Programa, a ser retirado na DRH; b) anexar cópia dos comprovantes de pagamento das mensalidades; c) anexar atestado de matrícula contendo o nome do curso e sua duração, o valor e a composição da mensalidade, e informação de eventuais pendências (adaptação, dependência etc) de anos anteriores. 10.3-A gerência do funcionário analisará o pedido, dará seu parecer e o encaminhará à aprovação da Diretoria. 10.4- O Auxílio restringe-se ao pagamento da mensalidade normal, não incluindo dependências, adaptações, encargos decorrentes de atrasos nos pagamentos ou quaisquer outras taxas. 10.5- O valor do Auxílio corresponderá a: - 15% do valor da mensalidade para o 1º ano ou 1º e 2º semestres do curso; - 20% do valor da mensalidade para o 2º ano ou 3º e 4º semestres do curso; - 30% do valor da mensalidade para o 3º ano ou 5º e 6º semestres do curso; - 50% do valor da mensalidade para o 4º ou último ano, ou a partir do 7º semestre do curso. 10.6- Se o número de pedidos ultrapassar o valor da verba destinada ao Programa, a Diretoria poderá reduzir os percentuais descritos no item anterior para atender a todos os pedidos. 10.7- O funcionário contemplado com o Auxílio deverá se comprometer, mediante termo de compromisso, a permanecer na FGV por pelo menos um ano após a conclusão do curso, período em que terá liquidado seu débito. 10.8- O funcionário deverá efetuar o pagamento da mensalidade e entregar na DRH, até o dia 15 de cada mês, o comprovante correspondente. O crédito será efetuado em conta corrente no último dia útil do mês.
  4. 4. 4 10.9- Em caso de reprovação, o funcionário perderá o direito ao Auxílio por um ano ou semestre, conforme o caso, podendo ser reintegrado ao Programa mediante nova Solicitação de Inclusão e anexação de documento que comprove sua aprovação na série em que tinha sido reprovado. 10.10- Qualquer alteração, tais como mudança de curso, de faculdade e de outros dados declarados na Solicitação de Inclusão deverá ser imediatamente comunicada à DRH , sob pena de devolução dos valores recebidos e exclusão do Programa. As novas informações serão submetidas à análise e avaliação da gerência. 11) Programa de Auxílio-Especialização (Pós-graduação lato sensu) para funcionários e dependentes da FGV 11.1- O Programa se aplica a cursos de especialização (pós-graduação lato sensu) - mínimo de 360 horas/aula. 11.2- O funcionário interessado em participar do Programa deverá estar frequentando um curso de especialização reconhecido, pertinente à sua área de atuação na FGV e deverá contar com mais de seis meses de contrato. 11.3- O funcionário deverá: a) preencher o formulário Solicitação de Inclusão no Programa, a ser retirado na DRH; b) anexar cópia dos comprovantes de pagamento das mensalidades; c) anexar atestado de matrícula contendo o nome do curso e sua duração, o valor e a composição da mensalidade, e informação de eventuais pendências (adaptação, dependência etc) de anos anteriores. 11.4 -A gerência do funcionário analisará o pedido, dará seu parecer e o encaminhará à aprovação da Diretoria. 11.5 -O Auxílio restringe-se ao pagamento da mensalidade normal, não incluindo dependências, adaptações, encargos decorrentes de atrasos nos pagamentos ou quaisquer outras taxas. 11.6 -O valor do Auxílio corresponderá a 50% do valor da mensalidade. 11.7 -Se o número de pedidos ultrapassar o valor da verba destinada ao Programa, a Diretoria poderá reduzir o percentual descrito no item anterior para atender a todos os pedidos. 11.8 -O funcionário contemplado com o Auxílio deverá se comprometer, mediante termo de compromisso, a permanecer na FGV por pelo menos um ano após a conclusão do curso, período em que terá liquidado seu débito.
  5. 5. 5 11.9 -O funcionário deverá efetuar o pagamento da mensalidade e entregar na DRH, até o dia 15 de cada mês, o comprovante correspondente. O crédito será efetuado em conta corrente no último dia útil do mês. 11.10 -Em caso de reprovação, o funcionário perderá o direito ao Auxílio por um ano ou semestre, conforme o caso, podendo ser reintegrado ao Programa mediante nova Solicitação de Inclusão e anexação de documento que comprove sua aprovação na série em que tinha sido reprovado. 12) Auxilio educação: reajuste anual do valor do auxilio para filhos completando todo o ensino fundamental pelo valor pago as instituições, mediante apresentação de comprovante. 13) Auxilio material escolar: para funcionários e dependentes e melhoria do valor. Valor de R$ 1.000,00 14) Atualização dos valores pagos por refeição aos funcionários que prestam serviço à noite, sábados, domingos e feriados e serviços externos. Fazer pesquisa nos estabelecimentos próximos a FGV 15) Analisar a capacidade operacional do restaurante, grande número de alunos;. Implantação de ticket. 16) Ticket-Restaurante e Ticket-Alimentação 16.1- Do valor total dos tickets, a FGV subsidia 100% para os funcionários com salário até o nível 3/7 e 80% para os funcionários com salários nos demais níveis, permitindo-lhes optar por obter 100% em ticket-restaurante ou 50% em ticket-restaurante e 50% em ticket-alimentação 16.2-Para os funcionários com salário até o nível 2/6, são concedidos tickets-alimentação adicionais no valor facial de R$ 20,00 cada um. 16.3-O número de tickets distribuídos corresponde ao número de dias úteis do mês e eles são entregues pela DRHE no último dia útil do mês. 17) Reajuste da refeição para o “prato básico” pela equivalência salarial (IPC/RJ). 18)Manutenção da comissão para assuntos ligados ao restaurante. 19)Cesta básica extensão a todos os funcionários como ocorre em outras empresas. Reajustar o valor pelo item alimentação do IPC-RJ.
  6. 6. 6 20) Reembolso ótica e medicamentos , Aumento do valor . Problemas ligados a ergonomia. 21) Rever o valor mínimo da Taxa de Referência FGV/PREVI. O papel da FGV na PREVI. 22) Passar para o plano Delta da Unimed reincorporando os hospitais do antigo plano Uniplan Plus. Considerar pais e mães como dependentes (Serão considerados dependentes Pai ou Mãe viúva(o) separada(o) ou divorciada(o), com dependência econômica do Usuário Titular, sob o mesmo teto, com rendimento máximo de 01(um) salário mínimo). 22.1 – Foi solicitado que se verifique o plano odontológico da Unimed, para possível substituição do INPAO. 23)Garantia de emprego: para os membros da Diretoria da ASFGV, para o representante dos funcionários e seu suplente até um ano após o mandato. Garantir o direito de organização, agendar reuniões, expressão e manifestação. Permissão à ASFGV de passar e-mail sem ter que pedir autorização ao Marketing. 24) Concessão de meio expediente: para o Presidente, Vice-Presidente para Assuntos Econômicos, Vice-Presidente para Assuntos Sociais da ASFGV. Adoção de flexibilidade de horário para os demais membros da diretoria da ASFGV, bem como para o Representante dos funcionários, em articulação com as respectivas chefias. 25) A FGV se compromete: a realizar reuniões periódicas com as entidades representativas dos funcionários a fim de avaliar o cumprimento do presente acordo e tratar de assuntos de interesse das partes. 26) A FGV se compromete: a não modificar as normas de trabalho vigentes sem prévia negociação com as entidades representativas dos funcionários. 27) pesquisa de Clima organizacional 28) Realização de treinamento simulado de incêndio pelos membros da CIPA e Brigada de Incêndio. Garantia de dotação orçamentária para melhorar as condições de atuação da CIPA.
  7. 7. 7 29) Processo interno seleção: disseminar as vagas disponíveis. Divulgar todo o processo para a lista de funcionários. Analisar currículo atualizado de funcionários interessados. 30) Seguro de vida: extensivo a todos os funcionários. 31) Vestiário com chuveiro. 32) Manutenção das clausulas dos acordos anteriores.

×