14 h30 29.07 rossine anp (noticias)

608 visualizações

Publicada em

Publicada em: Tecnologia, Negócios
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
608
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
40
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
9
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

14 h30 29.07 rossine anp (noticias)

  1. 1. Sistema de Gestão da Qualidade em Biodiesel Apresentação do dia 29/07/11 Biodiesel Congress São Paulo/SP
  2. 2. Mercado de Biodiesel Percentual de biodiesel a ser misturado ao óleo diesel fóssil Voluntário Compulsório 2005 Jan/08 Jul/08 Jul/09 a a a a 2010 ... 2007 Jun/08 Jun/09 Dez/09 2% 2% 3% 4% 5%Mercado potencial: Mercado total: Mercado total: Mercado total: Mercado previsto: 840 milhões 1 bilhão L/ano 1,2 bilhão L/ano 1,8 bilhão L/ano 2,4 bilhões L/ano L/ano
  3. 3. Produção de BiodieselEvolução da Produção e Demanda de Biodiesel
  4. 4. Produtores de Biodiesel MA PA 1 1 2 CE TO RO 2 BA 2 MT 18 3 1 4 GO 6 1 1 MG MS 5 1 3 1 SPAutorizadas para Comercialização: 61 7 1 1 1 RJ 3(17.015,25 m3/dia) 1 PR SCAutorizadas Apenas para Operação: 6 1 RS 6Autorizadas para Construção: 9 3 Até maio/2011
  5. 5. Cadastro de LaboratórioPrevisto na Resolução ANP n° 7/2008• Art. 4°. “§ 4º As análises constantes do Certificado da Qualidade só poderão ser realizadas em laboratório próprio do produtor ou contratado, os quais deverão ser cadastrados pela ANP conforme Resolução ANP n° 31 de 21 de outubro de 2008.”Prorrogado pela Resolução ANP n° 11/2009• Altera o artigo 19 da Resolução n° 31/2008: “Art. 19. Fica concedido o prazo máximo de 360 dias , a contar da data de publicação da presente Resolução, para atendimento às novas especificações.” (A obrigatoriedade do cadastro foi prorrogada para 17/10/09).
  6. 6. Cadastro de LaboratórioRegulamentado pela Resolução ANP n° 31/2008O laboratório deve:• Dispor de todos os equipamentos, reagentes e vidrarias exigidos pelas normas;• Calibrar todos os itens críticos;• Dispor de condições ambientais adequadas;• Dispor de normas atualizadas;• Dispor de procedimentos escritos para todas as atividades críticas;(Resumo do art. 2°)Art. 18. A ANP exigirá, a partir de 2013, que os laboratórios e instituições que realizam ensaios de Certificação de Biodiesel sejam Acreditados, de acordo com a norma NBR ISO IEC 17025.
  7. 7. Laboratórios Cadastrados PA 2 2 CE 1 PE BA MT 3 5 GO 2 MG 3 SP 8 7 RJ 2 PRLaboratórios Cadastrados para Ensaios de SCBiodiesel: 41 1 RS 5 Até maio/2011
  8. 8. Cadastro de LaboratórioObjetivos do Cadastramento• Conhecer a rede de laboratórios disponível no país para analisar biodiesel;• Garantir maior confiabilidade aos resultados constantes do Certificado da Qualidade;• Divulgar ao mercado a relação de laboratórios aptos a realizar ensaios físico- químicos em biodiesel, para fins de certificação.
  9. 9. Gestão da Qualidade• SGQ: Gerencia toda a documentação e procedimentos para garantir a confiabilidade dos resultados;• Norma: NBR ISO/IEC 17025;• Acreditação: Atestação de terceira-parte relacionada a um organismo de avaliação da conformidade, comunicando a demonstração formal da sua competência para realizar tarefas específicas de avaliação da conformidade.
  10. 10. Gestão da QualidadeVantagens do SGQ• Acreditação;  Diferenciação Competitiva;  Exigência de Clientes;  Exigência de Órgãos Reguladores.• Qualidade e Aprimoramento Técnico;• Organização e Planejamento.
  11. 11. Gestão da QualidadeDesafios do SGQ• Custos  Solicitação junto ao INMETRO;  Calibrações, Manutenções, MRCs.• Volume de Trabalho;• Envolvimento da Alta Direção;• Adequação SISTEMA  LABORATÓRIO;• Adequação LABORATÓRIO  SISTEMA.
  12. 12. Gestão da QualidadeNorma NBR ISO/IEC 17025• 15 Requisitos da Direção;• 10 Requisitos Técnicos.
  13. 13. Requisitos da Direção• 4.1 Organização;• 4.2 Sistema de Gestão;• 4.3 Controle dos Documentos;• 4.4 Análise Crítica dos Pedidos, Propostas e Contratos;• 4.5 Subcontratação de Ensaios e Calibrações;• 4.6 Aquisição de Serviços e Suprimentos;• 4.7 Atendimento ao Cliente;• 4.8 Reclamações;• 4.9 Controle dos Trabalhos de Ensaio Não-Conforme;• 4.10 Melhoria;• 4.11 Ação Corretiva;• 4.12 Ação Preventiva;• 4.13 Controle dos Registros;• 4.14 Auditorias Internas;• 4.15 Análises Críticas pela Direção.
  14. 14. Requisitos Técnicos• 5.1 Generalidades;• 5.2 Pessoal;• 5.3 Acomodações e Condições Ambientais;• 5.4 Métodos de Ensaio e Validação de Métodos;• 5.5 Equipamentos;• 5.6 Rastreabilidade de Medição;• 5.7 Amostragem;• 5.8 Manuseio de Itens de Ensaio e Calibração;• 5.9 Garantia da Qualidade de Resultados de Ensaios;• 5.10 Apresentação de Resultados.
  15. 15. AcreditaçãoLaboratórios com Ensaios de Biodiesel Acreditados• CIENTEC/DEQUIM;• UFRJ/LABCOM;• UNICAMP/Central Analítica;• IPT/CMQ;• Saybolt Aratu;• UNESP/CEMPEQC;• FURB/IPTB;• UFPR/LACAUT.
  16. 16. Rossine Amorim MessiasEspecialista em Regulação da ANP Gerente da Qualidade do CPT rmessias@anp.gov.br

×