Notas fisiológicas espaço morto

550 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
550
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
7
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Notas fisiológicas espaço morto

  1. 1. Notas FisiológicasPrograma de Residência em Medicina IntensivaPrograma de Residência em Medicina Intensiva Espaço Morto Fabiano Nagel - Médico Intensivista 06 de Junho de 2008
  2. 2. Ex abundanctia enim cordis os loquitur
  3. 3. Revisão
  4. 4. Conceito Espaço Morto (EM)• Parte do volume corrente que não participa das trocas gasosas
  5. 5. Componentes• EM Anatômico (EMan): Nariz, faringe e vias aéreas de condução• EM Alveolar (EMal): Alvéolos bem ventilados mas com perfusão insignificante• EM da Via Aérea (EMaw): Composto pelo aparato da ventilação mecânica + EMan
  6. 6. Espaço Morto Fisiológico• EMFis: EMaw + EMal
  7. 7. Relação entre pressões atmosférica e pleural
  8. 8. Espaço Morto Anatômico
  9. 9. Vias aéreas de condução
  10. 10. Capnografia Volumétrica• EtCO2 ƒ VC ƒ PaCO2 ≈ EMFis/VC
  11. 11. Capnografia VolumétricaEquação de Bohr (modificada por Enghoff )• EMFis/VC = (PaCO2 - PECO2/PaCO2• (EMFis - EMaw)/VC = EMal/VC
  12. 12. Fase I: Gás do aparato + EManFase II: Aumento da PA CO através do esvaziamento alveolar 2Fase III: Gás alveolarGás alveolarGás alveolar
  13. 13. Paciente Normal
  14. 14. Paciente com DPOC
  15. 15. Capnografia volumétrica em diferentes situações
  16. 16. Causas de aumento da EtCO2
  17. 17. Causas de diminuição da EtCO2
  18. 18. Uso de Umidificador Aquecido para diminuir a PACO2
  19. 19. EMal e PEEP• ALI/ARDS: EMal é significativo e não varia com a aplicação de PEEP• O que muda é a relação V/Q
  20. 20. Fator Prognóstico• Relação direta entre capnografia volumétrica e Escore de Murray• A elevação de EMFis/VC em pacientes com ALI/ARDS identifica não-sobreviventes
  21. 21. Referências• Pinsky RL, Brochard M, Mancebo J. Applied Physiology in Intensive Care Medicine; Springer-Verlag Berlin Heidelberg 2006• Rouby JJ, Lu Q. Bench-to-bedside review: Adjuncts to mechanical ventilation in patients with acute lung injury.Critical Care 2005, 9:465-471 (DOI 10.1186/cc3763)• Prin S, Chergui K, Augarde R, Page B, Jardin F, Vieillard-Baron A:Ability and safety of a heated humidifier to control hypercapnic acidosis in severe ARDS. Intensive Care Med 2002, 28: 1756-1760• Hedenstierna G, Sandhagen B. Assessing dead space: A meaningful variable? Minerva Anestesiol 2006; 521-528• Blanch L, Romero PV, Lucangelo U. Volumetric capnography in the mechanically ventilated patient. Minerva Anestesiol 2006; 577-585
  22. 22. Esta apresentação está disponível para download no formato Quicktime© em:http://homepage.mac.com/fabianonagel/

×