Meu cliente não permite
DevOps. E agora?
Everton Emilio Tavares
Developer
O que pode ser automatizado?
• Produção;
• Homologação;
• Desenvolvimento;
Possíveis barreiras para Entrega Continua.
• Infraestrutura;
• Restrição de Segurança;
• Processos / Politicas;
• Implanta...
Nossas Barreiras...
• Servidor interno;
• Produção;
• Homologação;
• Restrições de segurança;
... e nossa infra
• Servidor Central
• WebLogic;
• Banco de Dados – Oracle;
• Servidor Filial
• Weblogic:
• Fila de Sincro...
Problemas com desenvolvimento
• Conexão com o cliente instável
(VPN);
• Banco de Dados concorrente;
• Tempo para configura...
Solução:
• Docker
• 2 Weblogic;
• Oracle;
• Mysql;
• Flyway:
• Banco Mysql (legado);
• Banco Oracle;
O que foi automatizado:
• Weblogic (central e filial)
• Filas JMS;
• DataSources;
• Oracle
• Migrations;
• Mysql
• Migrati...
O que ganhamos?
• Acabou problema com VPN;
• Tempo de configuração de ambiente caiu;
• Cliente adotou as migrations;
• Con...
Dicas
Não apanhe como a gente
apanhou...
Organização
Fragmentação Flyway
• 1__estrutura_inicial.sql
• 2__enderecos_funcionarios.sql
• 3__financeiro.sql
• 4__compras.sql
Fragmentação Flyway
• 1_1_1__estrutura_funcionarios.sql
• 1_1_2__dados_funcionarios.sql
• 1_2_1__estrutura_funcionario_end...
Docker compose
• Disponível no Windows a partir da versão 1.9.0-rc3
(30/10/2015);
• Facilita levantar as maquinas em conju...
Obrigado!
@ezidiu
everton.tavares.dev@gmail.com
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Meu Cliente não permite DevOps. E agora?

70 visualizações

Publicada em

Nesta palestra demonstra-se algumas limitações encontradas para aplicação de DevOps em projetos, e qual foi a saída para utilização de algumas técnicas de DevOps num projeto específico.

Mostra-se também a importância de pensar em automação em todos os estágios da aplicação, sendo que no exemplo a utilização de algumas automações se iniciou em ambiente de desenvolvimento o que levou o cliente a aplicar também em produção visto os benefícios adquiridos.

Publicada em: Tecnologia
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
70
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Meu Cliente não permite DevOps. E agora?

  1. 1. Meu cliente não permite DevOps. E agora?
  2. 2. Everton Emilio Tavares Developer
  3. 3. O que pode ser automatizado? • Produção; • Homologação; • Desenvolvimento;
  4. 4. Possíveis barreiras para Entrega Continua. • Infraestrutura; • Restrição de Segurança; • Processos / Politicas; • Implantação em terceiros; • Falta de interesse (ou falta de conhecimento);
  5. 5. Nossas Barreiras... • Servidor interno; • Produção; • Homologação; • Restrições de segurança;
  6. 6. ... e nossa infra • Servidor Central • WebLogic; • Banco de Dados – Oracle; • Servidor Filial • Weblogic: • Fila de Sincronização; • Fila de tratamento de erros; • Banco de Dados – Mysql • 3 instâncias: Gravação, Leitura, Leitura – Espelho; • Com configurações específicas;
  7. 7. Problemas com desenvolvimento • Conexão com o cliente instável (VPN); • Banco de Dados concorrente; • Tempo para configuração de ambiente; • Manter histórico de atualizações do Banco de Dados;
  8. 8. Solução: • Docker • 2 Weblogic; • Oracle; • Mysql; • Flyway: • Banco Mysql (legado); • Banco Oracle;
  9. 9. O que foi automatizado: • Weblogic (central e filial) • Filas JMS; • DataSources; • Oracle • Migrations; • Mysql • Migrations (apenas tabelas relevantes); • Dados de teste; • Jenkins • Integração continua;
  10. 10. O que ganhamos? • Acabou problema com VPN; • Tempo de configuração de ambiente caiu; • Cliente adotou as migrations; • Configuração do Weblogic ficou documentada (Python); • Outras aplicações do mesmo cliente adotaram o Docker; • Cliente tem a infra configurada caso desejar adotar adotar;
  11. 11. Dicas Não apanhe como a gente apanhou...
  12. 12. Organização
  13. 13. Fragmentação Flyway • 1__estrutura_inicial.sql • 2__enderecos_funcionarios.sql • 3__financeiro.sql • 4__compras.sql
  14. 14. Fragmentação Flyway • 1_1_1__estrutura_funcionarios.sql • 1_1_2__dados_funcionarios.sql • 1_2_1__estrutura_funcionario_endereco.sql • 1_2_2__dados_funcionario_endereco.sql • 1_3_1__estrutura_financeiro_contas.sql • 1_3_2__dados_financeiro_contas.sql • 1_4_1__nova_coluna_cep_funcionario_endereco.sql • 1_4_2__dados_cep_funcionario_endereco.sql
  15. 15. Docker compose • Disponível no Windows a partir da versão 1.9.0-rc3 (30/10/2015); • Facilita levantar as maquinas em conjunto; • Antes o projeto usava um arquivo .sh;
  16. 16. Obrigado! @ezidiu everton.tavares.dev@gmail.com

×