Fechamento da porta da graça iasd iguatemi

1.918 visualizações

Publicada em

iasd

Publicada em: Espiritual
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.918
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
175
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Fechamento da porta da graça iasd iguatemi

  1. 1. O Fechamento da Porta da Graça Estudando Daniel e Apocalipse Pr. Ezequiel Gomes
  2. 2. Daniel 12:1, 5-10 / Apocalipse 22:11
  3. 3. Contexto Bíblico Apocalipse 15:5-8 Apocalipse 14:9-12 Precedentes: Pecado sem perdão (Mateus 12:31) Dilúvio (Gênesis 6-8, Lucas 17:26)
  4. 4. Contexto no Espírito de Profecia “Cristo conclui sua obra no santuário” (PE p. 36), todos os casos estão decididos “para a vida ou para a morte” (GC, p. 490), não há apelação da sentença, ela é “irrevogável” (ME, v. 2, p. 82), a porta da graça está fechada para todo o sempre (DTN, p. 636), “não há mais sangue expiatório para purificar do pecado” (PP, p. 201), após esse evento, os santos devem viver “sem intercessor” e com um caráter “liberto do pecado” (CS, p. 69), devemos ser “perfeitos em Cristo” antes desse tempo (GC, p. 623). Isso tudo ocorrerá “antes da volta de Jesus” (GC, p. 490), e marca o início do terrível tempo de angústia e da queda das últimas pragas (EF, p. 259).
  5. 5. Medo dos eventos relativos a Volta de Jesus!
  6. 6. Se a cada dia estamos mais próximos da volta de Jesus, então a cada dia estamos mais próximos do fechamento da porta da graça Portanto, é nosso dever estudar profundamente esse assunto a fim de compreendê-lo.
  7. 7. Associados ao estudo do “fechamento da porta da graça” estão inúmeros outros temas Pecado SalvaçãoObediência à lei de Deus A Perfeição Cristã A natureza humana de Cristo A função do Espírito de Profecia na IASD A interpretação correta do Espírito de Profecia Decreto dominical Graça Teologia da última geração Perfeccionismo
  8. 8. Para não nos cansarmos em meio a tantas perspectivas e vozes, vamos eleger um assunto somente: O PECADO
  9. 9. O Conceito de Pecado A extensão da possibilidade de se viver sem pecar desde hoje A reminiscência do pecado nos salvos no tempo de angústia A doutrina do pecado no contexto do fechamento da porta da graça
  10. 10. A Pluralidade bíblica do conceito de Pecado A Bíblia conceitua pecado em função de, pelo menos, três fundamentos transgressão da lei 1 Joao 3:4 Não crer em Cristo Joao 16:8-9 Tudo que não provém da fé Romanos 14:23 Tudo isso à luz do conceito bíblico de “amor” (1 Co 13) como o “cumprimento da lei” (Rm 13:10)
  11. 11. A natureza do Pecado Além disso, a Bíblia identifica o “pecado” na vida humana como algo conectado à sua NATUREZA, sendo transmitido como herança. Também a Bíblia fala de pecados “involuntários” e “por ignorância” Pela desobediência de UM SÓ HOMEM, muitos foram feitos PECADORES Romanos 5:19 Na minha carne (NATUREZA) não habita bem nenhum Romanos 7:18 O mal que EU NÃO QUERO, esse faço Romanos 7:19 Quando um príncipe pecar, e POR IGNORÂNCIA, fizer alguma de todas as coisas que o Senhor Deus ordenou não se fizessem [...] trará por sua oferta um bode sem defeito Levítico 4:22
  12. 12. A universalidade do Pecado Não há homem justo sobre a terra que faça o bem e que não peque Eclesiastes 7:20 Todos pecaram e carecem da glória de Deus Romanos 3:23
  13. 13. Pastor Ezequiel! Esse conceito de pecado (como herança, como natureza, como algo presente na vida de todos, etc.) está em contradição com o Espírito de profecia! O único conceito de pecado é “transgressão da lei” Ellen White
  14. 14. O conceito de Pecado no Espírito de Profecia “Todo pecado é egoísmo. O primeiro pecado de Satanás foi uma manifestação de egoísmo” (MR, v. 7, p. 232). O egoísmo está “entretecido em nosso próprio ser” e “nos veio por herança” (HS, p. 138-139). A lei de Deus não podia justificar o homem, pois “em sua natureza pecaminosa, este não a poderia guardar” (PP. p. 373). Jesus compensa nossas “deficiências inevitáveis” (ME, v. 3, p. 196). Faremos nossa própria a confissão do apóstolo: “eu sei que em mim, isto é, na minha carne, não habita bem nenhum” (AA, p. 561).
  15. 15. Sobre o “único” conceito de Pecado Meditem sobre o “único” filho de Abraão Gênesis 22:2
  16. 16. Viver em Pecar, sim! Desde quando? Desde hoje!
  17. 17. Vá e não peques mais João 8:11 Transgressão da lei Escolhas equivocadas Maldade Vício Imperfeições Erros involuntários Falta de amor/fé perfeitos Natureza humana Sentido específico Sentido amplo
  18. 18. A fé adventista confessa que Deus é poderoso para nos guardar de PECAR, mas não entende esse poder como significando que Deus nos torna impecáveis antes da glorificação!
  19. 19. Permanece pecado nos salvos após o fechamento da porta da graça?
  20. 20. Não há homem que não peque (Eclesiastes 7:20) Não podemos dizer “sou sem pecado” até que esse corpo seja transformado para ser igual o corpo da sua glória (ME, v. 3, p. 355)
  21. 21. Mas e os textos sobre “viver sem intercessor”? Não haver “sangue expiatório” para purificar do pecado? Atingir perfeição de caráter, ser “perfeito em Cristo”?
  22. 22. O texto que marca o fechamento da porta da graça fala de “justos” que devem continuar na prática da justiça, e “santos” que devem continuar a se santificar (Apocalipse 22:11) Nem de longe essas imagens significam impecaminosidade! Justificação e santificação pela FÉ (Atos 26:18)! Todos os justos e santos humanos da Bíblia foram PECADORES, e jamais deixaram de sê-lo!
  23. 23. A palavra diz que, “segundo a lei, QUASE TODAS AS COISAS SE PURIFICAM COM SANGUE, e sem derramamento de sangue não há remissão” Hebreus 9:22 Levítico 5:11-13 afirma que podia haver expiação e perdão de pecados com oferta de “flor de farinha”, sem oferecimento de sangue!
  24. 24. Precedente interessante: Romanos 5:13 ...até ao regime da lei havia pecado no mundo, mas o pecado não é levado em conta quando não há lei.
  25. 25. Perfeitos em Cristo! Perfeitos como Cristo? nEle, estais aperfeiçoados (Cl 2:10) o Filho nada pode fazer de si mesmo João 5:19 Sem mim, nada podeis fazer João 15:5 Se vos entregardes a Ele e O aceitardes como vosso Salvador, sereis então, por pecaminosa que tenha sido vossa vida, considerados justos por Sua causa. O caráter de Cristo substituirá o vosso caráter, e sereis aceitos diante de Deus exatamente como se não houvésseis pecado. Caminho a Cristo, p. 62 Cristo é nosso modelo, o perfeito e santo exemplo que nos foi dado para que o seguíssemos. Jamais poderemos igualar o Modelo; podemos, porém, imitá-Lo e assemelhar-nos a Ele de acordo com nossa capacidade. Para conhece-lo, p. 262
  26. 26. O foco de Ellen White está num conceito de específico ou absoluto de “pecado”, após o fechamento da porta da graça?
  27. 27. Não podemos dizer “sou sem pecado” até que esse corpo seja transformado para ser igual o corpo da sua glória (ME, v. 3, p. 355)

×