Quem Somos?

258 visualizações

Publicada em

A Rede Cultural BrokerTM é uma Equipe de Projetos que reúne profissionais oriundos das diversas AREAS DE CONHECIMENTO1 (profissionais liberais, de empresas privadas, de instituições acadêmicas e também instituições públicas no Brasil e no exterior), cujas DIVERSAS ORIGENS, agregam valor a projetos de COMPETITIVIDADE INTERNACIONAL em todas as suas fases, desde o PLANEJAMENTO, até a fase de EXECUÇÃO do projeto.

Publicada em: Negócios
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
258
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
26
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
2
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Quem Somos?

  1. 1. Quem somos? ü  www.culturalbroker.com.br   A Rede Cultural BrokerTM é uma Equipe de Projetos que reúne profissionais oriundos das diversas AREAS DE CONHECIMENTO1 (profissionais liberais, de empresas privadas, de instituições acadêmicas e também instituições públicas no Brasil e no exterior), cujas DIVERSAS ORIGENS, agregam valor a projetos de COMPETITIVIDADE INTERNACIONAL em todas as suas fases, desde o PLANEJAMENTO, até a fase de EXECUÇÃO do projeto. 1PMBOK Guide /PMI DESIGNED  BY  EXPEDITO  SILVA,  INSPIRED  BY  WWW.DUARTE.COM  ,  Steve Knight,  Normann Kastenbaum !
  2. 2. Ü  MÉTODO  DE  GESTÃO  DO   PROJETO:  ESSÊNCIA  –  AJUDAR  A   APRENDER  AO  INVÉS  DE  ENSINAR1   Ü  Ü  Ü  Ü  Ü  www.culturalbroker.com.br   MUDANÇA  DE  CULTURA   Ü  DEMANDA  DE  NÍVEIS  MAIS   ALTOS  DE  DESEMPENHO  E   MAIOR  RESPONSABILIDADE   SOCIAL  PELOS  SEUS  ATOS.   NOVO  ESTILO   Ü  HIERARQUIA  DÁ  LUGAR  A   AVALIAÇÃO  FRANCA,   MOTIVADORES  EXTERNOS   SÃO  SUBSTITUÍDOS  POR   AUTOMOTIVAÇÃO.   ENVOLVIMENTO     Ü  MAIOR  NÍVEL  DE   CONSCIÊNCIA  DEMANDA   MAIOR  ENVOLVIMENTO  NAS   DECISÕES  QUE  LHE  DIZEM   RESPEITO.   CULTURA  DA  CULPA   Ü  DEVE  SER  EVITADA,  POIS,   EVOCA  POSTURA  DEFENSIVA.   FLEXIBILIDADE   Ü  FACILITA  A  ADAPTABILIDADE   E  A  LIDAR  COM  O  MEDO   PROVOCADO  PELAS   MUDANÇAS.   1Whitmore, John, 2012. Coaching for Performance,. Nicholas Brealey Publishing DESIGNED  BY  EXPEDITO  SILVA,  INSPIRED  BY  WWW.DUARTE.COM  ,  Steve Knight,  Normann Kastenbaum !
  3. 3. Como a Rede Cultural BrokerTM auxilia o seu projeto? ü  PROSPECÇÃO DE NEGÓCIOS, Reuniões presenciais são a forma mais eficiente para construir relacionamentos com potenciais parceiros de negócios no exterior. Assessoramos na identificação de potenciais parceiros estrangeiros; apresentamos o seu negócios, planejamos e articulamos as viagens prospectivas de negócios ao exterior, orientando quanto ao que os empresários brasileiros precisam saber para atingirem seus objetivos de negócios internacionais. 1.  Assessoramos na definição do tipo de negócio que se adequa aos seus interesses no exterior e no estabelecimento dos objetivos de médio e longo-prazos; 2.  Assessoramos na identificação de oportunidades de negócios nos mercadosalvo estrangeiros e também no estabelecimento dos contatos com potenciais parceiros de negócios nestes mercados. 3.  www.culturalbroker.com.br   Orientamos a apresentação entre os potenciais parceiros de negócios nacional e estrangeiro e assessoramos no estabelecimento da sua agenda do encontro de negócios no exterior. DESIGNED  BY  EXPEDITO  SILVA,  INSPIRED  BY  WWW.DUARTE.COM  ,  Steve Knight,  Normann Kastenbaum !
  4. 4. www.culturalbroker.com.br   bers* TeamraMemom;toda a Core de pa trabalhaurice s rq a Capacid e níveis hierá entas de estrutura ar ferram de de us projetos; a Capacid mento de a; ü  partilhad gerencia ade com onsabilid as Resp grama e ü  ao crono Respeitos;   ü restriçõe mútuo; a e apoio Confianç ü  isso; Comprom ü  ade; Flexibilid jado; ü  no plane Foco ü  a ert Mente ab ü  ü  Membros da Rede Cultural Broker *A equipe do projeto é um grupo de profissionais comprometidos a atingir objectivos comuns, trabalhando em estreita parceria e que se relacionam direta e abertamente um com o outro, para fazer as coisas acontecerem1. R.K., 2012. Effective project management: traditional, agile, extreme.6 th ed. Indianapolis: Wiley DESIGNED  BY  EXPEDITO  SILVA,  INSPIRED  BY  WWW.DUARTE.COM  ,  Steve Knight,  Normann Kastenbaum ! 1Wysocki, Publishing
  5. 5. INOVANDO PARA COMPETIR! www.culturalbroker.com.br   Momento #1 Ü ESTRATÉGICO   AÇÕES  ESTRATÉGICAS  EXTERNAS  PARA  ATRAIR  O  PÚBLICO-­‐ALVO.     DESIGNED  BY  EXPEDITO  SILVA,  INSPIRED  BY  WWW.DUARTE.COM  ,  Steve Knight,  Normann Kastenbaum !
  6. 6. Nicola Minervini no Nordeste •  INOVANDO PARA COMPETIR! •  www.culturalbroker.com.br   COMPETITIVIDADE INTERNACIONAL DE EMPRESAS BRASILEIRAS Prof. Nic •  ola Mine rv ini Conferen cista inte rnaciona italiana, e l de orige specialis m ta em inte e formaç rnaciona ão de red lização es de em •  Auto presas, r do livro “ O Expo que tem rtador”, formado um livro milhares de come de execu rcio exte tivos rior nos anos, se últimos gundo o 21 artigo pu Revista blicado n EXAME: a “Custo B Empresa rasil x C – uma vis usto ão estra Nicola M tégica co inervini” 1 m DESIGNED  BY  EXPEDITO  SILVA,  INSPIRED  BY  WWW.DUARTE.COM  ,  Steve Knight,  Normann Kastenbaum !
  7. 7. Marcos Machado no Nordeste INOVANDO PARA COMPETIR! COMPETITIVIDADE INTERNACIONAL DE EMPRESAS BRASILEIRAS www.culturalbroker.com.br   s Machado Prof. Marco arketing e Branding na ESPM M Professor de o -USP e FIA marca e sóci estratégia de ecialista em •  Esp s o de da Top Brand mo executiv u 15 anos co r Oats •  Trabalho ke Nestlé e Qua marketing da tão (Pepsico) ileira da Ges edição bras Co-autor da Keller) •  evin de Marca (K Estratégica •  DESIGNED  BY  EXPEDITO  SILVA,  INSPIRED  BY  WWW.DUARTE.COM  ,  Steve Knight,  Normann Kastenbaum !
  8. 8. Ney Pereira no Nordeste INOVANDO PARA COMPETIR! COMPETITIVIDADE INTERNACIONAL DE EMPRESAS BRASILEIRAS www.culturalbroker.com.br   cultural.broker@outlook.com   ereira Prof. Ney P Curso presarial no do FGV Em Coordenador arial. •  ação Empres para o de Comunic ultidisciplinar do Método M Idealizador •  de Docentes, Treinamento s do Comitê s porta voze dor oficial do •  Treina limpíadas) or Nota Rio 2016 (O Um Profess livro “Seja Autor do ariais Além •  mpres entações E 10” e “Apres . da Oratória” DESIGNED  BY  EXPEDITO  SILVA,  INSPIRED  BY  WWW.DUARTE.COM  ,  Steve Knight,  Normann Kastenbaum !
  9. 9. INOVANDO PARA COMPETIR! www.culturalbroker.com.br   Momento #2 Ü TÁTICO   AÇÕES  TÁTICAS  INTERNAS  PARA  MELHORIA  DA  PRODUTIVIDADE.     DESIGNED  BY  EXPEDITO  SILVA,  INSPIRED  BY  WWW.DUARTE.COM  ,  Steve Knight,  Normann Kastenbaum !
  10. 10. www.culturalbroker.com.br   cultural.broker@outlook.com   COACHING EMPRESARIAL Estratégia de COMPETITIVIDADE INTERNACIONAL DE EMPRESAS BRASILEIRAS Ü INOVANDO  PARA  COMPETIR   Método cujo diferencial em relação às técnicas tradicionais de gerenciamento de projetos (Traditional Project Management - PMBOK guide/PMI) é o emprego de técnicas de coaching empresarial (Coaching for Performance/Whitmore) para facilitar a necessária transição entre a atual e a nova cultura de negócios a ser atingida como resultado da ESTRATÉGIA COMPETITIVIDADE INTERNACIONAL DESIGNED  BY  EXPEDITO  SILVA,  INSPIRED  BY  WWW.DUARTE.COM  ,  Steve Knight,  Normann Kastenbaum !
  11. 11. INOVANDO PARA COMPETIR! www.culturalbroker.com.br   Ü  Ü  Ü  FATORES  EXTERNOS   E   DEM  DA  EQUIPE  OU  D QUESTÕES  QUE  DEPEN Ü   DE   R  AS  ZONAS TERCEIROS  ARA  TRATA TO.   DESCONFOR FATORES  INTERNOS   DEM  DO  INDIVÍDUO,   AQUELES  QUE  DEPEN Ü      AS  DE  DESCONFORTO PARA  TRATAR  AS  ZON ROJECT   NOVAS  TÉCNICAS  DE  PAS  COMPETENCIAS   MANAGEMENT  +  NOV E  BOAS  PRATICAS  DE   DEPENDEM  DO  USO  D Ü  1 ENVOLVIMENTO  DE   EFFECTIVE  PM  E  DO  DESOR  INTERMÉDIO  DO   NOVAS  COMPETÊNCIAS  P NCE2  PARA  TRATAR   COACHING  FOR  PERFOMA TO     OR AS  ZONAS  DE  DESCONF Ü ABORDAGEM   AO  PROJETO   DESIGNED  BY  EXPEDITO  SILVA,  INSPIRED  BY  WWW.DUARTE.COM  ,  Steve Knight,  Normann Kastenbaum !
  12. 12. INOVANDO PARA COMPETIR! www.culturalbroker.com.br   COMPETITIVIDADE INTERNACIONAL DE EMPRESAS BRASILEIRAS Ü  PONTOS  PARA  IMPULSIONAR  À  INOVAÇÃO1     DESIGNED  BY  EXPEDITO  SILVA,  INSPIRED  BY  WWW.DUARTE.COM  ,  Steve Knight,  Normann Kastenbaum ! Soren., Ê autor do livro Leapfrogging e Managing Principal at InnovationPoint LLC nos quais DESIGNED  BY  EXPEDITO  SILVA,  IconsultoriaY  WWW.DUARTE.COM  ,  Disney,Knight,  Normann Kastenbaum ! orienta start-ups e também da NSPIRED  B para a Cisco, Colgate, Steve Medtronic, Visa… 1Kaplan,
  13. 13. INOVANDO PARA COMPETIR! www.culturalbroker.com.br   Ü  NECESSIDADES  X   PONTOS  PARA   IMPULSIONAR  À   INOVAÇÃO1     1.  QUEM  É  A  PESSOA  OU  CLIENTE  PARA   QUEM  VOCÊ  DIRIGE  O  SEU  TRABALHO  OU   SOLUÇÃO?   2.  QUAIS  SÃO  AS  ATIVIDADES  QUE  VOCÊ   REALIZA  TODOS  OS  DIAS,  POR  QUE  E  QUAL   PROPOSITO?   3.  Descrição  do  público-­‐alvo,  pessoas  ou  segmento  de  mercado   AVvidades   AXvidade/Tarefa  1   AXvidade/Tarefa  2   AXvidade/Tarefa   3   ...   Soluções   Solução  1   Solução  2   Solução  3   ...   Zona  de   desconforto  1   Zona  de   desconforto  1   Zona  de   desconforto  3   ...   Necessidades   QUAIS  SÃO  AS  MAIORES  ZONAS  DE   DESCONFORTO,  QUE  SÃO  AS  CAUSAS  DOS   PROBLEMAS  DOS  CLIENTES,  DAS   NECESSIDADES  OU  DESEJOS  NÃO   SATISFEITAS?     5.  Pessoas   QUAIS  SÃO  AS  SOLUÇOES,  PROCESSOS,   FERRAMENTAS  E  ATIVIDADES  QUE  VOCÊ   REALIZA  OU  QUE  VOCÊ  CRIOU  PARA   "CONTORNAR”.  A  FORMA  COMO  AS   COISAS  DEVEM  SER  FEITAS?   4.  Abordagem   PerspecVvas  de  abordagem   QUAIS  SÃO  AS  SOLUÇÕES  ALTERNATIVAS,   COISAS  QUE  CAUSAM  ESTRESSE  OU   PREOCUPAÇÃO,  A  INSATISFAÇÃO,  OU   QUALQUER  OUTRA  COISA  QUE  É   RESPONSÁVEL  POR  SUA  ZONA  DE   DESCONFORTO?   1Kaplan, Zona  de  desconforto  x  AXvidades:   Soren., Ê autor do livro Leapfrogging e Managing Principal at InnovationPoint LLC nos quais orienta start-ups e também da consultoria para a Cisco, Colgate, Disney, Medtronic, Visa… DESIGNED  BY  EXPEDITO  SILVA,  INSPIRED  BY  WWW.DUARTE.COM  ,  Steve Knight,  Normann Kastenbaum !
  14. 14. INOVANDO PARA COMPETIR! www.culturalbroker.com.br   FATORES  EXTERNOS   DEM  DA  EQUIPE   QUESTÕES  QUE  DEPEN Ü   TRATAR  AS  ZONAS   OU  DE  TERCEIROS  ARA DE  DESCONFORTO.   FATORES  INTERNOS   Ü  DEM  DO   AQUELES  QUE  DEPEN Ü  TAR  AS  ZONAS  DE   INDIVÍDUO,  PARA  TRA DESCONFORTO     ROJECT   NOVAS  TÉCNICAS  DE  P Ü  MANAGEMENT   E  BOAS  PRATICAS   DEPENDEM  DO  USO  D Ü   AS  ZONAS  DE   DE  PM  PARA  TRATAR DESCONFORTO     Ü  Ü ABORDAGEM   AO  PROJETO   DESIGNED  BY  EXPEDITO  SILVA,  INSPIRED  BY  WWW.DUARTE.COM  ,  Steve Knight,  Normann Kastenbaum !
  15. 15. INOVANDO PARA COMPETIR! www.culturalbroker.com.br   Whitmore Prof. John ore é presidente da Whitm nal, •  Sir John nts Internatio nce Consulta Performa empresas as principais trabalha com lturas que stabelecer cu onais para e mas de multinaci nto e progra de treiname de gestão rança. ento de lide desenvolvim g for ro “Coachin utoro do liv e 500.000 •  A com mais d rformance” Pe . 17 idiomas cópias em Imagem:  John  Withmore  addsvalue.blogspot.com   DESIGNED  BY  EXPEDITO  SILVA,  INSPIRED  BY  WWW.DUARTE.COM  ,  Steve Knight,  Normann Kastenbaum !
  16. 16. INOVANDO PARA COMPETIR! www.culturalbroker.com.br   Ü  Ü  Ü  Ü  Ü  Ü  COACHING  EMPRESARIAL:   ESSÊNCIA  –  AJUDAR  A  APRENDER  AO   INVÉS  DE  ENSINAR1   MUDANÇA  DE  CULTURA   Ü  DEMANDA  DE  NÍVEIS  MAIS   ALTOS  DE  DESEMPENHO  E  MAIOR   RESPONSABILIDADE  PELOS  SEUS   ATOS.   NOVO  ESTILO   Ü  HIERARQUIA  DÁ  LUGAR  A   AVALIAÇÃO  FRANCA,   MOTIVADORES  EXTERNOS  SÃO   SUBSTITUÍDOS  POR   AUTOMOTIVAÇÃO.   ENVOLVIMENTO     Ü  MAIOR  NÍVEL  DE  CONSCIÊNCIA   DEMANDA  MAIOR   ENVOLVIMENTO  NAS  DECISÕES   QUE  LHE  DIZEM  RESPEITO.   CULTURA  DA  CULPA   Ü  DEVE  SER  EVITADA,  POIS,  EVOCA   POSTURA  DEFENSIVA.   FLEXIBILIDADE   Ü  FACILITA  A  ADAPTABILIDADE  E  A   LIDAR  COM  O  MEDO   PROVOCADO  PELAS  MUDANÇAS.   Imagem:  John  Withmore  addsvalue.blogspot.com   1Whitmore, John, 2012. Coaching for Performance,. Nicholas Brealey Publishing 1Whitmore, John, 2012. Coaching for Performance,. Nicholas Brealey Publishing DESIGNED  BY  EXPEDITO  SILVA,  INSPIRED  BY  WWW.DUARTE.COM  ,  Steve Knight,  Normann Kastenbaum !
  17. 17. INOVANDO PARA COMPETIR! www.culturalbroker.com.br   Ü  Ü  Ü  FATORES  EXTERNOS   E   DEM  DA  EQUIPE  OU  D QUESTÕES  QUE  DEPEN Ü   DE   R  AS  ZONAS TERCEIROS  ARA  TRATA TO.   DESCONFOR FATORES  INTERNOS   DEM  DO  INDIVÍDUO,   AQUELES  QUE  DEPEN Ü      AS  DE  DESCONFORTO PARA  TRATAR  AS  ZON ROJECT   NOVAS  TÉCNICAS  DE  PAS  COMPETENCIAS   MANAGEMENT  +  NOV E  BOAS  PRATICAS  DE   DEPENDEM  DO  USO  D Ü  1 ENVOLVIMENTO  DE   EFFECTIVE  PM  E  DO  DESOR  INTERMÉDIO  DO   NOVAS  COMPETÊNCIAS  P NCE2  PARA  TRATAR   COACHING  FOR  PERFOMA TO     OR AS  ZONAS  DE  DESCONF Ü ABORDAGEM   AO  PROJETO   DESIGNED  BY  EXPEDITO  SILVA,  INSPIRED  BY  WWW.DUARTE.COM  ,  Steve Knight,  Normann Kastenbaum !
  18. 18. INOVANDO PARA COMPETIR! www.culturalbroker.com.br   t Wysocki Prof. Rober 40 anos de experiência em is de ador •  PhD, ma jetos e trein mento de pro Gerencia rmation nterprise Info ndador da E vro. •  O fu creveu 21 li Inc. (EII), es ement,” Insights, ject Manag ffective Pro “E eferência •  Autor de blicadas. R edições pu plo da com 6 todo a exem a no mundo bibligráfic niversity. Liverpool U Imagem:  Robert  Wysocki,  Project  Management   Professional  (PMP)  www.charlestonmgt.com     DESIGNED  BY  EXPEDITO  SILVA,  INSPIRED  BY  WWW.DUARTE.COM  ,  Steve Knight,  Normann Kastenbaum !
  19. 19. INOVANDO PARA COMPETIR! www.culturalbroker.com.br   Ü  Ü  Ü  Ü  Ü  Ü  Ü  Ü  Ü  Ü  PDS  PROJECT  DEFINITION  STATEMENT1     O  QUE  TEM  DE  SER  FEITO,  E  ONDE?   PORQUE  ISTO  TEM  QUE  SER  FEITO?   QUÃO  BEM  FEITO  ISTO  DEVE  SER?   QUANDO  ISTO  SERÁ  NECESSÁRIO  E  EM  QUAL   ORDEM  DE  PRIORIDADE?   QUANTO  ISTO  PODERÁ  CUSTAR?   QUAIS  SÃO  AS  INCERTEZAS  QUANTO  A  ISTO?   QUEM  FARÁ  ISTO?   DE  QUE  FORMA  AS  PESSOAS  DEVERIAM  SER   ORGANIZADAS  EM  EQUIPE  PARA  FAZÊ-­‐LO?   QUAL  SERÁ  O  NÍVEL  DE  SATISFAÇÃO   ATINGIDO  SE  ISTO  FOR  REALIZADO?   2Project  DefiniVon  Statement  by  Wysocki,  R.K.,  2012.  EffecCve  project   Imagem:  Robert  Wysocki,  Project  Management  Professional   (PMP)  www.charlestonmgt.com     management:   tradiConal,   agile,   extreme.6   th   ed.   Indianapolis:   Wiley   Publishing   DESIGNED  BY  EXPEDITO  SILVA,  INSPIRED  BY  WWW.DUARTE.COM  ,  Steve Knight,  Normann Kastenbaum !
  20. 20. INOVANDO PARA COMPETIR! www.culturalbroker.com.br   Os alicerces do Cultural Broker DESIGNED  BY  EXPEDITO  SILVA,  INSPIRED  BY  WWW.DUARTE.COM  ,  Steve Knight,  Normann Kastenbaum !
  21. 21. Os alicerces do Cultural Broker Ü  Ü  Ü  Ü  Ü  Ü  Ü  CONHECIMENTO  X  EXPERIÊNCIA  =  OPERACIONAL   www.culturalbroker.com.br   MOMENTO  #1:  2000  –  2007   ADMINISTRAÇÃO  EM  COMEX  (CAIRÚ)  E   ESPECIALIZAÇÃO  EM  ADMINISTRAÇÃO   PROFISSIONAL  (UFBA)     MACROECONOMIA  E  MICROECONOMIA   Ü  COMPREENSÃO  DA  ESTRUTURA   E  DA  CONJUNTURA  DE   NEGÓCIOS  &  ANALISE  DO   NEGÓCIO  MERCADO  NACIONAL   MATEMÁTICA  FINANCEIRA  E   ESTATÍSTICA   Ü  MONITORAMENTO  &   CONTROLE  DO  NEGÓCIO   OSM  E  SOCIOLOGIA   Ü  PLANEJAMENTO  E  GESTÃO  DO   NEGÓCIO  &  PESSOAS   CONCORRÊNCIA  E  REGULAÇÃO  E   MARKETING  INTERNACIONAL     Ü  DESENVOLVIMENTO  DE   ESTRATÉGIAS  DE  NEGÓCIO  E   MERCADO  NACIONAL  E  EXTERNO   BLOCOS  ECONÔMICOS  E  MERCADOS   REGIONAIS   Ü  VISÃO  PANORÂMICA  DO         MEIO-­‐AMBIENTE  DE  NEGÓCIOS   &  ANALISE  DO  NEGÓCIO  NO   MERCADO  GLOBAL   DESIGNED  BY  EXPEDITO  SILVA,  INSPIRED  BY  WWW.DUARTE.COM  ,  Steve Knight,  Normann Kastenbaum !
  22. 22. Os alicerces do Cultural Broker Ü  www.culturalbroker.com.br   CONHECIMENTO  X  EXPERIÊNCIA    =  OPERACIONAL   Ü  MOMENTO  #1:  2001  –  2007   COORDENAÇÃO  ADMINISTRATIVA,  GESTÃO   OPERAÇÕES  E  PROJETOS  (WILSON’SONS)   Ü  CASE  DE  SUCESSO  -­‐    MONSANTO  NORDESTE   Ü  GANHO  DE  PRODUTIVIDADE  COM  A   REDUÇÃO  DO  TEMPO  DO  CONTAINER   PARADO  ANTES  EMBALAGEM  E  REDUÇÃO   NO  NUMERO  DE  CAMINHÕES   NECESSÁRIOS  PARA  O  TRANSPORTE.     Ü  CASE    DE  SUCESSO  -­‐  TECON  SALVADOR   Ü  Ü  GANHO  DE  PRODUTIVIDADE  COM  A   REORGANIZAÇÃO  DO  ORGANOGRAMA   ADMINISTRATIVO,  GANHO  FINANCEIRO   COM  REDUÇÃO  DO  TEMPO  DE   RECEBIMENTO  E  AUMENTO  DA   SEGURANÇA  COM  PLANEJAMENTO  E   IMPLANTAÇÃO  DOS  SISTEMAS  DE   SEGURANÇA  PATRIMONIAL.     CASE  DE  SUCESSO  -­‐  DEPOT  SALVADOR   Ü  GANHO  DE  PRODUTIVIDADE  COM  O   DESENHO  DA  OPERAÇÃO  LOGÍSTICA  DE   ARMAZENAGEM,  MANUTENÇÃO  E   TRANSPORTE  DE  CONTAINERS,   ELIMINAÇÃO  DO  RISCO  TRIBUTÁRIO  COM   A  CRIAÇÃO  DA  COOPERATIVA  DE   CAMINHONEIROS  AUTÔNOMOS,   CERTIFICAÇÃO  DA  OPERAÇÃO  DE  ACORDO   COM  OS  PADRÕES  ISO.   DESIGNED  BY  EXPEDITO  SILVA,  INSPIRED  BY  WWW.DUARTE.COM  ,  Steve Knight,  Normann Kastenbaum !
  23. 23. A origem do Projeto Cultural Broker Ü  CONHECIMENTO  X  EXPERIÊNCIA  =  ESTRATÉGICO   Ü  Ü  MOMENTO  #2:  2008  –  2012   COMPETITIVIDADE  (FDC)   INTERNACIONALIZAÇÃO  (USP)  PROJETC   MANAGEMENT  (EAD  LIVERPOOL)     GOVERNANÇA  X  COMPETIVIDADE   INTERNACIONAL   Ü  Ü  Ü  www.culturalbroker.com.br   PERSPECTIVAS  ORGANIZACIONAL,   CORPORATIVA,  GESTÃO  DE   LIDERANÇAS  E  STAKEHOLDERS  PARA  O   DESENVOLVIMENTO  DE  PROJETOS   INTERNACIONAIS.   ESTRATÉGIAS  DE  INTERNACIONALIZAÇÃO   Ü  DESENVOLVIMENTO  DE  ESTRATÉGIAS   DE  COMPETITIVIDADE  INTERNACIONAL   MELHORES  PRÁTICAS  INTERNACIONAIS  EM   PLANEJAMENTO  E  GESTÃO   Ü  PLANEJAMENTO,  EXECUÇÃO  DE   PROJETOS  COM  NÍVEL  DE   COMPETITIVIDADE  INTERNACIONAL,   GESTÃO  DO  NEGÓCIO  &  PESSOAS  EM   MERCADOS  NACIONAIS  E   ESTRANGEIROS   Ü  ESTRATÉGIA  NACIONAL  DE  COMPETITIVIDADE   Ü  PARTICIPAÇÃO  NO  GRUPO  DE  TRABALHO  SOBRE   ESTRATÉGIA  DE  INTERNACIONALIZAÇÃO  DO  MIN.   COMÉRCIO  EXTERIOR.  ENTREVISTAS  COM  COM  A   DIRETORIA  DOS  BIG  PLAYERS  NACIONAIS    JÁ   INTERNACIONALIZADOS:  ODEBRECHT,  GERDAU,   EMBRAER,  MARCOPOLO,  MARFRIG,  JBS-­‐FRIBOI.   DESIGNED  BY  EXPEDITO  SILVA,  INSPIRED  BY  WWW.DUARTE.COM  ,  Steve Knight,  Normann Kastenbaum !
  24. 24. A origem do Projeto Cultural Broker Ü  www.culturalbroker.com.br   CONHECIMENTO  X  EXPERIÊNCIA    =  ESTRATÉGICO   Ü  Ü  MOMENTO  #2:  2008  –  2012  FOMENTO  À   EXPORTAÇÕES  E  GESTÃO  DE  PROJETOS  DE   INTERNACIONALIZAÇÃO  PARA  O  GOV.  FEDERAL   (APEX-­‐BRASIL)   CASE  DE  SUCESSO  –  CENTROS  DE  NEGÓCIOS  APEX-­‐ BRASIL   Ü  Ü  CASE    DE  SUCESSO  –  REDE  GIRAFFAS   Ü  Ü  GANHO  DE  EFICÁCIA  COM  O  ESTUDO,   PLANEJAMENTO  E  GESTÃO  DA  MUDANÇA   DO  MODELO  ESTRATÉGICO  DE   WAREHOUSES  PARA  CENTROS  NEGÓCIOS,   ELIMINANDO  A  LIMITAÇÃO  A  APOIO  À   EXPORTAÇÕES.     O  APOIO  DESDE  A  FASE  DE   PLANEJAMENTO  E  EXECUÇÃO  DO   PROJETO,  ATÉ  O  INÍCIO  DA  OPERAÇÃO  NO   EXTERIOR,  CONTRIBUIU  PARA  QUE  A  REDE   BRASILEIRA  GIRAFFAS  DE  FRANQUIA   ENTRASSE  NOS  EUA  COM  PERFORMANCE   ACIMA  DO  PREVISTO  DESDE  A  1ª  LOJA.   VEJA  A  APRESENTAÇÃO  NO  YOUTUBE.     CASE  DE  SUCESSO  –  PRATI-­‐DONADUZZI   Ü  A  ORIENTAÇÃO  DESDE  A  FASE  DE   PLANEJAMENTO  E  EXECUÇÃO  DO  PROJETO   DE  INTERNACIONALIZAÇÃO,  E  A   ARTICULAÇÃO  COM  GRANDES  PLAYERS   ESTRANGEIROS  PERMITIU  A  INDUSTRIA   BRASILEIRA  DE  MEDICAMENTOS  PRATI-­‐ DONADUZZI    TER  SUCESSO  NA  ENTRADA   NOS  EUA.   DESIGNED  BY  EXPEDITO  SILVA,  INSPIRED  BY  WWW.DUARTE.COM  ,  Steve Knight,  Normann Kastenbaum !
  25. 25. INOVANDO PARA COMPETIR! www.culturalbroker.com.br   PARA SABER MAIS… Entre  em  contato  com  o  Cultural.   Broker  pelo  e-­‐mail:   cultural.broker@outlook.com       Seremos  o  seu  interprete  em  uma   Rede  Internacional  de  Negócios,  ou   agende  uma  videoconferência   enviando  um  convite  via  Skype  para:   cultural.broker   DESIGNED   Imagem:  Felipe  Scolari  by  copadomundo.uol.com   BY  EXPEDITO  SILVA,  INSPIRED  BY  WWW.DUARTE.COM  ,  Steve Knight,  Normann Kastenbaum !

×