Aulas 03 e 04 <ul><li>http://fisicarildo.blogspot.com/ </li></ul>
MECÂNICA <ul><li>ESTUDA OS MOVIMENTOS  </li></ul><ul><li>CAPÍTULOS : </li></ul><ul><li>CINEMÁTICA </li></ul><ul><li>DINÂMI...
CINEMÁTICA <ul><li>ESTUDA COMO OS CORPOS SE MOVEM, ATRAVÉS DE FUNÇÕES MATEMÁTICAS E DE CONCEITOS GEOMÉTRICOS.  </li></ul><...
DINÂMICA <ul><li>ESTUDA AS LEIS DA NATURZA QUE EXPLICAM OS MOVIMENTOS </li></ul><ul><li>PROCURA A RAZÃO,EXPLICAÇÃO, </li><...
ESTÁTICA <ul><li>É a  parte da MECÂNICA  que estuda o  EQUILÍBRIO (ESTADO DE REPOUSO)  das partículas e dos sólidos.  </li...
Ponto Material e Corpo Extenso <ul><li>Ponto Material  - É um corpo que pode ter suas dimensões desprezadas. Isso ocorre n...
Ponto Material e Corpo Extenso <ul><li>Ex.: Se um </li></ul><ul><li>carro se desloca 10 km, </li></ul><ul><li>ele é consid...
Ponto Material e Corpo Extenso <ul><li>O planeta Terra em seu movimento de translação em torno do Sol é um ponto material;...
REFERENCIAL INERCIAL <ul><li>é um sistema de coordenadas ligado às &quot; estrelas fixas &quot;. Ou quaisquer outros refer...
MOVIMENTO E REPOUSO   <ul><li>Um corpo está em movimento em relação a um dado referencial, quando seu espaço (posição) var...
MOVIMENTO E REPOUSO <ul><li>Por exemplo: Ao observamos a foto  podemos dizer que: - em relação ao fotógrafo que tirou a fo...
Equação Horária dos Espaços <ul><li>http://fisicarildo.blogspot.com/ </li></ul>
Trajetória  <ul><li>É definida como o lugar geométrico das sucessivas posições ocupadas pelo corpo no decorrer do tempo, o...
Trajetória <ul><li>Para um referencial na  montanha as marcas na neve correspondem as trajetórias dos esquiadores   </li><...
Trajetória <ul><li>a fumaça que está saindo dos aviões da mostra a trajetória de cada aeronave para o referencial do fotóg...
Trajetória  <ul><li>Um avião em movimento horizontal, com velocidade constante, solta uma bomba. - Para o referencial (obs...
Trajetória  <ul><li>Trajetória na forma de Ciclóide: </li></ul><ul><li>Pedra que gruda no pneu da bicicleta </li></ul>
Trajetória <ul><li>Trajetória helicoidal (hélice) em relação ao solo </li></ul><ul><li>Trajetória circular em relação ao p...
Trajetória <ul><li>Equação da Trajetória </li></ul><ul><li>y=f(x) , movimento bidimensional (num plano) </li></ul><ul><li>...
Espaço(Posição numa trajetória ) <ul><li>Na trajetória escolhemos um marco zero(origem dos espaços-referencial), a partir ...
Espaço(Posição numa trajetória ) <ul><li>É conveniente orientar a trajetória, adotando-se um sentido positivo(fig.b).Assim...
Função Horária dos Espaços <ul><li>Exemplos de leis de movimento, com  s  em m;  t  em s: </li></ul><ul><li>s = 2t;  </li>...
Um móvel se desloca segundo a seguinte função horária:  s = -50 + 20t (com s em metros e t em segundos e t  ≥ 0). a) Em qu...
Velocidade Média <ul><li>http://fisicarildo.blogspot.com/ </li></ul>
Deslocamento Escalar( Δ S) e Distância Percorrida(d) <ul><li>Deslocamento Escalar é a diferença entre a posição final e in...
Exemplo 1 0 -1 4 3 2 1 -4 -3 -2 S(m) O móvel começa o movimento na posição -1 m e termina na posição 3 m. Qual foi o deslo...
Exemplo 2 0 -1 4 3 2 1 -4 -3 -2 S(m) O móvel começa o movimento na posição -1 m vai até a posição 3 m e termina o moviment...
Sinal do  Δ S <ul><li>*  * Quando o  Δ S > 0, o móvel desloca-se a favor da trajetória:  PROGRESSIVO . </li></ul><ul><li>*...
Velocidade <ul><li>È a rapidez com que o móvel muda seu espaço (posição) </li></ul><ul><li>É a taxa de variação do espaço ...
Velocidade escalar média   <ul><li>É a razão da variação da posição do móvel pela variação do tempo gasto.  </li></ul><ul>...
Unidades de medida <ul><li>10m/s=36km/h </li></ul><ul><li>20m/s=72km/h </li></ul><ul><li>30m/s=108km/h </li></ul>
Velocidade escalar média (leitura) <ul><li>O resultado obtido, não significa que o móvel se movimentou sempre com essa vel...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Aulas 03 e 04 alfenas

2.207 visualizações

Publicada em

srh\\twtg

Publicada em: Tecnologia, Diversão e humor
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
2.207
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
82
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Aulas 03 e 04 alfenas

  1. 1. Aulas 03 e 04 <ul><li>http://fisicarildo.blogspot.com/ </li></ul>
  2. 2. MECÂNICA <ul><li>ESTUDA OS MOVIMENTOS </li></ul><ul><li>CAPÍTULOS : </li></ul><ul><li>CINEMÁTICA </li></ul><ul><li>DINÂMICA </li></ul><ul><li>ESTÁTICA </li></ul>
  3. 3. CINEMÁTICA <ul><li>ESTUDA COMO OS CORPOS SE MOVEM, ATRAVÉS DE FUNÇÕES MATEMÁTICAS E DE CONCEITOS GEOMÉTRICOS. </li></ul><ul><li>DESCREVE O MOVIMENTO SEM PROCURAR A RAZÃO,EXPLICAÇÃO, </li></ul><ul><li>INTERPRETAÇÃO OU CAUSAS DO MOVIMENTO </li></ul>
  4. 4. DINÂMICA <ul><li>ESTUDA AS LEIS DA NATURZA QUE EXPLICAM OS MOVIMENTOS </li></ul><ul><li>PROCURA A RAZÃO,EXPLICAÇÃO, </li></ul><ul><li>INTERPRETAÇÃO OU CAUSAS DO MOVIMENTO </li></ul>
  5. 5. ESTÁTICA <ul><li>É a parte da MECÂNICA que estuda o EQUILÍBRIO (ESTADO DE REPOUSO) das partículas e dos sólidos. </li></ul>
  6. 6. Ponto Material e Corpo Extenso <ul><li>Ponto Material - É um corpo que pode ter suas dimensões desprezadas. Isso ocorre no caso das dimensões de um corpo ser muito pequena se comparada com as outras dimensões em estudo. </li></ul>
  7. 7. Ponto Material e Corpo Extenso <ul><li>Ex.: Se um </li></ul><ul><li>carro se desloca 10 km, </li></ul><ul><li>ele é considerado um ponto material, pois seu tamanho é insignificante comparado com distância percorrida. </li></ul><ul><li>Um carro manobrando </li></ul><ul><li>dentro de uma garagem suas </li></ul><ul><li>dimensões não podem ser </li></ul><ul><li>desprezadas, pois influirão e </li></ul><ul><li>no resultado do estudo </li></ul><ul><li>em questão. o carro é considerado um corpo extenso . </li></ul>
  8. 8. Ponto Material e Corpo Extenso <ul><li>O planeta Terra em seu movimento de translação em torno do Sol é um ponto material; mas, em seu movimento de rotação em torno de si mesmo é um corpo extenso. Obs.:todo corpo em rotação será classificado como extenso </li></ul>
  9. 9. REFERENCIAL INERCIAL <ul><li>é um sistema de coordenadas ligado às &quot; estrelas fixas &quot;. Ou quaisquer outros referenciais dotados de translação retilínea e uniforme ,ou repouso,em relação a esse referencial básico. </li></ul><ul><li>Um referencial ligado à Terra, para pequenos intervalos de tempo é inercial. </li></ul>
  10. 10. MOVIMENTO E REPOUSO <ul><li>Um corpo está em movimento em relação a um dado referencial, quando seu espaço (posição) varia em relação a este mesmo referencial; caso sua posição não varie, ele estará em repouso em relação a este referencial. Os conceitos de movimento e repouso são relativos, ou seja, dependem do referencial adotado. </li></ul>
  11. 11. MOVIMENTO E REPOUSO <ul><li>Por exemplo: Ao observamos a foto podemos dizer que: - em relação ao fotógrafo que tirou a foto (referencial fotógrafo): o ciclista e a bicicleta estão em movimento. - em relação ao ciclista (referencial ciclista): a bicicleta esta em repouso e o fotógrafo que tirou a foto está em movimento. </li></ul>
  12. 12. Equação Horária dos Espaços <ul><li>http://fisicarildo.blogspot.com/ </li></ul>
  13. 13. Trajetória <ul><li>É definida como o lugar geométrico das sucessivas posições ocupadas pelo corpo no decorrer do tempo, ou seja, é o caminho percorrido pelo corpo em seu movimento em relação a um dado referencial. </li></ul>
  14. 14. Trajetória <ul><li>Para um referencial na montanha as marcas na neve correspondem as trajetórias dos esquiadores </li></ul>
  15. 15. Trajetória <ul><li>a fumaça que está saindo dos aviões da mostra a trajetória de cada aeronave para o referencial do fotógrafo (no solo) </li></ul>
  16. 16. Trajetória <ul><li>Um avião em movimento horizontal, com velocidade constante, solta uma bomba. - Para o referencial (observador) no avião, a trajetória da bomba será um segmento de reta vertical. - Para o referencial ( observador) no solo terrestre, a trajetória da bomba será um arco de parábola </li></ul>
  17. 17. Trajetória <ul><li>Trajetória na forma de Ciclóide: </li></ul><ul><li>Pedra que gruda no pneu da bicicleta </li></ul>
  18. 18. Trajetória <ul><li>Trajetória helicoidal (hélice) em relação ao solo </li></ul><ul><li>Trajetória circular em relação ao piloto(do seu ponto de vista) </li></ul><ul><li>Conceito relativo: depende do referencial </li></ul>
  19. 19. Trajetória <ul><li>Equação da Trajetória </li></ul><ul><li>y=f(x) , movimento bidimensional (num plano) </li></ul><ul><li>1º grau:trajetória retilínea </li></ul><ul><li>2º grau:trajetória parabólica </li></ul>
  20. 20. Espaço(Posição numa trajetória ) <ul><li>Na trajetória escolhemos um marco zero(origem dos espaços-referencial), a partir do qual temos medidas algébricas ( ±) que indicam a posição do móvel, mas não fornecem nem o sentido nem a distância percorrida. </li></ul>
  21. 21. Espaço(Posição numa trajetória ) <ul><li>É conveniente orientar a trajetória, adotando-se um sentido positivo(fig.b).Assim a posição do móvel A fica definida pela medida algébrica: </li></ul><ul><li>SA = -10Km e, de B, </li></ul><ul><li>SB = +10Km. </li></ul><ul><li>. </li></ul>
  22. 22. Função Horária dos Espaços <ul><li>Exemplos de leis de movimento, com s em m; t em s: </li></ul><ul><li>s = 2t; </li></ul><ul><li>s = -3t +2; </li></ul><ul><li>s = 2t ² +3t + 1; </li></ul><ul><li>s = 4t-1. </li></ul><ul><li>s=f(t):1ºgrau :movimento uniforme </li></ul><ul><li>s=f(t): 2ºgrau:movimento uniformemente variado </li></ul><ul><li>Todo movimento obedece a uma lei denominada função horária ,que indica a exata posição que o corpo ocupa sobre a trajetória em qualquer instante do seu movimento. </li></ul><ul><li>Obs.: a função horária dos espaços NÂO nos indica a forma da trajetória </li></ul>
  23. 23. Um móvel se desloca segundo a seguinte função horária: s = -50 + 20t (com s em metros e t em segundos e t ≥ 0). a) Em que instante o móvel passa pela origem dos espaços? s = 0 m s = -50 + 20t 0 = -50 + 20t b) Qual é o espaço do móvel no instante t = 10 s? s = -50 + 20t s = -50 + 20.10 20t = 50 t = 2,5 s s = -50 + 200 s = 150 m
  24. 24. Velocidade Média <ul><li>http://fisicarildo.blogspot.com/ </li></ul>
  25. 25. Deslocamento Escalar( Δ S) e Distância Percorrida(d) <ul><li>Deslocamento Escalar é a diferença entre a posição final e inicial. </li></ul><ul><li>Δ S = S – S 0 </li></ul><ul><li>S = espaço final </li></ul><ul><li>S 0 = espaço inicial </li></ul><ul><li>Distância Percorrida é o quanto efetivamente o móvel percorreu. </li></ul>
  26. 26. Exemplo 1 0 -1 4 3 2 1 -4 -3 -2 S(m) O móvel começa o movimento na posição -1 m e termina na posição 3 m. Qual foi o deslocamento escalar ( Δ S) e qual a distância percorrida por esse móvel? d = 4 m
  27. 27. Exemplo 2 0 -1 4 3 2 1 -4 -3 -2 S(m) O móvel começa o movimento na posição -1 m vai até a posição 3 m e termina o movimento na posição 2 m. Qual foi o deslocamento escalar ( Δ S) e qual a distância percorrida por esse móvel?
  28. 28. Sinal do Δ S <ul><li>* * Quando o Δ S > 0, o móvel desloca-se a favor da trajetória: PROGRESSIVO . </li></ul><ul><li>* Quando o Δ S < 0, o móvel desloca-se contra da trajetória: RETROGRÁDO . </li></ul>
  29. 29. Velocidade <ul><li>È a rapidez com que o móvel muda seu espaço (posição) </li></ul><ul><li>É a taxa de variação do espaço em relação ao tempo </li></ul>
  30. 30. Velocidade escalar média <ul><li>É a razão da variação da posição do móvel pela variação do tempo gasto. </li></ul><ul><li> S.I.:m/s. </li></ul>Δs = Sf - Si Δt = tf - ti
  31. 31. Unidades de medida <ul><li>10m/s=36km/h </li></ul><ul><li>20m/s=72km/h </li></ul><ul><li>30m/s=108km/h </li></ul>
  32. 32. Velocidade escalar média (leitura) <ul><li>O resultado obtido, não significa que o móvel se movimentou sempre com essa velocidade, mas sim, a relação entre o deslocamento escalar efetuado pelo carro e o correspondente intervalo de tempo. Velocidade escalar média seria a velocidade constante que o móvel deveria ter para percorrer o mesmo espaço no mesmo intervalo de tempo </li></ul>

×