Mercado de eventos

1.525 visualizações

Publicada em

Palestra Mercado de Eventos
Faculdade: FIZO - 2009
Palestrante: Paulo Passos

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.525
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
27
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Mercado de eventos

  1. 1. Mercado de Eventos Paulo Passos paulopassos@itmexpo.com.br www.abeoc.org.br www.ibev.com.br
  2. 2. Mercado de EventosEvento: e.vem.to sm (lat eventu) •acontecimento; •ocorrência; •sucesso; •eventualidade.Profissional de Evento: Organiza, participa!
  3. 3. Mercado de EventosTipos de Eventos mais conhecidos:Eventos Corporativos: Coquetel, Coletiva de Imprensa, Lançamento de Produtos,Conferência, WorkshopTécnicos & Científicos: Convenção, Fórum, Exposição Técnica, Congresso,SeminárioSociais & Culturais: Almoço, Coffe-break, Formatura, Festas, ShowsPúblico Governamental: Festas Regionais, Solenidade, Eventos Políticos,Eventos Escolares (rede pública)Público – Varejo: Bazar, Feiras
  4. 4. Mercado de Eventos Espaços para eventos: (onde são realizados?)  Ruas, estacionamentos, praças, parques; Centros de Convenções e Feiras; Shopping Centers; Museus; Clubes, ginásios; Centros Culturais, teatros, Bares, restaurantes; Casas de Shows; Hotéis; Navios; Outros.
  5. 5. Mercado de Eventos Brasil já é o 7º em número de eventos internacionais O Brasil já é o 7º colocado entre os países que mais sediam eventos internacionais no mundo. O número foi divulgado pela ICCA - International Congress & ConventionAssociation, a maior entidade mundial do setor de eventos, ao anunciar o ranking dos países que mais sediaram eventos organizados por associações internacionais no ano passado. Os critérios da ICCA consideram apenas os eventos que são realizados regularmente, que sejam rotativos - precisam ter sido realizados em pelo menos três países diferentes e quetenham um número mínimo de 50 participantes. Em 2006, para a formatação do ranking, aentidade considerou 5.838 eventos internacionais, 523 a mais do que em 2005, refletindo o fortalecimento da indústria mundial de eventos.Esta é a primeira vez na história da ICCA que um país latino-americano entra noranking dos "Top Ten". O Brasil subiu quatro lugares em relação à 2005, quando ocupava a11ª colocação, tendo sido a melhor performance registrada o ano passado entre osprincipais países que concorrem ao "Top Ten" da ICCA. Os EUA e a Alemanhamantiveram, respectivamente, o 1º e o 2º lugar no ranking, enquanto o Reino Unido,a França, a Áustria e a Itália ganharam uma posição cada e a Espanha perdeu dois lugares.Em relação ao ranking de 2005, a Austrália perdeu uma posição, a Holanda perdeu quatro ea Suíça não aparece em 2006 no "Top Ten".
  6. 6. Mercado de EventosMERCADO DE EVENTOS (FEIRAS):Em 2006, cerca de 31 mil empresas de todos os portes, que representavam 130 milmarcas, participaram das 122 Feiras associadas à União Brasileira das Promotoras deFeiras – UBRAFE.Foram 5 milhões de visitantes, entre compradores, fornecedores e profissionais (42 mileram compradores internacionais), a Eventos que movimentaram em todo territórionacional cerca de R$ 3,2 bilhões.Apesar do Brasil ser conhecido mundialmente pelas praias nordestinas e pelo Rio deJaneiro, é São Paulo quem responde pela maior geração de receita bruta de serviçosligados ao turismo.Levantamento do IBGE aponta que, do movimento de R$ 76 bilhões registrados pelaatividade turística em 2003, o estado de São Paulo foi responsável por 43,38% deste total.Segundo estimativa da UBRAFE, este ano serão realizadas 125 grandes Feiras em todoBrasil. Desse total, 93 irão ocorrer na cidade de São Paulo. A capital paulista é sede de75% das grandes Feiras de negócios realizadas no Brasil. A cidade reúne a melhor infra-estrutura para Congressos e Convenções no Brasil e uma ampla rede turística e denegócios, que inclui hotéis das principais redes mundiais, diversificada gastronomia,opções de lazer e serviços 24 horas, além de 230 mil m² de Pavilhões, mais de 150 mil m²de espaços para Eventos em hotéis, totalizando 380 mil m² de área destinada paraEventos.
  7. 7. Mercado de EventosEventos realizados no Estado de São Paulo em 2006 (qual a abrangência?) 900 800 700 600 500 400 300 200 100 0 Internacional Mundial Americano Regional Nacional Local Latino-
  8. 8. Mercado de Eventos Geradores de Eventos: (Quem é o dono do dinheiro?) Empresas com fins lucrativos Associações Profissionais Entidades de Classe Órgãos públicos Associações de empresas ou produtos Sindicatos Fundações Grupos de interesse Associações beneficentes 0 10 20 30 40 50 60 70
  9. 9. Mercado de EventosDestinos no Estado de São Paulo (Interior e Litoral): Campos do Jordão - Montanha, clima, status Guarujá - Litoral, status Santos - Litoral, porto São José Dos Campos/ Campinas - Tecnologia Ribeirão Preto -Universidades, situação geográfica. Não se vende equipamento,vende-se destino!
  10. 10. Mercado de Eventos Histórico x Momento atual: Primeiras Feiras – Fenit – Parque Ibirapuera Salão da Criança - Institucional Varejo – UD – Centralização da oferta Varejo – Casas Bahia – Internet AbrinQ - Comercial Eventos Técnicos Mudança do Perfil do Organizador Congressos Médicos - creditação
  11. 11. Mercado de EventosPrincipais fatores a serem considerados, no processo de analise de um Evento:Objetivos do Evento: a quem se destina? Qual o objetivo a ser alcançado?Necessidades Físicas: quantidade de auditórios, espaços para exposição,características especiais, etc.Fatores Econômicos: valores de locação, custos dos serviços, hotelaria, etc.Fatores Políticos: Interesses políticos locaisPeriodicidade do Evento: eventos Bienais, Anuais, Semestrais, etc.Fatores Geográficos: localização, acesso, características turísticas, etc.
  12. 12. Mercado de EventosPreço: "Quem estabelece é o mercado, não tem como ser muito diferente, todaa variação, seja para cima ou para baixo, terá uma explicação."Diferencial: "O serviço que a empresa presta. Não o que ela faz, mas como elafaz!"Por onde começar?Identifique o que realmente agrega valor para seu cliente.Tenha em mente que satisfazer o cliente não é suficiente, você tem que encantá-lo. "As grandes diferenças estão nos pequenos detalhes".Não olhe apenas para os pontos negativos, conheça bem seus pontos fortes edivulgue isto a seu favor.Conheça seu mercado, saiba onde está pisando e caminhe com segurança, ou seja,conheça " bem " seus concorrentes.Evento: sonho - intangível
  13. 13. Mercado de Eventos
  14. 14. Mercado de Eventos
  15. 15. Mercado de Eventos
  16. 16. Mercado de Eventos Obrigado! Paulo Passos

×