NOÇÕES DE ELETRICIDADE
1. Um resistor de resistência R é percorrido por uma corrente elétrica de
intensidade I. Substituin...
9. Se a tensão nos extremos do condutor da questão anterior passasse para
50 volts, a intensidade da corrente elétrica ser...
01. Aproximando- se dois pólos sul magnéticos:
a) diminui a força de atração entre eles.
b) diminui a força de repulsão en...
07. Considere um imã em forma de barra e fixo. Você segura entre os dedos
outro imã em forma de barra, pelo seu centro, e ...
b) intensidade da corrente elétrica.
c) corrente elétrica e quantidade de espiras.
d) intensidade da corrente elétrica, qu...
b) intensidade da corrente elétrica.
c) corrente elétrica e quantidade de espiras.
d) intensidade da corrente elétrica, qu...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Noções de eletricidade

533 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
533
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
9
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
3
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Noções de eletricidade

  1. 1. NOÇÕES DE ELETRICIDADE 1. Um resistor de resistência R é percorrido por uma corrente elétrica de intensidade I. Substituindo- o por outro de resistência 3R, manteno a mesma tensão, a corrente passará a ser: a) 3I c) I/9 b) I/3 d) 9I 2. Chamando de E à tensão (D.D.P.) aplicada aos extremos de um resistor de resistência R e de I à intensidade da corrente elétrica que o atravessa, a Lei de Ohm aplicada a esse resistor pode ser expressa por: a) I = R/E c) I = E/R b) I = RE d) I = ER 3. Matematicamente a Lei de Ohm pode ser expressa pela fórmula: a) E = R/I c) R = EI b) E = I/R d) I = E/R 4. Considerando o esquema a seguir, a resistência elétrica vale: a) 6Ω c) 40 Ω b) 1440 Ω d) 240 Ω 5. Um resistor de resistência 22 Ohms, percorrido por uma corrente elétrica de intensidade 10 Ampéres, quando submetido à D.D.P., é de: a) 2,2V c) 220V b) 22V d) 2200V 6. Considerando o esquema, a intensidade de corrente elétrica no circuito vale: a) 4A c) 8A b) 0,25 A d) 0,4 A 7. Um resistor de resistência 25 Ohms, submetido à diferencial de potencial de 200 volts, é percorrido por uma corrente de: a) 0,125A c) 2,5A b) 5000A d) 8A 8. Um condutor é atravessado por uma corrente de 2 Ampéres quando a tensão em seus terminais vale 100 volts. A resistência do condutor é de: a) 0,02 Ω c) 200 Ω b) 50 Ω d) 400 Ω 240 volts 6 Am pé re s 200 volts 50Ω
  2. 2. 9. Se a tensão nos extremos do condutor da questão anterior passasse para 50 volts, a intensidade da corrente elétrica seria de: a) 0,125A c) 0,25A b) 1A d) 4A 10. Um fio condutor de seção transversal e comprimento L, tem resistência R. Cortando o fio pela metade, sua resistência passará a ser: a) 2R c) R/2 b) 4R d) R/4 11. Um fio de cobre é esticado de modo que seu comprimento quadruplica, enquanto o raio de sua secção transversal cai à metade. Pode-se dizer que sua: a) resistência diminui c) resistência aumenta b) resistividade diminui d) resistência não se altera 12. Determine a resistência equivalente (total) entre os pontos A e B das associações abaixo: a) 40 Ω c) 10 Ω b) 110 Ω d) 70 Ω a) 40 Ω c) 10 Ω b) 110 Ω d) 70 Ω a) 1,5 Ω c) 5Ω b) 25 Ω d) 6Ω A B 60Ω 30Ω 20Ω A B 30Ω 20Ω 60Ω 15Ω 15Ω 10Ω A B
  3. 3. 01. Aproximando- se dois pólos sul magnéticos: a) diminui a força de atração entre eles. b) diminui a força de repulsão entre eles. c) aumenta a força de atração entre eles. d) aumenta a força de repulsão entre eles. 02. O pólo norte magnético de um imã: a) atrai cargas negativas. b) atrai o pólo sul de outro imã. c) atrai o pólo norte de outro imã. d) repele o pólo norte de outro imã. 03. Uma agulha magnética sumeita apenas ao campo magnético terrestre e suspensa pelo seu centro de massa: a) nunca fica na posição horizontal. b) fica sempre na posição horizontal. c) inclina-se mais na região do Equador terrestre do que nas proximidades dos pólos. d) inclina-se cada vez mais à medida que a aproximamos das regiões polares da terra. 04. Uma bússola orienta- se na posição norte- sul, devido ao campo: a) elétrico terrestre ser na direção norte- sul. b) magnético terrestre ser na direção norte- sul. c) gravitacional terrestre ser na direção norte- sul. d) magnético terrestre ser na direção leste-oeste. 05. Aproximando um fio metálico de um dos pólos de uma barra imantada, verifica-se que este é atraído. Pode-se afirmar que o objeto é: a) amagnético. b) transparente. c) diamagnético. d) paramagnético. 06. Aquecendo- se um imã, causa-se nele: a) nada acontece. b) sua intensificação. c) seu enfraquecimento. d) inversão da polaridade.
  4. 4. 07. Considere um imã em forma de barra e fixo. Você segura entre os dedos outro imã em forma de barra, pelo seu centro, e investiga as forças magnéticas que agem sobre ele, nas proximidades do imã fixo. Você conclui que o imã entre seus dedos: a) poderá ser atraído ou repelido. b) será sempre atraído pelo imã fixo. c) será sempre repelido pelo imã fixo. d) não será nem atraído nem repelido. 08. Quando uma barra de ferro é magnetizada, são: a) retirados elétrons da barra. b) retirados imãs elementares da barra. c) acrescentados imãs elementares à barra. d) ordenados os imãs elementares da barra. 09. Uma agulha magnética de uma bússola tende a: a) formar ângulos de 45º com a direção do campo magnético local. b) orientar- se, segundo a direção das linhas de força do campo magnético local. c) mover- se, segundo a perpendicular às linhas de força do campo magnético local. d) formar ângulos, não nulos, de inclinação e declinação com a direção do campo magnético local. 10. A corrente elétrica que passa por um fio metálico (condutor) a) só produz campo magnético. b) só produz campo magnético no interior do fio. c) produz campo magnético somente se a corrente for variável. d) apresenta no condutor um campo magnético de intensidade proporcional à corrente. 11. Uma corrente elétrica que passa por um condutor cria em torno de si um campo magnético: a) no interior do fio. b) somente quando a corrente elétrica for variável. c) quando as linhas de indução são paralelas ao fio. d) quando as linhas de indução são perpendiculares ao fio. 12. A intensidade de um campo magnético de uma bobina, gerado eletricamente, depende da: a) quantidade de espiras.
  5. 5. b) intensidade da corrente elétrica. c) corrente elétrica e quantidade de espiras. d) intensidade da corrente elétrica, quantidade de espiras e permabilidade do núcleo. 13. A corrente elétrica produz sempre efeito: a) químico. b) magnético. c) químico e joule. d) magnético e químico. 14. Exemplo de indução eletromagnética: a) há o aquecimento de um condutor, quando por ele passa uma corrente elétrica. b) um campo magnético é produzido próximo a um condutor estático alimentado eletricamente. c) um campo magnético é produzido, próximo a um condutor em movimento alimentado eletricamente. d) sempre haverá produção de campo magnético, independente de o condutor estar estático ou em movimento. 15. O nome utilizado para identificar o material que separa as duas placas de um capacitor é: a) diodo. b) hidrólito. c) dielétrico. d) material indutor.
  6. 6. b) intensidade da corrente elétrica. c) corrente elétrica e quantidade de espiras. d) intensidade da corrente elétrica, quantidade de espiras e permabilidade do núcleo. 13. A corrente elétrica produz sempre efeito: a) químico. b) magnético. c) químico e joule. d) magnético e químico. 14. Exemplo de indução eletromagnética: a) há o aquecimento de um condutor, quando por ele passa uma corrente elétrica. b) um campo magnético é produzido próximo a um condutor estático alimentado eletricamente. c) um campo magnético é produzido, próximo a um condutor em movimento alimentado eletricamente. d) sempre haverá produção de campo magnético, independente de o condutor estar estático ou em movimento. 15. O nome utilizado para identificar o material que separa as duas placas de um capacitor é: a) diodo. b) hidrólito. c) dielétrico. d) material indutor.

×