Slides módulo5.3

265 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
265
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
5
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide
  • FORMAÇÃO PROFISSIONAL CONTÍNUA Formação subsequente à formação profissional inicial, que acompanha o indivíduo ao longo da sua vida profissional e que visa adaptá-los às mudanças tecnológicas e técnicas, a favorecer a sua promoção profissional, bem como a permitir a sua contribuição para a melhoria da qualidade e do nível de emprego APERFEIÇOAMENTO Aumentar ou manter o desempenho profissional dos activos, através da aquisição e melhoria de competências profissionais e sociais, no âmbito da profissão exercida ESPECIALIZAÇÃO Reforçar, desenvolver e aprofundar práticas, atitudes e comportamentos ou conhecimentos adquiridos durante a formação profissional de base ou inicial, necessários ao melhor desempenho das tarefas profissionais específicas RECONVERSÃO Habilitar pessoas para mudarem de profissão, ou seja, dar-lhes uma qualificação diferente para exercerem uma nova actividade profissional ACTUALIZAÇÃO Actualizar ou desenvolver novos conhecimentos, práticas, atitudes e comportamentos dentro da mesma profissão devido, nomeadamente, aos progressos científicos e tecnológicos. PROMOÇÃO Elevar o nível de qualificação no escalonamento hierárquico profissional REABILITAÇÃO Preparar as pessoas com deficiências para uma profissão, nova ou não, ajustada às suas aptidões e capacidades físicas
  • FORMAÇÃO PROFISSIONAL CONTÍNUA Formação subsequente à formação profissional inicial, que acompanha o indivíduo ao longo da sua vida profissional e que visa adaptá-los às mudanças tecnológicas e técnicas, a favorecer a sua promoção profissional, bem como a permitir a sua contribuição para a melhoria da qualidade e do nível de emprego APERFEIÇOAMENTO Aumentar ou manter o desempenho profissional dos activos, através da aquisição e melhoria de competências profissionais e sociais, no âmbito da profissão exercida ESPECIALIZAÇÃO Reforçar, desenvolver e aprofundar práticas, atitudes e comportamentos ou conhecimentos adquiridos durante a formação profissional de base ou inicial, necessários ao melhor desempenho das tarefas profissionais específicas RECONVERSÃO Habilitar pessoas para mudarem de profissão, ou seja, dar-lhes uma qualificação diferente para exercerem uma nova actividade profissional ACTUALIZAÇÃO Actualizar ou desenvolver novos conhecimentos, práticas, atitudes e comportamentos dentro da mesma profissão devido, nomeadamente, aos progressos científicos e tecnológicos. PROMOÇÃO Elevar o nível de qualificação no escalonamento hierárquico profissional REABILITAÇÃO Preparar as pessoas com deficiências para uma profissão, nova ou não, ajustada às suas aptidões e capacidades físicas
  • FORMAÇÃO PROFISSIONAL CONTÍNUA Formação subsequente à formação profissional inicial, que acompanha o indivíduo ao longo da sua vida profissional e que visa adaptá-los às mudanças tecnológicas e técnicas, a favorecer a sua promoção profissional, bem como a permitir a sua contribuição para a melhoria da qualidade e do nível de emprego APERFEIÇOAMENTO Aumentar ou manter o desempenho profissional dos activos, através da aquisição e melhoria de competências profissionais e sociais, no âmbito da profissão exercida ESPECIALIZAÇÃO Reforçar, desenvolver e aprofundar práticas, atitudes e comportamentos ou conhecimentos adquiridos durante a formação profissional de base ou inicial, necessários ao melhor desempenho das tarefas profissionais específicas RECONVERSÃO Habilitar pessoas para mudarem de profissão, ou seja, dar-lhes uma qualificação diferente para exercerem uma nova actividade profissional ACTUALIZAÇÃO Actualizar ou desenvolver novos conhecimentos, práticas, atitudes e comportamentos dentro da mesma profissão devido, nomeadamente, aos progressos científicos e tecnológicos. PROMOÇÃO Elevar o nível de qualificação no escalonamento hierárquico profissional REABILITAÇÃO Preparar as pessoas com deficiências para uma profissão, nova ou não, ajustada às suas aptidões e capacidades físicas
  • FORMAÇÃO PROFISSIONAL CONTÍNUA Formação subsequente à formação profissional inicial, que acompanha o indivíduo ao longo da sua vida profissional e que visa adaptá-los às mudanças tecnológicas e técnicas, a favorecer a sua promoção profissional, bem como a permitir a sua contribuição para a melhoria da qualidade e do nível de emprego APERFEIÇOAMENTO Aumentar ou manter o desempenho profissional dos activos, através da aquisição e melhoria de competências profissionais e sociais, no âmbito da profissão exercida ESPECIALIZAÇÃO Reforçar, desenvolver e aprofundar práticas, atitudes e comportamentos ou conhecimentos adquiridos durante a formação profissional de base ou inicial, necessários ao melhor desempenho das tarefas profissionais específicas RECONVERSÃO Habilitar pessoas para mudarem de profissão, ou seja, dar-lhes uma qualificação diferente para exercerem uma nova actividade profissional ACTUALIZAÇÃO Actualizar ou desenvolver novos conhecimentos, práticas, atitudes e comportamentos dentro da mesma profissão devido, nomeadamente, aos progressos científicos e tecnológicos. PROMOÇÃO Elevar o nível de qualificação no escalonamento hierárquico profissional REABILITAÇÃO Preparar as pessoas com deficiências para uma profissão, nova ou não, ajustada às suas aptidões e capacidades físicas
  • FORMAÇÃO PROFISSIONAL CONTÍNUA Formação subsequente à formação profissional inicial, que acompanha o indivíduo ao longo da sua vida profissional e que visa adaptá-los às mudanças tecnológicas e técnicas, a favorecer a sua promoção profissional, bem como a permitir a sua contribuição para a melhoria da qualidade e do nível de emprego APERFEIÇOAMENTO Aumentar ou manter o desempenho profissional dos activos, através da aquisição e melhoria de competências profissionais e sociais, no âmbito da profissão exercida ESPECIALIZAÇÃO Reforçar, desenvolver e aprofundar práticas, atitudes e comportamentos ou conhecimentos adquiridos durante a formação profissional de base ou inicial, necessários ao melhor desempenho das tarefas profissionais específicas RECONVERSÃO Habilitar pessoas para mudarem de profissão, ou seja, dar-lhes uma qualificação diferente para exercerem uma nova actividade profissional ACTUALIZAÇÃO Actualizar ou desenvolver novos conhecimentos, práticas, atitudes e comportamentos dentro da mesma profissão devido, nomeadamente, aos progressos científicos e tecnológicos. PROMOÇÃO Elevar o nível de qualificação no escalonamento hierárquico profissional REABILITAÇÃO Preparar as pessoas com deficiências para uma profissão, nova ou não, ajustada às suas aptidões e capacidades físicas
  • FORMAÇÃO PROFISSIONAL CONTÍNUA Formação subsequente à formação profissional inicial, que acompanha o indivíduo ao longo da sua vida profissional e que visa adaptá-los às mudanças tecnológicas e técnicas, a favorecer a sua promoção profissional, bem como a permitir a sua contribuição para a melhoria da qualidade e do nível de emprego APERFEIÇOAMENTO Aumentar ou manter o desempenho profissional dos activos, através da aquisição e melhoria de competências profissionais e sociais, no âmbito da profissão exercida ESPECIALIZAÇÃO Reforçar, desenvolver e aprofundar práticas, atitudes e comportamentos ou conhecimentos adquiridos durante a formação profissional de base ou inicial, necessários ao melhor desempenho das tarefas profissionais específicas RECONVERSÃO Habilitar pessoas para mudarem de profissão, ou seja, dar-lhes uma qualificação diferente para exercerem uma nova actividade profissional ACTUALIZAÇÃO Actualizar ou desenvolver novos conhecimentos, práticas, atitudes e comportamentos dentro da mesma profissão devido, nomeadamente, aos progressos científicos e tecnológicos. PROMOÇÃO Elevar o nível de qualificação no escalonamento hierárquico profissional REABILITAÇÃO Preparar as pessoas com deficiências para uma profissão, nova ou não, ajustada às suas aptidões e capacidades físicas
  • FORMAÇÃO PROFISSIONAL CONTÍNUA Formação subsequente à formação profissional inicial, que acompanha o indivíduo ao longo da sua vida profissional e que visa adaptá-los às mudanças tecnológicas e técnicas, a favorecer a sua promoção profissional, bem como a permitir a sua contribuição para a melhoria da qualidade e do nível de emprego APERFEIÇOAMENTO Aumentar ou manter o desempenho profissional dos activos, através da aquisição e melhoria de competências profissionais e sociais, no âmbito da profissão exercida ESPECIALIZAÇÃO Reforçar, desenvolver e aprofundar práticas, atitudes e comportamentos ou conhecimentos adquiridos durante a formação profissional de base ou inicial, necessários ao melhor desempenho das tarefas profissionais específicas RECONVERSÃO Habilitar pessoas para mudarem de profissão, ou seja, dar-lhes uma qualificação diferente para exercerem uma nova actividade profissional ACTUALIZAÇÃO Actualizar ou desenvolver novos conhecimentos, práticas, atitudes e comportamentos dentro da mesma profissão devido, nomeadamente, aos progressos científicos e tecnológicos. PROMOÇÃO Elevar o nível de qualificação no escalonamento hierárquico profissional REABILITAÇÃO Preparar as pessoas com deficiências para uma profissão, nova ou não, ajustada às suas aptidões e capacidades físicas
  • FORMAÇÃO PROFISSIONAL CONTÍNUA Formação subsequente à formação profissional inicial, que acompanha o indivíduo ao longo da sua vida profissional e que visa adaptá-los às mudanças tecnológicas e técnicas, a favorecer a sua promoção profissional, bem como a permitir a sua contribuição para a melhoria da qualidade e do nível de emprego APERFEIÇOAMENTO Aumentar ou manter o desempenho profissional dos activos, através da aquisição e melhoria de competências profissionais e sociais, no âmbito da profissão exercida ESPECIALIZAÇÃO Reforçar, desenvolver e aprofundar práticas, atitudes e comportamentos ou conhecimentos adquiridos durante a formação profissional de base ou inicial, necessários ao melhor desempenho das tarefas profissionais específicas RECONVERSÃO Habilitar pessoas para mudarem de profissão, ou seja, dar-lhes uma qualificação diferente para exercerem uma nova actividade profissional ACTUALIZAÇÃO Actualizar ou desenvolver novos conhecimentos, práticas, atitudes e comportamentos dentro da mesma profissão devido, nomeadamente, aos progressos científicos e tecnológicos. PROMOÇÃO Elevar o nível de qualificação no escalonamento hierárquico profissional REABILITAÇÃO Preparar as pessoas com deficiências para uma profissão, nova ou não, ajustada às suas aptidões e capacidades físicas
  • FORMAÇÃO PROFISSIONAL CONTÍNUA Formação subsequente à formação profissional inicial, que acompanha o indivíduo ao longo da sua vida profissional e que visa adaptá-los às mudanças tecnológicas e técnicas, a favorecer a sua promoção profissional, bem como a permitir a sua contribuição para a melhoria da qualidade e do nível de emprego APERFEIÇOAMENTO Aumentar ou manter o desempenho profissional dos activos, através da aquisição e melhoria de competências profissionais e sociais, no âmbito da profissão exercida ESPECIALIZAÇÃO Reforçar, desenvolver e aprofundar práticas, atitudes e comportamentos ou conhecimentos adquiridos durante a formação profissional de base ou inicial, necessários ao melhor desempenho das tarefas profissionais específicas RECONVERSÃO Habilitar pessoas para mudarem de profissão, ou seja, dar-lhes uma qualificação diferente para exercerem uma nova actividade profissional ACTUALIZAÇÃO Actualizar ou desenvolver novos conhecimentos, práticas, atitudes e comportamentos dentro da mesma profissão devido, nomeadamente, aos progressos científicos e tecnológicos. PROMOÇÃO Elevar o nível de qualificação no escalonamento hierárquico profissional REABILITAÇÃO Preparar as pessoas com deficiências para uma profissão, nova ou não, ajustada às suas aptidões e capacidades físicas
  • FORMAÇÃO PROFISSIONAL CONTÍNUA Formação subsequente à formação profissional inicial, que acompanha o indivíduo ao longo da sua vida profissional e que visa adaptá-los às mudanças tecnológicas e técnicas, a favorecer a sua promoção profissional, bem como a permitir a sua contribuição para a melhoria da qualidade e do nível de emprego APERFEIÇOAMENTO Aumentar ou manter o desempenho profissional dos activos, através da aquisição e melhoria de competências profissionais e sociais, no âmbito da profissão exercida ESPECIALIZAÇÃO Reforçar, desenvolver e aprofundar práticas, atitudes e comportamentos ou conhecimentos adquiridos durante a formação profissional de base ou inicial, necessários ao melhor desempenho das tarefas profissionais específicas RECONVERSÃO Habilitar pessoas para mudarem de profissão, ou seja, dar-lhes uma qualificação diferente para exercerem uma nova actividade profissional ACTUALIZAÇÃO Actualizar ou desenvolver novos conhecimentos, práticas, atitudes e comportamentos dentro da mesma profissão devido, nomeadamente, aos progressos científicos e tecnológicos. PROMOÇÃO Elevar o nível de qualificação no escalonamento hierárquico profissional REABILITAÇÃO Preparar as pessoas com deficiências para uma profissão, nova ou não, ajustada às suas aptidões e capacidades físicas
  • FORMAÇÃO PROFISSIONAL CONTÍNUA Formação subsequente à formação profissional inicial, que acompanha o indivíduo ao longo da sua vida profissional e que visa adaptá-los às mudanças tecnológicas e técnicas, a favorecer a sua promoção profissional, bem como a permitir a sua contribuição para a melhoria da qualidade e do nível de emprego APERFEIÇOAMENTO Aumentar ou manter o desempenho profissional dos activos, através da aquisição e melhoria de competências profissionais e sociais, no âmbito da profissão exercida ESPECIALIZAÇÃO Reforçar, desenvolver e aprofundar práticas, atitudes e comportamentos ou conhecimentos adquiridos durante a formação profissional de base ou inicial, necessários ao melhor desempenho das tarefas profissionais específicas RECONVERSÃO Habilitar pessoas para mudarem de profissão, ou seja, dar-lhes uma qualificação diferente para exercerem uma nova actividade profissional ACTUALIZAÇÃO Actualizar ou desenvolver novos conhecimentos, práticas, atitudes e comportamentos dentro da mesma profissão devido, nomeadamente, aos progressos científicos e tecnológicos. PROMOÇÃO Elevar o nível de qualificação no escalonamento hierárquico profissional REABILITAÇÃO Preparar as pessoas com deficiências para uma profissão, nova ou não, ajustada às suas aptidões e capacidades físicas
  • FORMAÇÃO PROFISSIONAL CONTÍNUA Formação subsequente à formação profissional inicial, que acompanha o indivíduo ao longo da sua vida profissional e que visa adaptá-los às mudanças tecnológicas e técnicas, a favorecer a sua promoção profissional, bem como a permitir a sua contribuição para a melhoria da qualidade e do nível de emprego APERFEIÇOAMENTO Aumentar ou manter o desempenho profissional dos activos, através da aquisição e melhoria de competências profissionais e sociais, no âmbito da profissão exercida ESPECIALIZAÇÃO Reforçar, desenvolver e aprofundar práticas, atitudes e comportamentos ou conhecimentos adquiridos durante a formação profissional de base ou inicial, necessários ao melhor desempenho das tarefas profissionais específicas RECONVERSÃO Habilitar pessoas para mudarem de profissão, ou seja, dar-lhes uma qualificação diferente para exercerem uma nova actividade profissional ACTUALIZAÇÃO Actualizar ou desenvolver novos conhecimentos, práticas, atitudes e comportamentos dentro da mesma profissão devido, nomeadamente, aos progressos científicos e tecnológicos. PROMOÇÃO Elevar o nível de qualificação no escalonamento hierárquico profissional REABILITAÇÃO Preparar as pessoas com deficiências para uma profissão, nova ou não, ajustada às suas aptidões e capacidades físicas
  • FORMAÇÃO PROFISSIONAL CONTÍNUA Formação subsequente à formação profissional inicial, que acompanha o indivíduo ao longo da sua vida profissional e que visa adaptá-los às mudanças tecnológicas e técnicas, a favorecer a sua promoção profissional, bem como a permitir a sua contribuição para a melhoria da qualidade e do nível de emprego APERFEIÇOAMENTO Aumentar ou manter o desempenho profissional dos activos, através da aquisição e melhoria de competências profissionais e sociais, no âmbito da profissão exercida ESPECIALIZAÇÃO Reforçar, desenvolver e aprofundar práticas, atitudes e comportamentos ou conhecimentos adquiridos durante a formação profissional de base ou inicial, necessários ao melhor desempenho das tarefas profissionais específicas RECONVERSÃO Habilitar pessoas para mudarem de profissão, ou seja, dar-lhes uma qualificação diferente para exercerem uma nova actividade profissional ACTUALIZAÇÃO Actualizar ou desenvolver novos conhecimentos, práticas, atitudes e comportamentos dentro da mesma profissão devido, nomeadamente, aos progressos científicos e tecnológicos. PROMOÇÃO Elevar o nível de qualificação no escalonamento hierárquico profissional REABILITAÇÃO Preparar as pessoas com deficiências para uma profissão, nova ou não, ajustada às suas aptidões e capacidades físicas
  • FORMAÇÃO PROFISSIONAL CONTÍNUA Formação subsequente à formação profissional inicial, que acompanha o indivíduo ao longo da sua vida profissional e que visa adaptá-los às mudanças tecnológicas e técnicas, a favorecer a sua promoção profissional, bem como a permitir a sua contribuição para a melhoria da qualidade e do nível de emprego APERFEIÇOAMENTO Aumentar ou manter o desempenho profissional dos activos, através da aquisição e melhoria de competências profissionais e sociais, no âmbito da profissão exercida ESPECIALIZAÇÃO Reforçar, desenvolver e aprofundar práticas, atitudes e comportamentos ou conhecimentos adquiridos durante a formação profissional de base ou inicial, necessários ao melhor desempenho das tarefas profissionais específicas RECONVERSÃO Habilitar pessoas para mudarem de profissão, ou seja, dar-lhes uma qualificação diferente para exercerem uma nova actividade profissional ACTUALIZAÇÃO Actualizar ou desenvolver novos conhecimentos, práticas, atitudes e comportamentos dentro da mesma profissão devido, nomeadamente, aos progressos científicos e tecnológicos. PROMOÇÃO Elevar o nível de qualificação no escalonamento hierárquico profissional REABILITAÇÃO Preparar as pessoas com deficiências para uma profissão, nova ou não, ajustada às suas aptidões e capacidades físicas
  • Slides módulo5.3

    1. 1. Finanças para não Financeiros E-learning7 de Janeiro a 13 de Março de 2013 Ação N.º 1 Aveiro
    2. 2. orFormadE va G omes 7 mT: 91620274 gmail.co le gomes@M: evadova ca Pedagógi Coordenadora Mateu s Cátia 0 T: 23 243106 ic osoma.p t a cao@ps M : f or m f ormação em as de In ep. Sist u es o Marq D Renat 57 T: 2 324310 co soma.pt s ter@psi M : webma
    3. 3. IndicadoresExistem três indicadores principais de análise daviabilidade financeira de um projecto deinvestimento.São eles:-VAL – Valor Atual Líquido-TIR – Taxa Interna de Rendibilidade- PRI – Período de Retorno do Investimento 4
    4. 4. Valor Atual Líquido (VAL)O VAL tem como objectivo avaliar a viabilidade deum projecto de investimento através do cálculo dovalor actual de todos os seus cash flows.Por valor atual entende-se o valor hoje de umdeterminado montante a obter no futuro. Comoqualquer investimento apenas gera cash flow nofuturo, é necessário atualizar cada um deles demodo a compará-los com o investimento. 5
    5. 5. Valor Atual Líquido (VAL)Para atualizar os cash flows é utilizada uma taxa a quese chama taxa de desconto.Esta taxa não é mais do que uma taxa de juros semrisco (normalmente de Obrigações do Tesouro)acrescida de uma prémio de risco estabelecido parao tipo de projecto em causa. 6
    6. 6. Valor Atual Líquido (VAL)Vantagens do VAL- Facilidade de cálculo, uma vez conhecida uma taxade actualização apropriada.- Conceptualmente mais perfeito que os restantesindicadores, visto que concentra mais informação. 7
    7. 7. Valor Atual Líquido (VAL)Desvantagens do VALÉ normalmente problemática a determinação segurada taxa de actualização mais apropriada, sendo esteum inconveniente tanto mais importante uma vez queo VAL é muito sensível à taxa utilizada;O pressuposto da constância no tempo da taxa deactualização pode não ser realista. 8
    8. 8. Valor Atual Líquido (VAL)InterpretaçãoVAL > 0 – Projecto economicamente viável, uma vezque o VAL superior a 0 permite cobrir oinvestimento inicial e ainda gerar um excedentefinanceiro.VAL < 0 – Projecto economicamente inviável. Oscash flows futuros não cobrem o investimento inicialno tempo em análise. 9
    9. 9. Valor Atual Líquido (VAL)InterpretaçãoVAL = 0 – O projeto é economicamente viável, umavez que permite a completa recuperação doinvestimento inicial. Um projeto com VAL = 0 corresérios riscos de se tornar inviável.Quanto maior for o VAL, maior a probabilidade de oprojecto ser viável. 10
    10. 10. Taxa Interna de Rendibilidade (TIR)A taxa interna de rendibilidade é a taxa deatualização que transforma o VAL em 0. Ou seja,considerando todos os outros valores estáveis, estaterá de ser a taxa de referência para tornar umprojeto viável.Serve, não para a seleção de projetos, mas paraperceber qual a taxa de desconto necessária quetorna o projecto viável. 11
    11. 11. Taxa Interna de Rendibilidade (TIR)Vantagens:-Fácil entendimento: o valor é uma taxa de desconto.Desvantagens:- Não pode ser utilizado quando o fluxo de caixaapresenta valores negativos 12
    12. 12. Taxa Interna de Rendibilidade (TIR) 13
    13. 13. Taxa Interna de Rendibilidade (TIR)Interpretação:Para um projecto ser aceite com o critério da TIR énecessário que esta seja superior à taxa deactualização dos cash flows. 14
    14. 14. Período de Retorno do Investimento (PRI)Também denominado de prazo de retorno doinvestimento ou Pay Back Period, representa otempo que se demora a recuperar o montanteinvestido através dos cash-flows gerados por essemesmo investimento.Por outras palavras, representa o temponecessário para que o VAL atinja valorespositivos. 15
    15. 15. Período de Retorno do Investimento (PRI) 16
    16. 16. Período de Retorno do Investimento (PRI)Vantagens:-Simples de calcular-Fornece uma ideia da liquidez e risco do projectoDesvantagens:-Não considera cash flows que ocorram para alémdo período de recuperação-Pode discriminar os projectos a longo prazo. 17

    ×