Processo criativo

3.847 visualizações

Publicada em

Sobre o processo criativo, bloqueios de criatividade, como as entregas influenciam no entendimento dos consumidores.

0 comentários
10 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
3.847
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
4
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
337
Comentários
0
Gostaram
10
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Processo criativo

  1. 1. Criação Estratégica Euripedes Magalhães
  2. 2. Processo CriativoÉ possível que existam técnicas de criaçãoou a criação parte do princípio de que énecessário somente talento para isso?O que é ser criativo? Porque?
  3. 3. CriatividadePode vir de diversos lugares, de diversasfórmulas, por muitos estimulos. O queimporta é não ter travas com relação àspossibilidades do que se vai criar.Quais são esses bloqueios?
  4. 4. Criatividade - BloqueiosBloqueios culturais:Gerados pela pressão da sociedade, sãobarreiras que nos impedem de pensarcomo outras pessoas ou grupos diferentes.• “tem que ser tradicional”• “em time que está ganhando...”• “não fazemos assim aqui”• “na próxima quem sabe”• “eu já vi isso e não deu certo”
  5. 5. Criatividade - BloqueiosBloqueios ambientais:Gerados pelas condições culturais e físicasde onde vivemos e trabalhamos.• interrupções• espaço desagradável/não ergonômico• falta de confiança• rotina
  6. 6. Criatividade - BloqueiosBloqueios intelectuais:Dificuldade para expressar idéias,problemas e opiniões.• pouca informação• limites profissionais, onde só se procura a resposta dentro da sua especialidade• só existe uma solução para esse problema• uso inadequado de métodos
  7. 7. Criatividade - BloqueiosBloqueios emocionais:É o desconforto explorar novas idéias emostrá-las a outras pessoas.• medo de riscos• receio de parecer ridículo• dificuldade de isolar o problema• desconfortos com incertezas• negativismo
  8. 8. Criatividade - BloqueiosBloqueios de percepção:Falta de habilidade para ver o problemasobre ângulos diferentes ou de perceber oproblema para resolvê-lo.• informação demais, que já trazem uma solução impedindo o processo criativo• esteriótipos, onde só se imagina que um objeto só tem uma função principal (Gutemberg e Santos Dumont)
  9. 9. Criatividade - BloqueiosBloqueios de percepção:Falta de habilidade para ver o problemasobre ângulos diferentes ou de perceber oproblema para resolvê-lo.• informação demais, que já trazem uma solução impedindo o processo criativo• esteriótipos, onde só se imagina que um objeto só tem uma função principal (Gutemberg e Santos Dumont)
  10. 10. Criatividade - BloqueiosBloqueios de percepção:Falta de habilidade para ver o problemasobre ângulos diferentes ou de perceber oproblema para resolvê-lo.• informação demais, que já trazem uma solução impedindo o processo criativo• esteriótipos, onde só se imagina que um objeto só tem uma função principal (Gutemberg e Santos Dumont)
  11. 11. Processo Criativo
  12. 12. METODOLOGIA definição do problema » qual a funcionalidade do produto/serviço? » qual o objetivo final desse produto/serviço? » qual o objetivo final da agência?
  13. 13. METODOLOGIA DF coleta e análise de dados » existe algo no mercado? » qual o público? » o que já foi feito? » o que obteve sucesso relacionado a isso?
  14. 14. METODOLOGIA DF CD criatividade » painel semântico » relações visuais » relações musicais » conceitos de design
  15. 15. Como buscar referênciasLivros, internet, amigos, pesquisas compradas,pontos de venda, qualquer experiência ajuda noprocesso.O painel semântico pode ser uma ótima ferramenta,pois cria um padrão visual que auxilia na percepçãodas relações entre os assuntos.» anote tudo» guarde tudo
  16. 16. Painel SemânticoSemântica é o estudo do significado da linguagem.O painel semântico é um guia de referências rápido,ele pode ser formatado de diversas maneiras deacordo com a necessidade do projeto ou área deatuação.Ele pode conter:» somente imagens (referências visuais)» somente textos (conceitos e palavras-chave)» imagens e textos interrelacionados
  17. 17. Exemplos:PAINEL DE QUALIDADES PAINEL ICONOGRÁFICO fonte: http://1001cordeis.blogspot.com/2008/09/painel-semntico.html fonte: http://1001cordeis.blogspot.com/2008/09/painel-semntico.html
  18. 18. EXPRESSÃO DO PRODUTO REFERÊNCIAS VISUAIS fonte: http://www.arthursoares.com ESTILO DE VIDA fonte: http://www.arthursoares.com via http://www.arthursoares.com
  19. 19. fonte: http://fernandasegolin.wordpress.com
  20. 20. PAINEL SEMÂNTICO - MODELO PALAVRAS MÚSICA CORES TIPOGRAFIA IMAGENSCONCEITOSPÚBLICONECESSIDADES
  21. 21. “Criar é associar dados nunca antes associados” Claudio Ferlauto
  22. 22. O papel da criaçãoO que fazemos:» sites, hotsites, portais» arquitetura de informação» banners» planejamento» atendimento» tecnologia
  23. 23. O papel da criação SITES HOTSITES BANNERS» informativo » impactante » interativo» design » arte » publicidade» processo » velocidade » rotatividade» acessibilidade » intuição » provocação» tecnologia » tecnologia » tecnologia e mais... »
  24. 24. Interatividade O que é interatividade?
  25. 25. InteratividadeInteratividade se relaciona com a forma com queo usuário se comunica e se comporta com a peça,site, rede ou sistema de comunicação.» a Oi fm se diz interativa» existem banners que são somente pequenas vitrines animadas» redes sociais batem recordes de interatividade
  26. 26. InteratividadeAcima de tudo, interatividade é:Internet se trata de experiência.» a Apple vende experiência» a televisão vende experiênciaExperimentar é participar, é testar, é contestar e poderrealizar uma ação da forma que lhe é conveniente.
  27. 27. Interatividade pesquisa seo mídia designplanejamento branding EXPERIÊNCIAusabilidade arquitetura de informação tecnologia
  28. 28. InteratividadeO que nos ajuda nesse processo?» convergência de mídias» múltiplos suportes para a mesma informação» portabilidade/mobilidade» tecnologia de transmissão de dados avançada» e muito mais...
  29. 29. InteratividadeMídias interativas não se resumem a telas decomputador, hoje em dia, estão nos pulsos, nosbolsos, nas paredes, nos elevadores, em muitosoutros dispositivos.» pense em integrar mídias» pense na integração, mas não somente adaptando o material principal, crie com objetivosPENSE EM UMA EXPERIÊNCIA FLUIDA
  30. 30. InteratividadePensar uma experiência fluida é pensar em comoatingir o público de forma integrada.» sites» aplicativos para iphone/celulares» jogos» ações integradas entre o meio físico e web» ações que se utilizam das redes sociais
  31. 31. Qual o primeiro ponto?
  32. 32. Contexto!
  33. 33. ContextoO contexto de visualização da comunicaçãoé um dos pontos principais na absorção damensagem.Alegria, tristeza, pressa, calma, ambiente...Tudo influencia nesse processo.Quando se leva em consideração esse fato,é mais fácil gerar a procurada IMERSÃO namensagem.
  34. 34. Edvard Munch
  35. 35. Ok, mas como fazer isso?Dois pontos ajudam muito a fazer a imersãodentro do entendimento do contexto em quea mensagem será apresentada:Emoção & RazãoMuito da decisão de compra é baseadanesses dois elementos. O segredo é tocarnesses pontos sempre que possível.
  36. 36. E como chegar nisso?É possível aprender a criar com o tempo,criação é treino!É dedicação e pensamento em como atingiro resultado a partir desse emocional/racional.Mas é possível usar alguns “truques” outécnicas que podem ajudar no processo.
  37. 37. Criar!Pode-se criar a partir de alguns pontos:• manipulação da realidade• provocação da experiência de uso• provocação sócio-cultural
  38. 38. Criar!Manipulação da realidade
  39. 39. “Catch your breath.Terra Travel. ”
  40. 40. Criar! Provocação da experiência de uso
  41. 41. Criar! Provocação sócio-cultural
  42. 42. O exercício é: definir qual é o tom da comunicação, de que forma você irá tocar oemocional/racional do usuário/cliente, comoserão cada um dos itens planejados e de que forma eles atendem a premissa básica da entrega da marca. Have fun!

×