Metodos e tecnicas de investigaçao em sociologia

353 visualizações

Publicada em

Metodos e tecnicas de investigação em sociologia

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
353
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
70
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
5
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Metodos e tecnicas de investigaçao em sociologia

  1. 1. METODOS E TECNICAS DE INVESTIGAÇAO EM SOCIOLOGIA MÉTODOS: conceito que resulta etimologicamente da junção de dois termos gregos META+ODOS, META que significa fimou objectivo e ODOS que significa via, caminho ou meio. podemos então concluir que um método é um meio para atingir um fim. Método implica o recurso a técnicas próprias. TÉCNICAS DE INVESTIGAÇÃO: etimologicamente, técnica significa ato, saber fazer. As técnicas são os processos práticos que tem por objectivo a pesquisa, a recolha e o tratamento da informação. O investigador deve escolher o método e as técnicas que se demonstrem mais eficazes no desenvolvimento da investigação. A investigação em ciências sociais é umprocesso complexo, que estuda os fenómenos sociais comuma preocupação de autenticidade, de compreensão e de rigor metodológico e que implica a participação de numerosas competências diferentes. Ernest Greenwood propôs uma classificação simples dos métodos de investigação, amplamente divulgada e usada no domínio das Ciências Sociais. Classificação dos Métodos de Investigação de E. Greenwood: 1 – Método Experimental, 2 – Método de Medida ou Análise Extensiva, 3 – Estudo de Casos ou de Análise Intensiva. Método Experimental: O método experimental é um método fundamental na investigação científica. Jean Piaget e Paul Fraisse - "Tratado de Psicologia Experimental" - distinguem quatro fases, ou momentos, deste processo de investigação: - Observação - natural e científica, - Formulação de hipóteses, - Experimentação, - Conclusão, elaboração e interpretação de resultados. Método de Medida ou de Análise Extensiva:
  2. 2. Este método é muito utilizado para explicar um fenómeno que envolva uma população muito vasta. Devem privilegiar-se, na recolha de dados, as Técnicas de Entrevista e o Inquérito por Questionário. Deve calcular-se uma amostra, uma vez que, tratando-se de um estudo que envolve uma grande população, tornava-se impossível fazer entrevistas, ou inquéritos a toda a gente. Por isso selecciona-seumpequeno conjunto de de elementos, representativo da populaçãao alvo. A amostra é constituída por um pequeno número de pessoas que pertencem à população e deve haver correspondência entre a estrutura da amostra e a estrutura da população a estudar. Recolhem-se os dados, directa ou indirectamente, através dos questionários e das entrevistas, analisa-se os dados e generaliza-se ao universo da população as conclusões tiradas de amostra. Metodo de estudo de casos ou de analise intensiva O método intensivo analisa um caso particular com profundidade enquanto o método extensivo analisa vários casos ao mesmo tempo com o intuito de comparar resultados e tratamentos esta estéticos. No caso do método intensivo faz uma análise profunda de observação, valoriza o quotidiano dos agentes sociais e das suas formas de expressão no próprio momento em que se produzem e presta atenção á especificidade de cada caso. Etapas de investigação emSociologia 1 ETAPA: A pergunta de partida Formular o problema a estudar O que quero saber? O que quero estudar? EX:quais os comportamentos de risco dos jovens da minha escola? 2 ETAPA: A EXPLORAÇÃO Onde procurar os dados necessários à investigação? Que leituras? Que documentos? Que entrevistas exploratórias? Ex.: Consultar estudos já efectuados sobre o tema.
  3. 3. Entrevistar uma amostra de alunos, professores, directores de turma, psicólogo da escola e director da escola 3 ETAPA: A PROBLEMATICA Síntese da informação recolhida: análise de conteúdo das entrevistas, leituras de documentos, teorias sobre o tema, etc. EX: Com base nos dados recolhidos, vamos reflectir sobre o que sabemos e partir para a investigação científica 4 ETAPA: A CONSTRUÇÃO DO MODELO DE ANALISE Formulação de hipóteses explicativas combase nos dados recolhidos nas etapas anteriores. EX:OS dados recolhidos permitem identificar alguns comportamentos de risco como a droga o álcool. Porque razão os alunos assumem este comportamento? Hipótese explicativa : a necessidade de pertença ao grupo dos amigos pode estar na origem dos comportamentos de risco 5 Etapa: observação 6 Etapa: analise da informação Técnicas de recolha e tratamento de dados 7 Etapa: conclusões

×