www.estacioparticipacoes.com/ri

João Rosas
Diretor Superintendente

César Lage
Diretor Financeiro e de RI




12/12/2007
...
Disclaimer



Esta apresentação contém considerações futuras referentes às perspectivas do negócio, estimativas de
resulta...
1. Visão Geral
Visão Geral da Companhia
Setor de Ensino Superior no Brasil
Estratégia Empresarial
Destaques Financeiros e ...
Destaques



        Maior organização privada de ensino superior na América Latina
        Presença Nacional: 62 campi em...
Cobertura Geográfica



                                                                          Estado do Rio de Janeiro...
Crescimento e Rentabilidade

       EBITDA (R$ mihões)                                               96
                  ...
Liderança no Setor

Participação de Mercado
Rio de Janeiro (estudantes matriculados) – 2005                       Brasil (...
Percepção de Qualidade


 Média do ENADE de 2004, 2005 e 2006                         Taxa de Aprovação no Exame da Ordem ...
Oportunidades de Expansão


                                                                   Aumento de market
         ...
1. Visão Geral
Visão Geral da Companhia
Setor de Ensino Superior no Brasil
Estratégia Empresarial
Destaques Financeiros e ...
Visão Geral do Setor

Brasil é o 5º maior mercado do mundo, com baixo índice de penetração
Número de Alunos Matriculados –...
Forte Potencial de Expansão

Demanda por profissionais especializados deverá impulsionar matrículas nas IES

Percentual de...
Mercado Altamente Fragmentado

10 Maiores Instituições possuem apenas 17% dos alunos matriculados
Market Share das 10 Maio...
1. Visão Geral
Visão Geral da Companhia
Setor de Ensino Superior no Brasil
Estratégia Empresarial
Destaques Financeiros e ...
Proposta de valor: Adequação da Oferta,
                                             Crescimento e Rentabilidade


       ...
Crescimento Orgânico




               Novos programas de captação e retenção de alunos

               Programas de colo...
Aquisições: Mercados-Alvo




  Adequação à                      Potencial de                      Sinergias
   Estratégia...
Aquisições: UniRadial


Aquisição do Centro Universitário Radial              Expansão das atividades em 2 dos maiores
   ...
Reestruturação Operacional


 Otimização e padronização de                    SAP e Sistema de Gestão Acadêmica
 cursos e ...
1. Visão Geral
Visão Geral da Companhia
Setor de Ensino Superior no Brasil
Estratégia Empresarial
Destaques Financeiros e ...
Receita

                                             3T07              3T06        Var.%

                    Número de a...
EBITDA



 EBITDA (R$ milhões)


                                                                      130,0
             ...
Margem EBITDA



Margem EBITDA             Margem EBITDA: ex-aluguéis


                                23,4%



         ...
Lucro Líquido



Lucro Líquido(R$ milhões)                                                                             Luc...
Investimentos (Capex)

                 Capex orgânico (R$ milhões)
                                                      ...
Fluxo de Caixa



  Fluxo de Caixa - 3T07 (R$ milhões)




                                                               ...
Composição Acionária e Performance das Units




120%

110%

100%

90%

80%

70%

60%
            Evolução ESTC11* – até 1...
Contatos de RI


                             Muito Obrigado!


     Visite nosso site: www.estacioparticipacoes.com/ri


...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Estacio Apresentacao Apimec 20071112 Port

933 visualizações

Publicada em

Publicada em: Turismo
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
933
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
12
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
20
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Estacio Apresentacao Apimec 20071112 Port

  1. 1. www.estacioparticipacoes.com/ri João Rosas Diretor Superintendente César Lage Diretor Financeiro e de RI 12/12/2007 0
  2. 2. Disclaimer Esta apresentação contém considerações futuras referentes às perspectivas do negócio, estimativas de resultados operacionais e financeiros, e às perspectivas de crescimento da Estácio Participações. Estas são apenas projeções e, como tal, baseiam-se exclusivamente nas expectativas da administração da Estácio Participações em relação ao futuro do negócio e seu contínuo acesso a capitais para financiar o plano de negócios da Companhia. Tais considerações futuras dependem, substancialmente, de mudanças nas condições de mercado, regras governamentais, pressões da concorrência, do desempenho do setor e da economia brasileira, entre outros fatores, além dos riscos apresentados nos documentos de divulgação arquivados pela Estácio Participações e estão, portanto, sujeitas a mudanças sem aviso prévio. Considerando que a Empresa foi constituída somente em 31 de março de 2007, apresentamos somente para fins de comparação, as informações pro forma não auditadas dos nove meses de 2006 e de 2007, partindo- se da premissa que a constituição da Empresa houvesse ocorrido em 1º de janeiro de 2006. Adicionalmente, certas informações foram apresentadas ajustadas para refletir o pagamento de impostos na SESES, nossa maior subsidiária, a qual, a partir de fevereiro de 2007, com sua transformação em sociedade empresarial com fins lucrativos, passou a se sujeitar às regras de tributação aplicáveis às demais pessoas jurídicas, ressalvadas as isenções decorrentes do Programa Universidade para Todos (“PROUNI”). Estas informações apresentadas para fins comparativos não devem ser tomadas por base para fins de cálculo de dividendos, de impostos ou para quaisquer outros fins societários. Somos uma companhia holding cujos únicos ativos são as participações societárias na SESES, STB, SESPA, SESCE, SESPE e UniRadial, detendo 99,99% do capital social de cada uma delas. Fomos constituídos em março de 2007 a partir de uma reorganização societária, cujo propósito foi o de concentrar as atividades de ensino superior desenvolvidas pelas sociedades SESES, STB, SESPA, SESCE e SESPE, sujeitas ao nosso controle. 1
  3. 3. 1. Visão Geral Visão Geral da Companhia Setor de Ensino Superior no Brasil Estratégia Empresarial Destaques Financeiros e Operacionais 2
  4. 4. Destaques Maior organização privada de ensino superior na América Latina Presença Nacional: 62 campi em 12 estados 179 mil estudantes de graduação Receita Líquida de R$ 645 milhões no 9M07 / EBITDA de R$83milhões Sem Endividamento – Posição Líquida de Caixa *subsidiárias integrais *subsidiá 3
  5. 5. Cobertura Geográfica Estado do Rio de Janeiro 2.753 alunos 11.672 alunos 2º maior mercado brasileiro 12,6% do PIB brasileiro 15,4 milhões de habitantes 677 alunos 425 mil alunos matriculados no ensino superior 116 mil alunos (ESTC) 4.817 alunos Fonte: SINAES/2005 5.553 alunos 1.745 alunos 11.206 alunos 1.677 alunos 2.983 alunos 1.804 alunos 1.376 alunos 2.679 alunos 10.141 alunos 4.168 alunos Subsidiárias: 4
  6. 6. Crescimento e Rentabilidade EBITDA (R$ mihões) 96 45 impostos 87 85* taxes 56 Novo status da principal subsidiária (SESES) como sociedade empresarial 2004 com fins lucrativos - fev/07 -15 2005 2006 9M06 9M07 *bases recorrentes Turnaround Número de alunos da Gradua ção Graduaç Crescimento orgânico 174 179 Liderança Nacional 162 (em milhares) 166 135 Aquisição 144 SESES: UniRadial 141 Mantenedoras Ago/07 (Norte e Nordeste): Sociedade com Fins (SP / PR) Sociedades com 118 Fins Lucrativos Lucrativos (2005) (Fev/07) Início da Expansão Nacional 70 51 35 23 26 1970/96 1997 1998 1999 2000 2001 2002 2003 2004 2005 2006 JUN SET 5 2007
  7. 7. Liderança no Setor Participação de Mercado Rio de Janeiro (estudantes matriculados) – 2005 Brasil (estudantes matriculados) – 2005 Maiores Instituições 3,7% 27,3% Unip 2,4% Ulbra 1,5% Universo 13,7% Universo 1,3% Outros 88,1% Outras Unipac 1,1% 27,1% UniverCidade 7,4% Uninove 1,0% SUAM 4,5% Uniban 0,9% UVA UniGranrio 2,4% UGF 4,2% 11,9% PUC RJ UNIG UCAM 3,9% 2,6% 3,0% 3,8% Total: 425 mil alunos Total: 4,5 milhões de alunos Fonte: SINAES Fonte: SINAES/MEC/INEP 6
  8. 8. Percepção de Qualidade Média do ENADE de 2004, 2005 e 2006 Taxa de Aprovação no Exame da Ordem (RJ) em 2006 MÉDIA 3,10 3,15 95% 88% 85% Unipac 3,05 76% 75% MÉDIA 63% Ulbra 2,98 61% 58% 56% Anhanguera 2,93 43% Uninove 2,86 Universo 2,85 UERJ UFRJ Cândido Gama UNIVERSO Unip 2,76 Mendes Filho Veiga de PUC-RJ UniverCidade MATRICULADOS Almeida Uniban 2,58 ALUNOS 204 268 282 2,225 1,203 1,245 373 199 483 Fonte: MEC – ENADE Fonte: Ordem dos Advogados do Brasil (OAB - RJ) 7
  9. 9. Oportunidades de Expansão Aumento de market Sinergias share e melhoria nas operacionais nas margens aquisições e plano de transformação empresarial em curso Preço, Qualidade e Modelo de Localização crescimento Consolidação ‘Asset Light’ 4 Expansão Estruturada 3 Melhor proposta de Valor para o aluno Maior retorno sobre o 2 capital investido 1 8
  10. 10. 1. Visão Geral Visão Geral da Companhia Setor de Ensino Superior no Brasil Estratégia Empresarial Destaques Financeiros e Operacionais 9
  11. 11. Visão Geral do Setor Brasil é o 5º maior mercado do mundo, com baixo índice de penetração Número de Alunos Matriculados – Graduação 2005 (milhões) Taxa de Matrículas1 – Ensino Superior (2005) 83% 23,4 17,3 71% 65% 11,8 48% 9,0 22% 24% 24% 4,5 4,0 11% China EUA Índia Rússia Brasil Japão Índia China Brasil México Chile Argentina Rússia EUA 1.Percentual de formados no ensino médio ingressando diretamente no ensino superior Fonte: Unesco/INEP/MEC/SINAES Fonte: Unesco Alunos Matriculados– Graduação (milhões) Instituições de Ensino Superior - IES (unidades) 10,7% CAGR 4,5 11,7% CAGR 4,2 Instituições 3,9 Instituições Privadas 3,5 Privadas CAGR 3,0 CAGR 12,2% 12,5% 72% 73% 71% 1.934 70% 1.789 69% 1.652 1.442 1.208 31% 30% 29% 28% 27% 183 195 207 224 231 2001 2002 2003 2004 2005 2001 2002 2003 2004 2005 Instituições Públicas Instituições Privadas Instituições Publicas Instituições Privadas Fonte: INEP/MEC Fonte: INEP/MEC 10
  12. 12. Forte Potencial de Expansão Demanda por profissionais especializados deverá impulsionar matrículas nas IES Percentual de Alunos Matriculados no Ensino Superior com Idade entre 20 e 24 anos 45 Estimativa 5,7 milhões 40 2010 Brasil (CAGR 4,8%) 35 30 Média Brasil: 21,6% Fonte: Hoper Educacional 25 20 15 Meta 2010 7,1 milhões 10 Brasil* (CAGR 21,7%) 5 0 * meta de 30% da população 18-24 anos DF RS SC RJ MS SP PR GO TO ES MT AM MG PI AP RN AC RO PB PE SE RR AL CE PA BA MA (Penetração 2005: 10,9%) Fonte:Plano Nacional de Educação/IBGE Fonte: IBGE/MEC/INEP/Paulo Renato Souza Consultores Evolução do número de jovens trabalhadores no ensino superior (milhões) 3,0 2,6 2,3 2,0 1,8 1,6 2005 2006 2007E 2008E 2009E 2010E Fonte: Gismarket / IBGE / INEP 11
  13. 13. Mercado Altamente Fragmentado 10 Maiores Instituições possuem apenas 17% dos alunos matriculados Market Share das 10 Maiores Instituições (2005) Maiores Instituições no Brasil em 2005 (mil alunos) Baseado no Número de Alunos Matriculados 166,5 17,4% 106,9 82,6% Total: 3,3 milhões de matriculados 66,0 58,2 Fonte: Hoper Educacional 47,8 43,8 41,5 Instituições Privadas / Alunos (2005) 131 5.000 ou mais Nú 2.000 < 4.900 m 173 er s õe o de Unip Ulbra Universo Unipac Uninove Uniban iç itu 500 < 1.900 Al 616 un st In os de Instituições com Instituições sem o Fins Lucrativos Fins Lucrativos er m Até 499 Fonte: SINAES Nú 1.014 Total: 1.934 Instituições Grande potencial de consolidação Fonte: Hoper Educacional 12
  14. 14. 1. Visão Geral Visão Geral da Companhia Setor de Ensino Superior no Brasil Estratégia Empresarial Destaques Financeiros e Operacionais 13
  15. 15. Proposta de valor: Adequação da Oferta, Crescimento e Rentabilidade Conveniência Conveniência Localização Localização ADEQUAÇÃO DA OFERTA PÚBLICO ALVO PÚBLICO ALVO Preço competitivo Preço competitivo Jovens entre 18 e 24 anos Jovens entre 18 e 24 anos Busca de qualificação e Busca de qualificação e empregabilidade Qualidade adequada à Qualidade adequada à empregabilidade expectativa expectativa Trabalhadores que Trabalhadores que estudam estudam Pagam pelo estudo Foco no mercado de Foco no mercado de Pagam pelo estudo trabalho trabalho Agilidade/ flexibilidade Agilidade/ flexibilidade Estratégia de Crescimento Reestruturação Organizacional Orgânico Aquisições Melhorias Operacionais 14
  16. 16. Crescimento Orgânico Novos programas de captação e retenção de alunos Programas de colocação profissional Consolidação Consolidação Ações de Marketing Preços competitivos em cada mercado de atuação Transformação em Centros Universitários Crescimento Crescimento Abertura de Novas Unidades Negócios Negócios correlatos Ensino a distância correlatos 15
  17. 17. Aquisições: Mercados-Alvo Adequação à Potencial de Sinergias Estratégia Crescimento Empresas Completas Unidades Operacionais Qualquer tamanho, mas Qualquer tamanho, mas Mais de 5.000 alunos Mais de 5.000 alunos preferencialmente com mais preferencialmente com mais Posicionamento compatível Posicionamento compatível de 1.000 alunos de 1.000 alunos Prioridade para centros Prioridade para centros Posicionamento compatível Posicionamento compatível universitários universitários Somente como expansão de Somente como expansão de Prioridade para instituições que Prioridade para instituições que unidades já existentes unidades já existentes facilitem a captura da sinergia facilitem a captura da sinergia Sinergias administrativas e operacional Sinergias administrativas e operacional acadêmicas acadêmicas 16
  18. 18. Aquisições: UniRadial Aquisição do Centro Universitário Radial Expansão das atividades em 2 dos maiores mercados do Brasil: São Paulo e Paraná Estrutura da Organização Localização Mais de 40 anos de tradição e qualidade 8 campi (1 Centro Universitário) Novas Unidades São Paulo 10.100 alunos (set/07) 2008/2009 23 Cursos (graduação, tecnológico, pós-graduação) 7 campi Paraná 1 campus São Paulo – Maior Mercado Educacional 31% do PIB Brasileiro 21,6% da população brasileira PIB per capita de R$13,7 mil (US$ 7,8 mil) 1,2 milhões alunos matriculados 28,5% de alunos matriculados com idade de 20 a 24 anos 17
  19. 19. Reestruturação Operacional Otimização e padronização de SAP e Sistema de Gestão Acadêmica cursos e centralização de atividades. em todas as unidades Redução de Custos / Melhoria Contínua Metas de Gestão Aumento do uso do Ensino à (remuneração variável) Distância 18
  20. 20. 1. Visão Geral Visão Geral da Companhia Setor de Ensino Superior no Brasil Estratégia Empresarial Destaques Financeiros e Operacionais 19
  21. 21. Receita 3T07 3T06 Var.% Número de alunos (mil) 172,2 172,5 -0,2% Mensalidade Média 415,8 400,0 3,9% Receita Líquida (R$ milhões) 667,0 +6,4% 21,8 +7,8% 223,1 645,2 645,1 627,2 Impostos 8,4 +2,9% +3,8% 207,0 214,8 Impostos 3T06 3T07 9M06 9M07 20
  22. 22. EBITDA EBITDA (R$ milhões) 130,0 95,9 +50,1% 45,0 impostos 86,6 -1,9% 55,5 85,0* -14,6 2004 2005 2006 9M06 9M07 *Exclui R$ 1.8M de despesas não recorrentes 21
  23. 23. Margem EBITDA Margem EBITDA Margem EBITDA: ex-aluguéis 23,4% 21,1% 14,8% 12,9% 3T07 9M07 3T07 9M07 R$31,8M R$83,2M R$50,3M R$136,5M 22
  24. 24. Lucro Líquido Lucro Líquido(R$ milhões) Lucro Líquido(R$ milhões) 65,2 57,9% 315,9% 28,4 18,0 15,7 3T06 1 3T07 2 9M06 1 9M07 2 1 Ajustado aos impostos 2 Exclui as despesas extraordinárias com a OPA (R$15,5 milhões no 3T07 e R$17,2 milhões nos 9M07) 23
  25. 25. Investimentos (Capex) Capex orgânico (R$ milhões) 27,6 25,1 22,2 22,5 10,6 2004 2005 2006 9M06 9M07 Capex / Depreciação Capex (R$)/ Aluno 159 96% 71% 78 9M06 9M07 9M06 9M07 24
  26. 26. Fluxo de Caixa Fluxo de Caixa - 3T07 (R$ milhões) 268,2 (54,3) 263,7 1,7 0,8 31,8 (13,5) 2,0 (0,9) 43,2 65,2 (15,4) Caixa Início EBITDA Resultado Capital Investimentos Var. Longo IR Caixa Despesas Capitalização Aquisição Caixa Período Financeiro Circulante Prazo Sub-Total IPO Radial Fim Período 25
  27. 27. Composição Acionária e Performance das Units 120% 110% 100% 90% 80% 70% 60% Evolução ESTC11* – até 10/12/2007 50% Máxima: R$22,37/unit 40% Mínima: R$14,63 / unit Média: R$19,36 / unit * 1 unit = 2 ações preferenciais e 1 ação ordinária 30% Última: R$14,70 20% Volume Médio Diário: R$4,3 milhões 10% Capitalização de Mercado: R$1.155 milhões 0% 30/7/07 9/8/07 19/8/07 29/8/07 8/9/07 18/9/07 28/9/07 8/10/07 18/10/07 28/10/07 7/11/07 17/11/07 27/11/07 7/12/07 ESTC11 IBOV IVBX-2 26
  28. 28. Contatos de RI Muito Obrigado! Visite nosso site: www.estacioparticipacoes.com/ri Relações com Investidores Carlos Lacerda – carlos.lacerda@estacio.br Pedro Alvarenga – pedro.alvarenga@estacio.br e-mail: ri@estacioparticipacoes.com Tel.: (55) 21 3410 7250 / 7298 / 7110 27

×