Resposta sessao2 tarefa2-enviar

214 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
214
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Resposta sessao2 tarefa2-enviar

  1. 1. PLANO DE ACÇÃO BE 2010/2011 Agrupamento Escolas Nun’ ÁlvaresPlano de ACÇÃO A DESENVOLVER Ano lectivo 2010/2011:DOMÍNIO Gestâo da BEDocumento referente às BE’ s das escolas : EB1 Torre da Marinha e EB1 Monte SiãoI ‐ DOMÍNIOS‐ SUBDOMÍNIOS / ÁREAS DE INTERVENÇÃO PRIORITÁRIA DOMÍNIOS ÁRREFORÇO E DIVERSIFICAÇÃO DA OFERTA CULTURAL DA BECRE. (C)DESENVOLVIMENTO DAS LITERACIAS DA INFORMAÇÃO. (A+B)REFORÇO DA ARTICULAÇÃO COM OS PROFESSORES E DEPARTAMENTOS CURRICULARES. (A+C+D)REFORÇO DO FUNDO DOCUMENTAL (B+D)DESENVOLVIMENTO DA CATALOGAÇÃO, INDEXAÇÃO E CLASSIFICAÇÃO DO FUNDO DOCUMENTAL. (D)A Biblioteca escolar. Desafios e oportunidades no contexto da mudançaII – OBJECTIVOS1. AUMENTAR A FREQUĘNCIA E UTILIZAÇÃO DA BECRE PELA COMUNIDADE ESCOLAR2. CONTRIBUIR PARA O DESENVOLVIMENTO DA LEITURA E LITERACIA, ATRAVÉS DA REALIZAÇÃO DE ACTIVIDADES QUEMOBILIZEM A COMUNIDADE ESCOLAR.3. OPTIMIZAR O ACESSO À INFORMAÇÃO/PRODUÇÃO EM DIVERSOS SUPORTES 1
  2. 2. PLANO DE ACÇÃO BE 2010/2011 4. PROMOVER A PARTILHA E OPTIMIZAÇÃO DE RECURSOS ENTRE OS MEMBROS DA COMUNIDADE ESCOLAR, BEM COMO A SUAÁREAS DE O PLANEAMENTO DAS ACÇÕES QUE É NECESSÁRIOINTERVENÇÃO A SITUAÇÃO ACTUAL DA AS PROBLEMÁTICAS IDENTIFICADAS IMPLEMENTARIMPLICADAS NA BE (Factores Desfavoráveis/ 0bstáculos à mudança) ( O que é preciso mudar. Acções a implementar.)MUDANÇA (O que a minha biblioteca já faz) VISIBILIDADE PARA O EXTERIOR. 5. PROMOVER O DESENVOLVIMENTO DA LITERACIA DA INFORMAÇÃO. 6. REFORÇAR A ARTICULAÇÃO CURRICULAR DA BECRE COM AS ESTRUTURAS PEDAGÓGICAS E OS DOCENTES. 2
  3. 3. PLANO DE ACÇÃO BE 2010/2011 Integra as BE’s do agrupamento • Não existe uma cultura de integração enraizada. • Definir a missão, prioridades e objectivos a atingir de uma forma numa acção conjunta para a • A Coordenadora BE detém contacto com a Direcção. integradora das BE’ s do agrupamento tendo como finalidade a melhoria promoção do sucesso educativo. • Circulação de recursos entre BE’s acarreta problemas de do sucesso educativo. transporte, tempo e despesas extra a cargo da prof. • Apresentar o plano de acção aos docentes para dar conhecimento e, A Coordenadora BE reúne com bibliotecária. deste modo, promover o seu envolvimento de forma a criar uma regularidade com a Direcção do melhoria. • Dependência dos docentes.D1. Agrupamento. • A equipa BE é apenas constituída por dois elementos: • Colaborar activamente no PAA do agrupamento integrando propostas de Coordenadora e professora bibliotecária. articulação com a BE. Trabalho BE em Articulação entreArticulação as BE’ s do Agrupamento.curricular • Dificuldade em conseguir fazer a circulação dos livros PNL • Elaborar e divulgar o Regimento e o Regulamento Interno das BE’ s. Organizar a BE de forma a dar devido ao facto de número insuficiente de obras. • Implementar estratégias que promovam o envolvimento dos professores resposta às necessidades das • Não existe uma cultura de partilha do fundo documental. titulares de turma e outros docentes. escolas e dos utilizadores. • Não existem regras de funcionamento das BE’s uniformizadas • Gerir as BE’ s de forma integrada, rentabilizando recursos, a todo o agrupamento. possibilidades de acesso a programas e projectos. • Os espaços das BE’s encontram-se desorganizados. • Utilização de fichas uniformizadas ao nível da Gestão. • Reorganização dos espaços de forma a serem devidamente organizados e se tornarem mais funcionais. • O horário da prof.ª bibliotecária estar distribuído por várias BE’s • Promover a formação do utilizador. e, por tal, o tempo ser escasso para colmatar as necessidades • Elaborar o Guia de Utilizador. Apoia os utilizadores no acesso e detectadas. • Proceder à formação on line de docentes e alunos. na procura da informação, • Diversidade de tipologia/espaços das 4 BE’s com • Produção de maletas pedagógicas com o apoio dos profs incentivando uma cultura de acesso características totalmente diferentes. • Elaboração e construção de material de apoio : guiões (de estudo, de e uso da BE e dos seus recursos. • Limitações de fundos documentais, leitura, …) • Inexistência de materiais de apoio; • Realização de sessões de animação, workshops, ateliers e oficinas; • As práticas educativas não denotam recurso à utilização da BE • Criação de blogs diferenciados de acordo com os utilizadores . com regularidade acentuada nem a rentabilização de recursos. • Envolver os docentes na produção e organização de materiais de apoio • O fundo documental não está devidamente organizado nas e na utilização da BE com as turmas; respectivas zonas funcionais nem está arrumado nas estantes • Elaboração de Horário de utilização da BE pelas turmas e de registo de correctas. utilização da BE; • Implementar a cultura de alunos monitores. • Arrumar estantes e zonas funcionais. Aplica o Modelo de Auto-Avaliação A extensão do Modelo não promove melhoria pois falha pelo • Implementar a avaliação das BE’s ao nível do utilizador. da BE excesso de informação a recolher e evidências que se repetem em demasia em vários domínios em simultâneo. • Utilizar meios e instrumentos de avaliar o impacto da BE. 3
  4. 4. PLANO DE ACÇÃO BE 2010/2011ÁREAS DE INTERVENÇÃO O PLANEAMENTO DAS ACÇÕES QUE É NECESSÁRIOIMPLICADAS NA MUDANÇA A SITUAÇÃO ACTUAL DA BE AS PROBLEMÁTICAS IDENTIFICADAS IMPLEMENTAR (O que a minha (Factores Desfavoráveis/ biblioteca já faz) 0bstáculos à mudança) ( O que é preciso mudar. Acções a implementar.) O espaço da BE tem materiais, • Inadequada funcionalidade dos • Reorganizar o espaço e as zonas funcionais das BE ’s de mas está estruturada a ser espaços das BE’ s. forma a adequar a organização do espaço das zonas rentabilizada apenas em grupo, • A área das BE’s é reduzida funcionais de modo a permitirem uma utilização integrada do não privilegiando a autonomia do impedindo uma melhor espaço e dos recursos e o trabalho individual e em grupo.D.2 utilizador. rentabilização.Condições humanas Existência de equipamentos e • Equipamentos escassos e a sua • Concorrer a candidaturas de requalificação passíveis de mobiliário, embora desactualizado maioria está avariada. possibilitarem a aquisição de equipamentos e mobiliário.e materiais para a e desgastado. • Equipa PTE não está integrada na • Melhorar instalações e equipamentos das BEs.prestação Vontade colectiva de melhorar as equipa BE. • Articular com o PTE e/ou Direcção de forma a garantir a condições que a BE oferece. • Equipa BE não colabora com BE’s do instalação, actualização e/ou de reparação técnica dos 1ºciclo devido a que os equipamentos. equipamentos serem da • Contactar Câmara Municipal e apresentar os projectos que se responsabilidade da Câmara pretendem fomentar na BE. Municipal. • Inexistência de quaisquer catálogos. • Informatizar o catálogo e o módulo de empréstimo domiciliário Existência do Programa Porbase. • Inexistência de catálogos • Envolver o apoio no âmbito do voluntariado. Possui prof.ª bibliotecária com informatizados. • Prover as BE’s do módulo de empréstimo domiciliário. formação especializada, • Inexistência de leitor óptico de barras e outros facilitadores para uma gestão adequada. Integração de uma professora • Inexistência de equipa deapoio. • Envolver o apoio da comunidade no âmbito do voluntariado. bibliotecária para colaborar e • Inexistência de AAE e/ou Assistentes • Articular com a Direcção e os Coordenadores de garantir o funcionamento das Operacionais nas BE’s. Estabelecimento no sentido da existência de funcionárias com Bibliotecas. • A prof.ª bibliotecária apenas tem formação em BE em permanência nas BE’ s. algumas horas atribuídas a cada BE. • Articular com a Direcção no sentido de aumentar o número de professores colaboradores da BE. A Direcção e Coordenadora BE • Não efectua uma gestão integrada Optimizar a gestão das BE’ s através de trabalho compreenderam a necessidade de das BE’ s. colaborativo/cooperativo da equipa das BE’ s. uma gestão integrada. Contribuir para uma gestão eficiente das BE’ s. 4
  5. 5. PLANO DE ACÇÃO BE 2010/2011ÁREAS DEÁREAS DE O PLANEAMENTO DAS ACÇÕES QUE É NECESSÁRIOINTERVENÇÃOINTERVENÇÃO A SITUAÇÃO ACTUAL DA BE AS PROBLEMÁTICAS IDENTIFICADAS O PLANEAMENTO DAS ACÇÕES QUE É NECESSÁRIOINTERVENÇÃO A SITUAÇÃO ACTUAL DA BE AS PROBLEMÁTICAS IDENTIFICADAS IMPLEMENTAR (O que a minha (Factores Desfavoráveis/IMPLICADAS NAIMPLICADAS NA (O que a minha biblioteca já faz) (Factores Desfavoráveis/ 0bstáculos à mudança) ( O que é precisoIMPLEMENTAR a implementar.) mudar. AcçõesMUDANÇA biblioteca já faz) 0bstáculos à mudança) ( O que é preciso mudar. Acções a implementar.)MUDANÇAB.1 competências da • A actualizaçãoas do fundo documental Promove é • Inexistência de turmas. As praticas e rotinas dasdefinição de princípios • Elaborar Organizar sessões de leitura,Gestão Documental” • o documento de “Política de de reconto ou asseguradaepor verbas do PNL e da RBE. • leitura literacia. Equipamentos e materiais inadequados, estragados ou para a definição de associação de diferentes formas de de política documental. outras do desenvolvimento da colecção. • O desbaste não é executado.Trabalho da BE aquisições são efectuadas apenas pela número insuficiente. em • Candidatura a projectos da Câmara Municipal do Seixal e leitura, de escrita e/ou de comunicação e criação As Articula as actividades do PAA outros projectos. de leitura. de grupos • Falta de A direcção sala de aula /BE. não atribui • articulação do agrupamento Coordenadora BE. com as actividades a desenvolver • Criar grupos ou comunidades de leitores que • Mudanças noverbaescolar para fazer face às novas• Participação em concursos e outras iniciativas como por uma seio às BE’s.aoD.3 serviço da Os orçamentosdo PNL. no âmbito são gastos pela Coordenadora • Não existem critérios para selecção e exigências sociais e ministeriais. exemplo “ Pilhão”. gostos e leituras. partilhem Realiza sessões de animação aquisição de obras. • Alterações do horário de funcionamento da escola. da BE mediante as necessidades/interesses por • Conceber o PAA das BE’ s de forma articuladapromoçãoGestão respeitando turmas heterogéneas ela sentidos. • Baixo nível sócio-cultural. com os projectos curriculares contribuindo para com alunos de ritmos • Baixo índice de Famíliastratamento documental • Procederatingir as metasdocumental de todo o material • Processo de leitoras. ao tratamento definidas no PE.da leituraDocumental diferenciados e a é feito em parceria Falta de comprometido devido na SA. O tratamento documental • hábitos de leitura regular à sua má • Produção materiais pedagógico - didácticos, de existente. multiculturalidade. com Biblioteca Municipal do Seixal. divulgação e/ou apoio. colocação nas estantes. • Informatizar o fundo documental.na • Aplicar tecnológico no agrupamento. • A falta de recursos humanos não • Encontrar apoio estratégias e um leque diversificado de permite a arrumação sistemática da • Criar um actividades em articulação com os docentes do Clube de voluntários da comunidade educativaescola/ colecção. primeiro ciclo e ensino pré-escolar. “ Amigos da BE” em parceria com a Associação de Pais. Incentiva o empréstimo • Fracas condições para garantir o empréstimo domiciliário. • Criar condições para garantir o empréstimo • Tempo repartido da profª bibliotecária. domiciliário.agrupamento Promove a utilização dos recursos das BE´s. • Falta de desenvolvimento de uma • Promoverdomiciliário. a incorporação na BE/CRE de materiais Cultura de partilha. • Promoção do concurso: leitor produzidos por alunos e professores. do mês. Sensibiliza os órgãos de gestãocolecção • A colecção ao nívelverbas anuais em suporte vídeo Facilitar a circulação de fundos documentais através da Disponibiliza uma para a • Pedido de dos recursos sujeitas à • e necessidade de disponibilizar um orçamento áudio encontra-se desactualizada da inadequada aos • empréstimo entre as BE’s do Agrupamento variada, embora escassa. maior ou menor valorização e BE pela partilha/ Promover e divulgar obras literárias. anual para a BE. gostos, interesses sua receptibilidade. • Programar, com regularidade, visitas dos Direcção ee necessidades dos utilizadores.• Assegurar o empréstimo domiciliário com maior A Coordenadora BE privilegiou • Inexistência de uma verba anual cedida regularidade maximizando a sua BM a livrarias para elementos da equipa à rentabilização. Assegura o empréstimo domiciliário e para salasNúmeropela direcçãocd-roms e cds. áreas da • Promoverconhecimento de novidades editoriais. forma mais aquisição de obras em suporte • reduzido de que reforce as o empréstimo para salas de aula de de aula. papel. colecção que apresentem maiores • regular. Encontrar parcerias com a BM ou com outras • O fundocarências. apresenta quantidade desajustada documental instituições. • A prof.ª bibliotecária apresentou Propôr/realizar/ e/ou responder a • • Fomentar a difusão da informação. de material livro em relação aoas possibilidadessuportes. Não são aproveitadas rácio/diferentes actividades apara aquisição alunos e sugestões desenvolver com de da Web nem recorrem aos novos • Disponibilizar informação on line: divulgação de recursos docentes. dispositivos para produzir, difundir e material em outros diferentes comunicar a informação. on line. suportes. 5
  6. 6. PLANO DE ACÇÃO BE 2010/2011ÁREAS DE O PLANEAMENTO DAS ACÇÕES QUE É NECESSÁRIOINTERVENÇÃO A SITUAÇÃO ACTUAL DA BE AS PROBLEMÁTICAS IDENTIFICADAS IMPLEMENTARIMPLICADAS NA (O que a minha (Factores Desfavoráveis/ biblioteca já faz) 0bstáculos à mudança) ( O que é preciso mudar. Acções a implementar.)MUDANÇAB.2 Realiza actividades de • Resistência à mudança • Favorecer a existência de ambientes de leitura ricos e animação à leitura (Feiras • Reduzida utilização dos recursos da BE nas diversificados. do Livro, Concursos de salas de aula • Fornecer livros e outros recursos às salas de aula ou outrosIntegração da BE leitura, Semana da Leitura, • Baixa participação das turmas em espaços de lazer ou de trabalho e aprendizagem, assim como ànas estratégias e Hora do Conto, Encontros actividades BE comunidade escolar e da localidade. com autores/entidades) . • Baixa rentabilização de articulação com as • Integrar a comunidade nas actividades.programas de leitura actividades BE Articular actividades com • Dificuldade em proceder à circulação de • Conhecer as linhas de orientação definidas pelo Plano Nacional deao nível da os docentes/sala de aula no livros pelas turmas devido ao número leitura âmbito escasso de obras e inventário espalhadoescola/agrupamento do PNL. pelas escolas. • Articular actividades com os docentes, no sentido de promover a • Obras serem escolhidas em conselho de leitura. ano como se tratasse de uma meta a atingir e não como forma de rentabilizar a leitura e o gosto pelo ler. Existem dossiers • Não está instalada uma política de difundir • Promover e participar na criação de instrumentos de apoio a temáticos_ informação sobre livros e autores. actividades de leitura e de escrita, e na produção de informação ( com compilação de • Não participa na criação de instrumentos de em diferentes ambientes: jornais, blogs, webquests, wikis, outros materiais : histórias do dia). apoio a actividades de leitura e de escrita a • Organizar guiões de leitura e outros materiais de apoio ser usados por docentes e alunos, relacionados com matérias de interesse curricular ou formativo. produção de informação em diferentes • Criação do Blog das BE’s do Agrupamento. ambientes: blog das BE’s, webquests, • Realizar actividades explorando as possibilidades facultadas pela Wikis,etc… WEB. • Iniciar a organização um banco de dados : Biblioteca virtual. 6
  7. 7. PLANO DE ACÇÃO BE 2010/2011ÁREAS DE INTERVENÇÃO A SITUAÇÃO ACTUAL DA BE AS PROBLEMÁTICAS IDENTIFICADAS (O que a minha (Factores Desfavoráveis/ O PLANEAMENTO DAS ACÇÕES QUE É NECESSÁRIOIMPLICADAS NA MUDANÇA biblioteca já faz) 0bstáculos à mudança) IMPLEMENTAR ( O que é preciso mudar. Acções a implementar.) • Facilitar meios aos alunos para desenvolverem trabalhos Utiliza a BE e o livro apenas de Não rentabiliza o livro para se onde interagem com equipamentos e ambientesB.3 Impacto do trabalho forma recreativa. informar ou para realizar trabalhos informacionais variados. escolares.da BE nas atitudes e • Não recolhe informação • Apresentar uma oferta de actividades de promoção dacompetências dos alunos, Estimula os alunos para a leitura relativa à identificação de leitura e de apoio ao desenvolvimento de competênciasno âmbito da leitura e da de forma passiva em que o interesses e necessidades no no âmbito da leitura, da escrita e das literacias. aluno assume uma postura campo da leitura e da literacialiteracia. passiva.. junto dos alunos. • de acordo com o seu ano /ciclo de escolaridade, de forma a manifestarem progressos nas competências da leitura e da literacia. Promove a participação dos alunos em diferentes • Encorajar a participação dos alunos em actividades livres actividades associadas no âmbito da leitura: clubes de leitura, fóruns de à promoção da leitura. discussão, jornais, blogs, desafios, concursos esporádicos, outros… 7

×