• Compartilhar
  • Email
  • Incorporado
  • Curtir
  • Salvar
  • Conteúdo privado
Os actos do homem
 

Os actos do homem

on

  • 17,986 visualizações

Os actos voluntrios e os actos involuntrios.

Os actos voluntrios e os actos involuntrios.

Estatísticas

Visualizações

Visualizações totais
17,986
Visualizações no SlideShare
17,367
Visualizações incorporadas
619

Actions

Curtidas
0
Downloads
0
Comentários
1

9 Incorporações 619

http://www.espanto.info 461
http://www.slideshare.net 143
http://espanto.info 5
http://www.espanto.info. 3
http://moodle.esec-valbom.rcts.pt 3
file:// 1
http://66.102.9.104 1
http://static.slideshare.net 1
http://webcache.googleusercontent.com 1
Mais...

Categorias

Carregar detalhes

Uploaded via as Microsoft PowerPoint

Direitos de uso

© Todos os direitos reservados

Report content

Sinalizado como impróprio Sinalizar como impróprio
Sinalizar como impróprio

Selecione a razão para sinalizar essa apresentação como imprópria.

Cancelar

11 de 1anterioresseguinte

  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Sua mensagem vai aqui
    Processing...
  • gostei muito desta materia
    Are you sure you want to
    Sua mensagem vai aqui
    Processing...
Publicar comentário
Editar seu comentário

    Os actos do homem Os actos do homem Presentation Transcript

    • Actos humanos e actos do Homem A distinção entre agir e fazer
    • A natureza humana e o comportamento humano Humanidade Animalidade Mecanismo Estímulo-Resposta Actos intencionais Comportamentos reflexos instintivos Determinismo – Dimensão instintiva Os condicionamentos sócio-culturais Comportamentos reflexos condicionados Liberdade - Dimensão Racional Deliberações da Vontade
    • Actos do homem Actos voluntários (ou Acções) Actos involuntários (ou Reacções) Nem todos os actos do homem são actos humanos Actos humanos Actos comuns ao homem e ao animal
    • Actos involuntários (ou Reacções) Conscientes Inconscientes
    • Os Actos Voluntári os
      • Derivam de uma deliberação do agente.
      • Por isso são sempre conscientes.