Volume 2 edição 06

505 visualizações

Publicada em

Publicada em: Saúde e medicina
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
505
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
4
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
4
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Volume 2 edição 06

  1. 1. INFORMATIVO VOLUME 02 EDIÇÃO 05 – FEVEREIRO 2011 SUMÁRIO O E S P A Ç O S A Ú D E foi criado para congregar diversas instituições que possuem como missão aPag. 05 melhoria da qualidade de vida de seus assistidos e da comunidade– CÂNCER PODERÁ em torno. O conceito e unir forças e somar ações com a finalidade de proporcionar melhor atendimento e acesso aos assistidos. SER DETECTADO Na busca por congregar opiniões diferenciadas e vivências EM 12 MINUTOS em políticas publicas de saúde e sociais diversificadas, o Espaço Saúde é uma experiência inovadora que vai além da soma dePag. 07 recursos humanos e financeiros, mais sim da união de visões e– CIENTISTAS ideologias que possibilitam o crescimento institucional dasCURAM HIV DE associações envolvidas mais também dos assistidosCAMUNDONGO individualmente e coletivamente por elas. A ideia de criar o Espaço Saúde partiu da necessidadePag. 09 crescente das associações em melhorar e ampliar as suas ações,- CONSELHO em relação às necessidades e conjunturas sociais de seusNACIONAL DE assistidos. Necessidade cada vez mais frequente no contextoJUSTIÇA DISCUTE neoliberal em que a sociedade brasileira e mundial está inserida.NOVAS PARCERIAS Hoje participam do Espaço Saúde as seguintesPARA O FÓRUM associações:DA SAÚDE  Associação de Apoio aos Portadores de GIST, TNE e Tumores Raros – AGISTPag. 11  Rede Nacional de Pessoas Vivendo com HIV/AIDS – Espaço Girassol- FARMACÊUTICOS  Grupo Renascer de Incentivo á Vida – GRIVEM CURSO SOBRE  Fórum dos Portadores de Patologias do Estado de São Paulo – FOPPESP. RESÍDUOS  Associação Pró Falcêmicos – APROFE SÓLIDOS DE VENHA NOS CONHECER SAÚDE 1
  2. 2. INFORMATIVO VOLUME 02 EDIÇÃO 05 – FEVEREIRO 2011 Laboratórios nacionais vão lançar biossimilares Os biossimilares, produzidos a partir dos remédios biológicos, equivalem aos genéricos, mas essas drogas não comprovam a bioequivalência com os originais, como ocorre com os genéricos. Os biológicos são a nova aposta das grandes farmacêuticas. Esses produtos são derivados de FONTE: materiais vivos (plantas, animais http://valoronline.com.br/impresso/ ou microrganismo) ou de células empresas/102/381237/laboratoriosOs laboratórios nacionais já geneticamente modificadas. Os -nacionais-vao-lancar-começaram a fazer registro na tipos de medicamentos biológicos biossimilaresAgência Nacional de Vigilância mais conhecidos são osSanitária (Anvisa) para os hormônios, como as insulinas echamados medicamentos as vacinas.biossimilares. Segundo Odnir Em dezembro, a Anvisa divulgouFinotti, presidente-executivo da novas normas para o registro deAssociação Brasileira das produtos biológicos.Indústrias de Medicamentos As determinações estão reunidasGenéricos (Pró Genéricos), na RCD (Resolução Colegiada daalguns desses medicamentos Diretoria) nº 55, que estabelecepoderão ser lançados até o fim requisitos mínimos de qualidade,deste ano no país. O Aché segurança e eficácia paradeverá fazer o registro de um medicamentos biológicos.medicamento biossimilar noinício deste ano e outro até o A partir dessa resolução, a Anvisafim de 2011, ambos voltados permite o desenvolvimento depara oncologia, afirmou José produtos biológicos por meio deRicardo Mendes Silva, comparabilidade com outros jáprincipal executivo. Mendes foi existentes no mercado, ou seja,eleito presidente do conselho com os medicamentosde administração do Pró biossimilares.Genéricos. Odnir Finottimantém-se como presidente-executivo. 2
  3. 3. INFORMATIVO VOLUME 02 EDIÇÃO 05 – FEVEREIRO 2011 Aprimorado atendimento a pacientes com anemia falciforme A supervisora de Hematologia e O que é anemia falciforme Hemoterapia da Hemomar, A anemia falciforme é a doença Geraulina Mendonça, destaca a hereditária comum do país. Trata-se importância do curso. "O objetivo é de uma enfermidade hemolítica capacitar pessoas para que os crônica e resulta da destruição pacientes com anemia falciforme prematura dos glóbulos vermelhos sejam atendidos em postos de do sangue. O Maranhão é o quartoA Secretaria de Estado da Saúde saúde próximos às suas estado com maior prevalência da(SES), por meio da Supervisão de residências, evitando o doença no país. Segundo dados doHematologia e Hemoterapia do deslocamento do portador para a Ministério da Saúde, em 2009, aMaranhão (Hemomar), deu início Hemomar. Expandindo o cada 1.400 crianças nascidas vivasnesta terça-feira (8), à Capacitação conhecimento sobre a doença, no estado, uma possuía a anemiapara Equipes de Saúde da Família de podemos evitar complicações, além falciforme e uma a cada 23 criançasSão Luís em Anemia Falciforme. O de poder fazer um nascidas vivas possuem a mutaçãocurso acontecerá até sexta-feira (11), acompanhamento mais adequado do gene.no auditório do SESC Turismo, no ao paciente", disse ela. "É muitoOlho dÁgua. Durante a capacitação, importante expandir o conhecimento FONTE:médicos, enfermeiros, fisioterapeutas, sobre a anemia falciforme. Assim http://www.jornalpequeno.com.br/201dentistas e agentes de saúde de São podemos não só falar sobre a 1/2/8/aprimorado-atendimento-a-Luís participaram de palestras sobre a doença, mas esclarecer que a pacientes-com-anemia-falciforme-doença, desde seu desenvolvimento e Hemomar oferece os benefícios de 145624.htmdiagnóstico até o tratamento e um tratamento próximo de casa eacompanhamento do portador de como fazer o acompanhamento doanemia falciforme. portador da doença", explicou Geraulina Mendonça. 3
  4. 4. INFORMATIVO VOLUME 02 EDIÇÃO 05 – FEVEREIRO 2011 Composto sintético previne crises de dor na anemia falciforme Aptâmero combate a adesão celular impedindo que glóbulos vermelhos em forma de foice se acumulem nos vasos sanguíneos pequenos 90% e dos glóbulos brancos em a autora do estudo, Diana R. 80%. Os animais também Gutsaeva. "Nós acreditamos que tiveram aumento da velocidade este aptâmero tem potencial para do fluxo sanguíneo e redução da ser uma das novas terapias." mortalidade. Pesquisadores defendem que o composto pode agora avançar FONTE: para testes clínicos com http://www.isaude.net/pt- potencial para tratar uma crise BR/noticia/14714/geral/composto de dor aguda, tratada hoje em -sintetico-previne-crises-de-dor-Composto sintético impede o dia com drogas. A atual forma na-anemia-falciformecongestionamento de tráfego decélulas que provoca crises de do aptâmero é líquida e ele foidor debilitante e mortalidade administrado por via intravenosaassociada à anemia falciforme, ou injetada sob a pele. O novode acordo com pesquisadores do aptâmero tem como alvo osMedical College of Georgia, receptores P-selectina, que sãonos Estados Unidos. O altamente expressos emaptâmero, desenvolvido pela pacientes com anemiaArchemix Corporation, nos falciforme. "O aptâmeroEstados Unidos, trabalha bloqueia os receptores para queocupando os receptores eles não funcionem", disse opegajosos que revestem as coautor do estudo, Tohru Ikuta.paredes dos vasos sanguíneos "Não há quase nenhum bompequenos, onde os glóbulos composto que inibe a adesãovermelhos no formato de foice e celular e muitos são tóxicos.os glóbulos brancos podem se Pelo menos nos estudos animais,acumular. O engarrafamento de o novo composto não é tóxico ecélulas obstrui o fluxo de não provoca uma respostasangue e de oxigênio, causando imune."dor e dano aos órgãos, e, "Muitas pessoas estão seeventualmente, a morte. concentrando noFuncional desenvolvimento de novas terapias para a doençaEm ratos com doença, a falciforme, porque nos dias deadministração do aptâmero hoje só há uma escolhaantes de uma crise de dor aprovada pela FDA 4reduziu a adesão de (hidroxiureia, um agentehemácias falciformes em quimioterapêutico)", explicou
  5. 5. INFORMATIVO VOLUME 02 EDIÇÃO 05 – FEVEREIRO 2011 Câncer poderá ser detectado em 12 minutos complementares”, explica o enfermeiro, tutor do Portal FONTE: Educação, Alisson Daniel. http://www.pantanalnews.com.br/co ntents.php?CID=66079 De acordo com os pesquisadores, durante um ano de testes, o dispositivo mostrou grande exatidão e sensibilidade na detecção do câncer cervical, de fígado e de pulmão, e de vários tipos de infecções porO avanço da tecnologia é vírus.fator determinante para acriação de novos tratamentos. “O novo dispositivo utiliza umaA criação mais recente é da tecnologia eletrônica deUniversidade Nacional de detecção de anticorpos e podeTaiwan que desenvolveu um ser usado pelas pessoas emaparelho portátil, chamado de suas casas”, disse decano daVensorNTU, capaz de detectar Faculdade de Medicina da UNT,câncer e infecções virais em Yang Pan-chyr.apenas 12 minutos.“É um grande progresso para Para ele, “no futuro, estea medicina mundial, mas não aparelho será tão comum comopodemos esquecer que para é hoje o telefone celular”. Aum diagnóstico correto é universidade passou o projetoimportante a anamnese, o para o setor privado taiwanêsexame físico e exames para que estude a comercialização 5
  6. 6. INFORMATIVO VOLUME 02 EDIÇÃO 05 – FEVEREIRO 2011 Estão previstos 500 mil novos casos de câncer para 2011, diz INCA Mulheres que ainda não tiveram filho ou alteração em suas mamas, e pensa que ficaram grávidas depois dos 30 anos a doença se restringe ao universo apresentaram menarca muito cedo, feminino. Para tratar do tema, menopausa tardia ou estão fazendo esclarecendo questões que se fazem a reposição hormonal são mais propensas respeito desta doença, alertando para a ter câncer de mama. É comprovado possíveis tratamentos e dicas de que, hoje, cerca de 49 mil mulheres prevenção, o Hospital São Luiz coloca à tenham câncer de mama - estimativa alta disposição o dr. Fernando Medina,O INCA informou em nota que mais de para a população brasileira. Segundo o oncologista da instituição. Hospital e12, 7 milhões de pessoas são especialista, para todos os tipos de Maternidade São Luiz -Inaugurado emdiagnosticadas todo ano com câncer e câncer – colo do útero, boca, colorretal, 1938 como uma policlínica, o São Luiz é7,6 milhões de pessoas morrem estômago, esôfago, leucemia, pele hoje uma rede de hospitais com 14 milvítimas da doença. No Brasil, são melanona, próstata, pulmão – há uma médicos credenciados, 4,5 milesperados, somente para 2011, quase forma específica para se detectar funcionários e 803 leitos. Por mês, faz500 mil novos casos. Se não forem precocemente a presença da doença. No cerca de 4,4 mil internações, 3,4 miltomadas medidas de longo prazo e de mama, por exemplo, o principal cirurgias, atende 50 mil pacientes nolargo alcance, haverá 26 milhões de exame preventivo é a mamografia. pronto-socorro e realiza 69 mil examescasos novos e 17 milhões de mortes Recomendada para mulheres acima dos no Centro de Diagnósticos. Por ano, apor ano no mundo em 2030, sendo 50 anos, ela pode garantir a redução do Maternidade faz 13 mil partos. Comque 2/3 das vítimas ocorrerão nos índice de mortalidade. Já para aquelas unidades localizadas no Itaim, Morumbi epaíses em desenvolvimento. Muitos com menos de 40 anos, o ultrassom de Anália Franco, o hospital objetivadesconhecem que a obtenção de um mama é o mais apropriado. Ainda que oferecer infraestrutura, conforto,diagnóstico precoce em casos de em casos de dúvida, a ressonância tecnologia e dedicação para os seuspacientes com câncer está magnética das mamas funciona como pacientes, o que caracteriza o altodiretamente associada às suas reais um exame completo, preciso e menos padrão de qualidade São Luiz.chances de cura. A detecção da desconfortável que os tradicionais.doença em estágio inicial pode ser Câncer de mama masculino - Segundoresponsável por 80% a 100% da cura Medina, surgem 500 casos de câncer dedefinitiva. Já em situações que FONTE: mama masculino a cada ano, no Brasil.chegaram ao grau máximo de http://www.correiodoestado.com.br/notici O diagnóstico, que também é feito porevolução, quando o câncer as/estao-previstos-500-mil-novos-casos- meio do exame de mamografia, é fácil edisseminou-se pelo corpo, essa de-cancer-para-2011-diz_98424/ bastante simples de ser realizado,possibilidade é praticamente nula, porém, na maioria dos casos, acontececonforme afirma Fernando Medina, tardiamente. Isso porque a maioria dosoncologista do Hospital São Luiz, da homens não percebe a tempo umaunidade Anália Franco. possível 6
  7. 7. INFORMATIVO VOLUME 02 EDIÇÃO 05 – FEVEREIRO 2011 Cientistas curam HIV de camundongo Foi como se Pellegrini estivesse disposto testada em seres humanos, ainda que a pagar para ver o preço de um os mecanismos de reação do sistema "superaquecimento" do organismo -para imunológico relevantes para a técnica manter a analogia, ele apostou que, após sejam iguais aos dos camundongos. o cheiro de queimado e até incêndios Como a técnica não é específica para o terem destruído permanentemente a HIV, os cientistas acreditam que ela "estrutura" do sistema imunológico, o funcione também com outras doenças, corpo ao menos se livraria do vírus. Os como as hepatites B e C e também a pesquisadores, então, utilizaram um tuberculose. O trabalho foi publicado naO sistema imune dos animais foi hormônio para nocautear o SOCS3 nos revista científica "Cell".manipulado para lutar até o fim contra camundongos -a expressão que elesuma variação do vírus que os atinge. usam é essa, como se o gene fosse um Infecções crônicas atingem váriasResultado é promissor, mas boxeador perdendo os sentidos depois espéciesquantidade muito elevada de efeitos de levar uma pancada. Sem o SOCS3, a Várias espécies são vítimas decolaterais faz com que técnica seja guerra entre o sistema imunológico e o infecções crônicas que se espalhaminsegura. Eis um enunciado científico vírus seguiu até que um deles se pelo organismo e que o sistemamuito aguardado: cientistas curaram esgotasse. A experiência mostrou que imunológico não consegue vencer -sãouma doença similar à aids, em Pellegrini estava certo. Após 60 dias, já variações do HIV, que, como o seucamundongos. Há, porém, um grande não era possível encontrar o vírus em próprio nome diz (vírus daentretanto: os bichos ficaram sem nenhum dos ratos do pesquisador -e só imunodeficiência humana, na sigla emuma variação do HIV que atinge a eles sabem o mal que devem ter passado inglês) denota apenas o vírus queespécie, mas tiveram tantos efeitos nesse intervalo, com o seu sistema ataca o Homo sapiens.colaterais após o "tratamento" que imunológico "fora de controle", obcecado O equivalente do HIV em macacos, porquase morreram. Os cientistas não por acabar com o vírus a qualquer custo. exemplo, é o vírus da imunodeficiênciautilizaram antivirais. Forçaram o A experiência mostrou que Pellegrini símia (SIV, na sigla em inglês). O víruspróprio sistema imunológico dos estava certo. Após 60 dias, já não era que ataca os camungongos e foianimais a lutar contra o vírus -e, possível encontrar o vírus em nenhum vencido na pesquisa é conhecido comosurpreendentemente, ele conseguiu dos ratos do pesquisador -e só eles vírus da coriomeningite linfocítica.vencer. Eles sabiam que o sistema sabem o mal que devem ter passado Assim como alguns humanos com HIV,imunológico dos camundongos, assim nesse intervalo, com o seu sistema há também camundongos que passamcomo o dos humanos, tem uma imunológico "fora de controle", obcecado a vida inteira com o vírus sem terespécies de disjuntor. Quando ele se por acabar com o vírus a qualquer custo. maiores complicações. A técnicadepara com um inimigo muito forte, O "superaquecimento" do sistema desenvolvida no instituto australianocomo o HIV, e atinge um estado imunológico não ficou de graça: a saúde serviria para qualquer uma dessascrítico, o disjuntor "desliga" o sistema, dos animais ficou danificada após esse doenças, dizem os pesquisadores.para evitar danos permanentes. É processo. Apesar de ser um caminho promissor,como se o sistema imunológico Efeitos Colaterais ainda é difícil estimar, entretanto,estivesse se rendendo. O disjuntor é quantos anos serão necessários atéum gene chamado SOCS3, que libera Os bichos desenvolveram graves e que ela seja segura o suficiente paraum proteína de mesmo nome que faz recorrentes inflamações, além de vários inspirar uma cura da aids em sereso serviço de "derrubar" a defesa do tipos de doenças autoimunes -quando o humanos.organismo. O líder do estudo, o organismo perde a capacidade demédico Marc Pellegrini, do Instituto reconhecer a si mesmo e passa a se FONTE:Walter e Eliza Hall, na Austrália, atacar, considerando invasoras as suas http://www.agenciaaids.com.br/site/notipensou: e se tirarmos esse disjuntor e próprias células. Os pesquisadores dizem cia.asp?id=16624deixarmos o sistema imunológico que ainda há muito a descobrir sobreprosseguir defendendo o organismo como esses efeitos colaterais se 7até as últimas consequências, o que desenvolvem. Por enquanto, portanto, aacontece? técnica é insegura demais para ser
  8. 8. INFORMATIVO VOLUME 02 EDIÇÃO 05 – FEVEREIRO 2011 Saúde mantém média de testes de HIV em 2010 “Os exames são destinados distribuirá 6000 mil unidades de àqueles que não fizeram o preservativos durante o período. Tal número é equivalente a mesma teste, para saberem se quantidade de preservativos distribuídos possuem ou não a em um mês no município. “Nós necessidade de fazerem o percebemos que de uns anos pra cá que tratamento”, conta Margareth. a população está mais consciente, Do total de testes de HIV fazendo o uso correto do preservativo. A realizados em São Roque no informação esta chegando cada vez mais na população e as pessoas estão usando ano passado, não foi com consciência. É importante que o registrado nenhum poder público esteja presente distribuindo diagnóstico de paciente estes preservativos, principalmente na soropositivo. época do carnaval”, conta.O Departamento de Saúde,por meio da Vigilância Onde fazer o teste Os preservativos podem serEpidemiológica (VE) da retirados pela população nasPrefeitura de São Roque O teste de HIV é oferecido unidades de saúde públicarealizou 1620 exames de HIV durante o ano todo no Centro espalhadas ao longo da cidade.no ano de 2010. O teste é de Saúde II, localizado naoferecido gratuitamente pela avenida John Kennedy, 129, FONTE:rede municipal de saúde. O centro de São Roque. O teste http://www.guiasaoroque.com.br/nnúmero de exames realizados de HIV é simples, realizado oticia/noticia.asp?id=4131no ano passado foi o mesmo através da análise do sanguedos feitos em 2009: foram coletado. Dúvidas eexecutados 1700 testes no orientações sobre DST, Aidstotal. Para a chefe de serviço e a campanha Fique Sabendode Saúde, Margareth podem ser esclarecidas naAndreoli, esse resultado é Vigilância Epidemiológicapositivo. “A população está pelos telefones (11) 4784-cada vez mais consciente da 4963.importância de se fazer oteste. Todos têm a Distribuição deconsciência do quanto é preservativos no carnavalimportante se prevenir”, diz.Somente na campanha “Fique Visando desenvolver aSabendo”, ação que visa conscientização da populaçãointensificar a divulgação sobre acerca dos riscos de contágioprevenção e a importância do de doenças como Aids e as 8diagnóstico precoce, foram DST durante os festejos derealizados 685 exames. carnaval, a Prefeitura de São Roque
  9. 9. INFORMATIVO VOLUME 02 EDIÇÃO 05 – FEVEREIRO 2011 Conselho Nacional de Justiça discute novas parcerias para o Fórum da Saúde científicas sobre eficácia, efetividade e comissão. segurança de medicamentos que FONTE: sejam constantemente objeto de http://www.correiodoestado.com. demandas judiciais na área de saúde. br/noticias/conselho-nacional-de- justica-discute-novas-parcerias- Além disso, também serão discutidos para-o_98369/ cursos de capacitação relacionados às demandas judiciais de saúde, voltadosO Conselho Nacional de Justiça especificamente para magistrados e(CNJ) realiza, na próxima terça- profissionais da área jurídica. Osfeira (8/02), reunião com coordenadores também estão serepresentantes da Advocacia-Geral mobilizando para a preparação doda União (AGU), Conselho Nacional segundo encontro do Fórum, previstodo Ministério Público (CNMP) e para acontecer em maio. Ocasião emInstituto Cochrane de Pesquisa. O que, a exemplo do primeiro encontro –objetivo do encontro é definir a realizado em São Paulo, em novembropossibilidade de novas parcerias no passado – as demandas de saúdetrabalho que vem sendo realizado serão discutidas entre representantespelo CNJ no âmbito do Fórum de todo o Judiciário. A questão temNacional do Judiciário para a Saúde preocupado o CNJ porque o númeroe a criação de um banco de dados de processos relacionados ao temaque possa vir a subsidiar juízes e que tramitam nos tribunais não dizdesembargadores na hora das respeito apenas aos jurisdicionadosdecisões relacionadas ao tema. brasileiros, mas representa umO Fórum, criado no ano passado, é problema social, também, para oscoordenado pela comissão juízes e para os elaboradores depermanente de relacionamento políticas públicas.institucional do CNJ e tem o intuitode discutir e contribuir para a Fazem parte da coordenação doresolução dos conflitos judiciais na Fórum Nacional do Judiciário para aárea de Saúde em todo o país. A Saúde o conselheiro Milton Nobre,intenção dos conselheiros que presidente da Comissão Permanentecoordenam o Fórum é instalar, por de Relacionamento Institucional emeio de parceria com esses Comunicação do CNJ, e osórgãos, um sistema com conselheiros Nelson Tomaz Braga einformações Marcelo Nobre, também membros da 9 comissão.
  10. 10. INFORMATIVO VOLUME 02 EDIÇÃO 05 – FEVEREIRO 2011 Produtores de tabaco pedem suspensão de restrições da Anvisa De acordo com a avaliação comum dos das entidades do setor com o poder participantes do encontro, causa estranheza executivo federal. Para o Assessor de as consultas públicas terem sido marcadas Política Agrícola da Fetaesc, Irineu nos dias finais de 2010 - num caso, no dia Berezanski, a reunião realizada em 27, entre o Natal e o Ano Novo -, e com Florianópolis constitui um marco prazo exíguo, a esgotar-se em 31 de março. histórico de convergência entre a Anfitriãs do encontro, as entidades produção e a industrialização doReunidas nesta quarta-feira (9) em catarinenses manifestaram-se preocupadas tabaco para a preservação da cadeia,Florianópolis, as entidades com os 55 mil produtores de tabaco (em das oportunidades e empregos e dasrepresentativas da cadeia produtiva do SC) ameaçados pelas medidas restritivas economias municipais, regional etabaco decidiram encaminhar uma pretendidas pela Anvisa. Hilário Gottselig, nacional. "Há no campo umasolicitação de imediata suspensão das presidente da Fetaesc, considerou apreensão muito grande sobreconsultas públicas convocadas pela necessária a participação das lideranças medidas que a Anvisa quer tomar". IroAgência Nacional de Vigilância Sanitária políticas na defesa da cultura, concentrada Schünke, presidente do SindiTabaco,(Anvisa), que tratam sobre o banimento na Região Sul do País, em afirmação também classificou como grande ode ingredientes utilizados na coincidente à de Salvio Tonini, da Faesc - avanço a aproximação das entidades,composição do cigarro, assim como a que na reunião também representou a a partir do convite catarinense.restrição de comunicação dos produtos Farsul, do Rio Grande do Sul e de Paulo dee das embalagens. Participaram do Macedo, pela Fetaep. Como os demais FONTE:encontro as Federações da Agricultura e participantes, eles ouviram o deputado http://jcrs.uol.com.br/site/noticia.php?cdos Trabalhadores na Agricultura de estadual Aldo Schneider (PMDB), odn=54356&codp=21&codni=3Santa Catarina, Paraná e Rio Grande do presidente da Comissão de Agricultura daSul; a Associação dos Fumicultores do Assembléia catarinense, dizer que conheceBrasil (Afubra) e o Sindicato da Indústria o assunto, como prefeito que foi dodo Tabaco (SindiTabaco). Por município de Victor Meirelles, e aunanimidade, as representações importância econômica e social da cadeiaconsideraram que as medidas propostas produtiva, anunciando que o Legislativopela Anvisa ameaçam 185 mil Estadual examinará o assunto emprodutores nos três estados sulinos, profundidade. O vice-presidente da Afubra,atingindo diretamente 870 mil pessoas Heitor Petry, também ex-prefeito municipal,no meio rural e pondo em risco a ressaltou a importância das liderançaseconomia de 700 municípios, além de políticas participarem da discussão. Emimpor ao Brasil a perda de R$ 8,5 linha direta com o Congresso Nacional,bilhões anuais em impostos e de US$ 2 informou que o deputado federal Luis Carlosbilhões/ano em exportações. Heinze (PP-RS), negocia uma audiência 10
  11. 11. INFORMATIVO VOLUME 02 EDIÇÃO 05 – FEVEREIRO 2011 Farmacêuticos em curso sobre resíduos sólidos de saúde final, coleta e transporte externos, além De acordo com a diretora de destinação final, etapas para secretária-geral do CFF, Lérida elaboração do PGRSS, Vieira, o curso é mais uma acompanhamento e avaliação. oportunidade que o CRF-RO e o Resolução do Conama estabelece CFF dão aos profissionais do cinco grupos de resíduos de serviços Estado com vistas ao de saúde, tendo como base a desenvolvimento de habilidades e composição e características competências de planejamento, biológicas, físicas e químicas dos organização e gestão da materiais que devem ter gerenciamento assistência farmacêutica na redePlano de Gerenciamento de adequado tanto dentro quanto fora das pública de saúde, neste caso, naResíduos de Serviços de Saúde unidades de saúde. Fazem parte do esfera municipal. "Esperamos(PGRSS). Trata-se de mais um Grupo “A” os resíduos com risco contar com o maior númerocurso que o Conselho Regional biológico (ataduras de ferimentos, possível de participantes. Parade Farmácia de Rondônia tubos de ensaios utilizados, entre isso, cabe a cada prefeito ou(CRF-RO) promoverá na outros); Grupo “B” os de risco químico secretário municipal de Saúdepróxima sexta-feira (11), no (materiais corrosivos, Infláveis, tóxicos, incentivar sua equipe aoauditório do Ministério Público explosivos e outros); Grupo “C” são aperfeiçoamento que, comdo Estado, em Porto Velho. O dejetos radioativos, Grupo “D” são os certeza, resultará na melhoria doevento, que atende normativa semelhantes aos resíduos domésticos atendimento prestado àdo Conselho Nacional do Meio comuns urbanos; e Grupo “E” os população", observou LéridaAmbiente (Conama) com vistas perfurantes. Vieira.à prevenção dos impactos Outras informações pelo telefoneambientais, está com inscrições Planejamento da Assistência (69) 3224 2484/2488, no CRF ouabertas no CRF, e tem como Farmacêutica no site: www.crf-ro.org.br.proposta oferecer aosfarmacêuticos do Estado O CRF também está com inscrições FONTE:informações básicas sobre abertas para o curso de http://www.tudorondonia.com/notielaboração e etapas do Aperfeiçoamento em Planejamento e cias/farmaceuticos-em-curso-PGRSS. A capacitação será Gestão da Assistência Farmacêutica, sobre-residuos-solidos-de-saude-gratuita, com vagas limitadas, e que acontecerá em três módulos no ,20456.shtmlas aulas serão ministradas por auditório do Laboratório Centraltécnicos da Agência Nacional (Lacen) de Porto Velho, numa parceriade Vigilância Sanitária (Anvisa), com o Conselho Federal (CFF).das 8 às 12 e das 14 às 18 Destinado aos farmacêuticos comhoras. Durante oito horas, atuação na gestão da assistênciaconforme a presidente do CRF, farmacêutica das redes municipais eAna Caldas, serão abordados outros interessados, o curso terá seuconteúdos, como conceito, primeiro módulo no dia 18 de fevereiro,objetivos, abrangência de riscos das 8h30 às 22 horas (com intervalodos resíduos de saúde, para almoço e jantar); e das 8h30 àsidentificação de resíduos, 19h30, do dia 19. Já o segundo e oclassificação dos resíduos, terceiro módulos acontecerão nos diasmanejo, segregação, 25 e 26 de março e 15 e 16 de abril,acondicionamento, tratamento respectivamente. Todos serãopreliminar, transporte interno, ministrados pelo professor-mestre,armazenamento provisório e Silvio Machado. 11
  12. 12. INFORMATIVO VOLUME 02 EDIÇÃO 05 – FEVEREIRO 2011 São Paulo, 09 de fevereiro de 2011Ofício 0009/2011 – Referente a pasta de material sobre o debate da regulamentação efiscalização dos medicamentos biológicos no Brasil.Prezados (as) Conselheiros (as) e Lideranças Sociais. No Brasil temos uma história de construção da cidadania e da participação na criação eimplantação das políticas públicas que antecedeu o Movimento pela Reforma Sanitária, mas seestabeleceu no campo da conquista e se tornou uma garantia expressada em nossa ConstituiçãoFederal de 1988, e consequentemente regulamentada através da Lei 8080/90 que é a lei organizada saúde que cria o SUS – Sistema Único de Saúde, mas também pela Lei 8142/90 que é a Lei queestabelece os mecanismos de participação popular na construção e fiscalização das politicas desaúde. Entretanto a CF de 1988 em seu Art. 1 – Paragrafo único cita que: “Todo o poder emanado povo, que o exerce por meio de representantes eleitos ou diretamente, nos termos destaconstituição”. Considerando o breve histórico e os elementos jurídicos citados, podemos entender entãoque nós lideranças do campo popular e de base que estamos hoje nos espaços para o qual fomosindicados legitimamente pela confiança depositada por nossas instituições/movimentos e entidades,temos o dever de representa-los no debate e na construção de políticas públicas que contemplemsuas expectativas mais elementares que podem ser traduzidas em serviços e acesso amedicamentos que poderão trazer uma considerável melhoria em sua qualidade de vida. E neste sentido que a nossa instituição os convida para o aprofundamento eempoderamento sobre o tema: “MEDICAMENTOS BIOLÓGICOS (BIOSSIMILARES) NO BRASIL– NA ÓTICA DO CONTROLE SOCIAL”. (www.biossimilar.org.br) A realização desta atividade tem como principal objetivo criar espaços de dialogo quequalifiquem o debate acerca do tema biossimilares, mas ao mesmo tempo disponibilize 12
  13. 13. INFORMATIVO VOLUME 02 EDIÇÃO 05 – FEVEREIRO 2011elementos a partir de um contexto historicamente reconhecido, onde a sociedade participaativamente e efetivamente das discussões e da construção das diretrizes de politicaspúblicas que serão respeitadas pelos governos vigentes. Prezados/as, ampliar a discussão dos medicamentos biológicos (Biossimilares) no Brasil naótica do controle social não só se faz necessário como se torna uma agenda prioritária, visto queestes interferem diretamente na qualidade de vida e no tratamento dos pacientes, começando lá noprocesso de fabricação, transporte e armazenamento onde em cada passo desta cadeia existemnecessidades a serem cumpridas e exigências internacionais a serem seguidas: de maneira quenos parece que os órgãos de controle aqui do Brasil a exemplo da ANVISA não estão dando aimportância que merece. A tentativa em alguns casos de usar na política de assistência farmacêutica a equação demenor custo sem verificar a qualidade e procedência poderá trazer prejuízos incalculáveis à saúdede nossa população. Sendo assim acreditamos que debater o tema e aprofundar o conhecimento nos espaçosde controle social não só se faz necessário como é imprescindível para que a sociedade possaparticipar deste processo de implantação dos medicamentos biológicos (Biossimilares) no Brasil. Por isso, nos dias 25.26 e 27 de março de 2011 estaremos realizando o Seminário RegionalSudeste sobre “MEDICAMENTOS BIOLÓGICOS (BIOSSIMILARES) NO BRASIL NA ÓTICA DOCONTROLE SOCIAL”. Estamos buscando todas as parcerias privadas e públicas necessárias para garantir bolsaintegral (passagem, estadia e alimentação) aos Conselheiros Estaduais e Municipais convidados dosegmento usuários e as lideranças Sociais bolsa parcial (Estadia e Alimentação). A ficha de Inscrição encontra-se anexa a este ofício. Atenciosamente. “A BUSCA DE UM MUNDO SOLIDÁRIO E JUSTO COMEÇA DENTRO DE CADA UM DENÓS” (Lucas Soler). 13
  14. 14. INFORMATIVO VOLUME 02 EDIÇÃO 05 – FEVEREIRO 2011 Nadir Francisco do Amaral Coordenador do Espaço Saúde Conselheiro Nacional de Saúde Presidente do Fórum de Portadores de Patologias do Estado de São Paulo SEMINÁRIO MEDICAMENTOS BIOLÓGICOS (BIOSSIMILARES) NA ÓTICA DO CONTROLE SOCIAL 25,26 E 27 MARÇO DE 2011 – ATIBAIA/SP FICHA DE INSCRIÇÃONOMEENDEREÇO:CIDADE ESTADO CEPFONE: CELULAR NEXTTELE-MAIL:CONSELHO ESTADUAL SP RJ ES MG OUTRODE SAUDE DE?SEGMENTO USUÁRIO TRABALHADOR GESTOR PRESTADORSE OUTRO QUAL?NOME PARA O CRACHA TAMANHO GG G M P CAMISETANECESSITA DE ALGUM CUIDADO ESPECIAL – SE SIM QUAL?CASO TENHA RESTRIÇÕES ALIMENTARES FAVOR ESPECIFICAR:FUMANTE SIM NÃO SEXO MASC FEMNOME DA INSTITUIÇÃO QUE ESTÁ REPRESENTANDOENDEREÇO:CIDADE ESTADO CEPFONE: CELULAR NEXTTELE-MAIL:SITE:TODOS OS QUARTOS SERÃO DUPLOS POR ISSO CASO DESEJE INDIQUE O NOME DA PESSOA A FICAR COM VOCÊ INFORMAÇÕES ESTA FICHA É UMA PRÉ INSCRIÇÃO, NÃO GARANTINDO A INSCRIÇÃO DEFINITIVA NO EVENTO .RUA CONDE DE SÃO JOAQUIM, 179 – BELA VISTA – SÃO PAULO/SP – CEP: 1320-010 - FONE/FAX: (11) 3101-1110www.foppesp.org.br / www.agist.org.br / www.espacogirassol.org.br / www.aprofe.org.br 14
  15. 15. INFORMATIVO VOLUME 02 EDIÇÃO 05 – FEVEREIRO 2011 15
  16. 16. INFORMATIVO VOLUME 02 EDIÇÃO 05 – FEVEREIRO 2011 16
  17. 17. INFORMATIVO VOLUME 02 EDIÇÃO 05 – FEVEREIRO 2011 RUA CONDE DE SÃO JOAQUIM 179-BELA VISTA CEP:01320-010 SÃO PAULO FONE(11) 3101-1110 e-mail: secretaria@espacogirassoil.org.br www.espacogirassol.org.br www.agist.org.br www.aprofe.org.br www.biossimilar.org.br 17

×